Category Archives: Economia

Governo divulga calendário de saque das contas inativas do FGTS

A partir de 10 março, mais de 30 milhões de trabalhadores terão direito a retirar o dinheiro.

Calendário de saques do FGTS (Foto: Arte/G1)


Mais da metade dos trabalhadores tem, no máximo, R$ 500 para sacar, segundo o governo. Outros 24% têm saldo entre R$ 500 e R$ 1.500. Os dois grupos representam 80% do total de pessoas com direito a sacar o dinheiro. Os demais têm mais de R$ 1.500 a receber.

Antes, só tinha direito a sacar o FGTS de uma conta inativa quem estivesse desempregado por, no mínimo, três anos ininterruptos. Agora, a pessoa que pediu demissão ou foi demitida por justa causa até 31 de dezembro de 2015 vai poder sacar o saldo que ficou na conta.

Quem tem direito ao saque de contas inativas do FGTS?

Tem direito a sacar o dinheiro do FGTS quem tem saldo em uma conta inativa até 31 de dezembro de 2015. Uma conta fica inativa quando deixa de receber depósitos da empresa devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho. O trabalhador deve estar afastado do emprego pelo menos desde o fim de 2015.

O trabalhador, no entanto, não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, que ainda receba depósitos pelo empregador atual.

Estou empregado. Posso retirar o dinheiro mesmo assim?

Sim. Quem está atualmente empregado pode sacar o valor de uma conta inativa, desde que o afastamento do emprego anterior tenha ocorrido até 31 de dezembro de 2015.

Tenho várias contas inativas. De quais eu posso sacar o dinheiro?

É possível sacar o dinheiro de todas as contas inativas, ou seja, aquelas que deixaram de receber os depósitos do empregador por extinção ou rescisão do contrato de trabalho, desde que o afastamento dos empregos anteriores tenha ocorrido até 31 de dezembro de 2015.

Como faço para consultar o meu saldo?

O trabalhador pode consultar o saldo pelo site da Caixa ou do próprio FGTS e através de aplicativo para smartphones e tablets (com versão para Android, iOS e Windows). É possível ainda fazer um cadastro para receber informações do FGTS por mensagens no celular ou por e-mail.

No aplicativo, é preciso informar o número do NIT e a senha criada para o acesso pela internet. Se ainda não tiver senha, é preciso clicar em “Primeiro Acesso”.

No site da Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador. É possível usar ainda a senha do Cartão Cidadão. A página oferece a opção de recuperar a senha, mas é preciso informar o NIS. O serviço mostra dados cadastrais e lançamentos feitos na conta nos últimos seis meses.

O beneficiário pode ainda consultar seu extrato do FGTS presencialmente no balcão de atendimento de agências da Caixa. Também é possível ir a um posto de atendimento e fazer a consulta utilizando o Cartão Cidadão, desde que tenha em mãos a senha. Em caso de problema com essa senha, o trabalhador precisa comparecer a uma agência da Caixa para regularizá-la.

Posso consultar meu saldo em outros sites que não sejam o da Caixa?

A Caixa alerta que muitos sites estão sendo colocados no ar informando que é possível fazer a consulta do saldo da conta inativa, com o objetivo de capturar os dados das pessoas para cometer fraudes ou vender o domínio das informações. Além disso, o banco já identificou mais de uma centena de perfis falsos se apresentando como sendo da Caixa.

A Caixa ressalta que todas as informações oficiais sobre o FGTS estão disponíveis no site www.caixa.gov.br e nos perfis do banco no Twitter: @imprensaCAIXA e @CAIXA. A consulta ao saldo de contas inativas do FGTS pode ser realizada somente nos seguintes canais:

Aplicativo do FGTS

Internet Banking

Terminais de autoatendimento, por meio do Cartão do Cidadão

Aplicativo oficial da Caixa Econômica Federal

Poderei sacar o dinheiro todo de uma vez?

Sim, não haverá limite para o saque. O trabalhador, se quiser, poderá sacar todo o valor que tem na conta inativa. Com o Cartão Cidadão, poderá ser sacado até R$ 3.000,00 no caixa automático, correspondentes bancários ou nas lotéricas. Valores superiores podem ser sacados no caixa, dentro da qualquer uma das agências da Caixa, quando o valor for liberado. Mas quem não tem o Cartão Cidadão também poderá sacar o dinheiro.

Qual será a documentação necessária para o saque?

Os trabalhadores que não possuem Cartão Cidadão ou que possuem o cartão, mas irão sacar valor superior a R$ 3.000, poderão sacar o FGTS em qualquer uma das agências da Caixa, com seus documentos pessoais, CTPS e o nº do PIS. Quando forem divulgadas as condições definitivas para o saque, será informado se houver necessidade de outros documentos.

Posso fazer toda a operação de retirada do dinheiro pela internet, transferindo o dinheiro da Caixa para a minha conta em outro banco?

Questionada pelo G1, a Caixa Econômica Federal não informou como o trabalhador poderá fazer o saque da conta do FGTS. As condições de como será realizado o saque de contas inativas do FGTS serão divulgadas junto com o calendário. A divulgação da forma de pagamento e o calendário de saques estão previstos para ocorrer em fevereiro. O governo, no entanto, informou que os saques só começarão a ser liberados a partir de março.

A Caixa prepara algum esquema especial de atendimento para atender à grande demanda que haverá entre março e julho por conta dos saques?

A Caixa prevê que com a liberação dos saques, cerca de 3 milhões de pessoas a mais passem a procurar as agências ao mês. Por isso, está trabalhando para atualizar os dados dos beneficiários e espera que os trabalhadores entrem no site do banco e atualizem seus cadastros e já verifiquem se os dados ali estão corretos. O banco quer incentivar ainda os beneficiários a se cadastrarem no site da Caixa para receber informações sobre o FGTS via SMS.

Com isso, espera diminuir a procura nas agências. O banco pretende implantar um sistema em que o beneficiário poderá receber por meio de SMS informações personalizadas, como necessidade de corrigir o nome da mãe ou do pai no cadastro do NIS (PIS/Pasep), por exemplo. Esse tipo de atualização poderá ser feito pelo site, sem necessidade de ir à agência.

Para isso, o beneficiário precisa entrar no site da Caixa e fazer a atualização do celular e escolher a opção que deseja receber informações por SMS. Assim, as informações serão recebidas em primeira mão, segundo a Caixa, o que agilizará as mudanças necessárias. A Caixa informa que já está depurando os dados dos trabalhadores e verificando as possíveis inconsistências nos cadastros.

Um dos objetivos da Caixa é mandar por SMS a data que o beneficiário deverá ir à agência para realizar o saque da conta inativa.

Posso optar por deixar o dinheiro do FGTS onde ele está? Ele continuará rendendo? Ou é mais vantajoso retirar?

Com rentabilidade inferior a outras aplicações consideradas conservadoras, especialistas dizem que é vantajoso para o consumidor sacar o FGTS para pagar dívidas ou buscar outras aplicações mais rentáveis.

O FGTS rende 3% ao ano mais a taxa referencial (TR), enquanto a poupança rende 6,17% ao ano mais a TR. Em 2016, o rendimento financeiro da poupança foi de 8,3%. Já o do FGTS foi de 5,01%, abaixo da inflação oficial de 2016, que foi de 6,29%.

Crise nos municípios: 30 cidades do RN tiveram a primeira cota do FPM zerada – Destaque para PEDRO VELHO E NOVA CRUZ na nossa região

fpm

O 1º decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês de abril, pago nesta sexta-feira, 08, teve redução de 13,42%, comparado ao mesmo período do ano anterior. A situação agravou a crise dos municípios no Rio Grande do Norte. Além da queda nos repasses, 30 municípios tiveram a primeira cota zerada.

