Category Archives: Saúde

25 anos da Editora Fiocruz é o tema do Ciência & Letras

Terça-feira (26/10), às 9h, no Canal Saúde

Fundada em 1993, a Editora Fiocruz vem ao longo desses anos, facilitando o acesso ao conhecimento científico, promovendo livros nas diversas área de saúde. Seus 25 anos foram celebrados ano passado com o 1º Seminário Brasileiro de Edição Universitária e Acadêmica e a 31ª Reunião Anual da Associação Brasileira das Editoras Universitárias (ABEU).

O evento possibilitou a troca de conhecimentos entre casas editoriais de instituições de ensino superior e institutos de pesquisa, através de atividades culturais e rodas de conversas como a que contou com a participação do apresentador do Ciência & Letras Renato Farias, com o tema “Quais prateleiras, quais alcances?”.

Para contar como tudo começou, os desafios enfrentados e até mesmo sobre a parceria com este programa de televisão, vão estar em nosso estúdio o editor executivo da Editora Fiocruz, João Canossa e o ex-presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e primeiro editor da Editora Fiocruz, Paulo Buss.

Sobre o Ciência & Letras

O programa, fruto de uma parceria entre o Canal Saúde e a Editora Fiocruz, é para os amantes de livros em geral e promove o encontro entre a escrita da academia e os temas de outros saberes. Inédito às terças-feiras, às 9h, para todos os públicos.

Como assistir

Televisão: canal 2.4, no Rio de Janeiro e em Brasília e 62.4, em São Paulo, na multiprogramação da TV Brasil, no Sistema Brasileiro de TV Digital; em todo o Brasil por antena parabólica digital (frequência 3690). Internet: acesse www.canalsaude.fiocruz.br e clique na página principal em web TV (acessível por computadores e dispositivos móveis).

facebook.com/canalsaudeoficial     twitter.com/canalsaude   instagram.com/canalsaudeoficial

Mais informações:
Canal Saúde/Fundação Oswaldo Cruz
Assessoria de Comunicação – Adriana Nunes
adriananunes@fiocruz.br – 55 21 3194-7727

Ministério da Saúde divulga lista de instituições selecionadas para Programas de Residências

Ao todo, 107 instituições foram contempladas para oferta de 677 vagas em residência

O Ministério da Saúde publicou, sexta-feira (15), a lista das instituições selecionadas no edital para concessão de bolsas de Programas de Residência Médica e em Área Profissional da Saúde (multiprofissional e uniprofissional). A seleção tem o objetivo de incentivar a formação em especialidades e áreas de atuação e regiões prioritárias. Ao todo, 83 instituições ofertarão 413 vagas em Residência Médica e 24 instituições ofertarão 264 vagas em Residência Multiprofissional.

“A formação em saúde no Brasil ainda está muito distante do ideal. Hoje o que se observa é uma lógica de mercado e não uma formação que contemple os interesses da sociedade em resposta aos indicadores de saúde. Nosso interesse é que no processo de formação dos trabalhadores para a área de saúde, essa lógica seja alterada e que a qualidade da formação seja inquestionável”, destacou a Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro.

Veja aqui a lista de instituições contempladas – Parte 1

Veja aqui a lista de instituições contempladas – Parte 2

As instituições públicas municipais, estaduais e do Distrito Federal, instituições privadas sem fins lucrativos e as instituições federais vinculadas ao Ministério da Educação (MEC) que não foram contempladas podem interpor recurso por meio de formulário disponibilizado na página do SigResidências do dia 18 ao dia 19. O mesmo deverá ser encaminhado, via e-mail, para o endereço cplad.depreps@saude.gov.br .

Acesse aqui o SigResidências

O edital financiará, inicialmente, 677 bolsas de residência médica e multiprofissional, podendo sofrer alteração após a fase de recurso. O valor da bolsa de R$ 3.330,43, será pago durante todo o período do programa, de acordo com a duração de cada especialidade ou área de atuação.

Inscrição dos Residentes

Após a divulgação da lista final das Instituições, o coordenador da Comissão de Residência Médica (COREME) e da Comissão de Residência Multiprofissional (COREMU) deverá cadastrar, até o dia 1º de abril, os profissionais no sistema SigResidências.

Assista aqui o vídeo do passo a passo para cadastro o vídeo do passo a passo para cadastro

Por Natalia Pinheiro, do NUCOM/SGTES

Ministério da Saúde desmente perfil falso criado no WhatsApp

A respeito das mensagens e vídeos que circulam na internet, baseadas em um perfil falso criado no WhatsApp, que envolvem secretários do Ministério da Saúde, associações médicas e hospitais privados, sobre telemedicina, a pasta esclarece que solicitou, hoje, 11 de fevereiro, providências à Polícia Federal.

O pedido tem o objeto de buscar a apuração completa dos fatos, inclusive para que se esclareça a origem das mensagens, bem como sua respectiva disseminação.

Agência Saúde
Atendimento à imprensa
(61) 3315.3580

Saúde disponibiliza relação de médicos formados no exterior habilitados a participar da seleção do Mais Médicos

Reprodução/Ilustração internet

Órgão: Ministério da Saúde/Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde

PORTARIA Nº 16, DE 30 DE JANEIRO DE 2019

Divulga a relação dos médicos brasileiros formados em instituições de educação superior estrangeiras com habilitação para exercício da Medicina no exterior, com inscrição validada para participar do processo de seleção do Projeto Mais Médicos para o Brasil do Ministério da Saúde, e aptos à escolha de municípios, nos termos do subitem 4.4.4 do Edital SGTES/MS nº 22, de 7 de dezembro de 2019.

A SECRETARIA DE GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE, no uso das atribuições que lhe confere o Decreto nº 8.901, de 10 de novembro de 2016, e considerando os termos da Portaria Interministerial nº 1.369/MS/MEC, de 8 de julho de 2013, no âmbito do Projeto Mais Médicos para o Brasil, resolve:

Art. 1º Divulgar no endereço eletrônico http://maismedicos.gov.br, a relação final dos médicos brasileiros formados em instituições de educação superior estrangeiras com habilitação para exercício da Medicina no exterior, com inscrição validada para o Projeto Mais Médicos para o Brasil, e aptos à escolha de municípios, nos termos do subitem 4.4.4 do Edital SGTES/MS nº 22/2019.

Art. 2º Os médicos com inscrição validada deverão acessar o SGP, por meio do endereço eletrônico http://maismedicos.gov.br, para participar da etapa de escolha dos municípios, sob pena de não avançar nas demais etapas, devendo obedecer aos procedimentos descritos no Edital, estando cientes, inclusive, quanto às regras de alocação, conforme o subitem 4.5.1 do Edital SGTES/MS nº 22/2019.

Art. 3º A escolha do local de atuação prevista no item 4.5 do Edital SGTES/MS nº 22/2019, deverá ser realizada no prazo indicado no cronograma disponível no site http://maismedicos.gov.br.

Art. 4º Somente os médicos com inscrição validada terão acesso ao SGP para escolha dos municípios, observadas as regras do subitem 4.4.5 do Edital SGTES/MS nº 22/2019.

Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

MAYRA ISABEL CORREIA PINHEIRO

Gêmeas do interior do RN, que têm doença rara, chamam a atenção da primeira-dama Michelle Bolsonaro

Foto/Reproducao
Publicidade

s gêmeas mossoroenses Maria Heloísa e Maria Eduarda, portadoras de epidermólise bolhosa, conhecido como “síndrome da borboleta”, participaram em Brasília de um fórum sobre síndromes raras, organizado pelo governo Federal.

O Fórum de Discussão com a Sociedade Civil e o Governo Federal sobre Síndromes Raras aconteceu na sede do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

A presença de Heloísa e Eduarda chamou a atenção da primeira-dama do País, Michelle Bolsonaro, que fez a abertura do evento.

Em seu endereço nas redes sociais, a primeira-dama postou foto com as gêmeas e escreveu:

“Hoje conheci duas lindas borboletas! As meninas Eduarda e Heloísa, de Mossoró/RN, vieram para o nosso evento sobre doenças raras. Elas têm epidermólise bolhosa, mas conhecida como síndrome da borboleta. É uma doença tão grave que causa dores 24 horas.”

Mossoró conhece a luta de Eduarda e Heloísa. As gêmeas lutam contra a doença rara desde os primeiros dias de vida.

