Category Archives: Entretenimento

Clima acirrado esquenta as eleições suplementares em Passa e Fica, no Agreste Potiguar

Ex-prefeito Celú Lisboa tenta manter o poder da família há 20 anos contra a professora Cibelly Fonseca

Com a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em cassar o mandato do prefeito Léo Lisboa (PSD) e agendar uma eleição suplementar em Passa e Fica, no Agreste Potiguar, o clima anda quente literalmente. A disputa pela prefeitura local está acirrada, como aconteceu nos dois últimos pleitos.

O sistema liderado pelo ex-prefeito Pepeu Lisboa lançou o sobrinho Celú Lisboa, que já foi prefeito da cidade, mas saiu com salários atrasados. A oposição que em 2016, conseguiu 48,44% dos votos, lançou agora a professora Cibelly Fonseca. Todo o grupo de oposição que apoiou a governadora Fátima Bezerra nos dois turnos e conseguiu a vitória em Passa e Fica, caminha juntos.

A família Lisboa não conseguiu derrotar a governadora em Passa e Fica em nenhum turno. O candidato dos Lisboa, o ex-prefeito Carlos Eduardo e só conseguiu transferir 47,69% dos votos. Em 2016, o prefeito cassado Léo Lisboa só venceu com 233 votos de maioria, ou seja, 3%, sinalizando um desgaste de mais de duas décadas, já que desde 1996, o ex-prefeito Pepeu Lisboa comanda a cidade se alternando com seus sobrinhos.

Até o dia 3 de fevereiro, a campanha vai se intensificando nas ruas e comunidades rurais. Passa e Fica tem hoje mais de 8 mil eleitores aptos as urnas. A governadora Fátima Bezerra (PT) já sinalizou a participação no palanque da professora Cibelly Fonseca e vai aumentar a pressão do caldeirão. A família Lisboa foi adversária ferrenha de Fátima no 2º Turno, quando tentou mostrar sua hegemonia nas urnas locais.

Com Blog do BG

Nervoso, Bolsonaro transmite superficialidade, mas passa no teste em sua estreia

Resultado de imagem para bolsonaro discursa em davos

Jair Bolsonaro encurtou seu discurso para evitar polêmicas

Igor Gielow
Folha

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) tocou o violino que a plateia em Davos quis ouvir em seu primeiro contato com uma audiência no exterior, mas reforçou a impressão generalizada de agentes econômicos de que o mandatário transpira superficialidade. Se não falou a palavra “posto Ipiranga”, apelou a similares ao responder às perguntas previsivelmente dóceis de Klaus Schwab, o fundador do fórum em Davos.

Deu respostas tão seguras quanto genéricas: Sergio Moro terá todas as condições para combater a corrupção, o Brasil não é um monstro desmatador de florestas, as reformas econômicas são a prioridade (quando e quais enviará, a ver).

RETOMADA – Mesmo instado a detalhar como ajudaria a promover a recuperação econômica do país, Bolsonaro evitou comprometer-se demais. Em modo agente da Embratur nos anos 1980, conclamou os presentes a visitar as maravilhas do Brasil, o Pantanal, a Amazônia.

Some-se a isso ao uso de menos de 10 dos 45 minutos disponíveis para se apresentar no tão esperado discurso e a imagem ficou cristalizada. Ali, as palavras tinham a densidade de um programa de campanha eleitoral. Não ajudou muito Bolsonaro o fato de estar visivelmente nervoso, mexendo-se de lado a lado durante a fala, lida.

Apenas duas notas dissonantes ao concerto apresentado por violino lembraram a plateia das características potencialmente hunas do novo governo, para ficar na expressão renegada pelo seu vice, general Hamilton Mourão.

ÁGUA DO AÇÚCAR – A primeira, de resto água com açúcar perto do que o público brasileiro se acostumou a ouvir do presidente, foi a referência a “família”, “direito à vida e à propriedade”. Davos, por todo o poder e dinheiro que acolhe, é um fórum que gosta de se vender como progressista nos costumes —vide a presença de popstars com discursos bacanas sobre como salvar a África da miséria em edições passadas.

Ainda assim, não surgiu um Bolsonaro criticando movimentos migratórios. Nem a coleção de impropérios ao chamado globalismo que impregna as manifestações do chanceler Ernesto Araújo, ainda que tenha soltado seu empenho em combater a “esquerda bolivariana” na América Latina.

SEM IDEOLOGIA – O presidente falou novamente em evitar “viés ideológico” nas suas tratativas comerciais, mas nenhuma palavra sobre o embate entre China e EUA. Zero a zero. Por outro lado, a já decidida manutenção do Brasil nos Acordos de Paris curiosamente não surgiu, sendo trocada por platitudes defensivas acerca da conservação do ambiente no país.

Outra nota fora do tom foi a versão amputada e adaptada do lema de sua campanha, agora “Deus acima de tudo” —a metade tropicalizada do “Deutschland über alles” talvez pegasse mal na Europa. É de se imaginar o que os poderosos presentes acham de tal apelo religioso, tão ao agrado de sua base evangélica em casa.

Tudo somado, Bolsonaro passou num primeiro teste fácil, mas perdeu a oportunidade de causar uma boa impressão. A bola está com Paulo Guedes, Sergio Moro e companhia.

Flávio Nogueira assume a Prefeitura de Nova Cruz prometendo inovar na gestão

Flávio Nigueira, também conhecido como Flávio de Beroz, que era vice-prefeito de Nova Cruz, assumiu, esta semana, a Prefeitura após o falecimento do então prefeito Targino Pereira prometendo uma gestão inovadora.

Flávio é filiado ao MDB e empresário do setor de móveis e eletrodoméstico com atuação na região Agreste. Ele espera trazer a experiência em gestão no setor privado para modernizar a gestão pública.

“Esperamos fazer uma gestão inovadora otimizando os recursos e garantindo o melhor para o cidadão. Sabemos das dificuldades financeiras que passa o município, mas vamos fazer o máximo o possível para fazer Nova Cruz se desenvolver ainda mais”, disse.

Uma das marcas de Flávio enquanto vice-prefeito era a doação de todo o salário para pessoas de baixa renda. Todos os meses ele revertia o que ganhava na compra de cestas básicas e de bens para gestantes e recém-nascidos para doação. Ele espera manter as doações também como prefeito.

Flávio ingressou na política em 2016 exatamente quando foi eleito vice-prefeito ao lado de Targino com 10,995 votos.