A queda dos repasses é constante e mantém as cidades em situação preocupante, prejudicando as finanças municipais e diminuindo os recursos para investimentos municipais. Os gestores precisam refazer os planejamentos financeiros dos municípios, para amenizar os efeitos da redução dos recursos.

MUNICÍPIOS COM O FPM ZERADO NA PRIMEIRA COTA DE ABRIL/2016:

AFONSO BEZERRA

ALTO DO RODRIGUES

AREIA BRANCA

BARAÚNA

CARNAÚBA DOS DANTAS

CARNAUBAIS

EXTREMOZ

FELIPE GUERRA

FLORÂNIA

GOV. DIX-SEPT ROSADO

GROSSOS

JANDUIS

JOÃO CÂMARA

LAGOA D’ANTA

MARCELINO VIEIRA

MARTINS

MAXARANGUAPE

NOVA CRUZ

PARAZINHO

PARNAMIRIM

PAU DOS FERROS

PEDRO VELHO

PENDÊNCIAS

PUREZA

RIO DO FOGO

SÃO JOSÉ DE MIPIBÚ

SÃO JOSÉ DO CAMPESTRE

SITIO NOVO

TIBAU

UMARIZAL

Saque de R$ 75 milhões esgota Funfir (Fundo Financeiro) do RN

O Fundo Financeiro do Estado do Rio Grande do Norte (Funfir)  exauriu. O Governo do Estado sacou a última parcela disponível do Funfir para complementar o pagamento do décimo terceiro salário de aposentados e pensionistas, pagos nesta segunda-feira, dia 14. A retirada de R$ 75 milhões zera o saldo disponível do Fundo, explica o presidente do Instituto de Previdência do Rio Grande do Norte (Ipern), José Marlúcio de França. Restam da reserva inicial de R$ 973 milhões, apenas os R$ 323 milhões aplicados em uma carteira de investimentos de longo prazo, junto ao Banco do Brasil, que só poderão ser sacados em maio do próximo ano.

Gustavo Nogueira afirmou que falará a TN hoje sobre os saquesGustavo Nogueira afirmou que falará a TN hoje sobre os saques

Ao todo, desde a unificação dos fundos previdenciário e financeiro do Estado em dezembro passado, o Executivo estadual fez 14 retiradas. Após o saque de novembro no valor de R$ 73 milhões, restavam igual valor, R$ 73 milhões, que acrescidos de juros no período chegou ao montante sacado – R$ 75 milhões., segundo informações repassadas pelo presidente do Ipern.

O fim da possibilidade de novas retiradas acende o sinal de alerta para a folha de pagamento de inativos – deficitária em R$ 90 milhões ao mês – de dezembro e dos meses seguintes que poderão estar comprometidas. “Não tem mais de onde tirar. Como se diz no popular: raspou o tacho. Zerou a reserva do Fundo e o que resta lá está preso em investimentos, que se não fosse isso, seria usado também”, disse José Marlúcio de França.

“Um golpe na previdência e no servidor”
Para o presidente do Conselho Estadual de Previdência, Nereu Linhares, o esgotamento do Funfir já era previsto e foi usado pelo Executivo Estadual para dar  o que ele chamou de “golpe” no servidor público. “É um golpe dado no servidor público, na previdência desses contribuintes. Para justificar a implementação da previdência complementar, o Governo precisava mostrar que o sistema atual era inviável e o fez. Esgotou o fundo. Mas não pode ser inviável um sistema que, em 9 anos, gerou superávit de R$ 1 bilhão”, analisa Linhares.

A lei aprovada na Assembleia Legislativa, em 18 de dezembro de 2014, não estabelece parâmetros para a reposição apenas um prazo até 2018, explica ele, sem o chamado princípio da repristinação, ou seja, especificando em data futura como seria a reposição a partir da extinção do Fundo Previdenciário.

A Lei Complementar nº 526/2014, que unificou os fundos, foi aprovada sem o parecer do Conselho e sem os estudos técnicos  atuariais do Ministério da Previdência Social, como previsto na legislação previdenciária. “É inconstitucional e contraditória a toda lei previdenciária do país, mesmo assim, os deputados deram carta branca para o Governo usar como quiser e o resultado não poderia ser outro”, afirma

O Conselho Estadual de Previdência entrou com representações junto ao Ministério Público Estadual e ao Ministério Público de Contas, este último o parecer de auditoria será julgado pelo TCE na próxima quinta-feira (17). “O inquérito civil sequer  andou na Promotoria do Patrimônio Público. Esperamos que o MPE possa determinar que seja restabelecido”, disse Nereu Linhares.

Um protesto está marcado para o dia 18, próxima sexta-feira, quando faz 1 ano da aprovação da lei. A mobilização coordenada pelo Sinai acontece em frente ao Ipern.

Com: Janeayre Souto

Receita passa a controlar as contas bancárias de todos os brasileiros

Mário Assis Causanilhas

A partir de dezembro deste ano, todos os movimentos financeiros dos contribuintes passarão a ser enviados pelos bancos à Receita Federal, automaticamente. O plano de saúde, seguradoras, cartórios de imóveis e instituições financeiras com as quais o contribuinte se relaciona, como corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários, também enviarão à Receita suas informações mensais. Isso significa que o sigilo bancário não existe mais no Brasil.


RECEITA FEDERAL INSTITUI A E-FINANCEIRA

Significa que os bancos, seguradoras, planos de saúde, distribuidoras de títulos e valores mobiliários e demais instituições financeiras, deverão enviar para a Receita Federal, toda a movimentação financeira dos contribuintes (mês a mês) e (saldos no final de cada ano) de todas as operações que o contribuinte realizou no ano.Importante que não mais interessa somente o saldo em 31.12 de cada ano, pois a informação trará toda a movimentação (mês a mês) de todo valor financeiro que o contribuinte movimentar em suas contas bancárias.

O propósito é conhecer a movimentação financeira detalhada de cada contribuinte brasileiro (seja pessoa jurídica e física) e assim confrontar os valores informados com os declarados pelo cidadão ou pelas empresas (“cruzamento fiscal”).Obviamente que o contribuinte deverá estar atento, e declarar com precisão sua renda e movimentação de recursos, sob pena de ser intimada a prestar esclarecimentos á Receita Federal.

É uma nova fase no cerco aos contribuintes, um “BBB” eletrônico e universal, do qual ninguém escapa.As pessoas físicas deverão adequar-se, de forma imediata, aos novos cruzamentos eletrônicos. A movimentação bancária, por exemplo, precisa estar justificada por rendimentos compatíveis ou devidamente esclarecida por documentos idôneos (como empréstimos bancários). Na discrepância de dados, prevalecerá a presunção de sonegação fiscal, com a consequente atribuição da responsabilidade e penalidades.

Como se vê, cerca-se o contribuinte. Esperamos que a qualidade dos serviços públicos melhore na mesma proporção que este torniquete. Será uma devassa mês a mês de toda sua movimentação bancária, Planos de Saúde, Cartórios de Imóveis, Instituições Financeiras, Bolsa de Valores, Cartões de Crédito, Aplicações financeira por CPF, Consignados – enfim, nada mais terá sigilo para a Receita.

Horário de verão 2015/2016 começa no dia 18 de outubro

Preparem os relógios. Falta de menos de um mês para o início do horário de verão no país. Às 0h do dia 18 de outubro de 2015 (domingo) os relógios devem ser adiantados em uma hora.

Moradores dos estados das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e do Distrito Federal precisam estar atentos à alteração, que segue até às 0h do domingo 21 de fevereiro de 2016, quando os relógios retomam o horário tradicional. As regras estão estipuladas no decreto 6.558, de 2008, que fixa a duração da media do horário de verão em quatro meses.