A epidermólise bolhosa é o nome que se dá a um grupo de doenças não contagiosas de pele, de caráter genético e hereditário. O tratamento é feito à base de suplementos alimentares, que são caros, assim como as ataduras especiais antiaderentes necessárias.

É uma luta diária. As meninas moram com a mãe Kaliane Porto de Morais, em Mossoró. A doença causa a formação de bolhas e em seguida de feridas que deformam a pele em todo corpo, atingindo inclusive o esôfago.

Recentemente, o casal Isaías Júnior/Isabelle Mirelle, ao tomar conhecimento que as gêmeas tinham o sonho de realizar um ensaio fotográfico, patrocinou esse momento de alegria. O ensaio ficou lindo (VEJA AQUI).

Na fala de abertura do evento em Brasília, realizado na quarta-feira (23), Michelle Bolsonaro afirmou que o poder público pode e deve agir ainda mais para garantir os direitos de pessoas com doenças raras, entre as quais a cri-du-chat (síndrome do miado de gato ou do choro do gato ou CDC), epidermólise bolhosa, síndrome duchenne e atrofia muscular espinhal, entre outras.”

“Reafirmo aqui que o poder público pode e deve agir ainda mais por essas pessoas, no estudo e na disseminação do conhecimento sobre essas doenças e síndromes”, acrescentou.

Michelle declarou, ainda, que pessoas com síndromes raras precisam receber um “olhar diferenciado”, além da “divulgação constante”

A ministra Damares Alves anunciou a criação da Coordenação Nacional dos Raros, ligada à Secretaria da Pessoa com Deficiência, cujo objetivo será elaborar políticas públicas de apoio a pessoas com síndromes raras.

Segundo o Ministério da Saúde, considera-se doença rara aquela que afeta até 65 pessoas em cada 100 mil indivíduos. Estima-se que existam entre 6 mil e 8 mil tipos diferentes de doenças raras em todo o mundo.

No Brasil, a estimativa é de que 13 milhões de pessoas sofram com algum tipo de doença rara.

Do De Fato

Novo cronograma de transferências obrigatórias do Fundo Nacional de Saúde já está valendo

Alguns pagamentos foram antecipados em 25 e 15 dias. Outras ações tiveram o prazo de recebimento reduzido em 25 dias. Todos em relação ao cronograma anterior, de 2014

 Está em vigor desde o final do ano passado, 2018, um novo cronograma de pagamento de despesas obrigatórias do Fundo Nacional de Saúde – FNS.  Os novos prazos fixados como limite de transferências dos recursos para a execução das Ações e Serviços Públicos de Saúde (ASPS) por parte dos entes federados foram debatidos e acordados no âmbito do Ministério da Saúde e pactuados com as secretarias finalísticas, responsáveis pelas ações orçamentárias e pelo envio dos processos de pagamentos ao FNS.

Considerando o cronograma de pagamento de 2014, observa-se ganhos em antecipações de datas, especialmente nas ações 20AC (Incentivo Financeiro às Ações de Vigilância e Prevenção e Controle das DSTs/AIDS e Hepatites Virais)  e nas 20AE (Promoção da Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos na Atenção Básica em Saúde), com o recebimento dos recursos dessas ações reduzido em 25 dias. Na mesma direção, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)  teve o pagamento antecipado em 20 dias e a ação 20AD – Piso de Atenção Básica Variável (PAB Variável) – teve o recebimento dos recursos antecipado em 15 dias. Todas as novas datas limite de transferência pelo FNS constam em tabela que pode ser acessada clicando aqui.

por Marcílio Souza

No RN, 110 médicos migram da atenção básica para o programa Mais Médicos

Médicos trocam postos de saúde pelo Mais Médicos no Rio Grande do Norte

Jornal Nacional

Médicos trocam postos de saúde pelo Mais Médicos no Rio Grande do Norte

Médicos trocam postos de saúde pelo Mais Médicos no Rio Grande do Norte

Esta quarta-feira (6) foi o terceiro dia de trabalho da médica Kássia Galvão, em Santa Maria, a 66 quilômetros de Natal. Ela deixou um programa do Ministério da Saúde em outro município do Rio Grande do Norte e assumiu a vaga deixada por uma médica cubana, no Mais Médicos. O salário mais alto contribuiu para a decisão da mudança. Essa é a mesma situação de outros 109 profissionais da medicina que atuavam na atenção básica à saúde no estado potiguar.

Kássia Galvão estava lotada na cidade de Lagoa Salgada e por lá recebia R$ 7 mil. O Mais Médicos está pagando R$ 11.800, líquido. “O Programa Mais Médicos não tem desconto. É um dinheiro que vem líquido, e também nós não declaramos Imposto de Renda com ele. É considerado como uma bolsa. Para o profissional é excelente, e ainda oferta uma educação continuada. Então ele oferta pro profissional que escolhe entrar no programa uma especialização em saúde da família, da comunidade, uma saúde da atenção básica. E isso é importante para o profissional que está melhorando seu atendimento e para a população que vai ganhar com um profissional mais qualificado”, argumenta.

No Rio Grande do Norte, 110 médicos saíram do Programa de Estratégia de Saúde da Família e foram para o Mais Médicos. Os dados foram confirmados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

Isso representa a metade dos profissionais que atuavam na atenção básica. As vagas deixadas pelos cubanos estão sendo ocupadas, porém surgiu um problema: está faltando médico nos municípios mais distantes.

A médica Kássia Galvão deixou a cidade de Lagoa Salgada para integrar o Mais Médicos em Santa Maria, no Rio Grande do Norte — Foto: Emmily Virgílio/Inter TV Cabugi

A médica Kássia Galvão deixou a cidade de Lagoa Salgada para integrar o Mais Médicos em Santa Maria, no Rio Grande do Norte — Foto: Emmily Virgílio/Inter TV Cabugi

Em todo o país, segundo o Conselho de Secretários Municipais de Saúde, 2.844 trocaram programas básicos de saúde pelo Mais Médicos. Na zona rural de Janduís, a 300 quilômetros de Natal, o posto de saúde está sem médico há dez dias, depois da saída do profissional que atuava lá para o programa Mais Médicos.

“Quando o médico não vem pra cá, a gente tem que pagar o transporte pra ir pra cidade. Aí fica complicado porque muitas vezes é urgência”, conta a dona de casa Jailma Alves.

O secretário de Saúde do Município, Marinaldo da Silva, afirma que está pensando numa nova proposta pra atrair os médicos. “O Mais Médicos tá pagando 11.800 reais sem desconto, líquido. Ao contrário do município, que a gente paga 10 mil reais, mas, com desconto de imposto de renda, vem pra casa de 7.500 reais na ESF (Estratégia de Saúde da Família). A gente tem que planejar uma nova proposta que se adéque mais ou menos parecida com a do Mais Médicos, pra gente ter nas nossas equipes”, explica.

Já o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, José Leonardo Cassimiro de Araújo, quer ajuda do Governo Federal. “Nós temos a Estratégia da Família que é do Governo Federal pra levar até os municípios, e temos o Mais Médicos. Dentro desses dois programas houve essa competição. Quem está saindo ganhando é Mais Médicos, ou melhor, os médicos que estão indo para o Mais Médicos. E o problema ficando em muitos municípios brasileiros na falta do médico da Estratégia da Família”, alega.

Situação precária

Nas unidades de saúde em que Kássia Galvão atendeu neste primeiro dia de trabalho falta água para lavar as mãos e até para beber. A geladeira em que ficam armazenadas as vacinas não pode ser usada porque a unidade nunca teve energia elétrica.

Montanhas RN – Programação Outubro Rosa para esta quarta feira (24) promovida pela Secretaria de Saúde

Nesta quarta feira (24) a Secretaria de Saúde do município de Montanhas, por intermédios de seus profissionais da Saúde, equipe de apoio dos Coordenadores (as), Secretária de Saúde Dra. Luzia Farias e o apoio do Prefeito Municipal Manuel Gustavo, fazem toda uma programação para atender as mulheres sobre a prevenção do “Câncer de Mama”.

O Blog Montanhas em Ação foi contatado pela Coordenadora Elidiana que nos forneceu essas informações afirmando que esta campanha é denominada aqui no município como “Dia D” e o tema proposto é: “Todos Juntos apoiando essa causa”. O objetivo é realizar o máximo de consultas aos pacientes que se disponibilizarem para este atendimento.

