Category Archives: Comercio

Quatro anos depois, governo confirma compra de banco por Edir Macedo

Edir Macedo, 68, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, tem fortuna estimada em US$ 1,1 bilhão e foi um dos que entraram na lista em 2013. Ele é o 41º mais rico no Brasil e o 1268º no mundo, de acordo com o ranking da revista “Forbes” Rafael Andrade/Folha Imagem

Quatro anos depois do anúncio do negócio, o governo confirmou a compra de parte de um banco pelo bispo Edir Macedo, da Igreja Universal.

Decreto da presidente Dilma Rousseff, do início da semana passada, liberou a compra de 49% do banco Renner, de Porto Alegre (RS), pelo grupo Record (emissora de TV de propriedade da Universal).

Figuram como compradores do banco o bispo Edir Macedo e sua mulher. Segundo o Banco Central, os dois têm domicílio no exterior. Por isso o decreto de Dilma autoriza “participação estrangeira” na operação. Os “estrangeiros” são Macedo e sua mulher.

“Os controladores do Banco A.J. Renner S.A., com sede em Porto Alegre, negociaram parte de suas ações com a empresa B.A. Empreendimentos e Participações Ltda., que é controlada pela empresa Rádio e Televisão Record S.A., cujos sócios, Sr. Edir Macedo Bezerra e esposa, têm domicilio no exterior”, informa nota do BC.

As regras determinam que a Presidência da República se manifeste antes da aprovação do negócio pelo BC, no caso de participação de estrangeiros no sistema financeiro nacional.

O controle acionário do banco continua com a família Renner. Em 2009, o anúncio foi que a Record compraria 40% do banco, mas o BC disse que houve “ajustes” entre as partes e, por isso, o percentual passou a 49%.

MP e Receita Federal do RN vão analisar situação da TelexFree e dos investidores no Estado

Está na Tribuna do Norte

O  Ministério Público do Rio Grande do Norte se reúne hoje para tratar como irá proceder em relação à atuação da empresa de marketing multinível Telexfree (Ympactus Comercial Ltda.), no Estado. A Receita Federal no RN, por sua vez, já iniciou a apuração de possíveis irregularidades fiscais junto a cerca de 200 divulgadores da empresa – que está proibida judicialmente de fazer pagamentos e novas adesões, depois de decisão da juíza Thaís Khalil, da 2ª Vara Cível de Rio Branco, capital do Acre. A medida também mantém o bloqueio às contas dos sócios administradores e é válida para todo o território nacional.

A Promotoria do Consumidor, que  chegou a divulgar que se pronunciaria sobre o assunto no último dia 25, preferiu não antecipar se existe ou será instaurado qualquer procedimento investigativo antes da reunião.

A Receita Federal se debruça numa investigação preliminar envolvendo, inicialmente, cerca de 200 divulgadores da Telexfree no estado. A mostra contempla  quem obteve rendimentos entre R$ 15 mil a R$ 2 milhões, no ano de 2011, com as atividades. O fisco analisa se os ganhos com a empresa de marketing multinível foram devidamente declarados no Imposto de Renda de Pessoa Física, daquele ano.

As investigações referentes ao ano de 2012 ainda não foram iniciadas, devido o prazo para o contribuinte declarar a renda ter  encerrado em 30 de abril de 2013.

De acordo com o chefe do setor de fiscalização da RF/RN, o auditor fiscal Manoel Delfino, a investigação se restringe a crimes de sonegação fiscal de pessoa física e não a atividades da empresa. Isso porque a empresa  tem CNPJ inscrito no Espírito Santo.

Segundo ele, a empresa informa o percentual do tributo retido em folha, mas não basta isso, os divulgadores precisam declarar os rendimentos e bens. “Se o contribuinte não declarou ou omitiu algum valor irá responder por crime de sonegação fiscal e terá que ressarcir”, frisa. Sem mencionar quantos da mostra de 200 investidores já foram analisados, Delfino afirma que, por ora, os dados foram informados corretamente. Se o contribuinte cair na malha fina, é possível no prazo de 30  dias impugnar o lançamento junto à Delegacia ou recorrer, em última instância, ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais.

O auditor fiscal observa que as investigações podem se estender a divulgadores das demais empresas de mesma natureza que operam no Estado. E não soube informar sobre a “terceirização” de serviços. “Há relatos de contratação de pessoas só para fazer os anúncios, são desdobramentos que serão apurados”, disse.

Do Blog: O Blog teve informações que será instaurado procedimento no MP relacionados as “pirâmides” e que no já são várias ações correndo TJ/RN de pedidos de reembolso.

Entenda como funciona o golpe da pirâmide financeira

Telexfree foi interditada pela justiça por aplicar pirâmide financeira.

Pirâmide financeira ou esquema em pirâmide é um modelo comercial que depende basicamente do recrutamento de outras pessoas em níveis insustentáveis. Eles existem há pelo menos um século e atualmente podem estar mascarados com o nome de marketing de rede ou multinível. O marketing de rede opera dentro da legalidade e se confunde muito com a pirâmide.

Segundo o Ministério da Fazenda, o Brasil proíbe qualquer tipo de negócios em pirâmide. A a lei 1.521 de 1951 aponta que é crime contra a economia popular, com possível punição de 6 meses a 2 anos de detenção, “obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos (“bola de neve”, “cadeias”, “pichardismo” e quaisquer outros equivalentes)”.

Uma pessoa pode identificar que está diante de um golpe quando o indivíduo faz um único pagamento e recebe, a partir de então, a promessa de retornos exponenciais. Na maioria dos casos, somente o idealizador do golpe ou poucas pessoas ganham com a manobra financeira. Quem fica na pior situação são aquelas pessoas na base da pirâmide, que entraram no plano, mas não são capazes de recrutar outros seguidores.

O marketing multinível, que opera dentro da lei, trabalha com o recrutamento de pessoas para vender, divulgar ou consumir um produto. Além disso, aqueles que selecionam pessoas para vender ou representar seus produtos também podem receber uma comissão. Nesse caso, uma alternativa para o investidor descobrir se está diante de um negócio legal, é verificar se a empresa em questão obtém pelo menos 70% de sua renda a partir das vendas a varejo para não-membros.

