Category Archives: Amor

Montanhas RN – Nota de Falecimento

16143917_930221440446553_1688874441_n00010

É com profundo pesar que o blog Montanhas em Ação noticia o falecimento de Eliziel Barbosa da Silva.

Eliziel, assim conhecíamos, foi Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Montanhas, onde começou sua vida participativa na política, Foi fundador do Partido dos Trabalhadores – PT em Montanhas e no Rio Grande do Norte, foi Presidente da CUT no Estado do RN,  participou das grandes lutas dos trabalhadores no Brasil, foi candidato a senador pelo Rio Grande do Norte, desempenhou muitas atividades na FETARN (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte), Tio do Vice -Prefeito de Montanhas Severino do Ramo Barbosa (Ramalho), esse breve relato é um pouco do que conheço sobre Eliziel, em breve estaremos publicando uma biografia mais completa.

O seu falecimento se deu por volta das 18:00 horas nesta quinta feira (19) em Natal, o corpo estará sendo liberado amanhã. Familiares informa ainda, que sEliziel Barbosa será velado no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Montanhas durante todo o dia, e que o sepultamento será as 16:00 horas no cemitério local.

Neste momento de tamanha perda para a família, amigos, companheiros e todos que o admirava, o Blog Montanhas em Ação presta sua solidariedade a todos seus familiares e que Deus em sua infinita sabedoria lhe acolha com toda paz necessária para o seu descanso eterno.

imagens-de-luto-c24636

Anúncios

Vídeo que causou muita emoção em um dos primeiros dias do ano de 2017

O cavalo Sereno está emocionando a internet após ter se “despedido” de seu dono que morreu no ano novo.

Wagner de Lima, 34 anos, sofreu um acidente de moto na madrugada de 1º de janeiro e não resistiu aos ferimentos. Mas sua morte não gerou consternação só entre amigos e familiares.

Um vídeo publicado no Facebook mostra Sereno pousando a cabeça sobre o caixão do dono morto. As imagens já têm mais de 10 milhões de visualizações.

“O cavalo era um grande amigo dele. Ele dizia que nunca o venderia por dinheiro algum. Então quis levá-lo para se despedir”, disse Wando, irmão de Wagner que levou Sereno ao enterro, ao blog #VirouViral.

Segundo o familiar, o cavalo, que foi comprado por Wagner há 8 anos, vai permanecer na família. “Vou zelar por Sereno como o meu irmão”, afirmou.

Cavalo é conduzido em funeral para se despedir de seu dono

Cavalo é conduzido por Wando (Kyioshi Abreu/Diário do Sertão)

Luto entre animais

A reação de Sereno emocionou a internet. Mas será que o cavalo realmente estava de luto ou isso não passa de uma romantização dos gestos do animal?

Ainda não existem relatos científicos que comprovem que o animal sente a morte do dono. O que dá para ter certeza é que ele compreende que houve uma mudança.

“O tutor foi embora e é essa mudança que o cavalo sente, ainda mais se era alguém que estava com ele todos os dias. Mesmo assim, o cavalo não compreende o conceito de morte”, explica a especialista em comportamento animal e CEO da Pet Anjo, Carolina Rocha.

Mesmo que a ciência ainda não tenha as respostas para o luto entre os animais, existem relatos de mudanças no comportamento de cavalos que perdem tratadores ou outros cavalos próximos.

“Se ele era o cuidador desse animal, ele vai sentir uma mudança no dia a dia, pois outra pessoa vai cuidar dele, com outro cheiro, outros hábitos. Tudo isso é consequência do stress causado pela mudança”, explicou.

“Ainda não sabemos exatamente como eles lidam com a morte – e cada espécie apresenta características diferentes. Até os livros que tratam do assunto ainda apresentam relatos muito anedóticos, com uma visão muito mais humana (com aquilo que a gente quer ver)”, explicou Rocha.

Enquanto a ciência busca compreender o luto no reino animal, a internet segue se emocionando com amizades como a de Sereno e Wagner.

Cavalo é levado ao funeral de seu dono em Cajazeiro, na Paraíba

Hoje é a festa de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil

aparecida

Viva a Mãe de Deus e nossa, sem pecado concebida! Viva a Virgem Imaculada, a Senhora Aparecida!”. Esses versos são cantados em todo o Brasil em honra à padroeira do país, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, cuja solenidade a Igreja celebra neste 12 de outubro.

A devoção dos brasileiros à Nossa Senhora Aparecida terá uma data especial no próximo ano, quando serão comemorados os 300 anos do encontro da imagem no Rio Paraíba do Sul.

A imagem de Aparecida foi encontrada em 1717. Na época, com a notícia da passagem do Conde de Assumar pela Vila de Guaratinguetá, os pescadores Domingos Garcia, Filipe Pedroso e João Alves saíram para pescar no Rio Paraíba. Após muitas tentativas sem êxito, foram até o porto de Itaguaçu. João Alves lançou a rede nas águas e apanhou o corpo de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição sem a cabeça. Lançando novamente as redes, pegou a cabeça que faltava da imagem. E o que se segui foi uma pesca abundante para os três humildes pescadores.

A imagem ficou com a família de Felipe Pedroso, que a levou para sua casa. Em um oratório construído no local, as pessoas da vizinhança vinham rezar à Virgem. A devoção foi crescendo no meio do povo e muitas graças foram alcançadas por aqueles que rezavam diante a imagem. Assim, a devoção se espalhou por todo o Brasil.

Com o tempo, a casa já se fazia pequena para o grande volume de fiéis que vinham rezar e, por volta de 1734, o Vigário de Guaratinguetá construiu uma Capela no alto do Morro dos Coqueiros, aberta à visitação pública em 26 de julho de 1745. Mas, o número de fiéis aumentava, e, em 1834 foi iniciada a construção de uma Igreja maior, a atual Basílica Velha.