Os profissionais de Saúde como: Ginecologista, Clínicos gerais, Odontólogos, enfermeiros (as), Técnicos, auxiliares e equipes do NASF, estarão presentes, orientando-os, promovendo ações relacionadas ao tema em questão, além de muitas outras atividades afins que se apresentarão durante todo o dia.

Acompanhe toda Programação que nos foi encaminhada, obedecendo os Locais e horários abaixo :

 

OUTUBRO ROSA
PROGRAMAÇÃO DO DIA D
TEMA: “TODOS JUNTOS APOIANDO ESSA CAUSA”
CAMPANHA CONTRA O CÂNCER DE MAMA

 DIA: 24.10.2018

05:00- Caminhada Contra o Câncer de Mama

Participação: Orquestra sinfônica da Escola Belo Horizonte

Concentração: Secretaria Municipal de Saúde

 

Local: Centro II e CCI

08:00 -11:00- Atendimentos com os Clínicos Gerais, Ginecologista, Odontólogo, Auxiliar de Saúde Bucal, Enfermeiras, Técnica em enfermagem e NASF

13:00-17:00- Atendimentos com os Clínicos Gerais, Ginecologista, Odontólogo, Auxiliar de Saúde Bucal, Enfermeiras, Técnica em enfermagem e NASF 

Local: Praça Costa e Silva

17: 00- Apresentação através da música inspiradas pela luta contra a Contra o Câncer de Mama, com a participação das profissionais, pacientes e mulheres no geral.

Destaques da Programação Semana de 22 a 28 de outubro CANAL SAÚDE

Destaques da Programação
Semana de 22 a 28 de outubro de 2018

Fique por dentro do que vai estar em pauta na programação do Canal Saúde ao longo da semana e saiba também todos os horários alternativos, para não perder nada.

Bate Papo na Saúde – Segunda-feira (22), às 9h30

Plano Municipal de Saneamento Básico: acesso ao saneamento básico é um dos indicadores sociais de saúde de maior impacto na vida das pessoas. A Lei nº 11.445/2007 é considerada um marco para o setor de saneamento no Brasil e estabelece as diretrizes e princípios para a universalização do acesso a esse serviço essencial. Ela determina que toda cidade deve elaborar um Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) para tratar de abastecimento de água potável, esgoto, manejo de resíduos sólidos e drenagem e manejo de águas pluviais urbanas. Esses planos são importantes para organizar e permitir um bom uso dos recursos públicos na área. No entanto, segundo dados do IBGE, um quarto dos municípios brasileiros não tem e nem estão desenvolvendo uma política pública ou plano estruturado para gestão dos sistemas de saneamento básico. Para aprofundar as questões relacionadas à importância desse planejamento e discutir os dados referentes ao assunto, no próximo Bate Papo na Saúde, o apresentador Paulo Bellardi entrevista o coordenador do Laboratório da Hidrologia da COPPE-UFRJ, Paulo Canedo, e a pesquisadora titular do Departamento de Saneamento e Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (DSSA/ENSP/Fiocruz), Débora Cynamon Kligerman.

Horários alternativos: Segunda – 14h; Terça – 21h; Quarta – 9h30 e 14h; Quinta – 21h; Sexta – 9h30 e 14h; Sábado – 19h30; e Domingo – 18h30.

Canal Saúde na Estrada – Segunda-feira (22), às 10h

Macaíba – RN – Projeto Barriguda: o Canal Saúde na Estrada vai para a maior comunidade Quilombola do Rio Grande do Norte, Capoeiras, próxima ao município de Macaíba. Lá é desenvolvido o projeto Barriguda, que tem o objetivo de levar atendimento pré-natal às gestantes da região. Este foi um dos seis projetos premiados na 2ª Conferência Nacional de Saúde da Mulher e acontece desde 2015, fruto de uma parceria entre o Instituto Santos Dumont, através do Centro de Educação e Pesquisa em Saúde Anita Garibaldi (CEPS), e instituições federais de ensino. Na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o projeto é vinculado à disciplina Competência Cultural na Atenção à Saúde da Mulher Quilombola. Para os profissionais da saúde que participam do Barriguda, o projeto é uma oportunidade de ampliar a formação específica no atendimento às populações quilombolas.

Horários alternativos: Segunda – 14h30 e 20h; Quarta – 10h, 14h30 e 20h; Sexta – 10h e 14h30; Sábado – 17h e Domingo – 13h.

Unidiversidade – Segunda-feira (22), às 10h30

Juventude Negra e o Mercado de Trabalho: o país ainda atravessa um momento de dificuldade, com um alto índice de desemprego, que é mais grave entre os jovens. Ao mesmo tempo, pessoas negras enfrentam mais dificuldades que as brancas no mercado de trabalho, segundo avaliação do Ministério Público do Trabalho (MPT). Essas dificuldades envolvem progressão de carreira, a desigualdade de salários e o fato de que os negros estão mais vulneráveis ao assédio moral no ambiente de trabalho, apesar da proteção constitucional contra o racismo e a discriminação. E como fica a juventude negra, que se encontra duplamente entre as parcelas mais desfavorecidas, quando o assunto é mercado de trabalho? Quais os caminhos para enfrentar este desafio? É o que você vai saber no próximo Unidiversidade.

Horários alternativos: Segunda – 15h e 20h30; Quarta – 10h30, 15h e 20h30; Sexta – 10h30 e 15h; Sábado – 17h30; e Domingo – 18h.

Ligado em Saúde – Segunda-feira (22), às 11h

Tratamento de Câncer de Mama – efeitos físicos e psicológicos: ainda dentro do Outubro Rosa, o mês de conscientização sobre o câncer de mama, o Ligado em Saúde vai falar sobre o tratamento da doença e seus efeitos físicos e psicológicos. Se com certeza não é fácil passar pelo processo, ter informação sobre o tema e falar sobre o assunto pode ajudar as pacientes a passar por este momento delicado. E é o que o Ligado em Saúde vai fazer no programa que recebe o mastologista do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) e diretor do HC3, Marcelo Bello, e a psicóloga da Santa da Casa do Rio de Janeiro, Márcia Regina Costa.

Horários Alternativos: Segunda – 15h30 e 21h; Quarta – 11h, 15h30 e 21h; Sexta – 11h e 15h30; Sábado – 12h30; e Domingo – 19h30.

Em Pauta na Saúde – Segunda-feira (22), às 13h30

A estratégia global para diminuir o consumo nocivo de álcool lançada pela Organização Mundial da Saúde (OMS); a nova campanha da OMS voltada para a saúde mental dos adolescentes e a 15ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia são os destaques do próximo Em Pauta na Saúde.

Horários Alternativos: Segunda – 16h30 e 19h45; Quarta – 13h, 16h30 e 19h45; Sexta – 16h30; Sábado – 14h e 19h; e Domingo – 14h e 19h.

Programa VídeoSaúde – Segunda-feira (22), às 22h30

Pedras Pretas: Itaúnas de São Benedito e São Sebastião: a Festa de São Benedito e São Sebastião, em Itaúnas (ES), é o principal momento de folclore da região. Conta a história de um povo marcado pela escravidão, tragédia ecológica e a onda de modernidade pós revolução industrial. Para além de tudo, marca o folclore como uma forma de exercício político.

Horários alternativos: Terça – 19h; Quarta – 22h30; Quinta – 19h; e Domingo – 21h30.

Ciência & Letras – Terça-feira (23), às 9h

A Poesia de Alberto Pucheu: Com oito livros de poesia e diversos ensaios publicados, Alberto Pucheu ganhou prêmios como o do Programa de Bolsas para Escritores Brasileiros, da Fundação Biblioteca Nacional, com o livro “A fronteira desguarnecida”, e o Prêmio Mário de Andrade de Ensaio Literário, também da Fundação Biblioteca Nacional, por “Pelo colorido, para além do cinzento (a literatura e seus entornos interventivos)”, e é a obra poética do  poeta, escritor e professor de Teoria Literária da UFRJ Alberto Pucheu o tema do próximo Ciência & Letras.

Horários Alternativos: Terça – 14h e 20h; Quinta – 9h, 14h e 20h; Sábado – 13h30; e Domingo – 12h30.

Sala de Convidados – Terça-feira (23), ao vivo, às 11h

Tuberculose, mobilizar para eliminar: chefes e ministros de estado se reuniram na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) no mês passado para buscar um consenso sobre como eliminar a tuberculose do mundo até 2030. O encontro inédito resultou em um relatório que pede uma mobilização sem precedentes dos países para atingir essa meta, ligada ao Objetivo 3, Saúde e Bem-Estar, da Agenda 2030 de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O Sala de Convidados vai abordar o tema, falar sobre como anda a situação do Brasil nesse assunto e discutir como mobilizar governo, profissionais de saúde e a população para eliminar a tuberculose.