De acordo com Amaury Oliva, diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, o consumidor deve estar atento a ofertas de dinheiro fácil. “O esquema de pirâmide é um golpe antigo e melhor remédio é a informação do consumidor. Quando a pirâmide se quebra, o prejuízo afeta todos os investidores. É preciso ficar atento a rentabilidades atraentes, com promessa de ganho rápido e pouco risco. Não existe dinheiro fácil”, afirma. Ele explica também que a diferença básica entre marketing de rede e pirâmide financeira é que esta não é sustentável a longo prazo e pode implicar em grandes perdas financeiras.

Agência Brasil

Juíza interdita Telexfree em todo Brasil e estipula multa de 100 mil R$

A Ympactus Comercial Ltda, mais conhecida como Telexfree, está interditada judicialmente em todo o Brasil. A empresa de marketing multinível está proibida de efetuar novos cadastros de divulgadores e de efetuar pagamentos aos divulgadores já cadastrados, sob pena de multa diária de R$ 100 mil por cada novo cadastro ou pagamento.

A decisão é da juíza Thaís Khalil, titular da 2ª vara cível do Rio Branco, no Acre. O Ministério Público do Estado do Acre (MP/AC), por intermédio da Promotoria de Defesa do Consumidor e Promotoria de Defesa dos Direitos Humanos, foi o autor da medida cautelar preparatória de ação civil pública contra a Telexfree. A empresa tem cinco dias para apresentar sua defesa e 10 dias para recorrer à segunda instância.

A decisão da juíza ainda determinou o congelamento dos bens e o bloqueio de valores existentes em contas bancárias e aplicações financeiras da Telexfree, assim como os de seus sócios, Carlos Roberto Costa e Carlos Nataniel Wanzeler. Khalil acrescentou na setença que, até amanhã, a Telexfree será obrigada a exibir em seu site, por meio de pop-up um cartaz informando seus divulgadores sobre o conteúdo da liminar, sob pena de R$ 500 mil por dia caso não cumpra o estabelecido. Em março deste ano, a Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda havia acusado a TelexFree de fazer “esquema de pirâmide financeira”, o que é considerado crime.

Leia aqui a íntegra da nota de esclarecimento sobre as atividades da Telexfree

A Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda (Seae/MF) vem a público prestar os seguintes esclarecimentos sobre as atividades da empresa Ympactus Comercial Ltda. ME, conhecida pelo nome fantasia de Telexfree:

1. As operações da referida empresa NÃO configuram captação antecipada de poupança popular, que é modalidade descrita no art. 7º da Lei nº 5.768/71 e cuja autorização e fiscalização competem à Seae/MF. Desta forma, NÃO cabe à Seae autorizar nem fiscalizar as atividades da Telexfree em território nacional.

2. A descrição das atividades econômicas principal e secundária da empresa não a autorizam praticar atividades de comércio.

3. Não foi comprovada a parceria entre a Telexfree e operadoras de telefonia móvel ou fixa, o que seria necessário para garantir a prestação do serviço de VoIP (voice over IP), conforme ofertado pela empresa.

4. Com base nas informações prestadas pela empresa, a Seae/MF concluiu que estão presentes indícios de duas possíveis irregularidades na relação comercial entre a Telexfree e os divulgadores membros da rede da organização: i. o estímulo à economia informal e ii. a exigência de exercício de duas atividades laborais (como divulgador e como comerciante) para o recebimento de apenas uma.

5. A oferta de ganhos altos e rápidos proporcionados principalmente pelo recrutamento de novos entrantes para a rede, o pagamento de comissões excessivas, acima das receitas advindas de vendas de bens reais e a não sustentabilidade do modelo de negócio desenvolvido pela organização sugerem um esquema de pirâmide financeira, o que é crime contra a economia popular, tipificado no inciso IX, art. 2º, da Lei 1.521/51.

Ante o exposto, a Seae/MF encaminhará suas conclusões sobre a questão, contidas na Nota Técnica nº 25 COGAP/SEAE/MF, e o Parecer PGFN/CAF nº 422/2013 ao Departamento de Polícia Federal e à 3ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal, para que aqueles órgãos, caso entendam necessário, promovam as devidas investigações sobre o caso.

A GRANDE FAMÍLIA: Prefeito do Cariri nomeia 15 parentes e faz eles embolsarem mais de R$ 40mil/mês


Apesar de ser enquadrada como crime no Brasil, a prática de nepotismo continua sendo burlada pelos gestores paraibanos. O alvo da suposta prática é o prefeito do município de Caraúbas no Cariri paraibano, Severino Virgílio, do PSC que, em uma única canetada, teria nomeado pelo menos quinze parentes para trabalhar na administração municipal, entre filhos, sobrinhos, netos e até noras.

Nepotismo, do latim nepos, neto ou descendente, é uma forma de corrupção na qual um alto funcionário público utiliza de sua posição para entregar cargos públicos a pessoas ligadas a ele por laços familiares, de forma que outras, as quais possuem uma qualificação melhor, fiquem lesadas.

Juntos, a grande família embolsa mais de R$ 40 mil por mês. A denúncia foi feita pelo líder da bancada de oposição na Câmara Municipal da cidade, José Josimar Ferreira da Silva, do PTB. Ele é popularmente conhecido no município como ‘Bazoca’.

Para ele, é um absurdo o fato de a prefeitura ter se tornado um feudo do prefeito. “Não podemos permitir isso”, disparou.

Ainda conforme o parlamentar, a atitude do prefeito fere os princípios que dão base à administração pública e por isso ele resolveu denunciar o crime.

“O prefeito não se importa com a moralização da coisa pública. Devemos assistir calados a este tipo de absurdo?”, questionou o vereador.

O prefeito da cidade, por sua vez, justifica as contratações de familiares como sendo cargos políticos.

“Isso justifica que não seja nepotismo. São cargos políticos e, por isso, eles podem ser nomeados”, explica.

O vereador discorda e alerta que esse excesso de contratação de parentes, mesmo sendo cargos públicos, não faz sentido, já que outras pessoas da população tem qualificação para assumir os cargos.