Em 8 de setembro de 1904, a Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi coroada solenemente pelo então Bispo de São Paulo, Dom José Camargo Barros. No dia 29 de abril de 1908, a Igreja recebeu o título de Basílica Menor. E, em 1929, o Papa Pio XI proclamou nossa Senhora Rainha do Brasil e sua Padroeira Oficial.

SOS Natureza, vamos plantar canções todas as manhãs

Carlos Fernando, um dos grandes nomes da música do Nordeste

O compositor pernambucano Carlos Fernando (1938/2013) e seu parceiro Geraldo Azevedo, na letra de “S.O.S Natureza”, faz um alerta poético, uma denúncia contra às práticas antiecológicas, apresentando as agressões humanas à natureza em forma de lamento a sua destruição. A música S.O.S. Natureza foi gravada por Geraldo Azevedo no CD Bossa Tropical, em 1989, pela RCA.S.O.S NATUREZA
Geraldo Azevedo e Carlos Fernando

Vamos plantar canções
Todas manhãs a cantar
Pelo fruto do ventre da terra
Nossa Senhora Mãe
Mãe da natureza a sangrar
S.O.S, senhores da terra
Alerta!

O verde ardendo
Os seres gemendo
Aflitos
Berrando de dor
S.O S, senhores da terra

O cravo agradece
A rosa merece
Esse vento futuro de luz
Mãe natureza é vida
Seu corpo é parte de nós

site Poemas & Canções

Contrasenso na visão do Cantor Milton Carlos – Excelente Música!!!

0e47bf13d2660b27efe035545814e176

Milton Carlos, Cantor. Compositor, Irmão da compositora Isolda e seu grande parceiro musical. Começou a interessar-se pela música, ainda criança, fazendo estórias e músicas para teatrinhos de bonecos com a irmã. Atuou com Isolda, como backing vocal. Gravou seu primeiro disco em 1970, tendo como destaque as músicas “Desta vez te perdi”, “Tudo parou”, “Eu vou caminhar” e “Um presente para ela”, parcerias com Isolda. Em 1973, gravou “Samba quadrado” e “Você precisa saber das coisas”, também parcerias com a irmã. Nesse mesmo ano, teve a primeira de suas composições gravadas por Roberto Carlos.

Milton Carlos morreu aos 23 anos, na noite de 20 de outubro de 1976, quando vinha de Jundiaí para São Paulo a bordo de seu Passat. Viajava em companhia de sua noiva, a também cantora Mariney Lima e do empresário Genildo de Oliveira. O acidente ocorreu num trecho da via Anhanguera quando o Passat do cantor tentou ultrapassar uma carreta Scania Vabis e bateu em um caminhão Chevrolet. Com o choque, o carro do cantor desgovernou-se e foi colhido pela carreta. Milton Carlos e sua noiva morreram na hora. O empresário Genildo Oliveira, que viajava no banco de trás, teve apenas ferimentos leves, o ajudante do motorista do caminhão, o jovem Mário Alves de Araújo, que desceu para socorrer as vítimas, foi atropelado na pista e também morreu no local. Uma das suas composições que ganhou destaque foi  CONTRASENSO, parceria com Martinha. Até hoje esta canção repercute entre os que gostam de uma boa música.

Contrasenso

Milton Carlos

Se quiserem saber porque foi que mudei
Eu não vou responder porque nem mesmo sei
Se eu esqueço de mim pra lembrar de você
Se os amigos me falam que posso esperar
Não devo a mim mesmo tentar enganar
Eu esqueço de mim pra lembrar de você

Se me pedirem conselhos eu dou
Uma palavra amiga eu dou
Só não quero que me façam lembrar
Coisas que eu quero esquecer

Se precisarem de amigos eu vou
Se é pra falar de coisas boas eu vou
Eu só quero aprender querer bem
Quem de fato me quer

É difícil sair de um lugar tão comum
Não me encontro com a vida de jeito nenhum
Se eu esqueço de mim pra lembrar de você

Não é fácil esquecer o que foi de nós dois
Não é fácil pra mim te deixar pra depois
Se eu esqueço de mim pra lembrar de você

Se me pedirem conselhos eu dou…

Hoje 03 de junho dia que comemora-se O Sagrado Coração de Jesus

BOMDIA3

Entramos no mês de junho e na Igreja comemora-se o mês do Sagrado Coração de Jesus, sendo neste ano no dia 03 a data festiva. Há uma música que gosto muito, ouça no vídeo abaixo, ou AQUI interpretada por Roberto Carlos.

Nosso Senhor Jesus Cristo, em aparições a santa Margarida Maria Alacoque em 1673, declarou: “Eis o coração que tanto tem amado os homens e os cumulou de benefícios e, em resposta ao seu amor infinito, em vez de gratidão, encontra esquecimento, frieza e desprezo.” A Igreja acolheu então a missão do desagravo ao Coração de Jesus através do Apostolado de Oração, sendo a sexta-feira seguinte ao Corpus Christi a data de sua comemoração e todas as primeiras sextas-feiras do mês a Ele dedicadas. Uma legião de soldados (as) do Coração de Jesus, que trazem a fita vermelha, com a medalha do Sagrado Coração rodeando o pescoço, a bandeira e a devoção que se espalha de geração em geração, como as 12 promessas de bênçãos e proteção àqueles que lhe são devotos. São elas:

A minha bênção permanecerá sobre as casas em que se achar exposta e venerada a imagem de meu Sagrado Coração. Eu darei aos devotos do meu Coração todas as graças necessárias a seu estado. Estabelecerei e conservarei a paz em suas famílias. Eu os consolarei em todas as suas aflições. Serei seu refúgio seguro na vida, e principalmente na hora da morte. Lançarei bênçãos abundantes sobre todos os seus trabalhos e empreendimentos. Os pecadores encontrarão em meu Coração fonte inesgotável de misericórdias.