Horários alternativos: Terça – 15h30; Quinta – 11h e 15h30; Sexta – 20h30; Sábado – 22h; e Domingo – 22h.

Confira toda a programação no site do Canal Saúde: www.canalsaude.fiocruz.br

Como assistir

Televisãocanal 2.4, no Rio de Janeiro e em Brasília e 62.4, em São Paulo, na multiprogramação da TV Brasil, no Sistema Brasileiro de TV Digital (também é acessível para celulares com TV); em todo o Brasil por antena parabólica digital (freqüência 3690).

Internet: acesse www.canalsaude.fiocruz.br e clique na WEB TV, na página principal (acessível por computadores e dispositivos móveis).

Montanhas RN – Materiais e equipamentos para a secretaria de saúde continua chegando

Mais duas remessas de equipamentos e materiais para a Secretaria de Saúde chegaram no município de Montanhas. Uma foi recebida na segunda feira (15) e a outra quarta feira (17) e temos informações que virão muito mais outras durante este mês.

O Blog Montanhas em Ação esteve presente registrando todo recebimento juntamente com os coordenadores (as) responsáveis, a convite da Secretária de Saúde Dra. Luzia Farias.

Essas remessas são oriundas de verbas dos deputados que encaminharam os recursos para atender a municipalidade no tocante a saúde. Com os esforços do Prefeito Manuel Gustavo, que desde 2017 vem buscando esses aportes, agora, estão chegando em nosso município e, diga-se de passagem, em momento muito bem-vindo.

O cuidado de equipar as unidades de saúde foi minuciosamente avaliado pelo Prefeito, pela Secretária de Saúde Dra. Luzia Farias e sua equipe. Desta forma, vamos aguardar concluir essa etapa, para distribuir todos equipamentos em seus devidos lugares, portanto, funcionar atendendo toda população de Montanhas.

Em conversa com a Secretária de Saúde, sabe-se que muitos municípios, inclusive vizinhos ao nosso, não dispõe atualmente de certos equipamentos que hoje em Montanhas vai passar a ter disponibilidade, como por exemplo, o desfibrilador, é um equipamento usado em primeira necessidade, e só quem sabe o valor do uso deste equipamento, quem dele depende, e em Montanhas passa a ter 2 equipamentos, será usado um na Unidade Mista Santa Isabel e outro na ambulância equipada. Disse! “O que se fazia manualmente numa extrema necessidade para a reanimação de um paciente com problemas cardíacos, agora poderemos fazer com o equipamento bem mais apropriado que ora dispomos”. Disse Elidiana Nascimento.

Pois bem! Vamos torcer para que ninguém possa depender de certos equipamentos, mas se assim for o caso, que seja usado por uma boa causa, e sempre que precisar, tudo ocorra no mais bem avaliado conceito de sobrevivência. Porque o melhor da saúde é que seja a plenitude da vida. Efeito do Blog Montanhas em Ação.

Vamos as Fotos:

Créditos fotos/Luzia Farias

 

Crédito fotos/Blog Montanhas em Ação

 

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é o tema do Sala de Convidados

Resultado de imagem para canal saude ciencia e tecnologia de 15 a 21

Ao vivo

A 15ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) acontece de 15 a 21 de outubro de 2018 e traz como tema este ano “Ciência para a redução das desigualdades”. Promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), a SNCT conta com ações realizadas por todo o país com o objetivo de aproximar a Ciência e Tecnologia da população.

Na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a abertura da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2018 acontece nesta terça-feira, 16 de outubro, e contará com a conferência “O Museu Nacional e seu papel na história das ciências e da saúde no Brasil”, com a pesquisadora e vice-diretora de Pesquisa e Educação da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), Magali Romero Sá. E a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia também vai ser tema do Sala de Convidados, que vai ao ar nesta terça-feira (16), ao vivo, às 11h, no Canal Saúde.

O programa vai falar sobre a SNCT como um todo e trazer o tema deste ano, “Ciência para a redução das desigualdades”, para o centro da discussão. No estúdio do Canal Saúde, estarão o biólogo e tecnologista da Fiocruz, integrante do Comitê Executivo da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, Miguel Oliveira; o tecnólogo e pesquisador da Coordenação de Educação e Ciências do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST/MCTIC), Douglas Falcão; e a coordenadora nacional da Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (OBSMA/Fiocruz), Cristina Araripe. Não perca e participe!

Sobre o Sala de Convidados

Programa ao vivo, inédito toda terça-feira, das 11h às 12h. Os temas em geral são factuais, relacionados às políticas públicas na área da saúde e a participação do espectador pode ser antecipada ou no dia com perguntas através do número 0800 701 81 22, pela fan page do Canal Saúde, pelo e-mail canal@fiocruz.br e pelo chat (apenas durante o programa) no site da TV.

Como assistir

Televisãocanal 2.4, no Rio de Janeiro e em Brasília e 62.4, em São Paulo, na multiprogramação da TV Brasil, no Sistema Brasileiro de TV Digital (também é acessível para celulares com TV); em todo o Brasil por antena parabólica digital (frequência 3690). Internet: acesse www.canalsaude.fiocruz.br e clique na página principal em Web TV (acessível por computadores e dispositivos móveis).

www.canalsaude.fiocruz.br  facebook.com/canalsaudeoficial   twitter.com/canalsaude   instagram.com/canalsaudeoficial

Mais informações:
Canal Saúde/Fundação Oswaldo Cruz
Assessoria de Comunicação – Gabriel Cavalcanti da Fonseca
gabrielcfonseca@gmail.com – 55 21 3194-7707
Coordenação: Ana Cristina Figueira

Montanhas RN – Outubro Rosa é motivo para reflexão do “câncer de mama”

Resultado de imagem para outubro rosa

O Blog Montanhas em Ação recebeu as informações por intermédio da Coordenadora de Programas e Ações da Saúde do município de Montanhas, Elidiana, sinaliza dados de inclusão dos Bairros do Boa Esperança, Centro II e Lagoa de Pedras, sobre Câncer de Mama.

Na ocasião a movimentação do Outubro Rosa visa à conscientização sobre a importância de um diagnóstico precoce e da prevenção contra o câncer de mama. O Blog manteve contato com Elidiana e ela afirma que hoje foi para as populações dos Bairros do Boa Esperança, Centro II e Lagoa de Pedra. A Palestras com os temas: Câncer de Mama; Prevenção, fatores de risco e queixas mais comuns; Mamografia e fisioterapia oncológica. Disse!

Essas ações vêm sendo realizada constantemente, mas nesta época, momento em que dá ênfase com mais propriedade, devido as campanhas de ordem nacional, o município participa com toda dedicação para prevenir e orientar todo esse público. Diz Elidiana.

Vamos acompanhar nas fotos:

Montanhas RN – NASF promove festinha para as crianças com necessidades especiais

Crédito foto/Blog Montanhas em Ação

Nesta quarta-feira (10) em Montanhas, os profissionais que atuam no NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) promoveram uma festinha em comemoração ao dia da criança, antecipando assim, pelo fato do dia 12 de outubro ser feriado, data em que se comemora o dia de Nossa Senhora de Aparecida, Padroeira do Brasil, e que coincide com o dia da criança.

Nesta ocasião o Blog Montanhas em Ação foi convidado para comparecer e dar publicidade as ações realizadas por seus profissionais.

A Secretária Luzia Farias esteve presente, acompanhada da Coordenadora Elidiana Nascimento dos Programas e Ações da Saúde, Coordenadora Taciana Lima da Atenção Básica da Saúde e do Chefe de Gabinete do município Ubiratan, onde puderam presenciar atividades diretamente oferecidas às crianças, além de brindes, lanches, guloseimas, brincadeiras e diversões variadas, práticas deste período comemorativo.

Observamos muita mobilização por parte das mães que se sentem gratificadas em ver seus filhos participando socialmente das ações que lhes são peculiares do dia da criança. Dá para ver no rosto de cada criança a satisfação. Você pode notadamente acompanhar nas fotos logo abaixo.