A única exceção se dá quando o terceiro domingo de fevereiro coincide com o domingo de Carnaval. Nesse caso, o horário de verão termina no quarto domingo de fevereiro.

O principal objetivo do horário de verão é aproveitar melhor a luminosidade natural do dia, reduzindo o consumo de eletricidade no fim da tarde, quando é registrada a maior demanda por energia. A ideia de adiantar a hora oficial em períodos de verão foi lançada em 1784 por Benjamim Franklin, político e inventor americano. O primeiro país a adotar oficialmente o horário de verão foi a Alemanha, em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, para economizar os gastos com carvão.

No Brasil, o primeiro horário de verão foi realizado entre 1931 e 1932, pelo presidente Getúlio Vargas, com duração de 5 meses. A prática vem sendo adotada sem interrupções desde 1985, com algumas diferenças nos estados que aderem à mudança e os períodos de duração.

Fuso horário no Brasil:

Com a mudança de horário, os fusos do Brasil se organizam da seguinte forma em relação ao horário da capital do país:

0h: as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste (com exceção do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) adotam a mesma hora de Brasília durante o horário de verão;

1h:os estados do Nordeste, Pará, Amapá e Tocantins ficam com uma hora a menos em relação ao horário de Brasília. Mato Grosso e Mato Grosso do Sul também adotam o horário de verão, mas a diferença de uma hora para Brasília se mantém;

2h: Parte do Amazonas e os estados de Roraima e Rondônia ficam duas horas atrás do horário de Brasília.

3h: O Acre e parte do Amazonas ficam com três horas atrás do horário de Brasília.

Economia de energia:

Em 2015, o Ministério de Minas e Energia estimou que a redução da demanda de energia entre 18h e 21h foi de até 1.970 megawatts (MW) no subsistema Sudeste/Centro-Oeste. O valor é equivalente ao dobro da demanda da cidade de Brasília. No subsistema Sul, segundo o ministério, a redução foi 625 MW.

Os ganhos com a redução do consumo total de energia foram de cerca de 195 MW médios no subsistema Sudeste/Centro-Oeste, que equivale ao consumo mensal da cidade de Brasília, e 55 MW médios no subsistema Sul, equivalente ao consumo mensal de Florianópolis.

Fonte: http://www.ebc.com.br/

Veja quem deve declarar o Imposto de Renda 2015

Índice

A Receita Federal anunciou nesta quarta-feira (2) que o prazo de entrega do Imposto de Renda começará em 2 de março  e se estenderá até o dia 30 de abril.

VEJA QUEM DEVE ENTREGAR A DECLARAÇÃO:

Rendimentos tributáveis (Foto: G1)

As pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 26.816,55 em 2014 (ano-base para a declaração do IR deste ano). O valor foi corrigido em 4,5% em relação ao ano anterior, conforme já havia sido acordado pela presidente Dilma Rousseff.


Rendimentos isentos (Foto: G1)

Os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado.


Alienação de bens (Foto: G1)

Quem obteve, em qualquer mês de 2014, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.


Propriedade de bens (Foto: G1)

Quem tiver a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2014, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil, também deve declarar IR neste ano. Este é o mesmo valor que constava no IR 2014 (relativo ao ano-base 2013).


novos residentes (Foto: G1)

Contribuintes que passaram à condição de residente no Brasil, em qualquer mês do ano passado, e que nesta condição se encontrassem em 31 de dezembro de 2013.


venda de imóveis (Foto: G1)

Quem optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato de venda.


atividade rural (Foto: G1)

Quem teve, no ano passado, receita bruta em valor superior a R$ 134.082,75 oriunda de atividade rural. No IR de 2014, relativo ao ano-base 2013, este valor era de R$ 128.308,50.


compensação de prejuízos (Foto: G1)

Quem pretenda compensar, no ano-calendário de 2014 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2014, informou a Receita Federal.

BRASIL VAI GASTAR R$ 151 MIL POR MÊS COM CADA DEPUTADO FEDERAL E SENADOR

15011203

Quando o novo Congresso tomar posse no início de fevereiro, cada um dos 594 parlamentares –513 deputados federais e 81 senadores– vai passar a custar R$ 151 mil por mês aos cofres públicos.A informação é da Folha de São Paulo.

Ao longo do ano, o poder Legislativo vai gastar mais de R$ 1 bilhão com os vencimentos e os principais benefícios recebidos por cada um dos deputados e senadores.O levantamento feito pela Folha leva em consideração as principais vantagens que têm os valores divulgados pela Câmara e Senado, como salários, auxílio-moradia, ajudas de custo para a mudança do parlamentar para a capital federal, além passagens aéreas e verbas para os gabinetes, entre outras.

Com redução significativa, primeiro FPM do ano será de R$ 2 bilhões, dinheiro direto nas prefeituras

FPMO primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do ano será R$ 2.198.956.058,50. O montante, a ser partilhado entre as prefeituras, considera o porcentual destinado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb), pois sem esse desconto o recurso chega a R$ 2.748.695.073,13.

De acordo com a Confederação Nacional de Municípios (CNM), o primeiro decêndio do Fundo, que entra nas contas dos Municípios nesta sexta-feira, 9 de janeiro, é 28% menor que o primeiro repasse do Fundo feito em dezembro de 2014, em valores brutos e nominais. A Confederação destaca que essa redução acompanha a série histórica do FPM – de dezembro para janeiro.

Em relação ao primeiro FPM de janeiro do ano passado, o Fundo apresenta redução de 31,5% em termos reais. Enquanto o primeiro repasse do ano de 2014 foi de R$ 4,013 bilhões em valores brutos, o desse ano está em pouco mais de R$ 2,7 bilhões. Cenário causado pela baixa arrecadação registrada por conta das vendas fracas de fim de ano.

Segundo o presidente da Confederação, Paulo Ziulkoski, a redução é significativa e os prefeitos devem controlar suas contas para não terem mais problemas financeiros.

Novo salário mínimo de R$ 788 entra em vigor

Índice

O valor foi reajustado em 8,8% em relação aos R$ 724 pagos no ano passado

A partir de (1°) de janeiro de 2015, o valor do salário mínimo pago aos trabalhadores brasileiros é R$ 788. Com o reajuste, o mínimo vale R$ 26,27 por dia, e R$ 3,58 por hora de trabalho. O reajuste foi 8,8% em relação aos R$ 724 pagos no ano passado. O mínimo é calculado a partir de uma fórmula que leva em conta a inflação do ano anterior e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. O aumento chega a cerca de 48 milhões de pessoas que têm renda vinculada ao piso nacional, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos.

As principais autoridades do país também tiveram o salário reajustado com a chegada de 2015. O salário da presidenta Dilma Rousseff e do vice-presidente, Michel Temer, passa de R$ 26,7 para R$ 30,9 mil. O de deputados e senadores, de R$ 26,7 para R$ 33,8 mil.

Assembleia aprova salário mínimo de R$ 905 em São Paulo

Índice

Deputados estaduais aprovaram na terça-feira (16) o reajuste do salário mínimo paulista dos atuais R$ 810 para R$ 905. A mudança havia sido enviada para a Assembleia Legislativa no começo do mês pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Segundo o tucano, o reajuste de 11,75%, que passa a valer em 1º de janeiro do ano que vem, ocorre porque o estado recebe pessoas de todo o país e tal aumento valoriza o trabalho delas. O percentual do reajuste é superior ao do mínimo nacional previsto para o ano que vem (que passou dos atuais R$ 724 para R$ 788,06 – aumento de 8,8%).

O mínimo estadual é voltado para trabalhadores da iniciativa privada que não possuem piso salarial definido por lei federal, convenção ou acordo coletivo de trabalho. Em 2015, serão duas faixas salariais mínimas: R$ 905 (para domésticos, agropecuários, ascensoristas, motoboys) e R$ 920 (para operadores de máquinas, carteiros, cabeleireiros, trabalhadores de turismo, telemarketing).