As almas tíbias se tornarão fervorosas pela prática dessa devoção.As almas fervorosas subirão em pouco tempo a uma alta perfeição. Darei aos sacerdotes que praticarem especialmente essa devoção o poder de tocar os corações mais empedernidos. As pessoas que propagarem esta devoção terão os seus nomes inscritos para sempre no meu Coração.

A todos os que comungarem nas primeiras sextas-feiras de nove meses consecutivos, darei a graça da perseverança final e da salvação eterna. O saudoso Servo de Deus Pe. Aloísio Boing, sacerdote do Sagrado Coração de Jesus, no livro Pérolas de vida, (pg. 64) diz: “Pela união ao seu coração é que se tem vida interior perfeita. Na medida em que fizermos uma amizade com o Coração de Jesus, Ele fará penetrar em nós a sua própria vida interior.

Na medida em que cresce nosso amor ao Sagrado Coração de Jesus, brotam em nós os mesmos sentimentos e os mesmos desejos que Ele tinha aqui na terra e ainda tem lá no céu.” Ao dia seguinte à solenidade do Sagrado Coração de Jesus, a Igreja celebra a memória do Coração Imaculado de Maria.

In. Denise M. Peixer Safanelli

Shaolin nos deixa aos 44 anos e saudades vai estar em cada um de nós

Morreu na madrugada desta quinta-feira (14) o humorista Francisco Jozenilton Veloso, mais conhecido como Shaolin. O comediante, de 44 anos, estava internado desde terça-feira na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de uma clínica particular de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, por conta de uma infecção respiratória. Seu quadro de saúde, no entanto, se agravou e ele acabou não resistindo.

A notícia da morte foi anunciada pela mulher do humorista, Laudiceia Veloso, que usou seu perfil no Facebook para lamentar a morte do marido e explicar que Shaolin sofreu uma parada cardiorrespiratória.

“Depois de 1821 dias, nosso guerreiro terminou sua batalha. É com muita tristeza que divido a nossa dor com todos vocês. Shaolin apresentou um quadro febril nesta terça e que, infelizmente, evoluiu para uma infecção, precisando de internação imediata. Recebemos a notícia do hospital, neste momento, de que ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. As informações sobre velório e local de sepultamento, divulgarei mais tarde. Obrigada a todos pelas orações e pela força!”, escreveu.

Divulgação/Record

O último trabalho de Shaolin foi no programa “Tudo é Possível”, da Record

Lucas Veloso, filho de Shaolin, também usou as redes sociais para se despedir do pai: “Não aprendi dizer ‘adeus’/ mas deixo você ir, sem lágrimas no olhar/ seu adeus me machuca/ o inverno vai passar, e apaga a cicatriz. Descanse em paz, meu guerreiro! Desejo honrar sua alegria todos os dias!”.

À TV Globo, Veloso disse que a convivência com o pai lhe ensinou que, “não importa a desgraça, a gente pode sempre fazer graça”. “Foi uma surpresa pra gente, porque o meu pai estava muito bem. Poucas horas depois, descobrimos uma infecção no pulmão e, infelizmente, ele teve dificuldades para respirar, a pressão baixou muito, e quando foi para a UTI, a infecção já havia se espalhado e se tornado uma infecção generalizada”, disse Veloso, em entrevista ao programa “Encontro”, da Globo. “O que eu sinto, agora, depois de uma vida inteira, depois de quase 20 anos convivendo com um paizão desses, eu sinto mau humor. E a lição que ele deixou para mim é que não importa a desgraça, a gente sempre pode fazer graça”, acrescentou.

Em frente ao hospital onde o humorista estava internado, Ricardo Santos, cunhado e empresário de Shaolin, falou sobre a luta dele.”A família está arrasada, fomos pegos realmente de surpresa. Até mesmo por conta da resposta que ele apresentava quando foi feita a medicação esperávamos uma evolução. Tinha a esperança de que ele fosse evoluindo”, lamentou em entrevista ao UOL. “Vou guardar as melhores lembranças possíveis. Vivemos muita coisa juntos. Ele passava mais tempo comigo até mesmo do que com a família porque estávamos sempre juntos na estrada”, disse.

O velório está marcado para começar às 9h (horário local; 10h no horário de Brasília), apenas para a família, e será aberto ao público às 11h, segundo informou o empresário de Shaolin. O enterro será às 17h no Cemitério Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande. Ele deixa a mulher e dois filhos, Lucas e Gabriela.

No Natal, o poeta Murilo Mendes e a criança que chega

Mendes, por Guignard

O notário e poeta mineiro Murilo Monteiro Mendes (1901-1975), no poema “Natal”, destaca o abrasileiramento do tema, com a presença de “anjos morenos” e a busca da paz de espírito anunciada pelo nascimento de Jesus.

NATAL

Murilo Mendes

Meu outro eu angustiado desloca o curso dos astros, atravessa
os espaços de fogo e toca a orla do manto divino.
O ser dos seres envia seu Filho para mim, para os outros que O
pedem e para os que O esquecem.
Uma criança dançando segura uma esfera azul com a cruz:
Vêm adorá-la brancos, pretos, portugueses, turcos, alemães,
russos, chineses, banhistas, beatas, cachorros e
bandas de música.
A presença da criança transmite aos homens uma paz inefável
que eles comunicam nos seus lares a todos os
amigos e parentes.
Anjos morenos sobrevoam o mar, os morros e
arranha-céus,
[desenrolando, em combinação com a rosa-dos-ventos,
grandes letreiros onde se lê: GLÓRIA A DEUS NAS
ALTURAS E PAZ NA TERRA AOS HOMENS DE BOA
VONTADE.                

site Poemas & Canções

Papai Noel de camiseta, cantando “Palpite Infeliz”…

Celso Viáfora resolveu cantar um Papai Noel bem brasileiro

O arranjador, cantor e compositor paulista Celso Viáfora, na letra de “Papai Noel de Camiseta”, soltou a imaginação para retratar uma realidade que para muita gente não existe. A música foi gravada por Ivan Lins no CD Um Novo Tempo, em 1999, pela Abril Music.