O NASF trabalha com crianças de necessidades especiais e essa inclusão é muito importante para o envolvimento delas na sociedade, os Profissionais de saúde fazem o melhor de si para atender essa demanda, e aqui, apresentamos toda coordenação e seus apoiadores, aponta a Nutricionista Camila que deu essas informações ao Blog.

  • Recepcionista – Tarcisa
  • Asg – Maria José
  • Coordenadora do PSE Juliana
  • Psicóloga – Larissy
  • Fisioterapeuta – Felipe
  • Fisioterapeuta – Robson
  • Fonoaudióloga – Vivia
  • Nutricionista – Camila

“É muito importante contar com toda a equipe NASF, enfermeiras, coordenadoras, secretaria municipal de saúde. Larissy Farias relata que a criança se desenvolve de forma integral nos aspectos cognitivos, afetivos, físico-motores, morais, linguísticos e sociais, segundo o teórico Jean Piaget, e com isso é de suma importância o brincar em todas as idades. Sinaliza a Psicóloga Larissy, Feliz dia das crianças ! Vamos proteger e cuidar nossos pequenos”. Disse.

Vamos as fotos:

Fotos: Blog/Camila/Larissy

Montanhas RN – Outubro Rosa na Unidade de Saúde Centro II veja está legal a dinâmica

O Blog Montanhas em Ação esteve visitando o Centro II, órgão da Secretaria de Saúde do Município de Montanhas, e encontramos uma satisfação de grande valia para com as mulheres e homens que atuam sempre na disponibilização de atendimentos naquela unidade de saúde.

Oportunamente estava-se preparando uma dinâmica para ofertar uma palestra sobre o Outubro Rosa, que já é de conhecimento de todos e todas, estas ações estão sendo realizada sempre neste período, e todos anos.

Os profissionais de saúde fazem realmente o melhor para atender a população de Montanhas!

Vamos acompanhar nas fotos:

Credito das fotos/Blog Montanhas em Ação

Montanhas RN – Secretaria de Saúde do município começa a receber equipamentos

A convite da Secretária de Saúde do município de Montanhas, Dra. Luzia de Farias, juntamente com as Coordenadoras Taciana e Elidiana Nascimento, contou também com o Chefe de Gabinete Ubiratan, o blog Montanhas em Ação esteve acompanhando o recebimento de alguns equipamentos para os Órgãos da Secretaria de Saúde que já começaram a chegar para atender com mais qualidade os munícipes que fazem uso desses equipamentos.

A Secretária recebe nesta terça feira (09) as primeiras remessas, podemos acompanhar nas imagens abaixo. “É muito importante esses equipamentos, porque vamos dar uma melhorada substancial e incremento na saúde de Montanhas, já faz muito tempo que o município necessitava dessa demanda, graças a Deus estamos recebendo o que nos foi prometido e vamos implantá-las, com responsabilidade que temos, para que a satisfação do nosso povo, seja a razão do nosso compromisso”. Afirma Dra. Luzia Farias.

Aponta, ainda, informações, que nesta semana está chegando outros equipamentos de outras empresas, o Blog Montanhas em Ação, caso seja convidado, ou se tiver conhecimento de que está sendo realizado algo que beneficia  a população, estaremos dando as informações em primeira mão.

Os esforços do Prefeito Manuel Gustavo, nas idas a Brasília, em busca do melhor para a saúde de Montanhas, está chegando com muita aceitação, foram as emendas dos agentes políticos que o prefeito manteve contato, hoje é uma realidade, o que foi dito, está sendo cumprido, portanto, é hora de avaliar essas atitudes com viés de responsabilidade, é preciso reconhecer quem trabalha, quem dá valor ao cidadão, e porque não dizer, ao povo de Montanhas.

Esses equipamentos já foram tombados no registro de móveis da Secretaria municipal de Obras, Transporte e Urbanismo, com toda documentação legal à disposição, órgão competente, agindo com responsabilidade, que atualmente registra todas as ações de equipamentos, máquinas, veículos, móveis e utensílios do município de Montanhas. Dados informativos por seu Coordenador da Secretaria.

Vamos as fotos:

Montanhas RN – Ações da Secretaria de Saúde do município promove Cirurgia Bariátrica

O Blog Montanhas em Ação em conversa com a Nutricionista Camila Lira e a Coordenadora da Atenção Básica, Elidiana do Nascimento, ambas do município de Montanhas, trás informações importantíssimas sobre cirurgia bariátrica. O que era sonho, agora é realidade!

O prefeito Manuel Gustavo em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Montanhas, Dra Luzia Farias, disponibilizam para a população, CIRURGIAS BARIÁTRICAS para os montanheses, através da LINHA DE CUIDADO AO SOBREPESO E OBESIDADE.

No programa de Governo do Prefeito COMPROMISSO, TRABALHO E RECONSTRUÇÃO quando mostrou em campanha eleitoral, muitos pontos foram apresentados e a CIRURGIA BARIÁTRICA não estava incluída no seu planejamento, mas agora já é uma realidade e para que aconteça a sua vontade de submeter à cirurgia é só procurar a Secretaria de Saúde e agendar uma solicitação, afirma a Coordenadora da Atenção Básica.

Camila e Elidiana, aponta ainda que no componente da Atenção Básica as Equipes de Saúde da Família – ESF e o Núcleo de Apoio a Saúde da Família – NASF farão um atendimento com um acolhimento onde deve comparecer e sustentar a relação entre equipes/serviços e usuários/ população, tendo como objetivo a construção de relações de confiança, compromisso e vínculo entre os usuários.

As ações de promoção devem ser em três vertentes de atuação: incentivo, proteção e apoio.

As medidas de incentivo difundem informações, promovem praticas educativas e motivam os indivíduos para a adoção de práticas saudáveis. Ações educativas desenvolvida na rede básica de saúde, na escola e ambientes de trabalho.

Parabéns para a equipe de Saúde do Município, Parabéns Prefeito e Secretária de Saúde por atender tão bem os munícipes e disponibilizar prioridade para saúde de toda municipalidade.

Vamos acompanhar algumas fotos, autorizadas pelas pacientes à Coordenadora da Atenção Básica de Montanhas.

 

Montanhas RN – SETEMBRO AMARELO 2018 MOBILIZAÇÃO MUNICIPAL NA CAMPANHA NACIONAL DE PREVENÇÃO CONTRA O SUICÍDIO.

 

Com o objetivo de conscientizar e alertar a população a respeito do suicídio, o município de Montanhas tem realizado ações através da Secretaria de Saúde.

A Coordenadora Elidiana Nascimento entrou em contato com o Blog Montanhas em Ação e apresentou imagens de participantes nas atividades realizada pela Secretaria, essas informações apontam que a população está cada vez mais participando dos acontecimentos que são importantes para toda comunidade.

As informações da Coordenadora apontam para o que segue abaixo:

No dia 13/09 (quinta feira), foi realizado um Evento nos PSFs do sítio Serrote e sítio Ingá tendo como tema: VAMOS FALAR SOBRE SUICÍDIO? Com uma roda de conversa com foco na Prevenção Contra o Suicídio, com a participação e colaboração de toda equipe organizadora desta mobilização, Psicóloga e assistente social do CREAS;

No dia 14/09 (sexta feira), Setembro amarelo da ESF Lagoa de pedras,  com a participação da Psicóloga Larissi.

No dia 17/09 (segunda feira), Palestrante: Dr. Jair Farias, foi convidado a realizar uma palestra tendo como tema:” COMO  MELHORAR NOSSA SAÚDE MENTAL”.

 
A oportunidade também houve o envolvimento dos 04 médicos que residem no município, bem como, ás enfermeiras, técnicas em enfermagem, Agente Comunitário de Saúde, representatividade do NASF, Coordenadores e a Secretária de Saúde Luzia Farias.

Importante, também, salientar que houve Distribuição de brindes para os participantes.

O Blog Montanhas em Ação agradece a Coordenadora pelas informações e as imagens por ela cedidas.

Carlos Eduardo (PDT) promete ‘recuperar’ hospitais regionais

Carlos Eduardo (PDT) gravou programas eleitorais de TV e rádio nesta terça-feira (18). — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Carlos Eduardo (PDT) gravou programas eleitorais de TV e rádio nesta terça-feira (18).
Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

O candidato do PDT ao governo do Rio Grande do Norte, Carlos Eduardo, reservou parte da agenda desta terça-feira (18) para gravação de programa eleitoral de TV e rádio. Entre os temas apresentados, propostas para melhorar a saúde.