G1

Levy e Barbosa já assumem os ministérios esta semana

mantega-belchior

Simone Kafruni
Correio Braziliense

Ministro da Fazenda mais longevo da história do país, Guido Mantega deve deixar a pasta nesta semana. Segundo integrantes do governo, ele teria acertado a saída com a presidente Dilma Rousseff. A expectativa é de que o Palácio do Planalto anuncie nesta quinta-feira a nova equipe econômica. A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, também deve sair esta semana.

Com isso, Dilma poderá dar posse imediatamente a Joaquim Levy, na Fazenda, e a Nelson Barbosa, no Planejamento. Os dois já estão em Brasília para definir as equipes e as diretrizes da nova política econômica.

Mantega é o ministro mais importante do governo Dilma e teve forte influência na administração da petista ao longo dos últimos quatro anos. Ele se destacou, sobretudo, em 2008, quando, em meio à crise mundial, apresentou ao governo Lula medidas anticíclicas que permitiram ao país sair mais rápido das turbulências internacionais.

O problema é que, no entender dos especialistas, o governo estendeu demais as medidas que privilegiavam o consumo. Esse modelo se mostrou esgotado e criou muitos ruídos nos mercados. Com isso, os investimentos produtivos se retraíram, a inflação subiu e ficou, persistentemente, no teto da meta, e o Produto Interno Bruto (PIB) encolheu.

SAIU DA RECESSÃO?

A boa notícia para Mantega é que ele poderá se despedir do cargo anunciando que o país saiu da recessão. Pelas estimativas do mercado, o PIB do terceiro trimestre, que será divulgado na sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), tenha crescido entre 0,1% e 0,2%. Nos dois primeiros trimestres do ano, houve retração de 0,2% e 0,6% respectivamente.

Campanhas de Aécio e Dilma juntas gastaram mais de R$ 570 milhões

Índice

A prestação de contas das campanhas de Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) foi divulgada hoje (25) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao todo, os candidatos que disputaram o segundo turno das eleições presidenciais gastaram R$ 570.050.970,85. A campanha de Dilma Rousseff foi a que gastou mais. As despesas da campanha petista à presidência somaram R$ 350.575.063,64. Já as receitas foram R$ 350.836.301,70. Os valores informados ao TSE mostram saldo positivo de R$ 261.238,06.

O candidato do PSDB, por sua vez, gastou R$ 223.475.907,21 e arrecadou R$ 222.925.853,17. Um saldo negativo de R$ 550.054,04. De acordo com a legislação eleitoral, as dívidas devem ser assumidas pelos partidos.  Ambos os candidatos receberam doações dos bancos Bradesco e Itaú, da empresa Odebrecht Óleo e Gás S.A e das construtoras OAS e Andrade Gutierrez, dentre outros grupos econômicos.

Os dados foram apresentados nesta terça-feira, último dia estabelecido pelo TSE. As contas da campanha da presidenta reeleita, Dilma Rousseff, estão sob a relatoria do ministro Gilmar Mendes. Já o processo do candidato Aécio Neves será relatado pela ministra Maria Thereza de Assis Moura. A prestação das contas de todos os candidatos que participaram das eleições é obrigatória, segundo a legislação. Os candidatos à Presidência que concorreram apenas no primeiro turno informaram as contas das campanhas no dia 4 deste mês.

Carro elétrico fará entregas da Natura em Salvador e Região Metropolitana

Carro elétrico fará entregas da Natura em Salvador e Região Metropolitana

Foto: Divulgação

Salvador será base de operações do primeiro veículo de carga 100% elétrico a entrar em operação de logística no Nordeste. O Grupo TPC, desenvolvedor do automóvel, defende política de ações de sustentabilidade junto ao meio ambiente e nas regiões onde atua. “Buscamos alternativas no que diz respeito à redução de emissão de CO2 em nossas operações de logística urbana. Concluímos que a melhor alternativa é o veiculo elétrico e, dessa forma, decidimos testar este modal de transporte e estender a toda região Norte e Nordeste”, afirmou o presidente Leonardo Barros.

O Kangoo ZE fará entrega dos produtos da Natura na região de Salvador e faz parte da estratégia menos agressiva da empresa em relação ao meio ambiente, que incluem a otimização de processos, a diminuição da emissão de gases estufa e a redução do consumo e do desperdício de insumos. O veículo elétrico fará cerca de 70 entregas diárias na região metropolitana de Salvador para a empresa, com um custo médio de R$ 5 por carga elétrica.

Brasil conquista quatro medalhas em olimpíada internacional

Índice

Estudantes brasileiros conquistaram duas medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze na 25ª Olimpíada de Matemática do Cone Sul, que terminou hoje (21) na cidade de Atlántida, a 47 quilômetros de Montevidéu, Uruguai. A delegação também obteve as primeiras posições na classificação individual. “O resultado mostra o sólido treinamento que estamos tendo nos último anos. Mesmo nas competições que temos alunos mais novos, estamos tendo um desempenho diferenciado”, diz o líder da equipe, professor Régis Prado Barbosa. “O Brasil cada vez mais vai tendo o trabalho reconhecido”.

Essa foi a estreia de Barbosa como professor líder. Ele tem 24 anos e desde pequeno participa das competições. Em 2006, conquistou a medalha de prata. Foram as competições que fizeram com que tomasse gosto pelo ensino e passasse a preparar os próximos competidores.

A Olimpíada do Cone Sul é uma competição que ocorre anualmente desde 1988. A edição deste ano teve a participação de 32 estudantes de oito países. Para participar da competição internacional, o estudante precisa se classificar na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), competição que ocorre anualmente em escolas públicas e privadas de todo o país.

Brasil e México

Delfim Netto
Folha

Se tomarmos o septênio 2007-13, em que se iniciou a grande recessão mundial, as performances das economias brasileira e mexicana diferem, mas não se pode afirmar qual é a melhor: 1) crescimento anual do PIB: Brasil 3,5% e México 2,0%; 2) inflação anual: Brasil 5,3% e México 4,3% e 3) deficit em conta-corrente: Brasil 2% e México 1%.

A situação é mais perturbadora quando olhamos as “expectativas” dos agentes econômicos no curto prazo (2014-15). Esperam um aumento médio do PIB no Brasil de 2% ao ano (estável) e de 3,6% no México (crescendo) e uma taxa de inflação média no Brasil de 5,5% e de pouco mais de 3,5% no México. Mais do que isso: a agência de rating Standard & Poor´s promoveu o México em dezembro e agora sugere que poderá rebaixar o Brasil.

De onde vem tanta incerteza e pessimismo? Talvez do lado político. O México elegeu em julho de 2012 o presidente Enrique Peña Nieto, que deixou claro a que veio. Elegeremos nosso presidente em outubro de 2014. Hoje o mais provável vencedor é Dilma Rousseff. O problema é que o governo enfrenta sérias desconfianças do setor empresarial, que não se sente confortável com o excessivo ativismo gerencial manifestado até aqui. Ninguém sabe se um segundo mandato será uma aposta dobrada no que não funcionou satisfatoriamente, ou se haverá uma correção de rumo.

“PACTO DO MÉXICO”

No México, depois de 70 anos da chamada “ditadura perfeita” do Partido Revolucionário Institucional (PRI), dez anos de democracia foram insuficientes para corrigir seus erros. O PRI voltou ao poder em 2012 pelas mãos de Peña Nieto. No dia da posse ele assinou, junto com seus principais adversários, o “Pacto do México”, para aprovar no Congresso uma revolução econômica e social nas telecomunicações, na educação, energia e finanças, cuja essência é dar maior liberdade à iniciativa privada, insistir na necessidade de competição e reduzir o poder dos oligopólios construídos legalmente ao longo dos intermináveis 70 anos.