PAPAI NOEL DE CAMISETA

Celso Viáfora

Papai Noel irá chegar de camiseta
metido num chinelo e de bermuda jeans
tocando agogô invés de uma sineta
cantando do xará o “Palpite Infeliz”
então, será Natal
A noite vai ser mais feliz

Estenderá uma toalha na sarjeta
em qualquer praça de subúrbio do País
trará cachaça, arroz, feijão, a malagueta
doce de leite, balas de goma e quindins
aí será Natal
A noite vai ser mais feliz

E surgirão blocos mirins
de suas camas de jornal
e dragqueens
os reis magros do carnaval
de pé no chão
os solitários da paixão
um tamborim
alguém trará um violão
um bandolim
e a multidão vai sambar com a batida dos sinos

Ali no morro nascerá mais um menino
e, no primeiro sol, virão os bentevis
Num dia de natal
a gente pode ser feliz

  

Montanhas RN – Nota de Falecimento

images

É com profundo pesar que noticiamos o falecimento do Senhor Manoel Apolinário, pai das professoras Maria de Lourdes (Lourdinha) e Maria do Livramento (Livramento) no município de Montanhas.

O fato ocorreu em sua residência na Rua São José ao lado da Igreja Matriz. Manoel Apolinário já vinha sendo observado por atendimentos médicos em Natal nos últimos dias e seu estado clínico se agravou na noite de domingo (06), por volta das 23:00 horas, portanto, não conseguiu superar a situação de enfermidade em que se encontrava.

O Corpo vai ser velado durante todo o dia de hoje em sua residência, e o seu sepultamento acontecerá por volta das 16:30 horas.

Manoel Apolinário deixa-nos saudades e muitas lembranças de uma vida alegre, pois viveu intensamente todos os seus dias, e todos os dias, ele mostrava um vigor invejável, um humor natural, característica própria de sua relação social, e isso o destacavam por sua vontade de viver.

Que Deus em sua infinita sabedoria lhe conduza para um bom lugar meu amigo! e assim o Blog Montanhas em Ação, através do seu redator, eleva os sentimentos de pêsames aos seus familiares.

lourdesFoto Reprodução Internet

Livramento

Padre católico cede capela para evangélicos realizarem cultos

​Os acontecimentos recentes com a tragédia ocorrida em Mariana MG com o rompimento das barragens da mineradora Samarco deixou muitas vítimas e um rastro de destruição e tristeza para os moradores.

Diante da tragédia, muitos moradores perderam tudo o que tinha, e precisaram se alocar e iniciar uma nova vida. De acordo com o Bispo Josep Rossello, a Primeira Igreja Batista foi atingida pela lama do desastre, e o templo da igreja foi totalmente destruído com a tragédia. Porém um ato inusitado por parte de um padre de Mariana fez em meio ao caos, pessoas acreditarem que é possível vivermos em um mundo onde o amor e a solidariedade possam falar mais alto do que a divisão da religião.

O Padre da Igreja Católica disponibilizou uma paróquia ara que os irmãos da PIB – Primeira Igreja Batista de Mariana-MG possam cultuar a Deus.

De acordo com o padre, nesse momento de tristeza e dor, a missão como cristãos e filhos do mesmo Deus, é acolhermos uns aos outros como Cristo fez.

O gesto fez que católicos e evangélicos se unissem no momento de solidariedade, e os cultos tem sido motivo de alegria entre ambos os grupos, e até mesmo o padre tem participado dos cultos da Igreja Batista.

Tem sido uma bênção relata um fiel da Batista, temos sentido verdadeiramente o amor de Deus nos unir nesses últimos dias.

O que acharam da atitude do padre, deixem suas opiniões!

Portal Padom

Ninguém encarnou um ébrio como Vicente Celestino

O_ebrio

Vicente Celestino como ator principal do filme “O Ébrio”

O cantor (tenor), ator e compositor carioca Antônio Vicente Felipe Celestino (1894-1968) lançou um estilo caracterizado pelo romantismo exacerbado, comovendo e arrebatando um grande público durante a primeira metade do século XX, através do teatro, do rádio, de discos e do cinema nacional.

A letra dramática da música “O Ébrio”, repleta de desventuras e imagens beirando a pieguice, era uma perfeita sinopse para o enredo de um filme, desde o prólogo falado à parte musical propriamente dita. Nesta, o contraste da primeira parte, no modo menor, com a segunda, no modo maior, contribui para ressaltar a tragédia do protagonista. “O Ébrio”, lançado em 1946, com Vicente Celestino no papel principal, obteve recordes de bilheteria.

A canção “O Ébrio” gravada por Vicente Celestino, em 1936, pela RCA Victor, também inspirou naquele ano uma peça de teatro e, em 1965, uma novela na TV Paulista.