Por Marcius Valerius

“A deusa da minha rua tem os olhos onde a lua costuma se embriagar…”

Resultado de imagem para jorge faraj compositor

Silvio Caldas fez sucesso com “A Deusa da Minha Rua”

O jornalista e compositor carioca Jorge Faraj (1901-1963) é considerado o poeta dos amores impossíveis, em que a mulher é sempre adorada sem saber e ignorando ser objeto de uma paixão. Em “A Deusa da Minha Rua”, cuja primeira gravação foi em 1939, por Silvio Caldas, pela RCA Victor, Faraj descreve o contraste entre a beleza da musa e a pobreza da rua.

A DEUSA DA MINHA RUA
Newton Teixeira e Jorge Faraj

A deusa da minha rua
Tem os olhos onde a lua
Costuma se embriagar

Nos seus olhos eu suponho
Que o sol num dourado sonho
Vai claridade buscar

Minha rua é sem graça
Mas quando por ela passa
Seu vulto que me seduz
A ruazinha modesta
É uma paisagem de festa
É uma cascata de luz

Na rua uma poça d’água
Espelho da minha mágoa
Transporta o céu para o chão
Tal qual o chão da minha vida
A minha alma comovida
O meu pobre coração

Infeliz da minha mágoa
Meus olhos são poças d’água
Sonhando com seu olhar
Ela é tão rica e eu tão pobre
Eu sou plebeu e ela é nobre
Não vale a pena sonhar

Site Poemas & Canções

Receita de um feliz Ano Novo, na visão de Carlos Drummond de Andrade

Resultado de imagem para carlos drummond de andrade

O bacharel em farmácia, funcionário público, escritor e poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) é um dos mestres da poesia brasileira. O significado principal do poema “Receita de Ano Novo” está em olhar para dentro de si mesmo e sentir-se, realmente, apto para ganhar uma belíssima passagem de ano.


RECEITA DE ANO NOVO
Carlos Drummond de Andrade

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

Site Poemas & Canções  

A Feira da Agricultura Familiar e Economia Solidária de Montanhas

Por: Dr. Evandro Borges

A partir de hoje (04/01/19), sexta-feira será aberta  I Feira da Agricultura Familiar e Economia Solidária de Montanhas através de um esforço do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, do Fórum da Economia Solidária através de sua secretaria, do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável e da Secretaria Municipal de Agricultura, reunindo agricultores familiares, artesãos de vários municípios e militantes dos movimentos sociais.

A realização da feira só foi possível pela articulação das instituições governamentais e do movimento social, em uma troca mútua de relações, podendo serem ressaltados, a Coopercacho, o Sindicato municipal dos trabalhadores rurais, a secretaria do fórum da economia solidária e no desprendimento de algumas pessoais, como Miguel, Pres. do Sindicato, de Samara Francione, Expedito Alexandre e do Vice-Governador, Antenor Roberto com a viabilização do transporte dos grupos de artesãos e de autoridades do município de Montanhas.

A feira acontecerá em plena festa de Santos Reis, uma tradição no Município, com a participação de agricultores familiares, produtores de alimentos e artesãos que estarão presentes dos Municípios de Natal, Parnamirim, São José do Mipibú, Vera Cruz, Jaçanã, Campo Redondo e do próprio Município de Montanhas que vai recepciona-los, sendo uma experiência de troca de informações, de intercâmbios, de conhecimento e novos saberes, e ao mesmo tempo de comercialização.

Na ocasião, logo na abertura, na sexta-feira, dia 04 de janeiro, após a solenidade de abertura, com várias autoridades confirmadas e personalidades, haverá uma roda de conversa a cargo de Samara Francione sobre Economia Solidária, no sábado à tarde, será a vez de Expedito Alexandre, Presidente da Coopercacho falar sobre a chamada pública no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar.

Ainda serão realizadas, duas oficinas, uma voltada para a juventude produtora, com uma oficina sobre “escultura de papel reciclado” com a facilitação de Amanda, e no domingo de manhã, uma oficina sobre artesanato de boneca de pano a cargo da artesã de Passa e Fica, Fátima Luciano, portanto, a troca de saberes, a produção solidária, o intercambio e aprendizagens estarão asseguradas.

A agricultura familiar responsável sozinha por oitenta por cento da alimentação da família brasileira, conforme comprovou pesquisa realizada sob a batuta do governo recém-finalizado, vem crescendo, desde a elaboração inicial do projeto nacional para agricultura familiar preparado pela CONTAG, quando estava na presidência o Norte-Rio-Grandense, de São Paulo do Potengi, Francisco Urbano, que este colunista teve honra de colaborar com a experiência adquirida na FETARN, em conjunto com uma equipe multidisciplinar convocada na época.

E agora se juntam a experiência do movimento de economia solidária, com outros parâmetros de produção e comercialização, que já obtiveram marcos legais nas esferas nacional e estadual, fomentando o associativismo, o cooperativismo, a produção agroecológica e o mercado justo, agregando artesãos e pescadores ambas as categorias segurados especiais, e produtores culturais urbanos e rurais. (PN)

Que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure

Resultado de imagem para vinicius de moraes frases

O diplomata, advogado, jornalista, dramaturgo, compositor e poeta Vinícius de Moraes (1913-1980) foi um poeta essencialmente lírico, notabilizou-se pelos seus sonetos, como o belíssimo “Soneto de Fidelidade”, que transmite uma visão do amor mais realista: a de que o sentimento amoroso deve ser sim, infinito, mas “infinito enquanto dure”. No lugar do platonizante e transcendente, o amor mais cotidiano, sujeito às mudanças que o tempo e que a vida impõem.