O programa tem sido muito bem-sucedido: o Congresso quebrou a castanha do retrógrado sindicato dos professores, ampliou a concorrência nas telecomunicações e estabeleceu a competição no setor de energia.

Há uma lição na experiência mexicana que deveríamos introjetar: todo oligopólio legalmente protegido, como é o nosso setor de comunicações, torna-se preguiçoso no desenvolvimento tecnológico e contenta-se em explorar o consumidor indefeso. Forçar, por exemplo, como sugerem os interessados, a venda da TIM para os atuais operadores (com mais dinheiro do governo) seria um erro trágico, pelo qual pagaríamos em alguns anos. Como se viu no México, as consequências vêm sempre depois…

Confira os aprovados no Vestibular de Medicina 2014.1 UnP

Índice

Veja abaixo a lista dos candidatos aprovados e suplentes do Vestibular de Medicina UnP 2014.1. As matrículas já podem ser realizadas a partir de hoje (05/12/2013) na Unidade Roberto Freire* e seguem até o dia 12/12/2013, conforme edital. O funcionamento da Central do Candidato é de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h e aos sábados, das 8h às 12h. Os candidatos podem consultar seu resultado individualmente com o seu CPF ou número de inscrição [aqui]. Mais informações pelo (84) 3215-1234.

VESTIBULAR MEDICINA 2014.1

LISTA DOS APROVADOS – ORDEM ALFABÉTICA

Ordem Candidato

1 ADRIANO ALVES DE SOUSA

2 ALEXANDRE AUGUSTO MEDEIROS TONEL

3 ALÉXIA BEZERRA DE MENDONÇA

4 ALINE DE ALMEIDA ANDRADE

5 ANA CARLA CARNEIRO LEITÃO

6 ANA FLÁVIA DE OLIVEIRA GALVÃO

7 ANA JULIA SILVA TEIXEIRA

8 ANDYARA VASCONCELOS COSTA

9 BÁRBARA DA CÂMARA SANTOS MARINHO

10 CARLA CRISTINA MAIA DE LIMA LOBO

11 DANDARA MARIA MARINHO

12 DANIELA MOLITOR DE SOUZA

13 DANILO HUDSON FÉLIX DOS SANTOS

14 DAVI WELEY LOPES DE OLIVEIRA

15 DÉBORA CRISTIAN ARAGÃO DA ROCHA

16 DJANA RODRIGUES BARROS

17 EDER LEANDRO DA SILVA DANTAS

18 EDUARDO AMORIM MARTINS DE SOUZA JUNIOR

19 FERNANDA LOUISE GOMES BEZERRA ALENCAR

20 FRANCISCA CLEMENTINO DE SOUZA

21 FRANCISCO VITOR PEREIRA DE SOUSA

22 FRANCYJANE EMANUELA FERREIRA DE MESQUITA SILVA

23 GABRIEL ÂNGELO DE CASTRO NETO

24 GIOVANNA DIOGO DIÓGENES QUEZADO

25 GIRLANNE DE OLIVEIRA DANTAS

26 GLAUBER ESAU GONCALVES SOUSA

27 GRASIELLY ALVES AZEVEDO

28 ISA MARYANA ARAÚJO BEZERRA DE MACEDO

29 ISADORA VELÚCIA DIAS DE ARAÚJO

30 JAILSON REGIS NOGUEIRA FILHO

31 JESSICA ASSUNCAO JATAI

32 JOAO GILBERTO MENDONCA BEZERRA JALES

33 JOÃO VITOR CÂNDIDO PIMENTEL

34 KALINE KARLA GARCIA DE ARAUJO

35 LUCAS COSTA FEITOSA ALVES

36 LYVIA VYVIANNE DE ARAUJO

37 MABEL JALES BELARMINO DE AMORIM

38 MAETHE ROMERO FROTA QUINDERE

39 MARA JULIANE SILVA JOVINO

40 MARCELO AUGUSTO FIRMINO DE QUEIROZ

41 MARCILIO LOPES DE OLIVEIRA

42 MARIA LAURA FONTOURA CHAGAS ROCHA

43 MATEUS DE OLIVEIRA ARAUJO

44 MIRELLA FERNANDES DE SOUSA

45 OMARA JACOME TORRES MEDEIROS DE MESQUITA

46 RAFAELA DE SOUSA MANIÇOBA

47 RAISSA ARAGÃO GOMES DA CUNHA

48 RAPHAEL MACHADO BEZERRA

49 RAPHAEL TAVARES DANTAS

50 RAYANNE TOJAL DE CARVALHO

51 RENATA PATRÍCIA DANIEL AMORIM DE SOUSA

52 RODRIGO DANTAS ROCHA

53 SAMIRA BENTTENMÜLLER DE FREITAS

54 SERGIO TADEU DE SOUZA COSTA FILHO

55 THAYANE MARIA ROCHA CIDADE

56 THIAGO AUGUSTO DANTAS VILA NOVA

57 THIAGO MEDEIROS GERMANO

58 VITÓRIA MORAIS ESTEVAM

59 VIVIAN DE MORAIS NUNES TEIXEIRA

60 YASMIN DE MEDEIROS CARVALHO

SUPLENTES – POR ORDEM DE SUPLÊNCIA

Serão convocados à matrícula, caso haja desclassificação.

Aguardar divulgação de portaria na página da UnP.

1 DANIEL COSTA DE ARAUJO

2 ANA ESTER FERNANDES DIOGENES

3 ALESSA QUEIROGA DE ARAUJO

4 ANDRÉ SILVA DE MORAIS

5 LUIS WLLYSSES TORRES CIDRAO

6 LETÍCIA ALMEIDA PONTES

7 GERSON GOMES DA NÓBREGA FILHO

8 LÍDIA MARIA OLIVEIRA BARISIC

9 RENARA PEREIRA ARAGÃO

10 CAMILA FERNANDES DA CUNHA

11 AFONSO FERRO GOMES NETO

12 FILLIPE GABRIEL MACENO

13 RAQUEL NUNES DE LIMA

14 BRUNO PESSOA CHACON

15 PRECI KELLY MOURA SANTIAGO

16 THAIS CAVALCANTE CHAVES SANTOS

17 RENATA ALVES MARINS

18 MAYANE ABRANTES VERAS DE FREITAS

19 GABRIELLI GUEDES DE OLIVEIRA GURGEL

20 VICTORIA COUTINHO DE QUEIROZ MONTEIRO

DOCUMENTAÇÃO

Somente será aceita a matrícula do candidato aprovado que apresentar toda documentação prevista. Documentação necessária e obrigatória no ato da matrícula:

a) Apresentação do documento original de:

– CPF do candidato;

– CPF do responsável financeiro, se o candidato tiver menos de 18 anos;

b) Entrega da cópia autenticada ou cópia com apresentação de documento original:

– Cédula de Identidade;

– Certificado de Conclusão do Nível Médio ou Diploma de curso superior;

-Histórico Escolar do Nível Médio ou comprovante de conclusão de EJA – Educação de Jovens e Adultos;

c) Entrega de uma foto 3×4 recente e colorida.

d) Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e devolução da cópia da UnP/ APEC: no ato da matrícula, o candidato ou o seu responsável financeiro (caso o candidato seja menor de 18 anos) deverá assinar o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais, em duas vias de igual teor, das quais uma ficará anexada à documentação entregue na matrícula; a outra via, após assinada pelo representante da APEC, será imediatamente devolvida ao candidato.

e) Matrícula por procuração: A matrícula poderá ser feita por procurador devidamente credenciado por procuração específica, pública ou particular, com firma reconhecida, original ou cópia autenticada, e cédula de identidade do procurador, com poderes específicos para a efetivação da matrícula. Ver novamente o que diz o item 2.4.