O ÉBRIO
Vicente Celestino

Nasci artista. Fui cantor. Ainda pequeno levaram-me para uma escola de canto. O meu nome, pouco a pouco, foi crescendo, crescendo, até chegar aos píncaros da glória. Durante a minha trajetória artística tive vários amores. Todas elas juravam-me amor eterno, mas acabavam fugindo com outros, deixando-me a saudade e a dor. Uma noite, quando eu cantava a Tosca, uma jovem da primeira fila atirou-me uma flor. Essa jovem veio a ser mais tarde a minha legítima esposa. Um dia, quando eu cantava A Força do Destino, ela fugiu com outro, deixando-me uma carta, e na carta um adeus. Não pude mais cantar. Mais tarde, lembrei-me que ela, contudo, me havia deixado um pedacinho de seu eu: a minha filha. Uma pequenina boneca de carne que eu tinha o dever de educar. Voltei novamente a cantar mas só por amor à minha filha. Eduquei-a, fez-se moça, bonita… E uma noite, quando eu cantava ainda mais uma vez A Força do Destino, Deus levou a minha filha para nunca mais voltar. Daí pra cá eu fui caindo, caindo, passando dos teatros de alta categoria para os de mais baixa. Até que acabei por levar uma vaia cantando em pleno picadeiro de um circo. Nunca mais fui nada. Nada, não! Hoje, porque bebo a fim de esquecer a minha desventura, chamam-me ébrio. Ébrio…

Tornei-me um ébrio e na bebida busco esquecer
Aquela ingrata que eu amava e que me abandonou
Apedrejado pelas ruas vivo a sofrer
Não tenho lar e nem parentes, tudo terminou
Só nas tabernas é que encontro meu abrigo
Cada colega de infortúnio é um grande amigo
Que embora tenham como eu seus sofrimentos
Me aconselham e aliviam os meus tormentos
Já fui feliz e recebido com nobreza até
Nadava em ouro e tinha alcova de cetim
E a cada passo um grande amigo que depunha fé
E nos parentes… confiava, sim!
E hoje ao ver-me na miséria tudo vejo então
O falso lar que amava e que a chorar deixei
Cada parente, cada amigo, era um ladrão
Me abandonaram e roubaram o que amei
Falsos amigos, eu vos peço, imploro a chorar
Quando eu morrer, à minha campa nenhuma inscrição
Deixai que os vermes pouco a pouco venham terminar
Este ébrio triste e este triste coração
Quero somente que na campa em que eu repousar
Os ébrios loucos como eu venham depositar
Os seus segredos ao meu derradeiro abrigo
E suas lágrimas de dor ao peito amigo

site Poemas & Canções

ESTA É UMA HISTÓRIA DE ÉPOCA QUE ATUALMENTE MUITOS
NÃO SABEM CONTAR NA REALIDADE DE HOJE

Programação do ´Domingo Melhor´ será dedicada às crianças

Crédito da foto: João Gilberto

Contação de histórias, mágicas, mamulengos, apresentações circenses, a brincadeira vai começar. Com a proximidade do Dias das Crianças, a segunda edição do projeto Domingo Melhor, evento gratuito que a Assembleia Legislativa promove no próximo domingo (27), em parceria com a Fecomércio, terá uma programação totalmente dedicada ao público infantil.Das 10h às 19h a Praça 7 de Setembro, no centro da cidade (em frente à sede do Legislativo), vai ser palco para muitas brincadeiras, oficinas, shows e a presença de recreadores. Para animar a criançada, também haverá o circuito recreativo, esculturas de balões e pintura em rosto, num circuito lúdico de lazer e recreação totalmente dedicado às crianças.

Em paralelo, também será realizada a 107ª edição do projeto Assembleia Cultural, que promove a prata da casa, os cantores, repentistas, atores e dançarinos potiguares. Esta edição contará com a peça teatral Quando As Doidas se Encontram, Orquestra Sanfônica do Museu do Vaqueiro, de Nísia Floresta e presença dos animados palhaços Bisteca e Bochechinha, numa programação perfeita para toda a família.

“Nosso objetivo é promover um espaço que está totalmente preparado para que as famílias possam desfrutar do lazer e cultura, com tranquilidade e alegria”, afirma o idealizador do projeto e diretor da TV Assembleia, Bruno Giovanni.

Programação completa:
Local: Praça 07 se setembro, s/n, cidade alta (em frente a Assembleia Legislativa)
10 as 10h40 – Contação de historia
11 as 11h40 – Mágico
12 as 12h40 – Mamulengo
13 as 13h40 – Apresentações Circenses
14 as 14h40 – Contação de historia
15 as 15h40 – Mágico
16 as 16h40 – Mamulengo

Durante todo o dia:
– 3 recreadores realizando pintura em rosto
– Escultura de balão
– Circuito recreativo
– Tenda institucional: 10h às 16h

107ª Assembleia Cultural
Horário: a partir das 14h
Atrações: Peça Teatral Quando As Doidas se Encontram, Orquestra Sanfônica do Museu do Vaqueiro de Nísia Floresta e Bisteca e Bochechinha

Montanhas RN – Hoje despedida da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Aparecida

santaImagem Reprodução/Internet – Igreja Montanhas RN

Depois de três dias da Imagem de Nossa Senhora de Aparecida permanecer no Município de Montanhas, nesta quarta feira (16) a Imagem segue para a Cidade de Nova Cruz.

A despedida se dará por volta das 16:00 horas em Montanhas, e tem horário previsto para as 17:30 horas, seguir até Nova Cruz onde será entregue aos fieis daquele Município.

O sucesso desta peregrinação alcançou objetivos importantes para fé dos munícipes de Montanhas, afirmam devotas de Nossa Senhora de Aparecida que entraram em contato conosco, Assim entendemos que a representatividade do amor pela fé, causa esperança perfeita para dias melhores e certamente teremos.

parabens!_4034

Um poema de amor de Vinicius a uma namorada sem nome – Tenham um bom feriadão!!!

O diplomata, advogado, jornalista, dramaturgo, compositor e poeta Marcus Vinícius de Moraes (1913-1980), no poema “Cântico”, revela que sua amada não é uma quimera, ela existe realmente.