“Essa explicação não faz sentido. A escolha dos cargos não pode seguir este tipo de critério. A explicação não é válida”, rebateu…
Image
Pelos cálculos do líder da oposição, em quatro anos serão quase R$ 2 milhões que ‘ a grande família’ irá embolsar do poder público sem ao menos ter qualificação para exercer os cargos para que foram nomeados.

Outro lado – O assessor de Comunicação Social da prefeitura de Caraúbas, Eduardo Belo, contestou a denúncia da oposição. Segundo ele, o caso é “requentado” e já foi objeto de queixa apresentada pelos vereadores ao Tribunal de Contas do Estado, que fez apenas recomendações para ajustes em relação a três ocupantes de cargos comissionados na prefeitura.

Um deles foi a respeito do genro do prefeito, José Renivaldo Neves (secretário de Serviços Urbanos), mas o gestor explicou que ele é funcionário concursado. Já sobre José de Arimatéia Fernandes (diretor da Unidade de Saúde), o prefeito alegou que ele é técnico em saúde e deveria permanecer na função.

A outra recomendação foi em relação ao filho de Severino, Silvio Fernandes da Silva, que é secretário de Finanças e detinha outra nomeação no interior de Pernambuco. Ele pediu licença sem vencimentos do cargo que ocupava no outro Estado e pôde ser mantido na estrutura administrativa de Caraúbas.

Em relação ao presidente da Câmara, Belo explicou que ele era motorista da prefeitura desde 1997 e pediu licença do cargo depois que foi eleito para o mandato parlamentar. Finalmente, ele afirmou que dois nomes não podem ser considerados como parentes do prefeito. São Maiza da Conceição Farias da Costa (secretária de Cultura, Desportos e Lazer) porque ela se separou do filho de Severino e portanto, não teria mais qualquer ligação ainda que por afinidade com o prefeito. Da mesma forma, Valdenora Maria Farias de Costa, irmã dela e chefe de divisão da Secretaria de Educação também não se enquadraria mais como parente do gestor.

PB Agora

GOLPE OU NEGÓCIO? Site de reclamações registra 7 mil queixas contra Telexfree em 1 mês

Em março de 2013, a Telexfree, empresa com sede no Espírito Santo que atua com prestação de serviços de telefonia VoIP (por meio da internet), registrou 7.234 reclamações no site Reclame Aqui. De acordo com a direção do portal, em 12 anos de existência, esta é a empresa que mais gerou reclamações em apenas 30 dias. Somente em um dia a Telexfree teve 293 queixas. O advogado da empresa disse ao G1 que não leva em consideração os comentários no Reclame Aqui porque o site não usa critérios de confiabilidade.

A suspeita de golpes financeiros disfarçados de investimentos é investigada na empresa Telexfree, com sede no Espírito Santo, pela Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor (Senacon), órgão vinculado ao Ministério da Justiça (MJ), pelo Ministério Público Estadual (MP-ES) e pela Polícia Civil. A firma vende um programa de computador chamado VoiP, que permite ligações locais, de DDD e DDI ilimitadas e, para tornar o serviço conhecido, oferece dinheiro para internautas criarem anúncios gratuitos na web.

ENTENDA O CASO TELEXFREE

Os Ministérios Públicos de pelo menos sete estados investigam a empresa Ympactus Comercial Ltda. ME, conhecida pelo nome fantasia Telexfree, por suspeita de prática de pirâmide financeira, com “investimentos” estimulados por meio de um sistema chamado de “marketing multinível”. Segundo as investigações, a empresa teria montado um esquema de pirâmide, em que cada novo membro compra um “pacote” que remunera os membros acima na cadeia. Esse novo membro, por sua vez, ganha dinheiro recrutando outras pessoas para o sistema.

Reclamações

De acordo com o ranking divulgado pelo site Reclame Aqui, a Telexfree é a empresa em primeiro lugar no número de reclamações, sendo 1.715 em uma semana – de 9 a 15 de abril – e 7.316 em 12 meses – de 1º de abril de 2012 a 31 de março de 2013.

“Sumiu dinheiro da minha conta e depois as contas para recompra não apareceram. Eles não me respondem e nem me atendem”. Essa é parte da reclamação feita no site Reclame Aqui, por parte de um dos divulgadores da Telexfree em Vila Velha, no Espírito Santo, que alegou estar com prejuízos e não receber ajuda da empresa.

Um morador de Marataízes, no litoral Sul do Espírito Santo, fez a seguinte reclamação nesta terça-feira. “Sou team builder desde 14 de fevereiro de 2013, e ainda não recebi nenhum ganho nessa posição. Por favor, Telexfree, regularize esta situação. Confio nesta empresa e sei que o sistema pode falhar, mas ela não nos deixará sem nossos ganhos que ela mesma prometeu cumprir”, relatou.

Já uma moradora de Vitória reclamou, também nesta terça, de um desconto indevido em sua conta, no valor de U$ 1938,10. “Sou divulgadora da empresa e abri um ticket no dia 10 de março para reclamar de um desconto indevido que ocorreu em minha conta, devido a uma transferência de saldo para outro login. Saliento ainda, que até no presente momento, não resolveram o meu problema.”

Outro lado

O advogado da empresa Telexfree, Horst Fouchs, explicou que o site Reclame Aqui não possui critérios de confiabilidade para a aceitar as reclamações de clientes. “O site não exige provas dessas pessoas ditas como clientes, de que elas realmente têm motivos para reclamar, como faz o Procon. Tivemos um grande problema com esse portal porque a nossa empresa já possui um canal de comunicação interno com os clientes, mas as pessoas começaram a reclamar também no Reclame Aqui, o que dobrou o trabalho da equipe designada para esse serviço de resposta. Aconselhamos que só entre em contato através da comunicação interna”, disse Fouchs.

Uma das principais reclamações desta terça-feira, de pessoas de todo o Brasil, foi com relação ao atraso na chamada recompra, uma quantia em dinheiro que entra na conta dos clientes ativos. “Esse pagamento não costuma atrasar, mas pode ser que ocorreu algum problema de processamento de dados da empresa e talvez tenha atrasado mesmo. Mas garanto que eles vão acabar recebendo”, frisou o advogado.

O diretor de operações do site Reclame Aqui, Diego Campos, disse em entrevista ao G1 por telefone, na noite desta terça-feira (16), que as explicações da Telexfree em relação ao trabalho do portal é caluniosa.