SONETO DA FIDELIDADE
Vinícius de Moraes

De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Site Poemas & Canções

Jornalista que se destacou no esporte e é reconhecido mundialmente

Mário Leite Rodrigues Filho, mais conhecido como Mário Filho (Recife, 3 de junho de 1908 — Rio de Janeiro, 17 de setembro de 1966), foi um jornalista, cronista esportivo e escritor brasileiro. Era irmão do também jornalista e escritor Nelson Rodrigues.[1]

A exemplo de outros pernambucanos como o seu irmão Nelson Rodrigues, Bezerra da Silva, Hilário Jovino Ferreira e Chacrinha, Mário Filho é uma figura emblemática do cenário cultural carioca. O nome oficial do Maracanã, “Estádio Jornalista Mário Filho”, foi dado em reconhecimento pelo seu apoio à construção da arena, e a expressão “Fla-Flu”, que designa o clássico do futebol brasileiro entre Flamengo e Fluminense, é de sua autoria. Além disso, o primeiro desfile competitivo das escolas de samba do Carnaval do Rio de Janeiro foi organizado pelo seu jornal Mundo Sportivo.[2][3][4]

Biografia Editar
Nascido na capital pernambucana, Mário Filho transferiu-se para o Rio de Janeiro ainda durante a infância, em 1916. Iniciou a carreira jornalística ao lado do pai, Mário Rodrigues, então proprietário do jornal A Manhã, em 1926, como repórter esportivo, um ramo do jornalismo ainda inexplorado. Entusiasta do futebol, Mário Filho dedica páginas inteiras à cobertura das partidas dos times cariocas. Em Crítica, segundo jornal de propriedade de seu pai, Mário revolucionou o modo como a imprensa mostrava os jogadores e descrevia as partidas, adotando uma abordagem mais direta e livre de rebuscamentos, inspirado no linguajar dos torcedores. Vem desta época a popularização do “Fla-Flu”, expressão que muitos julgam ter sido criada pelo próprio Mário.

Mário fundou aquele que é considerado o primeiro jornal inteiramente dedicado ao esporte do Brasil, O Mundo Sportivo, de curta existência. No mesmo ano (1931) passa a a trabalhar no jornal O Globo, ao lado de Roberto Marinho, seu companheiro em partidas de sinuca. Leva para o jornal o mesmo estilo inaugurado em Crítica e ajuda a tornar o futebol — então uma atividade da elite — um esporte de massas. Em 1932, O Mundo Sportivo organiza o Concurso de Escolas de samba.

Em 1936 compra de Roberto Marinho o Jornal dos Sports Lá, Mário criou os Jogos da Primavera em 1947, os Jogos Infantis em 1951, o Torneio de Pelada no Aterro do Flamengo e o Torneio Rio-São Paulo, que cresceu e se tornou o atual Campeonato Brasileiro. Os outros esportes, como as regatas e o turfe, também mereciam de Mário uma cobertura apaixonada.

No final dos anos 40, Mário lutou pela imprensa contra o então vereador Carlos Lacerda, que desejava a construção de um estádio municipal em Jacarepaguá, para a realização da Copa do Mundo de 1950. Mário conseguiu convencer a opinião pública carioca de que o melhor lugar para o novo estádio seria no terreno do antigo Derby Club, no bairro do Maracanã, e que o estádio deveria ser o maior do mundo, com capacidade para mais de 150 mil espectadores.

Consagrado como o maior jornalista esportivo de todos os tempos, Mário faleceu de um ataque cardíaco em 1966, aos 58 anos. Meses depois Célia, sua mulher e paixão de toda uma vida — casaram-se quando ele tinha 18 anos —, se matou. Em sua homenagem, o antigo Estádio Municipal do Maracanã ganhou o nome de Estádio Jornalista Mário Filho.

O grande teatrólogo e cronista Nelson Rodrigues, irmão de Mário Filho, homenageou-o com o jargão “o criador de multidões”, pela sua importância na popularização do futebol no Rio de Janeiro e no Brasil.

Contudo, na literatura esportiva, a obra de Mario Filho, além de maior, tornou-se referência nacional. Mario Filho é autor de seis livros com o tema futebol (Copa Rio Branco, 1932; Histórias do Flamengo, 1934;O Negro no Futebol Brasileiro, 1947; Romance do Foot-ball, 1949; Copa do Mundo de 62, 1962 e Viagem em torno de Pelé, 1964). Também escreveu uma biografia do pintor Cândido Portinari, seu amigo de juventude, intitulada Infância de Portinari, publicada postumamente pela Editora Bloch, em 1966.

Seus primeiros livros, entretanto, foram ficções: Bonecas, de 1927 e Senhorita 1950′,’ de 1928, foram depois renegados pelo autor. Sua última incursão pelo romance se deu com O Rosto, publicado em 1965.

Pelo telefone, o chefe de Polícia mandou avisar Mauro de Almeida e Donga

Donga e Mauro de Almeida, dois pioneiros do samba

Hoje é comemorado o Dia Nacional do Samba e, neste sentido, não poderíamos esquecer o músico e compositor carioca Ernesto Joaquim Maria dos Santos, conhecido como Donga (1890-1974), que é lembrado pela gravação de “Pelo Telefone”, em 1917, considerado o primeiro samba gravado na história e por ter sido composto na casa da Tia Ciata, na Praça Onze, atual Cidade Nova no Centro do Rio de Janeiro. Tia Ciata era famosa na época por reunir os maiores e melhores músicos populares da época, onde frequentavam, além de Donga e Mauro de Almeida, também João da Baiana, Sinhô e Pixinguinha, entre outros.

“Pelo Telefone” tem uma estrutura ingênua e desordenada: a introdução instrumental é repetida entre algumas de suas partes (um expediente muito usado na época) e cada uma delas tem melodias e refrões diferentes, dando a impressão de que a composição foi sendo feita aos pedaços, com a junção de melodias escolhidas ao acaso ou recolhidas de cantos folclóricos. Este samba sintetiza aspectos da vida e da boemia no Rio de Janeiro nas primeiras décadas do século passado.

PELO TELEFONE
Mauro de Almeida e Donga

O chefe de Polícia pelo telefone,
Mandou me avisar,
Que na Carioca tem uma roleta
Para se Jogar.

Ai, ai, ai, deixa as mágoas para traz, o rapaz,
Ai, ai, ai, fica triste se és capaz e verás.

Tomara que tu apanhes
Pra nunca mais fazer isso,
Roubar o amor dos outros
E depois fazer feitiço.

Olha a rolinha, sinhô, sinhô,
Se embaraçou, sinhô, sinhô,
Caiu no laço, sinhô, sinhô,
Do nosso amor, sinhô, sinhô,
Parte deste samba, sinhô, sinhô,
É de arrepiar, sinhô, sinhô,
Põe perna bamba, sinhô, sinhô,
Mas faz gozar.

O peru me disse,
Se você dormisse, não fazer tolice,
Que eu não saísse, dessa esquisitice,
Do disse me disse.

Queres ou não, sinhô, sinhô,
Ir pro cordão, sinhô, sinhô,
Ser folião, sinhô, sinhô,
De coração, sinhô, sinhô,
Porque este samba, sinhô, sinhô,
É de arrepiar, sinhô, sinhô,
Põe perna bamba, sinhô, sinhô,
Mas faz gozar.

