Ciro Gomes avisa que Petrobras deverá reduzir o preço do diesel em seu governo

Ciro Gomes (PDT) percorreu ruas de Jundiaí e cumprimentou eleitores (Foto: Wellington Silva/TV TEM)

Ciro Gomes propõe crescimento com sustentabilidade

Deu no Correio Braziliense
(Agência Estado)

O candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, disse nesta segunda-feira, dia 3, em sabatina promovida por SBT, Folha de S.Paulo e UOL, que os preços do diesel devem ser menores em seu eventual governo. Segundo ele, a Petrobras cobrará um valor que arque com os custos de produção e com alguma margem de lucro, mas não precisa manter uma paridade com os preços internacionais diante do monopólio que possui no Brasil.

De acordo com o candidato, a empresa, por ser estatal, terá um lucro menor, mas estável ao longo do tempo, ao contrário de outras petroleiras, que têm um lucro “exorbitante” quando o petróleo está mais caro e prejuízo quando os preços caem.

RUMO AO FUTURO – Reportagem do G1 Jundiaí (SP) revela que o candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, disse neste domingo (2) que o país deve dar um “passo para o futuro” e acabar com a “briga mesquinha entre coxinhas e mortadelas”.

Ele fez referência aos apelidos dados às pessoas que nos últimos anos travaram uma rixa política no país principalmente em torno de questões como o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff ou da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

PROJETO NOVO – Ciro falou à imprensa após um ato com eleitores e aliados. Segundo o candidato, a rivalidade entre “coxinhas” e “mortadelas” está rachando o país e introduzindo ódio na política.

“A questão que vai ser decidida pelo Brasil. Se está na hora de a gente dar um passo adiante, para o futuro. Construir um projeto nacional de desenvolvimento novo, que acabe com essa briga mesquinha onde entram coxinhas e mortadelas, que está rachando nosso país, que está introduzindo a violência e o ódio na política, ou se o país quer ficar amarrado nessa luta miúda”, disse Ciro.

SUSTENTABILIDADE – Ainda segundo a reportagem do G1 Jundiaí, o candidato também disse que seu plano de governo tem como um dos focos uma política cultural de consumo ligado a sustentabilidade, com valorização da economia comunitária.

“Cultura é o valor mais grave que as nações têm. Em tempo de globalização, se nós não apostarmos na afirmação da identidade cultural da nossa nação, nós seremos presa fácil dos modos de consumo internacionalmente projetados. Seremos presa fácil de uma filosofia de vida que destrói a natureza, porque o consumismo baseado no que estamos fazendo vai matar o planeta Terra se nós não mudarmos”, disse Ciro.

Posted on 04/09/2018, in Brasil, Entretenimento, Política, Reflexão. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: