Daily Archives: 19/03/2019

“Guardo em mim o Deus, o louco, o santo, o bem e o mal”, diz a canção

Resultado de imagem para o bem eo mal danilo caymmi

Danilo Caymmi compôs esta música com Dudu Falcão

O instrumentista, cantor e compositor carioca Danilo Caymmi e seu parceiro Dudu Falcão guardam dois corações divididos entre “O Bem e o Mal”. A música consta do CD Danilo Caymmi, gravado em 1992, pela RGE.

O BEM E O MAL
Dudu Falcão e Danilo caymmi

Eu guardo em mim
Dois corações
Um que é do mar
Um das paixões
Um canto doce
Um cheiro de temporal
Eu guardo em mim
Um Deus, um louco, um santo
Um bem, um mal

Eu guardo em mim
Tantas canções
De tanto par
Tantas manhãs
Encanto doce
Um cheiro de vendaval
Guardo em mim
O Deus, o louco, o santo
O bem e o mal

Site Poemas & Canções

Caern divulga lista de aprovados em concurso público

O concurso público da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) teve o seu resultado final divulgado nesta terça-feira (19) para vagas de nível técnico e superior. O resultado está disponível no site do Instituto Brasileiro de Apoio ao Desenvolvimento Executivo (Ibade), que realizou a prova. Clique aqui para conferir.

As provas do concurso foram realizadas no dia 18 de novembro do ano passado e continha vagas para cargos de contador, analista de sistema, economista, administrador e técnico em segurança do trabalho.

A Caern informou que a convocação dos aprovados dentro das vagas disponibilizadas e cadastro de reserva vai acontecer de acordo com a disponibilidade e necessidade da Companhia. O prazo está determinado no edital e pode ser prorrogado pelo mesmo período. (G1RN)

Senado aprova multa a empresas que pagarem salário menor para mulheres

Imagem divulgação/internet

Se aprovado na Câmara sem mudanças, multa corresponderá ao dobro da diferença salarial verificada mês a mês.

O plenário do Senado aprovou, em regime de urgência, nesta quarta-feira, 13, o projeto de lei que endurece a cobrança sobre empregadores que praticam discriminação salarial entre homens e mulheres (PLS 88/15). A proposta faz parte da pauta prioritária da bancada feminina e segue para a análise da Câmara.

O texto endossa o que estabelece a CLT quando assegura salário igual para homens e mulheres na mesma função e na mesma atividade. De acordo com o projeto, cada caso precisará ser apurado em ação judicial e, se constatada a ilegalidade, a empresa será punida com o pagamento de multa em favor da funcionária prejudicada. O valor deverá corresponder ao dobro da diferença salarial verificada mês a mês.No texto, o parlamentar destacou que a diferença salarial média entre homens e mulheres chega a 23% nas micro e pequenas empresas, saltando para 44,5% nas médias e grandes. Os dados integram o Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas de 2014.

A matéria recebeu voto favorável do senador Paulo Paim, relator de plenário, que leu parecer em substituição à Comissão de Assuntos Sociais (CAS), onde a proposta tramitava anteriormente.

Desarquivamento Foi aprovado ainda o desarquivamento do PLC 130/11, da Câmara, também relatado por Paim. O texto também estabelece multa para combater a diferença de remuneração verificada entre homens e mulheres no Brasil. A matéria já foi aprovada na Câmara e volta para a análise da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado.

Fica o compromisso de todos nós, se assim entendermos, aprovar no futuro o projeto que foi desarquivado, porque esse vai direto para a sanção“, disse Paim.

O lançamento da Marcha das Margaridas

Por: Evandro Borges

Um dos atos mais significativos em torno da mulher referente ao dia internacional da mulher, o oito de março, foi o lançamento da “Marcha das Margaridas”, promovido pela Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Rio Grande do Norte – FETARN, estando à frente Manoel Candido e o evento foi coordenado por Gabriela Eva, Diretora para as Mulheres agricultoras familiares.

O ato conseguiu articular autoridades, sindicalistas, e personalidades, devendo ser registrados entre tantos: os Deputados Estaduais Francisco do PT e Isolda Dantas, a Deputada Federal Natália Bonavides, a Governadora do Estado, Fátima Bezerra, o Secretário da SEARA, Alexandre Lima, o Secretário Adjunto do Planejamento, George Câmara, sindicalistas rurais de todo Estado, e algumas da área urbana, como Fátima Viana da Federação Única dos Petroleiros, Samara Francione, da Economia Solidária e Fátima Torres da CECAFES, a advogada Andrea Nogueira, Presidente do Conselho Estadual das Mulheres, o jornalista do Potiguar Notícias, Pinto Júnior.

A Marcha das Margaridas é a maior mobilização das mulheres na América Latina, programada para agosto do corrente ano, estarem em Brasília, à denominação é uma homenagem a sindicalista paraibana, assassinada na porta de sua casa, Margarida Alves, pela sua atuação em defesa dos direitos sociais, civis e pelas campanhas de letramento que fazia com os agricultores e agricultoras, uma justa homenagem do movimento sindical.

A Marcha é organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura, conta com a participação de um largo número de instituições, como a Marcha Mundial das Mulheres, com as Centrais Sindicais, as Igrejas, aqui no Estado, sempre participou o Centro Feminista 8 de março de Mossoró, e este ano se pretende alcançar um número de mil mulheres do Estado para a marcha em Brasília.

A tônica das discussões se deu em torno da igualdade de gênero, sobre a violência que se abate sobre a mulher, a proposta da reforma da previdência que tramita no congresso nacional, elevando a idade do benefício previdenciário da aposentadoria para as mulheres, de cinquenta e cinco anos para sessenta anos, uma tremenda injustiça, para quem labuta na agricultura desde a tenra idade, e ainda submetida a uma dupla ou tripla jornada de trabalho, e tendo que enfrentar a maternidade.

Gabriela Eva, sindicalista da FETARN informou a todos como se encontra a mobilização, tendo participado de uma audiência pública na Assembleia Legislativa de iniciativa da Deputada Isolda Dantas, quando o Presidente da Assembleia comprometeu-se em contribuir, e a Governadora, desde os seus mandatos legislativos participa da marcha, igualmente, pretende colaborar para assegurar a mobilização, devendo o Estado está presente com forte delegação.

Com Potiguar Notícias