Site Poemas & Canções

VEJA LISTA COM 10 FAMOSAS QUE, APESAR DE DISCRETAS, ESTAMPARAM ENSAIOS SENSUAIS

Fabíula Nascimento posou de lingerie e nua para a revista “Vip”
Foto: Divulgação/Vip
Discrição é o segundo nome delas. Mas, em 2014, algumas famosas decidiram encarnar verdadeiros mulherões em ensaios sensuais e mostraram um pouco da beleza com olhares e poses sexies no ano que encerra hoje. Angélica, Carolina Oliveira, Marjorie Estiano… Veja uma lista com 10 mulheres que arrasaram com caras, bocas e o físico em forma este ano.

Angélica posou para o fotógrafo Marcelo Faustini para o ensaio intitulado “Comendo com os olhos”. A apresentadora mostrou sua famosa mancha na coxa e caprichou no olhar para a câmera.

Angélica poupou a nudez mas mostrou a famosa mancha e caprichou no olhar para o ensaio “Comendo com os olhos”
Angélica poupou a nudez mas mostrou a famosa mancha e caprichou no olhar para o ensaio “Comendo com os olhos” Foto: Divulgação/Marcelo Faustini

Tímida na adolescência, Maria Casadevall mostrou desinibição em frente às lentes em fotos para a revista “Top magazine”. Nas imagens conceituais, a morena ainda estava com o cabelo curtinho, como apareceu em “Amor à vida”, sua estreia na TV. Atualmente, ela está com megahair para a próxima novela das sete, que substituirá “Alto astral”.

Maria Casadevall posou de body para a revista “Top Magazine”
Maria Casadevall posou de body para a revista “Top Magazine”
Foto: Divulgação

Marjorie Estiano, a Cora, de “Império”, usou lingerie e mergulhou numa bacia de melancias para as lentes de Marcelo Faustini. A morena ousou e mostrou de uma vez que o título teen de seu papel em “Malhação” (2004) já ficou para trás.

Marjorie Estiano encarou uma piscina de melancia para clique de Marcelo Faustini
Marjorie Estiano encarou uma piscina de melancia para clique de Marcelo Faustini
Foto: Divulgação

Carolina Oliveira encarnou a Eva para o mesmo fotógrafo. A atriz, que ganhou destaque na minissérie “Hoje é dia de Maria”, ainda como atriz mirim em 2005, posou seminua e exibiu a silhueta magrinha logo após completar 19 anos.

Carolina Oliveira posou como Eva para fotógrafo
Carolina Oliveira posou como Eva para fotógrafo Foto: Divuglação/Marcelo Faustini

Outra que dispensou todas as peças de roupa foi Fabiula Nascimento. Figura difícil em revistas que apostam na sensualidade, a atriz de “Boogie Oogie” encarou um ensaio completamente nua e mostrou as curvas na revista “Trip”.

Fabíula Nascimento posou nua para revista em 2014
Fabíula Nascimento posou nua para revista em 2014 Foto: Divulgação/RevistaVIP

Mais discreta que Fabíula e Carolina, Priscila Fantin caprichou nas poses e no olhar no ensaio de biquíni para uma marca de moda praia do sul do país. Distante da TV desde sua participação em “Malhação” no começo do ano, ela apareceu em momento raro como modelo fotográfico em julho.

Priscila Fantin mostrou as curvas num ensaio de moda praia para uma marca do sul
Priscila Fantin mostrou as curvas num ensaio de moda praia para uma marca do sul Foto: Divulgação

Isabella Santoni, uma das protagonistas de “Malhação” também causou surpresa ao aparecer de lingerie num ensaio antes de cortar o cabelo para a mocinha do folhetim. Em entrevista ao EXTRA, a loira chegou a admitir que sabe usar a sensualidade a seu favor.

Isabella Santoni posou de lingerie para ensaio antes de mudar o visual
Isabella Santoni posou de lingerie para ensaio antes de mudar o visual Foto: Divulgação e Dviulgação/TV Globo

Andréia Horta, a Clara de “Império”, posou decotada para a revista “Nova”. Em entrevista à publicação, ela se declarou surpresa ao ser lembrada pela beleza e pelo corpo em forma: “Tive que treinar bastante porque, na minha vida, isso nunca foi o foco”.

Andreia Horta posou decotada para a revista Nova
Andreia Horta posou decotada para a revista Nova Foto: Divulgação

Colega de Andréia na novela das nove, Letícia Birkheuer posou de topless num ensaio de verão para o Extra. Veja cliques da loira:

Letícia Birkheuer posou de topless para o Extra
Letícia Birkheuer posou de topless para o Extra Foto: Marcelo Theobald / Extra

Eleita a mulher mais sexy do ano pela revista “Vip”, Bruna Marquezine fez o ensaio mais provocante de sua carreira no segundo semestre de 2014. Relembre alguns cliques da carioca em Fernando de Noronha:

Bruna Marquezine posou para a Vip de novembro
Bruna Marquezine posou para a Vip de novembro Foto: Gerard Giaume/Divulgação
Bruna Marquezine posou em Fernando de Noronha para ensaio de novembro
Bruna Marquezine posou em Fernando de Noronha para ensaio de novembro Foto: Divulação/Vip

Fonte: Extra.globo.com

“Da janela vê-se o Corcovado, o Redentor, que lindo!”, dizia Tom Jobim

Resultado de imagem para tomjobim frases
O arranjador, instrumentista e compositor carioca Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (1927-1994), na letra da música “Corcovado”,  faz um retrato do Rio de Janeiro visto da janela do apartamento em que morava em Ipanema, na Rua Nascimento Silva, 107, de onde se avistava o Corcovado e se podia sonhar em encontrar um grande amor e, consequentemente, fazê-lo conhecer o que é a felicidade, depois de sonhos, tristezas e descrenças deste mundo.

CORCOVADO
Tom Jobim

Um cantinho, um violão
Esse amor, uma canção
Pra fazer feliz a quem se ama

Muita calma pra pensar
E ter tempo pra sonhar
Da janela vê-se o Corcovado,
O Redentor que lindo!