Para ele, é preciso recuperar e estruturar a rede de hospitais regionais, no interior do estado, para desafogar a capital.

“Esses hospitais estão sem recursos humanos, médicos. Nós precisamos recuperar os hospitais regionais. São da ordem de 24 hospitais e que não estão cumprindo a sua finalidade na resolutividade da média e da alta complexidade. Então é preciso voltar os investimentos e recuperar os hospitais regionais, para que as pessoas tenham assistência de saúde aonde moram, e não precisem vir para Natal para ter a sua assistência de saúde”, declarou.

Montanhas RN – Agentes Comunitários de saúde e endemias do município paralisam atividades hoje.

Os Agentes Comunitários de Saúde “ACS” e os Agentes de Combates as Endemias “ACE” do município de Montanhas, paralisam suas atividades nesta segunda feira (03) no município para si somarem aos demais companheiros das categorias em todo o Brasil.

Essa paralisação tem o comando do SINDAS/RN Sindicato dos Agentes de Saúde e CONACS Confederação Nacional dos Agentes de Saúde que enviou uma circular para os municípios, informando que estão tentando conseguir a derrubada do veto presidencial ao reajuste do piso salarial da categoria.

O Blog Montanhas em Ação esteve com o Agente de Saúde Adriano Apolônio e a Agente Elizângela Maria Varela, concederam entrevista, e ambos, afirmam que precisam derrubar este veto para que possam corrigir a perda que vem se avolumado nesses últimos 4 anos, conclui dizendo que a indicação de paralisação nos municípios, era para dar continuidade nos próximos 3 dias, mas vão apenas paralisar o dia de hoje, até para não prejudicar o andamento das suas ações, e ai frisam! Afirmando ter bastante responsabilidade para com os munícipes.

O piso destes profissionais está congelado pelo quarto ano, segundo a circular nº 002/2018-SINDAS/RN “A afirmativa acima é obtida facilmente somando o valor do vencimento bruto dos agentes mais o INSS patronal, e deduzido do montante os R$ 1.014,00 (um mil e quatorze reais) que a prefeitura recebe da união.

Informações dão conta que o Prefeito de Montanhas Manuel Gustavo, vem cumprindo acordos entre estes profissionais e mantém uma gratificação que somada aos seus vencimentos tem amenizado algumas dificuldades. No Mês passado, foi realizado uma reunião entre esses profissionais e o executivo, que tratava também desses assuntos, dados informativos apontam que está sendo estudado as possibilidades de como atender tais solicitações, pois é preciso realmente estudos econômicos viáveis e responsáveis para não banalizar as contas públicas.

O Blog Montanhas em Ação torce para que atinja coro no Congresso Nacional e que tudo seja resolvido da melhor forma possível.

Veja algumas fotos dos Profissionais de saúde da área mobilizados:

Circular emitido pelo SINDAS/RN – Fornecida por Adriano Apolônio

Montanhas – RN 81,28% e 83,66% na vacina contra a paralisia infantil e sarampo, liderando ranking na maioria dos municípios do RN.

Resultado de imagem para saude montanhas rn

Imagem/Audiência Pública – Secretaria Municipal de Saúde
Montanhas – RN

Campanha Nacional de vacinação contra a poliomielite e contra o sarampo, está sendo realizada no período de 6 a 31 de agosto de 2018.

Parabéns aos profissionais de Saúde de Montanhas, Parabéns Secretária de Saúde do município Dra. Luzia Farias, pais e responsáveis pelas crianças, bem como, a gestão municipal Prefeito Manuel Gustavo, pela seriedade, pelo compromisso no processo de manutenção das eliminações dessas doenças no município.

A cidade de Montanhas está de parabéns, liderando ranking na maioria dos municípios do RN, aqui destacamos alguns de nossa região como: Nova Cruz 65%, Santo Antônio 55%, Espirito Santo 63%, Brejinho 71%, Serrinha 75%, Lagoa de Pedra 79,37%, Lagoa Salgada 48%, Monte Alegre 65%, São José de Mipibu 72%, Senador Georgino Avelino 56%, Tibau do Sul 75% e Várzea 60% e por ai vai…

Os dados oficiais destacam Montanhas RN com percentual de 81,28% das suas crianças vacinadas contra a poliomielite (paralisia infantil) e 83,66% de crianças vacinadas contra o sarampo!

O Blog Montanhas em Ação teve acesso aos dados em 22 de agosto no sistema de informação do Programa  Nacional de Imunizações, os mesmos, são atualizadas diariamente.

DATA 22.08.2018/ 18:50 Fonte: http://sipni.datasus.gov.br/si-pni-web/faces/relatorio/consolidado/vacinometroPolioSarampo2018
SIPNI – Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações.

A meta determinada pelo ministério da saúde para todos os municípios é chegar aos 95% da população vacinada.

Portanto, nosso município conta hoje com uma potencial equipe de profissionais determinada e dedicada nas ações voltadas para a saúde pública! “Temos como objetivo, antes do dia 31.08, vacinar todas as crianças de 01 a menor que 05 anos de idade”. Afirma Elidiana Nascimento, especialista em saúde da família, ao blog.

Acompanhe nas imagens o gráfico que destaca essas ações:

MONTANHAS RN – Montanhas se encontra na margem dos 81,28% e 83,66% da sua meta atingida.

ESTADO RN – O Estado do Rio Grande do Norte está na margem dos 62% da meta atingida;

BRASIL – O Brasil se encontra na margem dos 58% da sua meta atingida.

As Informações no sistema de informação são atualizadas diariamente.
DATA 22.08.2018/ 18:50 Fonte: http://sipni.datasus.gov.br/si-pni-web/faces/relatorio/consolidado/vacinometroPolioSarampo2018
SIPNI – Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações.

Montanhas RN – Município recebe nota 9 pelo Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde PQA-VS

Imagem/Reprodução Internet

O Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQA-VS) representa um marco para a Vigilância em Saúde por definir compromissos e responsabilidades para as três esferas de governo: a federal, com financiamento e apoio técnico, a estadual e a municipal, buscando induzir a implementação de iniciativas que garantam a melhoria das ações de vigilância em saúde.

O Blog Montanhas em Ação esteve com a Secretária de Saúde  do Município de Montanhas, Dra. Luzia Farias, onde informou: “Atingimos um total de 7 indicadores que corresponde a uma nota 9”; “Significa dizer, estamos atendendo com bastante atenção as metas que se requer da Secretaria de Saúde. Em anos anteriores era um desastre nessa avaliação”. Afirma!

Leia como ocorre toda essa dinâmica:

  1. Meta: 90% (noventa por cento) de registros de óbitos alimentados no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) até 60 (sessenta) dias do final do mês de ocorrência.

Indicador: proporção de registros de óbitos alimentados no SIM em até 60 (sessenta) dias do final do mês de ocorrência.

  1. Meta: alimentar 90% (noventa por cento) de registros de nascidos vivos no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC) até 60 (sessenta) dias do final do mês de ocorrência.

Indicador: proporção de registros de nascidos vivos alimentados no SINASC em até 60 (sessenta) dias do final do mês de ocorrência.

  1. Meta: pelo menos, 80% (oitenta por cento) das salas de vacina do Município com Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) implantado alimentando mensalmente o Sistema.

Indicador: proporção de salas de vacina do Município alimentando mensalmente o SI-PNI

  1. Meta: alcançar cobertura vacinal preconizada em 100% (cem por cento) das vacinas do calendário básico de vacinação da criança.

Indicador: proporção de vacinas do Calendário Básico de Vacinação da Criança com coberturas vacinais alcançadas.

  1. Meta: realizar, pelo menos, 90% (noventa por cento) do número de análises obrigatórias para o parâmetro coliformes totais.

Indicador: proporção de análises realizadas para o parâmetro Coliformes Totais em água para consumo humano.

  1. Meta: enviar pelo menos 1 lote do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), semanalmente, totalizando um mínimo de 92% de semanas com lotes enviados no ano.

Indicador: proporção de semanas com lotes do SINAN enviados.

  1. Meta: encerrar 80% (oitenta por cento) ou mais das doenças compulsórias imediatas registradas no SINAN, em até 60 (sessenta) dias a partir da data de notificação.

Indicador: proporção de casos de doenças de notificação compulsória imediata (DNCI) encerradas em até 60 (sessenta) dias após notificação.

  1. Meta: iniciar em 70% (setenta por cento) dos casos de malária, tratamento adequado até 48 hs (quarenta e oito horas) a partir do início dos sintomas.