CÂNTICO

Vinícius de Moraes
Não, tu não és um sonho, és a existência
Tens carne, tens fadiga e tens pudor
No calmo peito teu. Tu és a estrela
Sem nome, és a namorada, és a cantiga
Do amor, és luz, és lírio, namorada!
Tu és todo o esplendor, o último claustro
Da elegia sem fim, anjo! mendiga
Do triste verso meu. Ah, fosses nunca
Minha, fosses a idéia, o sentimento
Em mim, fosses a aurora, o céu da aurora
Ausente, amiga, eu não te perderia!
Amada! onde te deixas, onde vagas
Entre as vagas flores? e por que dormes
Entre os vagos rumores do mar? Tu
Primeira, última, trágica, esquecida
De mim! És linda, és alta! és sorridente
És como o verde do trigal maduro
Teus olhos têm a cor do firmamento
Céu castanho da tarde – são teus olhos!
Teu passo arrasta a doce poesia
Do amor! prende o poema em forma e cor
No espaço; para o astro do poente
És o levante, és o Sol! eu sou o gira
O gira, o girassol. És a soberba
Também, a jovem rosa purpurina
És rápida também, como a andorinha!
Doçura! lisa e murmurante… a água
Que corre no chão morno da montanha
És tu; tens muitas emoções; o pássaro

Do trópico inventou teu meigo nome
Duas vezes, de súbito encantado!
Dona do meu amor! sede constante
Do meu corpo de homem! melodia
Da minha poesia extraordinária!
Por que me arrastas? Por que me fascinas?
Por que me ensinas a morrer? teu sonho
Me leva o verso à sombra e à claridade.
Sou teu irmão, és minha irmã; padeço
De ti, sou teu cantor humilde e terno
Teu silêncio, teu trêmulo sossego
Triste, onde se arrastam nostalgias
Melancólicas, ah, tão melancólicas…
Amiga, entra de súbito, pergunta
Por mim, se eu continuo a amar-te; ri
Esse riso que é tosse de ternura
Carrega-me em teu seio, louca! sinto
A infância em teu amor! cresçamos juntos
Como se fora agora, e sempre; demos
Nomes graves às coisas impossíveis
Recriemos a mágica do sonho
Lânguida! ah, que o destino nada pode
Contra esse teu langor; és o penúltimo
Lirismo! encosta a tua face fresca
Sobre o meu peito nu, ouves? é cedo
Quanto mais tarde for, mais cedo! a calma
É o último suspiro da poesia
O mar é nosso, a rosa tem seu nome
E recende mais pura ao seu chamado.
Julieta! Carlota! Beatriz!
Oh, deixa-me brincar, que te amo tanto
Que se não brinco, choro, e desse pranto
Desse pranto sem dor, que é o único amigo
Das horas más em que não estás comigo.

site Poemas & Canções

Na LBV, Dia do Folclore é comemorado nas cordas da viola

LBV

Recebemos em nosso e-mail proposta para divulgação do trabalho da LBV no Blog Montanhas em A ção:

A Legião da Boa Vontade (LBV) acredita que a cultura popular seja uma ferramenta imprescindível para a formação de meninos e meninas em situação de vulnerabilidade social. Para que a garotada se reconheça como protagonista de uma identidade cultural brasileira e seja multiplicadora desses valores tão necessários à sociedade, a Instituição promove, aqui em Natal, nesta sexta-feira (21/8), das 9 às 16 horas, o Primeiro Festival Cultural,iniciativa que integra as comemorações do Dia do Folclore Nacional.

O evento terá uma extensa programação com início pela manhã, a apresentação da banda Xilofônica do Sesc e do recital de poemas e danças folclóricas realizado pelas crianças, adolescentes e idosos atendidos pela LBV nos programas Criança: Futuro no Presente! e Vida Plena.

Na parte da tarde, o festival contará com as presenças do cantor e compositor Dudé Viana, que dedilhará em seu violão várias composições de seu repertório, canções, xotes e contos de histórias de suas andanças; do comunicador e repentista Geomar Dantas; do poeta Xexéu Pitt; além daparticipação especial de Geraldo Maia, produtor e apresentador do programa Cafundó.

O festival ocorrerá no Centro Comunitário de Assistência Social da LBV em Natal, localizado na Rua dos Caicós, 2.148 — Dix-sept Rosado.

Para outras informações, basta ligar para (84) 3613-1655 ou acessar o site www.lbv.org.br.

Montanhas RN – Chuva melhora o volume de água da nossa lagoa

11822541_490379697796596_2046954258270586634_nImagem de reprodução internet por Facebook Danilo

Até que enfim uma notícia que diferencia dos péssimas acontecimentos em nosso Município, A lagoa de Montanhas consegue acumular água, e com isso, acreditamos que em outros lugares, neste sentido, deva existir o mesmo juízo de valor.

Mas infelizmente não é o que podemos dizer sobre as entradas da cidade, a buraqueira toma conta de uma forma insuportável pelos que trafegam diariamente, veículos tendem a sofrer maiores problemas e para evitar maiores danos mais,  apelamos para o Prefeito que tomem a providencia e não deixe que o abandono seja a tônica de sua administração, pois já está se tornando sua marca, nos últimos anos.

Outro fato é que olhem para os atendimentos no PSF, há denuncias e revoltas por parte de algumas pessoas que estão sendo tratadas em desafeto total, e portanto, queixas apontam para descriminação de posição ideologicamente política, averiguem e entendam que o atendimento é para o POVO e não apenas para quem é ou faz acordo com a família do Prefeito, pedimos apenas que façam uma reflexão e revejam esta condição medíocre que não leva a nada e já está ultrapassada.

Por fim vamos nos limitar a beleza que é a nossa lagoa.

Montanhas RN – O povo fez a sua despedida para com Jailton Lima nesta sexta feira (10)

Montanhas em peso se despediu do Cantor Jailton Lima nesta sexta feira, o povo foi as ruas e acompanhou o cortejo fúnebre desde a sua residência até o cemitério local.