“O posicionamento da Telexfree é fantasiosa, caluniosa e difamatória. Eles não conseguem responder as reclamações e querem nos culpar por transmitir todas as insatisfações. É mais fácil fazer isso do que reconhecer as falhas. Em 12 anos de trabalho idôneo que temos, onde corporações respeitadas aferem o trabalho pelo nosso site, esta é a empresa que mais registrou reclamações em apenas um mês. O Reclame Aqui é aberto ao público e cada um pode se cadastro por meio do CPF”, explicou Campos.

G1

Prefeitura publica novo valor da tarifa de ônibus em Natal

Portaria reduz a tarifa de R$ 2,40 para R$ 2,30 a partir desta terça (4).
Apesar da redução, #RevoltadoBUsão organiza protesto para quinta (6).

Manifestantes tentam promover "roletaço" em ônibus de Natal (Foto: Igor Jacomé/G1)Nova tarifa é de R$ 2,30 a partir desta terça (4)
(Foto: Igor Jacomé/G1)

A portaria que reduz o valor da tarifa de ônibus e opcionais em Natal de R$ 2,40 para R$ 2,30 foi publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira (4). O documento reforça que o realinhamento das tarifas se deu por conta da “publicação da Medida Provisória de n° 617/2013 da Presidência da República no Diário Oficial da União, que reduz a zero as alíquotas da Contribuição para o PIS/PASEP e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) incidentes sobre a receita decorrente da prestação de serviços regulares de transporte coletivo municipal rodoviário, metroviário e ferroviário de passageiros”.

Apesar da redução do valor da tarifa, o movimento #RevoltadoBusão irá realizar um novo protesto na quinta-feira (6), em frente ao shopping Via Direta. Para os manifestantes, a redução ainda não atende às expectativas da população.

“O protesto está mantido. Essa redução ainda não é o esperado pelo movimento, que visa uma discussão mais ampla sobre o transporte público. A ação da próxima quinta faz parte de um ato nacional. Outras cidades no país, que também estão sofrendo aumento nas passagens, irão se unir para protestar”, disse o integrante do comitê, Tiago Aguiar

Santos decide vender Neymar ao Barcelona por R$ 74 milhões; pai estuda proposta e desta vez agora vai!!!

neymar-barca-2014

O Santos decidiu vender Neymar por € 28 milhões (cerca de R$ 74 milhões). O clube fica com 55% deste valor. Agora cabe ao jogador assinar a transferência.

Neymar foi informado oficialmente pelo Santos no final da tarde de que será, sim, vendido ao Barcelona. O pai e o estafe do jogador agora aguardam, por e-mail, a proposta do Barcelona, para saber se aceitam.

Uma pessoa que participa da reunião entre Barcelona e Santos, na Vila Belmiro, diz que a venda de Neymar “está muito bem encaminhada”. O cartola afirmou à Folha que está confiante de que a transação seja fechada ainda na noite desta sexta-feira.

Na proposta aceita pelo Santos estão dois amistosos com o Barcelona (um na Espanha e outro no Brasil), conforme a Folha antecipou.

Por volta das 20h45 desta sexta, o clube confirmou a negociação. “O Santos FC informa que recebeu duas propostas pelo atleta Neymar da Silva Santos Junior. Diante das proposições e das condições do contrato do jogador, o Comitê de Gestão do clube decidiu negociar o jogador. Neymar Jr e seu pai são esperados na Vila Belmiro para escolher qual proposta o atleta irá aceitar”.

A segunda proposta citada pelo Santos é do Real Madrid, com valor acima da oferta do Barça. Mas, de acordo com a vontade do jogador, o destino é Barcelona.

Já próximo da 1h, Neymar e seu pai deixaram a Vila Belmiro, mas não anunciaram o acordo. “Deixa a gente pensar um pouquinho, vamos tentar o melhor para o Santos”, disse o pai do atacante que ainda afirmou que a família iria para o Guarujá.

“Vamos para casa decidir a melhor coisa”, disse Neymar. “Estou feliz pelo interesse dos dois, é um orgulho, um dos momentos mais felizes da minha vida”.

Odílio Rodrigues, vice-presidente do Santos, confirmou as duas propostas sem dizer o nome do Real Madrid, disse que os valores são similares e Neymar quem vai escolher.

“Chegou o momento do Neymar sair”, afirmou o presidente em exercício do clube.

Após prejuízo de R$ 1 bilhão em suas empresas, Eike Batista coloca jato executivo à venda

Trata-se de um Legacy 600, da Embraer, para 13 passageiros.

Eike Batista
 

Eike Batista Foto: Divulgação

 O empresário Eike Batista, dono do Grupo EBX, colocou à venda um jato executivo modelo Legacy 600, da Embraer, ano 2008. A aeronave tem capacidade para transportar 13 passageiros.

A aeronave com a logomarca do grupo está anunciada no site Controller.com. O preço pedido pelo avião de Eike não foi informado. No mesmo site, no entanto, outro jato Embraer Legacy do mesmo ano é anunciado por US$ 14,5 milhões.

Procurado, o Grupo EBX disse que não vai comentar o assunto.

Estudo divulgado na última sexta-feira (17) pela consultoria Economática aponta que as empresas do Grupo EBX tiveram prejuízo de R$ 1,154 bilhão no primeiro trimestre de 2013. Foi a primeira vez que o prejuízo das empresas superou a marca de R$ 1 bilhão desde que os papéis do grupo passaram a ser negociados no mercado acionário, em 2006.

O empresário não aparece mais no ranking da Bloomberg dos 100 maiores bilionários do mundo. Em março de 2012, Eike chegou a figurar entre os oito mais ricos do ranking, quando teve a sua fortuna avaliada em US$ 34,5 bilhões. Em janeiro deste ano, o empresário aparecia na 78ª posição.

O Índice de Bilionários da Bloomberg é atualizado diariamente e oferece uma ferramenta de busca com dados e perfis sobre cada um dos bilionários.

Ex-bilionário do esquema de pirâmide Bernard Madoff ganha US$ 40 por mês limpando computadores na cadeia

Bernard Madoff, condenado a 150 anos de prisão nos Estados Unidos por uma das maiores fraudes financeiras da história, passou de possuir uma fortuna de dezenas de milhões de dólares para receber US$ 40 mensais por limpar computadores, disse o próprio banqueiro em uma entrevista à “CNN”.