Indicador: proporção de casos de malária que iniciaram tratamento adequado até 48 hs (quarenta e oito horas) a partir do início dos sintomas.

  1. Meta: realizar pelo menos 4 (quatro) ciclos de visitas domiciliares com, no mínimo, 80% (oitenta por cento) de cobertura em cada ciclo.

Indicador: proporção de imóveis visitados em, pelo menos, 4 (quatro) ciclos de visitas domiciliares para controle da dengue.

  1. Meta: realizar o exame em pelo menos 80% (oitenta por cento) dos contatos intradomiciliares dos casos novos de hanseníase.

Indicador: proporção de contatos intradomiciliares de casos novos de hanseníase examinados.

  1. Meta: pelo menos 80% (oitenta por cento) dos contatos de casos novos de tuberculose pulmonar bacilíferos positivos examinados.

Indicador: proporção de contatos de casos novos de tuberculose pulmonar bacilíferos positivos examinados.

  1. Meta: realizar pelo menos 2 (dois) testes de sífilis por gestante.

Indicador: número de testes de sífilis por gestante.

  1. Meta: aumentar em 15% (quinze por cento) o número de testes de HIV realizados.

Indicador: número de testes de HIV realizados.

  1. Meta: preencher o campo “ocupação” em pelo menos 90% (noventa por cento) das notificações de agravos e doenças relacionados ao trabalho.

Indicador: proporção de preenchimento do campo “ocupação” nas notificações de agravos e doenças relacionados ao trabalho.

É muito importante essas ações para o Município, essa responsabilidade com a coisa pública, pode-se observar nas atitudes realizadas pelas equipes de saúde, parabéns para a Secretária e toda equipe.

Montanhas RN – Secretaria de Saúde entrega “Tablet’s” aos Agentes de Saúde

Em reunião no ESF (Estratégia de Saúde da Família) no bairro Cidade Nova no Município de Montanhas, a Secretária de Saúde Dra. Luzia Farias, juntamente com a sua equipe de atuação, o Vice Prefeito Ramalho, contando também, com a presença do representante do sindicato SINDAS-RN, além dos servidores do município nesta área, bem como, médicos, enfermeiros (as), técnicos (as), alguns agentes de endemias e populares.

A Secretária Dra. Luzia Farias, fez um relato mostrando a importância que é o Agente de Saúde na municipalidade, afirma que muitas ações são realizadas já no começo do contato nas residências e muitos encaminhamentos são feitos para tratamentos fora do município, dado a importância deste contato com os Agentes de Saúde, e aí, pode-se dizer, bastante relevante para a população.

Opiniões e sugestões foram apresentadas, inclusive está sendo agendada uma reunião com o Prefeito Manuel Gustavo, Secretária de Saúde e um representante de cada área de atuação, como: Médico, Enfermeiro, Técnico, Agente de Saúde, e, desta forma, ficou acertado que o SINDAS –RN estará também presente, de modo, que os assuntos tratados serão apresentados ao Prefeito e possivelmente esclarecidas, para que qualquer dúvida seja dirimida prontamente.

Ao final foram entregues 18 “Tablet’s” aos profissionais, complementando os que já foram entregues meses atrás, perfazendo um total de 30 “Tablet’s”, e em conversa com Dra. Luzia Farias, nos foi repassado que já foram entregues 34 novos computadores, assegura ainda que esses equipamentos vêm em boa hora e oportunidade, pois é muito importante o município atender melhor, até para que possa dar produtividade nas ações realizadas por nossos valorosos profissionais. O ponto eletrônico está em funcionamento e foi preciso dar este incremento eletrônico, para avançar nas informações e manter o que a Lei vigente requer.

O Blog Montanhas em Ação esteve presente na reunião a convite da Secretária de Saúde e neste momento, parabenizamos Dra. Luzia Farias pelas ações que está desenvolvendo dentro da Saúde pública de Montanhas e ao Prefeito Manuel Gustavo pelo esforço que vem conduzindo o nosso município com tamanha lisura e altruísmo.

Vamos as fotos no momento da entrega dos equipamentos e assinatura de responsabilidade para com o aparelho digital.

SECRETARIA DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE MONTANHAS PROMOVE AÇÕES PARA ESTE CARNAVAL

O município de Montanhas através de sua Secretaria de Saúde promove ações para este carnaval de 2018 com atitudes e temas relevantes para a saúde dos munícipes.

O CARNASUS 2018, assim denominado pela equipe da Secretária de Saúde de Montanhas, está realizando, desde o dia 06 de fevereiro, suas atividades relacionadas a campanhas educativas e preventivas aos atos e ações praticadas pelas pessoas dentro do convívio social.

A Secretaria disponibilizará profissionais para atender a população na entrega de: PRESERVATIVOS; REALIZAÇÃO DOS TESTES DE SIFILIS, HIV, HBSAG, ANTI-HCV, AVALIAÇÃO NUTRICIONAL; AVALIAÇÃO ODONTOLOGICA; CONSULTA COM A PSICOLOGIA, ASSISTÊNCIA SOCIAL E FONODIOLOGIA; AFERIÇÃO DE PRESSÃO ARTERIAL, e, Peças Teatrais informativas e educativas no tocante a saúde.

Importante verificar sua programação, informações abaixo, seguir as orientações apresentadas pelos profissionais de saúde, porque brincando também se aprende, de modo que sua participação seja bastante acentuada e com entendimento voltado para a realização de dias melhores.

Prepare seu bloco, monte sua equipe e vamos aos postos de atendimentos informados na nossa programação.

CONFIRA PROGRAMAÇÃO

REALIZAÇÃO: PEÇA TEATRAL; ENTREGA DE PRESERVATIVOS; REALIZAÇÃO DOS TESTES DE SIFILIS, HIV, HBSAG, ANTI-HCV, AVALIAÇÃO NUTRICIONAL; AVALIAÇÃO ODONTOLOGICA; CONSULTA COM A PSICOLOGIA, ASSISTÊNCIA SOCIAL E FONODIOLOGIA; AFERIÇÃO DE PRESSÃO ARTERIAL.

UBS ZONA RURAL
CARNASUS- ZONA RURAL
LOCAL: ESF DO SERROTE
DATA: 06.02.2018
HORÁRIO: A PARTIR DAS 08h00min

ESF LAGOA DE PEDRA
CARNASUS- LAGOA DE PEDRA
LOCAL: RUA SÃO JOÃO
DATA: 07.02.2018
HORÁRIO: A PARTIR DAS 13h00min

ESF BOA ESPERANÇA
CARNASUS- BOA ESPERANÇA
LOCAL: QUADRA DO BOA ESPERANÇA
DATA: 08.02.2018
HORÁRIO: A PARTIR DAS 08h00min

UBS CIDADE NOVA
CARNASUS- CIDADE NOVA
LOCAL: PRAÇA CENTRAL DO CIDADE NOVA
DATA: 08.02.2018
HORÁRIO: A PARTIR DAS 13h00min

ESF CENTRO I
CARNASUS- CENTRO I
LOCAL: PRAÇA COSTA E SILVA.
DATA: 09.02.2018
HORÁRIO: A PARTIR DAS 13h00min

ESF CENTRO II
CARNASUS- CENTRO II
LOCAL: PRAÇA COSTA E SILVA.
DATA: 09.02.2018
HORÁRIO: A PARTIR DAS 13h00min

Confira abaixo as ações nas fotos da Localidade do Sítio Serrote neste 06/02

Médicos decidem continuar com greve e categoria é convocada para ato na ALRN

Servidores estaduais organizam manifestação contra pacote de medidas do governo para corte de gastos e aumento de receita do Estado.

Foto: Assessoria de Comunicação Sinmed

A manifestação será realizada na quinta-feira, 11/01, às 10h, em frente a Assembleia Legislativa do RN (ALRN) onde serão votados 18 Projetos de Lei pelos deputados.

A categoria médica decidiu aderir ao movimento e dar continuidade a greve, iniciada em novembro de 2017, durante assembleia realizada ontem (9) no Sindicato dos Médicos do RN (SINMED RN).