Quero a vida sempre assim
Com você perto de mim
Até o apagar da velha chama

E eu que era triste
Descrente deste mundo
Ao encontrar você eu conheci
O que é felicidade meu amor

Site Poemas & Canções

Tá no Blog do BG – GOVERNO FÁTIMA: Equipe de transição programa pagar salário a partir de janeiro e parcelar atrasados

Foto/Reproducao/Publicidade

A equipe de transição da governadora eleita Fátima Bezerra já está debruçada sobre os números tanto da arrecadação, quanto das despesas do Estado de olho no pagamento do funcionalismo público. O objetivo é encontrar uma alternativa que garanta os pagamentos em dia.

O blog teve a informação de que todos estão debruçados planejando pagar o salário em dia a partir de janeiro e parcelar os pagamentos atrasados: pelo menos o salário de dezembro e o 13º de 2018.

O parcelamento seria proporcional ao total do vencimento a ser recebido, de acordo com a faixa salarial. Quando menor o salário atrasado, em menos vezes esse parcelamento seria.

Para quem ganha até R$ 3 mil, o parcelamento seria em poucas vezes, mas esse total de parcelas ainda está sendo estudado. Para quem ganha entre R$ 3 mil e R$ 5 mil, um parcelamento um pouco maior. Para quem ganha acima disso, o parcelamento pode chegar em até 20 vezes.

A medida é estudada como alternativa para colocar a folha em dia e paga evitar que os servidores fiquem com salários atrasados sem perspectiva de receber.

O atraso dos salários e do 13º dos servidores do Rio Grande do Norte deve retirar R$ 1 bilhão de circulação da economia e já preocupa o comércio local. A situação preocupa o setor de comércio e serviços que prevê um impacto de frustração das expectativas de vendas do comércio.

do Blog do BG

_____x_____x_____

Do: Blog Montanhas em Ação:

  • Vamos então dar os parabéns para o Prefeito Manuel Gustavo! que ao assumir o mandato em 2017, recebeu atrasado também! e colocou em dia o 13º salário de todos os servidores em 10 meses. Pois foi feito um acordo entre o Município, servidores, sindicatos e etc., para ser pago em 12 vezes, mas pelos esforços e a boa forma de conduzir a administração, conseguiu efetuar os pagamentos em 10 meses. independente de faixa salarial, ou qualquer outra especificação. Além de muitas outras ações como acesso dos níveis, já então atrasados e colocados em dia, e outras vantagens do quadro funcional do município.
    Não atrasou sequer um mês dos pagamentos deste janeiro de 2017 para todo funcionalismo municipal e em todas as faixas salariais, em alguns meses o pagamento foi até antecipado.
  • Em certos episódios, deste contexto, foi muito criticado pela atitude tomada, onde alguns achavam que era simples manter um controle nas finanças públicas, esses argumentos estão publicados em algumas matérias nos blogs e redes sociais, desta forma, vamos ficar de olho nos comentários e as ações que provavelmente serão tomadas pela nova Governadora e que certamente deverão ser cumpridas. 

 

 

A viagem de João de Aquino e Paulo César Pinheiro, que ninguém esquecerá

Resultado de imagem para marisa gata mansa

Marisa Gata Mansa, a intérprete do grande sucesso


O cantor, compositor e poeta carioca Paulo César Francisco Pinheiro é considerado um dos maiores autores da canção popular do Brasil, cuja obra ultrapassa 2 mil músicas compostas, entre as quais, “Viagem”, considerada uma das mais bonitas músicas brasileiras, uma parceria com o violonista João de Aquino.

Vale ressaltar, que Paulo César Pinheiro escreveu a belíssima letra de “Viagem” aos 14 anos de idade, quando pediu licença à tristeza, porque iria viajar com a poesia que veio ao seu encontro. A música foi gravada por Marisa Gata Mansa, em 1972, produção independente.

VIAGEM
João de Aquino e Paulo César Pinheiro

Óh tristeza, me desculpe
Estou de malas prontas
Hoje a poesia veio ao meu encontro
Já raiou o dia, vamos viajar.

Vamos indo de carona
Na garupa leve do vento macio
Que vem caminhando
Desde muito longe, lá do fim do mar.

Vamos visitar a estrela da manhã raiada
Que pensei perdida pela madrugada
Mas vai escondida
Querendo brincar.

Senta nesta nuvem clara
Minha poesia, anda, se prepara
Traz uma cantiga
Vamos espalhando música no ar

Olha quantas aves brancas
Minha poesia, dançam nossa valsa
Pelo céu que um dia
Fez todo bordado de raios de sol.

Oh poesia, me ajude
Vou colher avencas, lírios, rosas, dálias
Pelos campos verdes
Que você batiza de jardins-do-céu

Mas pode ficar tranquila, minha poesia
Pois nós voltaremos numa estrela-guia
Num clarão de lua quando serenar.

Ou talvez até, quem sabe
Nós só voltaremos no cavalo baio
O alazão da noite
Cujo o nome é raio, raio de luar.

Site Poemas & Canções

“Ela valsando, só na madrugada, se julgando amada ao som dos bandolins…”

Imagem relacionada

Montenegro, um extraordinário cantor e compositor

O cantor e compositor carioca Oswaldo Viveiros Montenegro conta que fez a música “Bandolins” para a cunhada do amigo Zé Alexandre, na época uma bailarina. A moça tinha um namorado também bailarino, mas o casal teve que se separar devido a um convite do namorado para morar na França. Por ser menor, a família da bailarina não permitiu que ela também fosse. Oswaldo diz que, na música, tentou retratara moça dançando sozinha. A música “Bandolins” foi gravada no LP Oswaldo Montenegro, em 1980, pela WEA, logo se transformando em um grande sucesso, alavancando, definitivamente, a carreira do então desconhecido cantor e compositor.

BANDOLINS
Oswaldo Montenegro

Como fosse um par que nessa valsa triste
Se desenvolvesse ao som dos bandolins
E como não e por que não dizer
Que o mundo respirava mais se ela apertava assim
Seu colo e como se não fosse um tempo
Em que já fosse impróprio se dançar assim
Ela teimou e enfrentou o mundo
Se rodopiando ao som dos bandolins

Como fosse um lar, seu corpo a valsa triste iluminava
E a noite caminhava assim
E como um par o vento e a madrugada iluminavam
A fada do meu botequim
Valsando como valsa uma criança
Que entra na roda, a noite tá no fim
Ela valsando só na madrugada
Se julgando amada ao som dos bandolins

Site Poemas & Canções

Duas marionetes, com a relação por um fio, na poesia de Jorge Ventura

Resultado de imagem para jorge ventura poeta

Jorge Ventura, grande poeta e declamador

O publicitário, ator, jornalista e poeta carioca Jorge Ventura, no poema “Marionetes”, destacou as dualidades sempre existentes nas relações entre as pessoas.