Durante a entrevista transmitida nesta sexta-feira, Madoff reconheceu que seu maior tormento na prisão é a memória de seu filho Mark, que se suicidou em 2010, dois anos depois da detenção de seu pai por uma fraude piramidal que provocou perdas de US$ 17,5 bilhões a milhares de investidores.

“Sou o responsável pela morte de meu filho Mark…viverei com isso, com o remorso da dor que causei a todos, a minha família e às vítimas”, lamentou Madoff na entrevista.

O ex-presidente da Bolsa de Valores Nasdaq afirmou que, após 50 anos de casamento, não consegue viver bem estando afastado de sua família.

“Normalmente acordo às 4h30 da manhã porque não posso dormir”, declarou Madoff, de 75 anos, que cumpre desde 2009 uma condenação de um século e meio de prisão em uma prisão da Carolina do Norte.

Para a entrevista, Madoff teve que fazer uma ligação a cobrar ao jornalista porque não tinha dinheiro em sua conta de telefone da prisão.

O ex-bilionário agora recebe US$ 40 mensais por “manter limpos e garantir que funcionam” os telefones e computadores da prisão, algo que, em sua opinião, não possui complexidade alguma e só ocupa “poucas horas” de seu tempo.

Longe está sua vida de luxos, baseada em seu prestígio como investidor, seu iate, seu apartamento de US$ 7 milhões em Manhattan, sua luxuosa casa de praia em Long Island e suas residências na Flórida e na França.

Madoff assegurou que quando iniciou seu programa piramidal utilizando o dinheiro de investidores para assegurar o retorno de outros pensou que seria algo temporário. “Mas foi pior e não tive coragem para admitir o que tinha feito. Esse foi o maior problema”, explicou. (G1)

Do Blog: Isso é no que se resume todo esse movimento de investimento de contas que envolve “Pirâmide” essa onda de dinheiro fácil, investimento simples retorno imediato, é puramente uma balela, são espertinhos que iludem a boa fé do povo humilde com ganhos extraordinários se resulta em fatos como este que acabamos de tomar conhecimento. e tem mais, o fim é triste! Acaba sempre se matando e muitas das vezes destruindo vidas de pessoas que sempre os cercam com afetividade.

Portanto caros leitores, fiquem atentos quando alguém vier com essas propostas de ganhos fáceis e que alguém já recebeu e ou, recebe dinheiro de determinadas ações piramidais, isso vai te levar a uma decepção violenta e uma profunda queda financeira.

Coca-Cola muda pela 1ª vez a cor da sua tradicional lata vermelha

A Coca-Cola Brasil anunciou que, pela primeira vez em sua história, irá mudar a cor da sua tradicional lata vermelha, colorindo as embalagens com as cores da bandeira do Brasil: verde, azul e amarelo.

A ação faz parte da campanha nacional “Vamos juntos colorir o Brasil”, criada para homenagear o Brasil durante a Copa as Confederações, que começa no dia 15 de junho.

Coca-Cola se veste de verde, amarelo e azul para a Copa das Confederações (Foto: Divulgação)

Segundo a empresa, as novas latinhas já estão sendo distribuídas em todo o território nacional.

“Trocar o vermelho pelas cores de um país é inédito no mundo. A Coca-Cola fazer isso no Brasil tem a ver com reconhecimento de que a Copa das Confederações é o momento de mostrar a paixão pelo país”, disse Javier Meza, vice-presidente de marketing da Coca-Cola Brasil.

Segundo a companhia, a mudança na cor da embalagem da marca, neste primeiro momento, abrangerá somente os refrigerantes vendidos em lata.

Fortuna! Descubra quanto Ronaldo Fenômeno embolsa por contrato

Fim do constrangimento! Viagra será vendido pela internet


Estratégia da farmacêutica é impedir a comercialização de medicamentos falsificados

Os homens com disfunção erétil que são tímidos não precisam mais ir à farmácia para comprar o pequeno comprimido azul, comercializado com o nome de Viagra. Segundo informações do site Huffington Post, a indústria farmacêutica Pfizer, que produz o remédio, anunciou que vai vendê-lo diretamente aos pacientes em seu site americano.

No entanto, para evitar exageros e automedicação, a empresa reforçou que a venda só será efetuada com receita médica. Mais do que isso, segundo o site, a estratégia da segunda maior farmacêutica do mundo é enfrentar um problema que assola a indústria: a comercialização on-line de versões falsificadas do Viagra e de outros medicamentos de marca com até 95% de desconto sem receita médica.

O estrategista de cuidados com a saúde Les Funtleyder acredita que a indústria vai assistir ao movimento de perto.

— Se a estratégia funcionar, todo mundo vai pegar carona.

Segundo o site, as farmacêuticas poderiam começar a vender outros medicamentos que são desenfreadamente falsificados, como inibidores de apetite, remédios para a calvície e pílulas anticoncepcionais.

Um estudo realizado em janeiro pela Associação Nacional dos Conselhos de Farmácia, que credencia as farmácias on-line, constatou que apenas 257 dos 10.275 eram legítimos. Especialistas garantem que os medicamentos falsificados podem trazer prejuízos à saúde, já que não incluem a quantidade certa do princípio-ativo, se houver, ou contêm substâncias tóxicas, como metais pesados.

Compradores online estão “jogando roleta russa”, diz Matthew Bassiur, vice-presidente de segurança global da Pfizer.

— As fábricas são deploráveis. Já vi fotografias desses lugares. As pessoas não iriam querer andar nesses lugares, muito menos ingerir qualquer coisa feita neles.

De acordo com a Pfizer, o Viagra é a droga mais falsificada nos Estados Unidos. Uma pesquisa feita pela farmacêutica em 2011 revelou que 77% dos comprimidos comprados em 22 farmácias on-line eram falsificados, ou seja, tinham metade (ou menos) da substância ativa da droga.

O urologista David Dershewitz, professor assistente de urologia da New Jersey Medical School, avisa que a disfunção erétil é comum em homens com a próstata aumentada, diabetes e outras doenças, mas a maioria dos homens têm vergonha de falar sobre isso.