Do site da UNP

No Trombone: como comprar com segurança pela internet

images_cms-image-000341902

Enquanto é inegável o avanço desta nova modalidade de comércio, também é muito mais fácil pessoas e empresas inescrupulosas se esconderem por trás da tecnologia para praticar golpes; fique alerta e veja algumas dicas essenciais do site No Trombone.

Uma das categorias de reclamações que mais recebemos em nosso site diz respeito a compras feitas pela internet. Enquanto é inegável o avanço desta nova modalidade de comércio, também é muito mais fácil pessoas e empresas inescrupulosas se esconderem por trás da tecnologia para praticar golpes.

Por exemplo, temos recebido muitas reclamações contra a EletroMM (vejam aqui e aqui). Este site anuncia produtos eletrônicos em geral por preços absurdamente baratos. Aliás, esta é nossa primeira dica: quando preço for baixo demais, desconfie.

Algumas dicas:

1- Desconfie de preços muito baixos:

Ninguém faz milagres. Encontrar descontos de 10%, 20% até 30% é possível. Além disto, desconfie.

2- Conhece o site?

Procure comprar de sites conhecidos. Se o site não for conhecido verifique se o mesmo se encontra na lista dos ‘não recomendados’ pelo Procon SP. (Veja aqui. Se estiver, não tenha dúvidas: NÃO compre!

3- Verifique a opinião de outros consumidores:

Existem diversos sites que cadastram a opinião de consumidores quanto a lojas virtuais e empresas em geral. Na dúvida, consulte-os. Consulte os sites dos Procons, sites como Reclame Aqui e o nosso No Trombone, além de sites de notícias em geral.

4- Cuide da sua segurança digital ao comprar:

Evite fazer suas compras online em computadores públicos, como em lan houses e cybercafés. Estes não são ambientes seguros para transações financeiras/comerciais.

Verifique sempre se o site em questão tem o ‘famoso cadeado junto à barra de navegação”. Este cadeado é mais uma garantia que a empresa lhe oferece de que seus dados estão criptografados.

5- Formas de pagamento:

Quando comprar em sites menos conhecidos, ou sites de comércio entre pessoas físicas, opte sempre em pagar de forma parcelada ou através de intermediadoras como PagSeguro ou PayPal. Um exemplo é o Mercado Pago do Mercado livre. Isto porque no caso de problemas você poderá solicitar suspensão (ou até cancelamento) dos seus pagamentos junto a esta operadora. Evite sempre o pagamento à vista através de boleto e/ou depósitos em conta.

6- Direito de arrependimento:

De acordo com o Artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor você tem o direito de se arrepender da compra em até sete dias úteis a partir do recebimento do produto ou assinatura do contrato.

Art. 49 – O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 (sete) dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

E você? Tem algum experiência negativa de compras pela internet que possa nos relatar? Cadastre aqui.

De fanfarrão a quebrado, Eike anuncia calote

images_cms-image-000341422Endividada, petroleira OGX entra com pedido de recuperação judicial; notícia já era esperada pelo mercado, depois que a companhia de Eike Batista não conseguiu fechar acordo com seus credores; empresa teria declarado passivo consolidado de R$ 11,2 bilhões; fato salienta queda do executivo que prometia ser o mais rico do mundo; ações encerraram o dia em queda de 26,09%, arrastando o Ibovespa, que fechou negativo em 0,67%.

Por Sabrina Lorenzi

RIO DE JANEIRO – A endividada petroleira OGX, do empresário Eike Batista, entrou com pedido de recuperação judicial nesta quarta-feira, informou a assessoria de imprensa da 4a Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

Uma fonte a par do assunto antecipou o pedido à Reuters pouco antes da confirmação pela Justiça do Rio.

O pedido de recuperação da empresa –o maior da história por uma empresa da América Latina– já era amplamente esperado, depois que fracassaram as negociações com detentores de 3,6 bilhões de dólares em bônus da OGX no exterior para uma reestruturação da dívida.

A empresa declarou passivo consolidado de 11,2 bilhões de reais no pedido de recuperação judicial, segundo a fonte ouvida pela Reuters, que pediu para não ser identificada.

Se o tribunal de falências aprovar o pedido, a OGX terá 60 dias para apresentar um plano de reestruturação da companhia.

“Acreditamos que (o pedido) seja deferido pelo juiz e que seja proveitoso para credores, acionistas e para o país. A OGX possui ativos para viabilizar sua recuperação” afirmou o advogado Marcio Costa, do escritório de advocacia Sergio Bermudes, que participa do processo de recuperação da OGX.

Os credores da OGX –que incluem a Pacific Investment Management Co (Pimco), que administra o maior fundo de títulos do mundo, com sede na Califórnia, e o fundo de investimento norte-americano BlackRock Inc, entre outros– terão então 30 dias para aprovar ou rejeitar o plano.

O pedido de recuperação judicial da OGX marca mais um capítulo no desmantelamento do que já foi um império industrial, com ativos de energia, mineração e infraestrutura, entre outros, do grupo “X”. O fracasso da campanha exploratória da OGX –antes considerada o ativo mais precioso do Grupo EBX– contaminou as outras empresas de Eike.

NO VERMELHO

A OGX estima necessidade de curto prazo de 250 milhões de dólares em capital e ficará sem recursos na última semana de dezembro se não conseguir levantar dinheiro novo, conforme informações do plano de reestruturação aos detentores de bônus que fracassou.

A empresa tinha 82 milhões de dólares no fim de setembro e seus assessores financeiros na negociação com os credores externos –Blackstone e Lazard– estimam desembolsos de 89 milhões de dólares apenas a fornecedores até o fim do ano, considerando somente pagamentos críticos a prestadores de serviço no campo de Tubarão Martelo, na Bacia de Campos.

Em Tubarão Martelo, a petroleira busca começar a produzir em meados de novembro, a fim de gerar receita para atenuar sua situação.

O valor atribuído à toda OGX, de acordo com o plano apresentado aos credores, é de 2,7 bilhões de dólares –principalmente composto pelo valor de Tubarão Martelo (1,4 bilhão de dólares) e do campo Atlanta (1,1 bilhão de dólares).

O pedido de recuperação judicial da OGX pode ter implicações sobre o destino da empresa-irmã, a construtora naval OSX, que foi criada para fornecer plataformas de exploração à petroleira. A OSX, entretanto, disse nesta semana que não tem intenção de entrar com pedido de recuperação judicial.

QUEDA DE EIKE

É pouco provável que o pedido de recuperação judicial da OGX tenha um efeito significativo na economia do Brasil, pois a companhia está em fase inicial e produz pouco petróleo.

Mas trata-se de mais um exemplo vívido da queda dramática de Eike –um empresário de renome que disse certa vez estar no caminho certo para se tornar o homem mais rico do mundo.

Aos 56 anos, ele viu sua fortuna pessoal reduzida em mais de 30 bilhões de dólares nos últimos 18 meses, com investidores punindo as ações de suas empresas listadas em bolsa.

O valor de mercado da OGX, por exemplo, despencou em quase 45 bilhões de dólares desde o pico atingido em meados de 2010.

Nesta quarta-feira, a ação da OGX operou em queda durante todo o pregão, mas acelerou a baixa após a notícia sobre o pedido de recuperação judicial. Nos ajustes de fechamento do pregão, o papel saiu da mínima para encerrar com desvalorização de 26 por cento, valendo 0,17 real.

Com o pedido de recuperação judicial, a negociação das ações da OGX na bolsa paulista ficará suspensa.