MARIONETES
Jorge Ventura  

Existe entre nós
um par com duas pontas.
Cada qual com dois prós,
cada qual com dois contras.

Puxa-se uma corda daqui,
outra dali,
mãos e pernas espalham-se
emaranhados
em movimentos manipulados,
sabe Deus por quem.

O vaivém dos gonzos
range os limites estipulados,
em meio a trapos, farrapos
e desculpas esfarrapadas.

Duas marionetes sem brio
e a relação por um fio

Site Poemas & Canções

Estou de volta pro meu aconchego, trazendo na mala bastante saudade…

 

Imagem relacionada

Nando Cordel, grande compositor pernambucano

O cantor, instrumentista e compositor pernambucano Fernando Manoel Correia, nome artístico Nando Cordel, faz versos para diversos estilos musicais: xotes, forrós, frevos etc. Seu primeiro sucesso foi “De Volta Pro Meu Aconchego”, cuja bonita letra versa sobre o voltar para os braços da pessoa amada. Esta música foi gravada por Elba Ramalho no LP Fogo na Mistura, em 1985, pela Ariola.

DE VOLTA PRO MEU ACONCHEGO
Dominguinhos e Nando Cordel

Estou de volta pro meu aconchego
Trazendo na mala bastante saudade
Querendo um sorriso sincero
Um abraço para aliviar meu cansaço
E toda essa minha vontade
Que bom poder estar contigo de novo
Roçando teu corpo e beijando você
Pra mim tu és a estrela mais linda
Teus olhos me prendem, fascinam
A paz que eu gosto de ter
É duro, ficar sem você vez em quando
Parece que falta um pedaço de mim
Me alegro na hora de regressar
Parece que vou mergulhar
Na felicidade sem fim

Site Poemas & Canções

Um diálogo poético entre João Cabral de Melo Neto e Carlos Drummond

Resultado de imagem para joao cabral e carlos drummond

Acima, João Cabral, Manuel Bandeira e Drummond. No centro, Solano Trindade. Depois, Cecilia Meirelles, Haroldo de Campos e Francisco Carvalho.


Site Poemas & Canções

O diplomata e poeta pernambucano João Cabral de Melo Neto (1920-1999) sentiu, naquela segunda-feira, como é “Difícil Ser Funcionário” e telefonou para o amigo Carlos, o Drummond de Andrade, para pedir conselhos.

DIFÍCIL SER FUNCIONÁRIO
João Cabral de Melo Neto

Difícil ser funcionário
Nesta segunda-feira.
Eu te telefono, Carlos,
Pedindo conselho.

Não é lá fora o dia
Que me deixa assim,
Cinemas, avenidas
E outros não-fazeres.

É a dor das coisas,
O luto desta mesa;
É o regimento proibindo
Assovios, versos, flores.

Eu nunca suspeitara
Tanta roupa preta;
Tampouco estas palavras –
Funcionárias, sem amor.

Carlos, há uma máquina
que nunca escreve cartas;
Há uma garrafa de tinta
Que nunca bebeu álcool.

E os arquivos, Carlos,
As caixas de papéis:
Túmulo para todos
Os tamanhos de meu corpo.

Não me sinto correto
De gravata de cor,
E na cabeça uma moça
Em forma de lembrança.

Não encontro a palavra
Que diga a esses móveis.
Se os pudesse encarar…
Fazer seu nojo meu…

Carlos, dessa maneira
Como colher a flor?
Eu te telefono, Carlos,
Pedindo conselho

Mãe ‘fantasia’ filho de escravo para festa de Halloween em escola de Natal: ‘Vamos abrasileirar esse negócio’

'Fantasia' de escravo de menino de 9 anos causou repercussão na internet  — Foto: Reprodução

‘Fantasia’ de escravo de menino de 9 anos causou repercussão na internet — Foto: Reprodução

Uma mãe fantasiou o próprio filho de 9 anos como escravo para a festa de Halloween de uma escola de classe média alta em Natal, nesta segunda-feira (29). Ela mesma publicou fotos do garoto nas redes sociais, durante a tarde, e as imagens causaram grande repercussão na internet. A maior parte dos comentários é de críticas à fantasia, que foi considerada racista. A publicação foi apagada do perfil dela.

Além de pintar o garoto, a mulher maquiou ele com “marcas” de chicotadas e o cobriu com roupas brancas e correntes. “Quando seu filho absorve o personagem! Vamos abrasileirar esse negócio! #Escravo”, escreveu ela no Instagram.

Mãe fantasiou menino de 9 anos para festa de Halloween em escola de Natal — Foto: Reprodução

Mãe fantasiou menino de 9 anos para festa de Halloween em escola de Natal — Foto: Reprodução

G1 tentou falar com a mulher por telefone, mas as ligações não foram atendidas. Ela também não respondeu mensagens enviadas. Em sua conta no Twitter, ela escreveu a seguinte mensagem: “Ñ leiam livros d História do Brasil. Eles dizem q existiu escravidão d negros no país, mas isso é mentira. Ñ discuta com essa afirmação, pois vc estará sendo racista, A PIOR PESSOA, um lixo Só ñ entendi ainda se o problema foi a fantasia ou o ’17’ na foto”.O colégio onde aconteceu a festa de Halloween emitiu uma nota e afirmou que a instituição não compactua com expressões de racismo ou preconceito.”Lamentavelmente, a escolha do traje para a participação do Halloween, feita pela família do aluno, tocou numa ferida histórica do nosso país. Amargamos as sequelas desse triste período até os dias de hoje. Não incentivamos nem compactuamos com qualquer tipo de expressão de racismo ou preconceito, tendo os princípios da inclusão e convivência com a diversidade como norte da nossa prática pedagógica”, diz a nota.Após a repercussão, a mãe postou um pedido de desculpas nas redes sociais. “Queria somente pedir desculpas pelo fato! Jamais foi minha intenção ofender alguém, estou extremamente arrependida por tudo que aconteceu e me sentindo MUITO mal com os xingamentos e as ameaças horríveis que estão me mandando. Desculpa a todos, do fundo do meu coração! #paz”.

Repercussão

O caso ganhou grande repercussão nas redes sociais. Até mesmo artistas como o cantor Marcelo D2 comentou: “Quando vc pensa q já viu de tudo na vida (sic)”.