R7

William Bonner negocia a venda de seu Mustang 1970, em shopping

O apresentador mostrou sua raridade no estacionamento

William Bonner negocia a venda de seu Mustang 1970, em shopping - AgNews

William Bonner foi flagrado por um fotógrafo neste domingo (28) negociando a venda de seu carro, um Mustang do ano de 1970, para alguns amigos no estacionamento do Shopping Fashion Mall no Rio de Janeiro.

Na foto, o apresentador aparece com os documentos do carro em cima do capô do veiculo e argumentando sobre as vantagens do carro. O editor-chefe e âncora do Jornal Nacional, da Globo, confirmou ao fotógrafo que estava mesmo vendendo o carro. Só não disse se o amigo em questão arrematou o possante.

Produzido e lançado em 1964 o Ford Mustang teve versões até 1974. O modelo de 1970 foi considerado um dos mais estilosos e com um design agressivo. Com motores de alto desempenho foi um marco para a época, principalmente pela velocidade que atingia, 150 km/h. O nome Mustang é inspirado no avião de caça norte-americano P-51 Mustang, cujo nome por sua vez homenageava a única raça de cavalos selvagens daquele pais.

Este modelo do automóvel de Bonner é vendido no mercado de colecionadores entre R$70 mil à R$90 mil, dependendo da conservação e dos acessórios, segundo os sites iCarros.com e Mercado Livre.

William Bonner negocia a venda de seu Mustang 1970, em shopping

Ford é multada em R$ 165 mil por propaganda enganosa

 

Segundo o Ministério, a publicidade induzia o consumidor ao erro por omitir informação sobre a necessidade de o condutor possuir CNH na categoria C – necessária para dirigir caminhões

O Ministério da Justiça multou nesta sexta-feira a Ford em R$ 165.360,00 por publicidade enganosa do veículo Ford F-250 Super Duty.

De acordo com a assessoria do ministério, a publicidade induzia o consumidor ao erro por omitir informação sobre a necessidade do condutor possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria C – necessária para dirigir caminhões.

Segundo o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), a veiculação da publicidade, sem informações claras sobre a necessidade de carteira diferenciada para a condução dos veículos, violou os direitos previstos no Código de Defesa do Consumidor.

“A informação correta e precisa é fator fundamental para se garantir a transparência nas relações de consumo e o direito de informação dos consumidores”, afirmou Amaury Oliva, diretor do DPDC, em nota distribuída à imprensa.

De acordo com o assessoria, o valor da multa deve ser depositado em favor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD) do Ministério da Justiça e será aplicado em ações voltadas à proteção do meio ambiente, do patrimônio público e da defesa dos consumidores.

Exame

Marin pagou R$ 70 milhões por sede da CBF; imóvel poderia ter custado R$ 39 milhões


O presidente da CBF, José Maria Marin, assinou um negócio superfaturado na compra da futura sede da entidade no Rio, apontam documentos obtidos pela Folha.

O prédio, com oito salas comerciais e 6.642,83 metros quadrados na Barra da Tijuca (bairro nobre na zona oeste da cidade), custou à confederação R$ 70 milhões.

Marin anunciou o negócio por esse valor em 27 de junho de 2012, mas só formalizou a compra em 31 de agosto.

Editoria de Arte/Folhapress

Neste intervalo, a empreiteira que ergueu o prédio negociou cinco das oito salas para intermediários por R$ 12 milhões. As mesmas salas foram repassadas para a CBF por R$ 43 milhões.

As outras três salas foram vendidas diretamente para a entidade por R$ 27 milhões.

Caso tivesse pagado o mesmo valor que os intermediários pelas cinco salas (R$ 12 milhões), a CBF teria desembolsado no máximo R$ 39 milhões pelo complexo todo. Ou seja, R$ 31 milhões a menos do que os R$ 70 milhões que efetivamente pagou.

Procuradas, a entidade e as empresas envolvidas negaram haver irregularidades.

Flamengo hipoteca CT para pagar dívida de R$ 80 milhões

O CT Ninho do Urubu foi uma das garantias dadas pelo clube à Fazenda Nacional de que arcará com o plano de refinanciamento de sua dívida (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)

Além do time sem grandes estrelas dentro de campo, o Flamengo tem feito outros tipos de sacrifícios para regularizar sua situação fiscal. O CT Ninho do Urubu foi uma das garantias dadas pelo clube à Fazenda Nacional de que arcará com o plano de refinanciamento de sua dívida. Ao todo, a diretoria que gere o clube há três meses Rubro-negro, pretende pagar R$ 80 milhões em impostos apenas em 2013.

Além do terreno do CT localizado em Vargem Grande, estimado em 136 mil m², contratos de cota de TV e de patrocínio foram utilizados como garantia do pagamento da dívida. O clube terá que cumprir seus compromissos se não quiser ter novos problemas com a Fazenda. A postura confiante ajudou na conquista das certidões negativas de débito nas últimas semanas.

“Hoje não trabalhamos com a hipótese de não pagar esses impostos. Essa é uma das linhas mestras da nossa gestão. Isto está sendo feito. Já fizemos o mais difícil”, disse o vice presidente jurídico do Flamengo, Flavio Willeman.

No entanto, nem tudo são águas tranquilas para o Rubro-negro. O principal desafio para a manutenção da paz entre Flamengo e órgãos públicos é a obtenção de novas receitas por parte do clube. Hoje, os recursos confirmados para 2013 já estão em grande parte comprometidos. Empresas interessadas em patrocinar a equipe e o programa de sócio-torcedor recém-lançado são as esperanças.

“A nossa maior dificuldade foi encontrar um fluxo financeiro com que o Flamengo poderia se comprometer para não deixar de pagar no futuro”, explicou Willeman. “O clube apresentou esse fluxo para a Procuradoria e aderiu ao Refis municipal, por exemplo. Aderimos e começamos a pagar. Agora precisamos da receita para nos mantermos em dia”, completou.

Apesar do desafio de ter que criar novas fontes de receita, o clima é de total confiança entre os dirigentes. O vice presidente de finanças do Flamengo, Rodrigo Tostes, celebrou a tranquilidade dada ao planejamento do caixa do clube. Principal autora de bloqueios judiciais de receitas dos grandes clubes, a Fazenda Nacional atesta com as certidões uma espécie de trégua com o Rubro-negro.

“Isso dá total segurança do levantamento das penhoras fiscais. Nosso departamento jurídico vem atuando com grandes escritórios de advocacia na defesa das demais penhoras do clube”, explicou Tostes.

Outra porta aberta pela conquista das certidões é a dos patrocínios públicos. E é de lá que pode vir a saída para a necessidade de novas receitas. Nos bastidores do clube, a Caixa Econômica Federal é tida como uma das melhores candidatas a ter um dos espaços restantes na camisa rubro-negra.

Atualmente, apenas a Peugeot e a Olympikus estampam o uniforme do Flamengo. Em seus últimos dias de contrato, a fornecedora de material esportivo será substituída pela Adidas em maio.

Fonte: UOL

Prefeitura de Parnamirim “toca fogo” no dinheiro público

 Publicado por Robson Pires

fosforo-queimado_MLB-F-3042256912_082012A prefeitura de Parnamirim vai queimar fósforo em banda de lata:

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte instaurou Inquérito Civil para apurar a compra de R$ 40 mil em fósforos pela Prefeitura de Parnamirim, município da região metropolitana de Natal. A portaria que instaura o inquérito foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (2).

De acordo com a publicação, a Secretaria de Saúde de Parnamirim terá o prazo de dez dias para esclarecer quais são as unidades e órgãos de saúde vinculadas à secretaria que serão beneficiadas com os fósforos, e por quais meios se estimou o quantitativo de materiais destinados às unidades de saúde.

São José de Campestre: vereadores denunciam que prefeitura entregou peixe vencido

 Prefeita Sione Ferreira

As doações de peixe e ovos de páscoa durante a Semana Santa são normais. Foram vários os municípios que tiveram doações como essa e a grande maioria serviu como alento aos mais humildes moradores, que já sofrem com o momento de seca. Na cidade de São José do Campestre, porém, a situação foi diferente. Pelo menos é o que denunciam os vereadores de oposição à gestão municipal. Segundo eles, a prefeita Sione Ferreira, distribuiu para a população peixe vencido.

A denúncia foi feita por um grupo de vereadores (Fernando Cruz, Xixico Cardoso, Marcia Melo e Nenem Borges) a’O Jornal de Hoje. Para comprovar o teor da denúncia, eles enviaram fotos do peixe distribuído, com a data de validade já passada (venceu em fevereiro deste ano). “É uma situação grave que será levada ao Ministério Público para apurar a responsabilidade disso, que representa um risco a saúde pública”, afirmou Fernando Cruz.

Além do peixe fora do prazo de validade, os vereadores denunciaram, também, a falta de higiene com a qual o alimento foi distribuído. Segundo eles, o pescado ficava acumulado no mesmo chão onde as pessoas que o distribuíam pisavam, sem qualquer cuidado com a higiene. “As pessoas não tinham nenhum cuidado com a higiene do alimento que era distribuído. Realmente, uma situação complicada”, avaliou o vereador.

Fernando Cruz faz questão de lembrar que houve duas distribuições de peixe na cidade de São José do Campestre. Uma foi feita pela Emater (de tilápias) e a outra pela prefeitura (cavalinhas) e só a da gestão municipal deu problema. “Era um peixe que foi pescado há mais de um ano e estava há quase um mês fora da data de validade”, ressaltou o parlamentar.

DETRAN PE: Começa temporada 2013 de leilões de veículos apreendidos.

A temporada 2013 de leilões dos veículos apreendidos e recolhidos pelo Detran de Pernambuco está prestes a começar. Os leilões serão realizados nos dias 2 e 19 de abril, às 9h, no Clube das Águias, em Boa Viagem.

DETRAN-PE realiza segundo leilão de veículos apreendidos de 2012

Para este primeiro leilão, estão disponíveis para os lances do público 248 veículos, sendo 39 carros e 209 motos. Já no segundo serão 234 veículos, sendo 23 carros e 211 motos. Os leilões serão realizados no Clube das Águias, situado na Rua Cosmorama, número 695, em Boa Viagem.

Os interessados já podem conferir o estoque a ser leiloado, visitando o pátio do Leiloeiro Oficial, na Avenida Duas Unas, sem número, no bairro de Santo Aleixo, Jaboatão dos Guararapes. O lote do primeiro leilão pode ser visitado até 1º de abril.

De 8 a 18 de abril, é o período em que os veículos que farão parte do segundo leilão estarão disponíveis para observação pública. O horário da visitação é das 8h às 12h e das 14h às 16h. O edital e as informações podem ser consultados através dos sites http://www.detran.pe.gov.br e http://www.lancecertoleiloes.com.br.

Em relação às condições de uso dos veículos recolhidos, há os recuperáveis, que poderão voltar a circular, e os não-recuperáveis ou sucatas, cuja utilização está destinada ao reaproveitamento de peças e partes metálicas.

Celular “Xing Ling” está com os seus dias contados, afirma Anatel

celular-pirata

A Anatel autorizou as operadoras de telefonia móvel a bloquearem as chamadas originadas por celulares piratas. A medida entra em vigor no início de 2014.

Até lá, as empresas terão que implantar um sinal tecnológico que permita o bloqueio de chamadas que forem originadas de aparelhos clandestinos. Com isso, apenas os modelos homologados pela Anatel poderão funcionar no país, o que impedirá o funcionamento de diversos gadgets de origem chinesa encontrados em território nacional.

Segundo levantamento do órgão, cerca de 20% das linhas habilitadas no país são capazes de realizar chamadas clandestinas.

Medida começa a valer em 2014 garantindo mais segurança aos clientes

A intenção da Agência Nacional de Telecomunicações é garantir a segurança dos usuários, os quais estariam menos propensos a sofrerem com radiação dos gadgets, como explosão da bateria, por exemplo. Além disso, espera-se que o bloqueio dos aparelhos piratas aumente a qualidade das chamadas.