Confira as imagens de reprodução internet publicadas por Jonas durante o ocorrido, diante do fato, podemos comprovar o quanto era querido o Jovem Cantor.

10953929_459572034198549_2772531383547192273_n

Milhares de fiéis comparecem ao velório de David Miranda fundador da Igreja DEUS É AMOR

Alguns fiéis passam três horas na fila para se aproximar do corpo e prestar a última homenagem

hqdefault

O velório do missionário David Miranda atraiu milhares de fiéis ao Templo da Glória de Deus, no bairro do Cambuci, em São Paulo. O culto fúnebre começou às 8h do domingo (22) e vai ser encerrado apenas na terça-feira (24) após o meio dia.

Os fiéis chegam a ficar três horas na fila para poder chegar perto do corpo do pastor e prestar uma última homenagem. Aos 79 anos, David Miranda faleceu na noite do sábado após sofrer um infarto.

Nascido em 1936, David Miranda se converteu em 1958 e em 1962 fundou a Igreja Pentecostal Deus é Amor (IPDA) após uma revelação divina. Os ensinamentos da denominação são bastante rigorosos, com muitos usos e costumes e proibições acerca de costumes modernos.

Ao longo dos anos a IPDA foi crescendo e hoje é a nona maior denominação evangélica do Brasil, segundo o último CENSO, com mais de 800 mil fiéis espalhados em mais de 11 mil templos. Só no Templo da Glória de Deus, inaugurado em 2004, é possível reunir 60 mil pessoas. Além do Brasil, a Igreja Deus é Amor está presente em outros 136 países, atraindo homens e mulheres de todas as idades para o Evangelho.

O corpo do religioso será enterrado no Cemitério Jardim Horto Florestal, na Zona Norte da capital paulista. David Miranda deixa esposa, a irmã Ereni Miranda, quatro filhos e netos.

Fonte Gospel+

Pietro Ubaldi e sua grande síntese do conhecimento

Vittorio Medioli
O Tempo

De vez em quando, aparece alguém, com um ar de outro mundo, que desce à Terra para acelerar o desenvolvimento humano. Quanto mais adiantados forem seus ensinamentos e ideias, maior será a possibilidade de ser incompreendido, contestado e perseguido. Não se quebram paradigmas impunemente. Três pregos e duas tábuas no alto da colina podem esperar o precursor de ideais.

Leonardo não era compreendido quando desenhava helicópteros; Galileu mal escapou da fogueira por ensinar que a Terra roda em volta do Sol; só depois da morte, Van Gogh foi reconhecido como um gênio da pintura; passaram-se dois séculos da descoberta da luneta antes que ela fosse adotada pelos cientistas; o cristianismo penou 300 anos para ser aceito em Roma, e os cristãos gastaram o mesmo período para se desculpar pelas barbaridades contra índios e negros em terras brasileiras.

Os melhores ideais chegam, levantam polêmicas, atraem raros discípulos e demoram séculos para ser comumente aceitos. A verdade custa a triunfar. Se os últimos serão os primeiros e se a humanidade é sempre a mesma, significa que neste momento os precursores continuam incompreendidos pelas multidões, como no passado.

Ainda não chegou a vez de Helena P. Blavastky, de Charles Leatbeader, de Rudolf Steiner saírem das catacumbas modernas. Das mesmas catacumbas onde o pensamento do italiano Pietro Ubaldi é guardado para dar frutos às próximas gerações. Esse pensador terminou sua existência aqui, no Brasil, deixando uma obra monumental e fiéis discípulos.

ESPÍRITO E MATÉRIA

A principal obra de Ubaldi, “A Grande Síntese”, revela os dogmas cristãos, da luz à escuridão que cerca o ser humano, mostra de onde veio e para onde vai. Comprova os laços que ligam o espírito à matéria e mostra como todas as coisas e todos os fenômenos são facetas de uma única e indivisível realidade. Assusta ao sustentar que a dor é uma passagem obrigatória para a evolução, mas quem consegue passar o umbral dos primeiros e densos conceitos do pensador italiano avança por uma interminável caminhada, na qual a compreensão e o despertar de um estado vívido de consciência conseguem dar outro sentido à vida. Um estado de consciência que será comum na humanidade num futuro ainda distante.

###
PS – No dia 28 de fevereiro, será realizado o 24º Seminário Mineiro Pietro Ubaldi. O evento ocorre no campus da Fundação Dom Cabral, em Alphaville, Lagoa dos Ingleses. Mais informações e inscrição: http://www.ubaldibh.org

Um belo exemplo

e6c6a9479a99a816e34a940006548594Imagem meramente ilustrativa de reprodução internet

Aos 4 anos de idade, ela já estava alfabetizada. Aprendeu a ler e escrever em casa, com uma carta do ABC, estimulada pelo pai, farmacêutico apaixonado pela leitura. Com 57 anos, casada e mãe de seis filhos, formou-se em farmácia, na Universidade Federal de Pernambuco. Mas o sonho mesmo era ser advogada. Tanto que, agora, aos 94 anos, Lindaura Cavalcanti de Arruda concluiu a segunda graduação: o curso de direito, na Faculdade de Ciências Humanas de Pernambuco. Disposta, ela não pensa em parar de estudar. Planeja fazer pós-graduação no próximo ano. Segunda-feira passada ela recebeu homenagem da Academia Pernambucana de Letras Jurídicas.

“Eu me renovei nesses cinco anos que passei na faculdade de direito. Completou minha vida. Achei uma maravilha, adquiri mais conhecimento”, afirma Lindaura, enquanto mostra a monografia sobre os direitos dos empregados domésticos na legislação brasileira. O trabalho lhe rendeu três notas 10 da banca e uma menção de louvor. Para escrevê-lo, contou com a ajuda do neto advogado Mário César Cavalcanti e a orientação do professor Luiz Andrade de Oliveira.

“Foi uma honra termos uma aluna com 94 anos, em perfeita lucidez, frequentando pontualmente as aulas, fazendo assiduamente os trabalhos, provas e pesquisas, dando um exemplo flagrante de dedicação. Comprovou que, com determinação, podemos concretizar os sonhos que almejamos e nunca é tarde para novas realizações”, destaca Luiz Oliveira. “Aprendemos muito com Lindaura e vemos que, às vezes, desistimos por tão pouco”, complementa o professor da faculdade, mantida pela Sociedade Pernambucana de Cultura e Ensino (Sopece).

A ideia de fazer o curso de direito partiu da filha caçula, Verônica Arruda. Percebendo que a mãe estava em depressão, alguns anos após ter ficado viúva, a filha perguntou se ela gostaria de entrar na faculdade. Sem titubear, Lindaura respondeu de pronto que sim. Matriculada como portadora de diploma na Sopece, a futura bacharel em direito não perdeu um dia de aula.

Moradora de Água Fria, na Zona Norte do Recife, foi e voltou para a faculdade de ônibus. Na ida, estava sempre acompanhada de Rosilda Silva, 54, cuidadora que está com ela há duas décadas e que serviu de inspiração para a escolha do tema da monografia. Na volta, sozinha, Lindaura preferia pegar o ônibus com destino ao Centro do Recife para que, no caminho maior até sua residência, pudesse apreciar as ruas e avenidas da cidade.

“Não gosto de computador. Não sei nada dessas máquinas. Fiz todos os meus trabalhos escritos à mão. Mas pretendo entrar em um curso de informática só para ter mais conhecimento”, diz Lindaura. A letra caprichada e a organização dos trabalhos eram motivo de elogios dos docentes. Também dos colegas de turma. “Muitas vezes me pediam para copiar trechos do que eu escrevi”, relata. “Os estudantes de hoje em dia não querem nada com a vida. São pouco responsáveis”, observa. (A matéria é de autoria da repórter Margarida Azevedo, do Jornal do Commercio de Recife)

FELIZ NATAL

mensagens-de-natal-para-empresas

É O QUE DESEJAMOS AOS NOSSOS LEITORES, AMIGOS E COLABORADORES DO BLOG MONTANHAS EM AÇÃO.

Montanhas RN – Grande Festa de enlace matrimonial de Jéssica e Rogério

10173645_362535730595639_505058270369357706_n

A maior badalação deste final de semana foi a realização do casamento de Jéssica e Rogério no município de Montanhas.

A cerimônia aconteceu no sábado (22) na Igreja Matriz por volta das 18:30 horas, onde o Padre Renato celebrou a Santa missa e em seguida a realização do casamento.

Os noivos receberam os cumprimentos dos familiares e amigos na Casa de Recepção em Montanhas Eventos Fields e, diga-se de passagem, que a organização e preparação do local do evento e toda recepção estavam de muito bom gosto e de uma qualidade imensurável.

A descontração ficou por conta do cantor Thiago Oasis que abrilhantou toda festa com músicas de qualidade e de uma forma impecável no repertório apresentado.

Em determinado momento o Pai da Noiva O Empresário Ramalho Barbosa, usou da palavra para agradecer aos convidados, em nome de todos familiares e assim foi a tão badalada festa de final de semana em Montanhas no “Eventos Fields”.

1495409_608091575969122_1901214423281428522_o

O Blog Montanhas em Ação entende que a vida une as pessoas certas no momento certo. Assim, desejamos que este seja o destino de vocês, Jéssica e Rogério: amar, viver e começar cada dia juntos.

Confira algumas fotos que encontramos na internet, estamos aguardando imagens e filmes da empresa que produziu todo evento, aos quais temos a imensa satisfação em divulgar aqui no Blog.

1399248_608091555969124_1553897265602930586_o

1506770_608091435969136_6808225406979187486_n

16403_316450895225219_3411185381611300719_n

934895_608091705969109_541410752975801968_n

10610563_608091795969100_3757930517185154470_n

10383009_316451321891843_9100035241242612519_n1484023_608091725969107_7175061910641871196_o

1899691_608091802635766_373746841158726730_o

10710922_608091375969142_305069369726558748_n

10174958_1588851841333625_6934883676973276660_n

Prime Offer: Veja fotos do casamento de Xandy do ‘Aviões do Forró’

Prime Offer: Veja fotos do casamento de Xandy do ‘Aviões do Forró’

Foto: Ag. News
O vocalista da banda Aviões do Forró, Xandy, se casou na noite desta terça-feira (11), em Fortaleza, com a ex-dançarina do grupo Isabele Timóteo. No evento, companheiros e amigos de música marcaram presença.

Os clicks do casamento de Xandy, do Aviões do Forró

Em cerimônia realizada na igreja de Cristo Rei, em Fortaleza, na noite desta última terça-feira (11), o cantor Xandy, da banda Aviões do Forró, casou com sua ex-dançarina do grupo, Isabele Timóteo. Confira os clicks!

Roberto Carlos é atração de primeiro show dentro da Arena das Dunas

foto_1_2

A data não foi divulgada, mas, ainda este ano, o gramado da Arena das Dunas receberá seu primeiro grande show. A atração, pórem, está confirmada: o rei Roberto Carlos.

O show inaugura o conceito de arena multiuso, com o aproveitamento de todos os espaços do estádio e a utilização de tecnologia de última geração. O gramado receberá uma proteção especial.

Os organizadores estimam que o espetáculo deva atrair mais de 25 mil pessoas. Anteriormente, a Arena das Dunas, palco da Copa do Mundo de 2014, só havia recebido shows em sua área externa, na chamada praça de eventos.

 

Bom começo de semana e que DEUS nos abençoe e esteja conosco

gifs-oriza-esp-semana2