Os sindicatos da saúde são contrários aos projetos de Ajuste Fiscal do governo que serão votados no dia 11 e solicitam aos Deputados, através de ofícios encaminhados pelo Sinmed, que sejam discutidas estas medidas do governo:

•Aumento da alíquota da previdência de 11% para 14%;

•Alteração dos planos de carreira das categorias com retirada de direitos, como insalubridade e Adicional por Tempo de Serviço (ADTS), transformando em subsídios;

•Demissão de não concursados que entraram no estado entre os anos de 1983 e 1988, diante da falta de funcionários o que torna crítico o atendimento na área de saúde;

•Os sindicatos têm posição contrária também ao congelamento de recursos apenas reajustados pela taxa de inflação o que impedirá melhorias e avanços na área da saúde.

Além da entrega dos ofícios a cada deputado, o Sinmed RN convoca a categoria médica a usar o aplicativo VMed e encaminhar e-mail demonstrando sua insatisfação e seu posicionamento contrário a aprovação destes Projetos de Lei. (Saiba como usar o VMed).

Outro encaminhamento da assembleia dos médicos foi pelo envio de ofício para o Governo informando posição contrária a atitude de discriminação com relação ao pagamento dos aposentados e a solicitação de audiência para tratar de todos estes assuntos.

Confira todas as propostas do Governo:

a) Projeto de Lei Complementar que “Institui o Regime de Previdência Complementar para os servidores públicos titulares de cargos de provimento efetivo no âmbito do Estado do Rio Grande do Norte, autoriza a criação de sua entidade gestora, e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 050/2015-GE;

b) Projeto de Lei Complementar que “Altera dispositivos da Lei no 8.633, de 03 de fevereiro de 2005, da Lei Complementar no 308, de 25 de outubro de 2005, e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 118/2017- GE;

c) Proposta de Emenda Constitucional que “Acrescenta os arts. 32, 33, 34 e 35 ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para instituir o Regime Fiscal Especial pelo prazo de 20 (vinte) anos, e dá outras providências”, encaminhada através da Mensagem Governamental no 119/2017-GE;

* d)  Projeto de Lei que “Autoriza o Poder Executivo a conceder descontos para a liquidação ou renegociação de dívidas decorrentes dos empréstimos e financiamentos, originadas nas empresas do extinto Sistema Financeiro Estadual, e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 159/2017-GE;

* e)  Projeto de Lei que “Autoriza a compensação do ônus financeiro da cessão de servidores do quadro de pessoal do Poder Executivo aos Poderes Legislativo e Judiciário, ao Ministério Público, ao Tribunal de Contas e à Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 172/2017-GE;

* f)  Projeto de Lei que “Autoriza a instituição do Fundo Especial de Créditos Inadimplidos e Dívida Ativa – FECIDAT/RN, e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 176/2017-GE;

* g)  Projeto de Lei que “Dispõe sobre a Revisão Anual do Plano Plurianual do Estado para o Quadriênio 2016-2019 e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 177/2017-GE;

* h)  Projeto de Lei que “Veda a concessão de vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração, a qualquer título, aos servidores públicos para implantação posterior ao término do mandato do Governante”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 178/2018-GE;

Coordenadoria de Controle dos Atos Governamentais – CONTRAG/GAC

i) Projeto de Lei Complementar que “Altera a Lei Complementar Estadual no 614, de 5 de janeiro de 2018, que dispõe sobre a Lei Orgânica e o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Quadro de Pessoal da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Estado do Rio Grande do Norte (FUNDASE/RN) e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 179/2018-GE;

j) Projeto de Lei que “Altera dispositivos da Lei Complementar Estadual no 515, de 9 de junho de 2014, que dispõe sobre o Regime de Promoção das Praças da Polícia Militar Estadual do Rio Grande do Norte (PMRN) e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN), da Lei Estadual no 4.630, de 16 de dezembro de 1976, que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais Militares do Estado do Rio Grande do Norte, e dá outras providências, e da Lei Estadual no 4.533, de 18 de dezembro de 1975, que dispõe sobre o regime de promoções dos Oficiais da Polícia Militar do Estado, e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 180/2018- GE;

Itens K e L  suprimidos

m) Projeto de Lei Complementar que “Altera dispositivos da Lei Complementar Estadual no 308, de 25 de outubro de 2005, que reestrutura o Regime Próprio de Previdência Social do Estado do Rio Grande do Norte, reorganiza o Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Rio Grande do Norte (IPERN), e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 183/2018-GE;

* n)  Projeto de Lei Complementar que “Dispõe sobre o pagamento de diária operacional no âmbito dos órgãos integrantes do sistema estadual de segurança pública e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 184/2018- GE;

* o)  Projeto de Lei Complementar que “Altera a organização do Poder Executivo do Estado do Rio Grande do Norte e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 185/2018-GE;

* p)  Projeto de Lei que “Autoriza o Estado do Rio Grande do Norte a alienar ações representativas do capital social da Companhia Potiguar de Gás (POTIGÁS)”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 186/2018-GE;

* q)  Proposta de Emenda Constitucional que “Altera o art. 29, § 4o, da Constituição do Estado”, encaminhada através da Mensagem Governamental no 187/2018-GE;

* r)  Projeto de Lei que “Autoriza a compensação, nos respectivos duodécimos dos Poderes Legislativo e Judiciário, do Ministério Público, do Tribunal de Contas e da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte, das verbas previdenciárias que especifica”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 188/2018-GE;

s) Projeto de Lei Complementar que “Extingue os adicionais por tempo de serviço, a qualquer título, no âmbito da Administração Direta, Indireta e Fundacional do Estado do Rio Grande do Norte, e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 189/2018-GE;

t) Projeto de Lei que “Dispõe sobre a autorização para alienação onerosa dos imóveis que especifica e dá outras providências”, encaminhado através da Mensagem Governamental no 190/2018- GE.

Fonte: Sinmed RN
Fonte: Sindicato dos Médicos do RN – Sinmed

Decreto de calamidade para a saúde publica renovado

Por: Evandro Borges Advogado

A situação de saúde publica no Estado é de fato calamitosa, com falta de leitos, doentes nos corredores, filas gigantescas para atos médicos eletivos, uma falta de mais de quatro mil profissionais, como denuncia o Sindisaúde, remunerações em atraso de pagamento e falta de calendário para os últimos meses do ano, incluindo o direito constitucional do 13º salário, os principais hospitais de emergências lotados, precisando de reformas, falta de equipamentos adequados, portando, a situação é muito grave.

O Decreto Estadual de 05 de junho de 2017, estabelecendo a calamidade pelo prazo de cento e oitenta dias, não foi suficiente para melhorar  todo o contexto da saúde, agora renovado por mais um decreto, pelo mesmo prazo de cento e oitenta dias, precisa melhor ser acompanhado, tanto na esfera governamental, como também, pela sociedade civil, pois o Governo está se mostrando incapaz de manter a governança.

Os desafios da saúde não se resolvem, apenas, com o Governo de forma unilateral, sozinho, em que pese os poderes concedidos no Decreto de Calamidade, que tecnicamente seria de Estado de Emergência Administrativa, dando condições amplas para se promover a administração, até para contratar, no entanto, sem condições de pagamento, contratar serviços emergências, e o titular da pasta da saúde de adicionar outros atos administrativos.

Este contexto configura um quadro que o Ministério Público precisa intervir, cobrar ações, metas, planos e calendário de execução, convocar outros setores, como os sindicatos que atuam nas áreas, analisar os serviços e demandas, como atender de forma emergencial, quais as reformas que podem ser conduzidas, quais os recursos necessários e as fontes que podem ser utilizadas.

Verificar os Hospitais Regionais, as UPAS, e as Unidades Básicas, convocar os Deputados Estaduais a responsabilidades, saber quem pode colaborar com Emendas individuais disponíveis, as universidades, os convênios que podem ser celebrados, até hospitais de campanha das forças armadas, nenhum segmento pode se ausentar neste momento, convocar uma reunião imediata dos Secretários Municipais da Saúde da Região Metropolitana de Natal, localidade que reside a metade da população do Estado.

A Igreja Católica através de seus três Bispos das Dioceses deram exemplo em relação a situação da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, agora é o momento da saúde pública, a população precisa de atendimento, de resolução dos problemas de saúde que estão afetados, sob pena dos Decretos se sucederem, um atrás do outro, mas sem solucionar nada.

As entidades patronais precisam se colocar, ser solidário, o segmento do turismo igualmente, o sistema social patronal, é preciso uma instituição para liderar o movimento com capacidade, alavancar um processo diferente, que não fique apenas no marco do Decreto Emergencial de natureza duvidosa, pela falta de credibilidade que este governo começa a trilhar.