Marcelo D2

@Marcelodedois

Quando vc pensa q já viu de tudo na vida https://twitter.com/anacronices/status/1057038586518925318 
Antes da repercussão negativa, seguidores da mãe nas redes sociais elogiaram a “criatividade” da fantasia. “Perfeito”, disse uma amiga. “Você não existe! Muita criatividade”, disse outra. A postagem recebeu dezenas de curtidas.

Porém, outros usuários passaram a criticar as imagens. Apesar da postagem ter sido apagada, após a repercussão, prints da publicação passaram a circular na internet e vários usuários de redes sociais passaram a criticar a mulher, em outras postagens de suas redes sociais.

Montanhas RN – Programação Outubro Rosa para esta quarta feira (24) promovida pela Secretaria de Saúde

Nesta quarta feira (24) a Secretaria de Saúde do município de Montanhas, por intermédios de seus profissionais da Saúde, equipe de apoio dos Coordenadores (as), Secretária de Saúde Dra. Luzia Farias e o apoio do Prefeito Municipal Manuel Gustavo, fazem toda uma programação para atender as mulheres sobre a prevenção do “Câncer de Mama”.

O Blog Montanhas em Ação foi contatado pela Coordenadora Elidiana que nos forneceu essas informações afirmando que esta campanha é denominada aqui no município como “Dia D” e o tema proposto é: “Todos Juntos apoiando essa causa”. O objetivo é realizar o máximo de consultas aos pacientes que se disponibilizarem para este atendimento.

Os profissionais de Saúde como: Ginecologista, Clínicos gerais, Odontólogos, enfermeiros (as), Técnicos, auxiliares e equipes do NASF, estarão presentes, orientando-os, promovendo ações relacionadas ao tema em questão, além de muitas outras atividades afins que se apresentarão durante todo o dia.

Acompanhe toda Programação que nos foi encaminhada, obedecendo os Locais e horários abaixo :

 

OUTUBRO ROSA
PROGRAMAÇÃO DO DIA D
TEMA: “TODOS JUNTOS APOIANDO ESSA CAUSA”
CAMPANHA CONTRA O CÂNCER DE MAMA

 DIA: 24.10.2018

05:00- Caminhada Contra o Câncer de Mama

Participação: Orquestra sinfônica da Escola Belo Horizonte

Concentração: Secretaria Municipal de Saúde

 

Local: Centro II e CCI

08:00 -11:00- Atendimentos com os Clínicos Gerais, Ginecologista, Odontólogo, Auxiliar de Saúde Bucal, Enfermeiras, Técnica em enfermagem e NASF

13:00-17:00- Atendimentos com os Clínicos Gerais, Ginecologista, Odontólogo, Auxiliar de Saúde Bucal, Enfermeiras, Técnica em enfermagem e NASF 

Local: Praça Costa e Silva

17: 00- Apresentação através da música inspiradas pela luta contra a Contra o Câncer de Mama, com a participação das profissionais, pacientes e mulheres no geral.

‘Felicidade, passei no vestibular, mas a faculdade é particular’, canta Martinho

Resultado de imagem para Martinho da Vil

Martinho, feliz e realizado, aos 80 anos

O escritor, cantor e compositor Martinho José Ferreira, o Martinho da Vila (Isabel), nascido em Duas Barras (RJ), na letra de “O Pequeno Burguês”, expressa as dificuldades de um aluno oriundo de classe popular para se manter na universidade particular, uma vez que as universidades públicas estão ameaçadas, atualmente, de desmonte no Brasil, ato este que esperamos não seja praticado pelos novos governantes. O samba faz parte do LP Martinho da Vila lançado, em 1969, pela Victor.


O PEQUENO BURGUÊS

Martinho da Vila

Felicidade, passei no vestibular
Mas a faculdade é particular
Particular, ela é particular
Particular, ela é particular

Livros tão caros tanta taxa pra pagar
Meu dinheiro muito raro,
Alguém teve que emprestar
O meu dinheiro, alguém teve que emprestar
O meu dinheiro, alguém teve que emprestar

Morei no subúrbio, andei de trem atrasado
Do trabalho ia pra aula
Sem jantar e bem cansado
Mas lá em casa à meia-noite
Tinha sempre a me esperar
Um punhado de problemas e criança pra criar
Para criar, só criança pra criar
Para criar, só criança pra criar

Mas felizmente eu consegui me formar
Mas da minha formatura, não cheguei participar
Faltou dinheiro pra beca e também pro meu anel
Nem o diretor careca entregou o meu papel
O meu papel, meu canudo de papel
O meu papel, meu canudo de papel

E depois de tantos anos, só decepções, desenganos
Dizem que sou um burguês muito privilegiado
Mas burgueses são vocês
Eu não passo de um pobre coitado
E quem quiser ser como eu,
Vai ter é que penar um bocado
Um bom bocado, vai penar um bom bocado,
Um bom bocado, vai penar um bom bocado

Cancelado o debate entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad na TV Globo

Resultado de imagem para GLOBO ANUNCIA CANCELAMENTO DO DEBATE

Nota oficial da Rede Globo foi lida nos telejornais

José Carlos Werneck

A Rede Globo de Televisão anunciou, na noite desta segunda-feira, o cancelamento do debate entre os candidatos à Presidência da República, Jair Bolsonaro do PSL e Fernando Haddad do PT, que estava marcado para às 22 horas da próxima sexta-feira 26. A decisão foi anunciada após a coordenação da campanha do PSL ter informado que o candidato do Partido não participaria do debate devido a seus problemas de saúde.

Por sua vez, o candidato do Partido dos Trabalhadores, Fernando Haddad confirmou sua presença, mas a Rede Globo informou que não iria fazer entrevista ou sabatina com apenas um candidato. “Como se trata de campanha de segundo turno, obviamente não há outros candidatos para viabilizar a realização do debate. Na reunião de elaboração das regras do evento, foi acertado com as assessorias dos candidatos que, se Jair Bolsonaro não pudesse comparecer por razões de saúde, o debate não seria substituído por entrevistas”, informou a assessoria de comunicação da emissora.

COLOSTOMIA – A Globo informou que, a campanha de Bolsonaro enviou um e-mail confirmando o não comparecimento do candidato ao evento, em decorrência de limitações em virtude da bolsa de colostomia, que é obrigado a usar após ter sofrido uma tentativa de homicídio, num atentado a faca durante um ato de campanha, na cidade mineira de Juiz de Fora.

