Remédios ficarão mais baratos no país até o mês de maio

A Receita Federal deve incluir ao menos 346 medicamentos na lista dos remédios que não têm cobrança do Programas de Integração Social (PIS) e do Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins). A medida poderá deixar os medicamentos 11% mais baratos para o consumidor. A expectativa é que a lista saia até maio.

Segundo  Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), a lista terá remédios para tratamentos contínuos ou muito procurados pelos consumidores.

Entre eles estão remédios para o tratamento de câncer, hipertensão, diabetes, osteoporose, além de antibióticos, antialérgicos, contraceptivos, anti-hemorrágicos, redutores de colesterol, calmantes e vacinas.

Posted on 22/01/2012, in Brasil, Cidadania, Política, Saúde. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: