Daily Archives: 28/10/2021

Secretaria de Assistência Social realiza festinha para as crianças

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Habitação, Trabalho e Lazer, através de sua equipe do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, festejam neste dia 28 de outubro, o dia da criança, com muitas brincadeiras, lanches, músicas, danças e muita alegria.

O fato deste acontecimento nesta tarde de quinta-feira (28) foi para não passar despercebido o dia da criança, onde normalmente é comemorado no dia 12 de outubro, o que não aconteceu por motivos outros naquela oportunidade.

Importante é que toda equipe está de parabéns pela realização do evento e a satisfação de todas as crianças estão espontaneamente visíveis, basta conferir os cliks.

Do site Oficial do Município de Montanhas
http://montanhas.rn.gov.br

Parabéns para todos os funcionários públicos de Montanhas

Nesta data de 28 de outubro em que se comemora o dia do Funcionário Público, o Prefeito do Município de Montanhas, Manuel Gustavo de Araújo Moreira, vem parabenizar todos os Funcionários públicos!

São profissionais que atendem a sociedade com destaques importantes no dia a dia. Afinal, estes se empenham e dedicam uma parte de sua vida no trabalho e nos acontecimentos diversos que envolvem a comunidade.

Parabéns pelo seu dia! Vamos juntos na esperança, sempre, de dias melhores.

Do: site Oficial do Município de Montanhas
http://montanhas.rn.gov.br

Com: Blog Montanhas em Ação

“Metade de mim é a lembrança do que fui, e a outra metade, não sei”, canta Oswaldo Montenegro

Quando eu não estiver por perto canta... Oswaldo Montenegro - Pensador

O cantor e compositor carioca Oswaldo Viveiros Montenegro inspirou-se no poema “Traduzir-se”, de Ferreira Gullar, que traduz nossa dualidade na existência, ou seja, somente somos completos no amor. “Metade” foi gravado por Oswaldo Montenegro no CD Ao Vivo – 25 Anos, em 2004, pela Warner.

METADE
Oswaldo Montenegro

Que a força do medo que tenho
não me impeça de ver o que anseio
que a morte de tudo em que acredito
não me tape os ouvidos e a boca
porque metade de mim é o que eu grito
mas a outra metade é silêncio.
Que a música que ouço ao longe
seja linda ainda que tristeza
que a mulher que amo seja pra sempre amada
mesmo que distante
porque metade de mim é partida
mas a outra metade é saudade.
Que as palavras que eu falo
não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor
apenas respeitadas como a única coisa
que resta a um homem inundado de sentimentos
porque metade de mim é o que ouço
mas a outra metade é o que calo.
Que essa minha vontade de ir embora
se transforme na calma e na paz que eu mereço
e que essa tensão que me corrói por dentro
seja um dia recompensada
porque metade de mim é o que penso
mas a outra metade é um vulcão.
Que o medo da solidão se afaste
e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável
que o espelho reflita em meu rosto num doce sorriso
que eu me lembro ter dado na infância
porque metade de mim é a lembrança do que fui
a outra metade não sei.
Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
pra me fazer aquietar o espírito
e que o teu silêncio me fale cada vez mais
porque metade de mim é abrigo
mas a outra metade é cansaço.
Que a arte nos aponte uma resposta
mesmo que ela não saiba
e que ninguém a tente complicar
porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
porque metade de mim é platéia
e a outra metade é canção.
E que a minha loucura seja perdoada
porque metade de mim é amor
e a outra metade também.

Com Paulo Peres
Poemas & Canções

Governo do RN vai demitir servidores públicos que se negarem a tomar a vacina do Covid-19

Por: Jessyanne Bezerra
Do PN Notícias

Foto: Sandro Menezes

O Governo do Rio Grane do Norte publicou, nesta terça-feira (26), o decreto estadual sobre a obrigatoriedade da vacinação e apresentação do “Passaporte Sanitário” para que agentes públicos estaduais possam continuar desempenhando suas funções. 

A medida visa garantir um ambiente de trabalho com reduzido risco de contaminação, preservando a saúde coletiva dos servidores e assegurando um cenário epidemiológico favorável. 

E via o Diário Oficial do Estado publicado nesta quarta-feira (27) prevê demissão entre sanções aos servidores e funcionários públicos estaduais que se recusarem a tomar a vacina contra a Covid-19. 

O decreto nº 31.022 estabelece a vacinação como um dever funcional, “com o objetivo de garantir um ambiente de trabalho com reduzido risco de contaminação, preservando a saúde coletiva dos servidores e assegurando um cenário epidemiológico favorável”. 

O texto assinado pela governadora Fátima Bezerra (PT) e pelo secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, transforma a falta de vacinação em “falta disciplinar”. Entre as sanções aos servidores podem ir da advertência, até a suspensão ou “demissão, em caso de manutenção da recusa”. 

Além disso, o decreto prevê que funcionários públicos poderão ser demitidos por justa causa. Dentre as normas, há exceção para servidores que apresentarem atestado médico ou que não integrem, temporariamente ou permanentemente, grupo elegível para recebimento dos imunizantes. 

Em junho, de acordo com o G1, foi registrado que pelo menos 250 policiais militares do Rio Grande do Norte se recusaram a tomar a vacina contra a covid-19. 

A partir da publicação do novo decreto, os órgãos e entidades do serviço público terão prazo de cinco dias para comunicar os servidores sobre e necessidade de apresentar a comprovação do cumprimento do esquema vacinal.