“O paciente com a bolsa de colostomia fixada ao lado direito do abdômen, como no caso do candidato, não tem qualquer controle intestinal. Com isso, o seu preenchimento total pode ser rápido e inesperado, podendo levar ao rompimento da bolsa, o que gera extremo desconforto e constrangimento ao paciente”, diz a nota distribuída pela Rede Globo de Televisão.

Amélia é que era a mulher de verdade, na visão de Mário Lago e Ataulfo Alves

Resultado de imagem para mario lago e ataulfo alves

Lago e Ataulfo, dois grandes compositores

O advogado, ator, radialista, poeta e letrista carioca Mário Lago (1911-2002) é autor de alguns clássicos da MPB, entre ele, “Ai Que Saudade da Amélia”, samba gravado por Ataulfo Alves, em 1941, pela Odeon, que popularizou o mito da Amélia: idealização da mulher que aceita tudo por amor, que é conformada com o destino. O samba de clima enfadonho, depressivo, melodia triste, traz um conteúdo polêmico que mobiliza os modos de comportamento ditados pela solidariedade e pelo afeto. Alguns afirmam que a intenção dos autores era fazer de Amélia um símbolo da mulher compreensiva, amiga, solidária.

AI, QUE SAUDADE DA AMÉLIA
Ataulfo Alves e Mário Lago

Nunca vi fazer tanta exigência
Nem fazer o que você me faz
Você não sabe o que é consciência
Nem vê que eu sou um pobre rapaz
Você só pensa em luxo e riqueza
Tudo o que você vê, você quer
Ai, meu Deus, que saudade da Amélia
Aquilo sim é que era mulher
Às vezes passava fome ao meu lado
E achava bonito não ter o que comer
Quando me via contrariado
Dizia: “meu filho, o que se há de fazer!”
Amélia não tinha a menor vaidade
Amélia é que era mulher de verdade

Site Poemas & Canções

Festival de Cinema abre inscrições para curtas-metragens em Baía Formosa, RN

Estão abertas até 10 de novembro as inscrições para a 9ª edição do Festival Internacional de Cinema de Baía Formosa (Finc), em três mostras competitivas. Além do Concurso de Curtas-Metragens e o Festival de Curtas de 1 minuto, em 2018 há também a mostra Pérolas do RN.

No Concurso de Curtas-Metragens, o tema é livre e o filme deve ter 15 minutos. O Festival de Curtas de 1 minuto deste ano tem a temática “Mulheres”, e a Pérolas do RN, novidade no Finc, também é de um minuto e tem o objetivo de promover as belezas naturais do estado.

As inscrições podem ser feitas pelo site da Flinc, e os filmes vencedores de cada categoria participarão do Off Camera 2019, festival de cinema independente da Europa, que acontece na Polônia.

O Finc é nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, com telão instalado na Baía e acesso livre ao público.

Montanhas RN – Outubro Rosa é motivo para reflexão do “câncer de mama”

Resultado de imagem para outubro rosa

O Blog Montanhas em Ação recebeu as informações por intermédio da Coordenadora de Programas e Ações da Saúde do município de Montanhas, Elidiana, sinaliza dados de inclusão dos Bairros do Boa Esperança, Centro II e Lagoa de Pedras, sobre Câncer de Mama.

Na ocasião a movimentação do Outubro Rosa visa à conscientização sobre a importância de um diagnóstico precoce e da prevenção contra o câncer de mama. O Blog manteve contato com Elidiana e ela afirma que hoje foi para as populações dos Bairros do Boa Esperança, Centro II e Lagoa de Pedra. A Palestras com os temas: Câncer de Mama; Prevenção, fatores de risco e queixas mais comuns; Mamografia e fisioterapia oncológica. Disse!

Essas ações vêm sendo realizada constantemente, mas nesta época, momento em que dá ênfase com mais propriedade, devido as campanhas de ordem nacional, o município participa com toda dedicação para prevenir e orientar todo esse público. Diz Elidiana.

Vamos acompanhar nas fotos:

Montanhas RN – NASF promove festinha para as crianças com necessidades especiais

Crédito foto/Blog Montanhas em Ação

Nesta quarta-feira (10) em Montanhas, os profissionais que atuam no NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) promoveram uma festinha em comemoração ao dia da criança, antecipando assim, pelo fato do dia 12 de outubro ser feriado, data em que se comemora o dia de Nossa Senhora de Aparecida, Padroeira do Brasil, e que coincide com o dia da criança.

Nesta ocasião o Blog Montanhas em Ação foi convidado para comparecer e dar publicidade as ações realizadas por seus profissionais.

A Secretária Luzia Farias esteve presente, acompanhada da Coordenadora Elidiana Nascimento dos Programas e Ações da Saúde, Coordenadora Taciana Lima da Atenção Básica da Saúde e do Chefe de Gabinete do município Ubiratan, onde puderam presenciar atividades diretamente oferecidas às crianças, além de brindes, lanches, guloseimas, brincadeiras e diversões variadas, práticas deste período comemorativo.

Observamos muita mobilização por parte das mães que se sentem gratificadas em ver seus filhos participando socialmente das ações que lhes são peculiares do dia da criança. Dá para ver no rosto de cada criança a satisfação. Você pode notadamente acompanhar nas fotos logo abaixo.

O NASF trabalha com crianças de necessidades especiais e essa inclusão é muito importante para o envolvimento delas na sociedade, os Profissionais de saúde fazem o melhor de si para atender essa demanda, e aqui, apresentamos toda coordenação e seus apoiadores, aponta a Nutricionista Camila que deu essas informações ao Blog.

  • Recepcionista – Tarcisa
  • Asg – Maria José
  • Coordenadora do PSE Juliana
  • Psicóloga – Larissy
  • Fisioterapeuta – Felipe
  • Fisioterapeuta – Robson
  • Fonoaudióloga – Vivia
  • Nutricionista – Camila

“É muito importante contar com toda a equipe NASF, enfermeiras, coordenadoras, secretaria municipal de saúde. Larissy Farias relata que a criança se desenvolve de forma integral nos aspectos cognitivos, afetivos, físico-motores, morais, linguísticos e sociais, segundo o teórico Jean Piaget, e com isso é de suma importância o brincar em todas as idades. Sinaliza a Psicóloga Larissy, Feliz dia das crianças ! Vamos proteger e cuidar nossos pequenos”. Disse.

Vamos as fotos:

Fotos: Blog/Camila/Larissy