(Reportagem adicional de Jeb Blount)

Abaixo, reportagem do portal Infomoney sobre a queda das ações da OGX no Ibovespa:

Ibovespa cai 0,67% em seu 2º dia de queda, com OGX despencando 26%

Índice fecha a 54.172 pontos, com mercado repercutindo notícia de pedido de recuperação judicial da petrolífera de Eike; siderúrgicas sobem com resultado surpreendente da Usiminas

SÃO PAULO – O Ibovespa conheceu sua segunda queda consecutiva nesta quarta-feira (30), ao fechar com variação negativa de 0,67%, a 54.172 pontos. Repetindo a véspera, o principal índice acionário brasileiro foi puxado sobretudo pelas ações da OGX Petróleo (OGXP3, R$ 0,17, -26,09%), com a espera do mercado por um possível pedido de recuperação judicial da empresa de Eike Batista. O volume financeiro negociado na Bovespa nesta sessão foi de R$ 6,87 bilhões.

Desempenho negativo também foi visto nas bolsas internacionais, que repercutiram a interpretação do Federal Reserve de que a economia norte-americana estaria de fato se recuperando, mas com a manutenção do Quantitative Easing 3 mais uma vez assegurada, conforme esperado pelo mercado. Vale lembrar que a autoridade monetária dos EUA injeta até US$ 85 bilhões mensais na economia do país sob compra de títulos públicos para estimular a recuperação econômica. Se o Fed avaliar que os indicadores de desemprego e inflação alcançaram os patamares desejados, uma nova etapa das políticas monetárias iniciaria no país, com a retirada gradual dos estímulos e a consequente redução no afrouxamento econômico.

Recuperação judicial de OGX derruba índice

Por aqui, mais uma vez o Ibovespa repercutiu mais os acontecimentos locais, com o mercado esperando por um possível pedido de recuperação judicial da OGX Petróleo nesta quarta-feira. A poucos instantes do fechamento da bolsa, alguns veículos da imprensa indicaram que a empresa teria acabado de fazer o pedido no Rio de Janeiro. Os indicadores macroeconômicos tiveram menos importância no desempenho do índice nesta sessão.

Ainda na ponta negativa, também chamaram atenção as ações de MMX Mineração (MMXM3, R$ 0,60, -10,45%), Marfrig (MRFG3, R$ 4,81, -3,61%) – que acumulam queda anual de 43,28% – e imobiliárias, lideradas por Rossi (RSID3, R$ 2,78, -3,14%).

Também na ponta de baixo, mas com um desempenho mais ameno, apareceram as ações da TIM Participações (TIMP3, R$ 11,43, -0,44%), que repercutiram os resultados da empresa, divulgados na noite da última terça-feira. A empresa registrou lucro líquido de R$ 315 milhões no 3º trimestre, ficando abaixo da média estimativas de analistas obtidas pela Reuters, que apontava lucro de R$ 371 milhões entre julho e setembro. A operadora de telefonia atribuiu o mau desempenho ao resultado financeiro no período, que ficou negativo em R$ 90,2 milhões.

Ministros do TCU mantêm supersalários que decidiram proibir ao Congresso

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou recentemente o fim no Congresso dos “supersalários”, os rendimentos que extrapolam o teto de R$ 28.059,29 previsto na Constituição. No entanto, amparados por uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), quatro dos ministros do TCU agregam ao seu salário as aposentadorias por seu trabalho como congressistas. O resultado são “supersalários” de até R$ 47 mil. As informações são do Estado de S. Paulo.

Atualmente, cada ministro do TCU recebe o salário de R$ 26.656,32 brutos, mas Augusto Nardes – atual presidente da corte -, José Múcio Monteiro, José Jorge e Valmir Campelo têm rendimentos brutos totais que variam entre R$ 36,2 mil e R$ 47,3 mil. Todos eles são ex-congressistas e recebem aposentadorias oriundas do hoje extinto Instituto de Previdência dos Congressistas. Os quatro ministros se beneficiam da Resolução 13 do CNJ, segundo a qual benefícios obtidos de entidades fechadas não contam para a extrapolação do limite constitucional.

RN espera uma chuva de dólares: 360 milhões pra começar

 images

A governadora Rosalba Ciarlini voltou a falar sobre os 540 milhões de dólares que conseguir tomar emprestado ao Banco Mundial. Os primeiros 360 milhões de dólares chegarão em 30 dias. É dinheiro que nem presta.

E – como destacou a governadora numa coletiva que concedeu nesta segunda-feira – o RN nem precisou oferecer contrapartida, tal é o conceito que o Estado desfruta junto ao banco credor.

Eu – que em matéria de dinheiro – nunca vi nascer em árvore, nem cair do céu, fico esperando pra ver a fartura que essa chuva de dólares vai proporcionar ao RN.

CLIQUE AQUI para ler a reportagem publicada no portal do Governo do RN.

Cidade incentiva economia local com moeda própria no interior do RN

Batizada como carnaúba, moeda é utilizada no município de Carnaubais.
São Miguel do Gostoso, no litoral Norte, também criou uma moeda social.

Nome da árvore típica do semi-árido, a carnaúba agora também é sinônimo de dinheiro. Em Carnaubais, município da região Oeste do Rio Grande do Norte, as cédulas de carnaúba circulam desde agosto como moeda social com o objetivo de estimular a economia local. A ideia segue o exemplo da cidade de São Miguel do Gostoso, no litoral Norte, onde as notas levam o nome de gostoso.

Com o mesmo valor do real, a carnaúba já serve para comprar quase tudo na cidade. A moeda social funciona como aliada da moeda oficial brasileira e ajuda a fazer circular mais dinheiro em Carnaubais. “Estamos localizados entre dus cidades de economia mais forte, que são Assú e Mossoró. As duas levam muito de nossas riquezas. Víamos a dificuldade do comércio local fazer nossa riqueza girar internamente. A carnaúba será importante para nos fortalecer economicamente”, explica o sócio da Cooperativa dos Agricultores local, Ademar Menezes.

Para administrar a moeda social, foi organizado um banco solidário. Lá é possível trocar o real pela carnaúba. De acordo com o gerente do banco, Jair da Silva, a circulação do dinheiro é controlada com precisão, o que dificulta a falsificação das carnaúba. “Se de repente começaram a usar, facilmente vamos perceber, pois temos esse controle”, conta. Assim como a nota de real, a cédula também possui marcas que garantem sua autenticidade.

A carnaúba tem cédulas de 0,50, 1, 2, 5 e 10, cada uma com uma imagem que remete à história de Carnaubais. A de 0,50 mostra a antiga igreja da cidade. Na de 1 aparece a folha da árvore que dá nome à moeda social. A nota de 2 leva a foto do líder sindical Manuel Torquato de Souza, enquanto a de 5 traz a foto do deputado Olavo Lacerda Montenegro, nome que marcou a emancipação da cidade. Por último, a cédula de 10 é estampada com o rosto da cantora Núbia Lafaiete.

Salário mínimo previsto para 2014 será de R$ 722,90, diz ministra

images

A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, anunciou nesta quinta-feira (29) que o Projeto de Lei Orçamentária (Ploa) elaborado pelo governo prevê salário mínimo de
R$ 722,90 a partir de 1º de janeiro de 2014. O valor atual do salário mínimo é de R$ 678,00.

“O novo valor do salário mínimo previsto na peça orçamentária é de R$ 722,90, já incorporando a regra de valorização do salário mínimo, que tem sido uma política importante de alavancagem da renda das famílias no Brasil, o que tem nos levado a patamares de qualidade de vida muito superiores”, disse a ministra após entregar o projeto em mãos ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-RO).