Novidade: Japoneses criam carro robótico que dispensa ação do motorista

Procons, Ministério da Justiça e agora a CVM estão investigando a Telexfree

Índice

MIKAELLA CAMPOS | RODRIGO LIRA | VINÍCIUS VALFRÉ para Gazeta Online

Após atingir um milhão de seguidores agora em março, a Telexfree terá que se preocupar com mais uma investigação. O modelo de negócios da empresa, semelhante ao de pirâmide financeira, é alvo de averiguação de órgãos do governo federal, como a Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça (MJ).

As análises começaram depois de denúncias de Procons de vários Estados do país, como o Acre, Pernambuco e Mato Grosso. A informação é da secretária do Consumidor, Juliana Pereira. Segundo ela, o órgão do MJ atua em conjunto com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para apurar possíveis fraudes no sistema de negócios.

“A CVM é quem fiscaliza diretamente as irregularidades ao consumidor promovidas pelas chamadas pirâmides. Há pouco tempo, fizemos um boletim com várias informações alertando as pessoas a não caírem nas armadilhas”.

A companhia, que diz atuar com marketing multinível binário, é acusada de cometer crime contra a economia popular e de desrespeitar regras do Código de Defesa do Consumidor. A empresa também é investigada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES).

A principal suspeita é de que a Telexfree utilize a comercialização de VoIP (serviço de telefonia pela internet) para mascarar um esquema de corrente pela internet. A empresa atua com o recrutamento de pessoas para divulgarem seu produto em sites e redes sociais.

A corporação, que tem sede em Vitória e cuja razão social é Ympactus Comercial, promete, com a associação, alto rendimento. Sites e blogs de divulgadores dizem que alguns associados chegaram a ganhar mais de R$ 3 milhões pelo serviços prestados à empresa.

Almoço grátis

A investigação da Senacon visa a conscientizar o cidadão sobre a ilegalidade de empresas que prometem dinheiro fácil. Segundo Juliana, outras companhias são investigadas pelo MJ por desempenhar ações análogas ao esquema Ponzi.

“As pessoas precisam entender que não tem almoço grátis. Ninguém ganha muito dinheiro da noite para o dia. Por isso, falamos que é necessário ter cuidado com a promessa de ganho rápido. Se alguém recebe muito dinheiro é porque existem pegadinhas. Isso faz parte da estratégia enganosa. As pirâmides funcionam, por exemplo, porque alguém sempre paga para o outro ser remunerado”.

Em nota, a CVM disse não comentar casos específicos nem confirma se está investigando ou não uma empresa. Havendo a necessidade, a entidade faz alerta no site sobre a prática irregular e determina o fim das negociações sob pena de multa diária.

Sem telefone

Outra incoerência apontada nas análises da promotora Fernanda Pawelec, está na apresentação da Telexfree em seu site. Apesar de informar a comercialização do serviço de telefonia, a empresa não oferece nenhum telefone de contato para dúvidas ou reclamações.

“Há somente endereço de e-mail, fato que causa estranheza, já que uma empresa de abrangência nacional não possui um telefone de contato para que seus clientes possam contatá-la, ainda mais uma empresa que comercializa serviços de telefonia”.

Na justificativa para abrir o inquérito civil, a promotora elenca ainda uma série de cláusulas que ela chama de “evidentemente abusivas” do contrato da Telexfree com os divulgadores. Entre elas, a possibilidade de pagamentos em espécie ou não, retenção unilateral de valores e possibilidade de alteração do termo de uso. (Com BG)

Assista ao vídeo clicando AQUI  CONFIRA e faça as suas próprias conclusões:

Supersalários de magistrados brasileiros surpreendem o The New York Times, que os compara com os juízes americanos

imagesOs supersalários de uma parcela dos servidores públicos brasileiros ganharam destaque na edição de segunda-feira do jornal americano “The New York Times”. Sob o título “Brasil, onde um juiz ganhou US$ 361,5 mil num mês, revolta-se com os salários”, a reportagem diz que os altos vencimentos de alguns servidores deixam o funcionalismo brasileiro nos Estados Unidos e na Europa em situação humilhante.

A matéria menciona casos no Judiciário, no Executivo e no Legislativo em nível federal, estadual e municipal, mas sem citar nomes. No caso do juiz cuja remuneração dá título ao texto, trata-se de um magistrado de São Paulo que teria recebido o equivalente a R$ 712 mil num mês.

Como forma de comparação, a reportagem informou que os salários mais altos de juízes no estado de Nova York giram em torno de US$ 198.600 por ano, aproximadamente R$ 391 mil, ou R$ 33 mil mensais.

Volkswagen mostra versão definitiva do cross up!, que chega em 2014

1360683929421-cross-upFalta pouco menos de um mês para o Salão de Genebra, mas a Volkswagen se antecipou e revelou na última segunda-feira (11) as primeiras imagens e informações da versão de produção do cross up!. Saiba mais detalhes desse compacto aventureiro que chegará ao Brasil em 2014.

 

O Volkswagen cross up! (assim mesmo, com letras minúsculas e exclamação) é a versão

O Volkswagen cross up! (assim mesmo, com letras minúsculas e exclamação) é a versão “aventureira” do hatch compacto e segue a mesma receita do “primo” brasileiro CrossFox

O Volkswagen cross up! mantém boa parte das características do up! tradicional, incluindo a tampa do porta-malas de vidro — que dará lugar a uma peça de aç...

O Volkswagen cross up! mantém boa parte das características do up! tradicional, incluindo a tampa do porta-malas de vidro — que dará lugar a uma peça de aço na versão brasileira

As diferenças do cross up! são basicamente estéticas, com novos para-choques, rodas de liga-leve exclusivas e suspensão elevada — a Volkswagen não divulgou...

As diferenças do cross up! são basicamente estéticas, com novos para-choques, rodas de liga-leve exclusivas e suspensão elevada — a Volkswagen não divulgou em quantos milímetros o compacto foi erguido

Entre os equipamentos de série do cross up! estão direção assistida, ar-condicionado, vidros, travas, retrovisores elétricos e display de LCD multifunciona...

Entre os equipamentos de série do cross up! estão direção assistida, ar-condicionado, vidros, travas, retrovisores elétricos e display de LCD multifuncional. A lista parece pobre, mas é porque os europeus ignoram equipamentos presentes em todos os carros vendidos por lá: ABS, airbag duplo e controle de estabilidade — este último não deverá ser oferecido no Brasil