O valor do salário mínimo é calculado com base no percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do ano retrasado mais a reposição da inflação do ano anterior pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Fraude contra o INSS provoca desvio de pelo menos R$ 2 milhões, diz PF

Índice

A Polícia Federal acusa 169 pessoas de se beneficiarem de uma fraude milionária contra a Previdência Social. De acordo com o delegado da Polícia Federal Ulisses Francisco Mendes, o rombo é de R$ 2 a 5 milhões, como mostra a reportagem do Fantástico.

Um dos beneficiados com o esquema é o jogador Andrei Frascarelli, de 40 anos. Ele já jogou nos times principais do Palmeiras, Flamengo e Santos. Em outubro do ano passado, ele foi um dos destaques do torneio Rio-São Paulo de Showbol.

Na época do torneio, ele recebia um auxílio-doença do INSS, no valor de R$ 3 mil mensais. Os motivos alegados seriam a instabilidade crônica do joelho e condromalácia da rótula, uma doença degenerativa em um dos principais ossos do joelho.

Os próprios golpistas, em conversas por telefone, comentaram que foi um erro Andrei ter aparecido jogando bola, enquanto recebia o benefício.

Carapicuíba
As investigações começaram em Carapicuíba, na Grande São Paulo, há oito meses. A fraude iniciava na porta da agência do INSS. Depois de abordar o segurado, a quadrilha o levava para o escritório do grupo, que ficava a apenas 500 metros da agência do INSS .

O passo seguinte era falsificar os exames apresentados na perícia. Alguns dos laudos e atestados falsos saíam de um centro médico que pertencia aos chefes da quadrilha.

Depois, segundo a polícia, os donos do escritório passavam uma lista com os nomes desses clientes para um servidor que trabalhava no INSS, que tinha a senha dos computadores da instituição. Em Carapicuíba, essa pessoa era Renata Aparecida dos Santos. Ela é acusada de manipular a agenda de perícias e encaminhar os falsos doentes ao médico que liberava o auxilio doença de forma irregular.

Ela recebeu grande quantidade de dinheiro e também de materiais de construção pra uma reforma na sua casa. Hoje, Renata está presa e sua advogada não quis falar.

O perito de Carapicuíba envolvido na fraude é o médico Adrian Ortega. Conversas gravadas com autorização da justiça entre ele o empresário Marcos Agopian, apontado como um dos chefes da quadrilha, mostram que Agopian determinava quem o perito deveria atender e em qual horário.

Segundo as investigações, o perito aceitava todo tipo de propina para liberar o auxílio-doença. O perito quase foi para Cancún, no México em um pacote de cerca de R$ 30 mil pago pela quadrilha, mas a fraude foi descoberta a tempo, segundo o Ministério Público Federal.

Adrian Ortega foi preso em junho e agora responde em liberdade. Seu advogado, Luís Carlos Dias Torres, afirma que ele não recebeu propina. “Todos os laudos que ele emitiu retratavam a opinião médica e técnica dele a respeito daquele paciente”, diz Torres. Quanto aos valores recebidos por Ortega, o advogado afirma que “havia relações empresariais e comerciais entre eles que não tinham nada a ver com as funções que ele exercia no INSS”.

Quem conseguia o auxílio-doença tinha que dar o primeiro pagamento à quadrilha, ou uma porcentagem do valor recebido durante alguns meses.

A quadrilha também se aproveitava do desespero de algumas pessoas que tinham problema de saúde, mas não conseguiam o auxílio-doença. É o caso de Francisco, de 35 anos. Ele tem uma doença no sistema nervoso central. Pagou R$ 265 aos golpistas e recebeu o auxílio-doença. Quando a fraude foi descoberta, uma junta médica constatou os problemas de saúde dele. O benefício de Francisco não foi cancelado e ele não será processado.

Segundo o delegado Ulisses Francisco Mendes, dos 169 acusados de receber o benefício irregular, já há confirmação que 149 segurados e mais 12 familiares receberam o benefício sem ter o direito.

Osasco
Parte dos benefícios irregulares também saiu de outra agência do INSS da Grande São Paulo. Em Osasco, são acusados de participar do esquema o perito Rubens de Oliveira e o técnico administrativo Leonilso Sanfelice.

Foi nesta agência que o ex-jogador Andrei conseguiu o auxílio-doença, por ter problemas no joelho. Em maio deste ano, antes de passar de novo pela perícia, o servidor Sanfelice aconselhou Andrei a falar pouco com o médico, pois a funcionária da sala ao lado poderia escutar.

Segundo o INSS, Andrei recebe o auxílio-doença há um ano e meio. Ele tem o benefício do INSS como única fonte de renda comprovada, segundo o Ministério Público.

“Acreditamos que um dos motivos que o levou a procurar esse benefício seria para conseguir pagar um valor menor a sua ex-mulher e ao seu filho, de pensão alimentícia”, diz a procuradora da República Fabiana Rodrigues de Souza Bortz.

A advogada do jogador, Célia Marcondes Smith, nega que o auxílio-doença seja uma forma de Andrei pagar menos pensão alimentícia e diz que não houve pagamento de propina. “O funcionário, quando atende bem, pede realmente alguma gorjeta. Infelizmente, no Brasil, essas coisas acontecem. Se ele teve que dar alguma coisa, enganaram-no. Em nenhum momento, ele pensou que pudesse ser um grupo que tivesse fazendo parte de algum crime”, disse.

Acusados de chefiar a quadrilha, os irmãos Marcos e Vanderlei Agopian, estão foragidos. O perito de Osasco, Rubens de Oliveira, está na cadeia. Os advogados dos três preferiram não se manifestar.

O técnico administrativo da previdência, Leonilso Sanfelice, responde em liberdade e não quis gravar entrevista.

Só este ano, as fraudes contra o INSS chegam a R$ 19 milhões. Segundo o presidente do INSS, quem se beneficiou irregularmente, vai ter que devolver. “Nós vamos em busca de recursos, incialmente, financeiros. Se não tiver, de seus bens. Falecido, os herdeiros serão responsabilizados.”

Dificuldades
Enquanto isso, quem direito ao benefício quem contribuiu mais de um ano com a Previdência e está impedido de trabalhar por doença ou acidente por mais de quinze dias. A pessoa passa por um perito e o auxílio é cancelado quando ela se recupera.

Pessoas que tentam conseguir o auxílio-doença honestamente enfrentam dificuldades. É o caso de Ana Lúcia Silva, de São Paulo. Ela já foi secretária, analista e atendente de telemarketing. Em 2007, a saúde começou a piorar depois de uma cirurgia de hérnia de disco.

Aos 42 anos, ela depende da filha caçula, de 12, que a ajuda a se trocar e a se alimentar. Ana chegou a receber auxílio-doença por cinco anos, mas o benefício foi suspenso no ano passado, porque ela faltou a uma das avaliações. Depois disso, Ana voltou a procurar o INSS. Depois de seis meses tentando retomar o benefício, Ana finalmente será aposentada por invalidez.

Ana Lúcia, que não participou de nenhuma fraude e ficou desde o começo do ano sem receber o auxílio-doença, diz como se sente ao saber desses golpes. “Revoltada completamente. Pessoas sadias que ganham valores altíssimos e a gente fica brigando por causa de um salário mínimo. É tudo muito vergonhoso.”

Danou-se! Lula passa a assinar coluna mensal no “The New York Times”

20121214094130_cv_lula_gdeNa última segunda-feira (22), Luiz Inácio Lula da Silva (67) assinou nos EUA um contrato com o diário New York Times. O ex-presidente vai escrever uma coluna mensal que será distribuída pelo periódico (sei…).

O petista, que se reuniu com o diretor-geral do serviço de notícias do jornal norte-americano, abordará em seus textos “política e economia internacional, além de iniciativas para o combate à fome e à miséria no mundo”.

Projeto oferece bolsas de estudos para todo o país