Daily Archives: 20/11/2016

Kelps solicita ao Governo Federal recursos para o setor rural do RN

r

O deputado Kelps Lima está articulando, em Brasília, para que a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, ligada à Casa Civil do Governo Federal, envie recursos que possam ser utilizados na melhoria da gestão do setor da agricultura do Rio Grande do Norte.

O secretário Nacional responsável pela pasta, José Ricardo Ramos Roseno, pertence ao mesmo partido de Kelps, o Solidariedade, e o deputado potiguar pretende utilizar essa aproximação de legenda para buscar benefícios para o Rio Grande do Norte.

        “Na nossa visão, o maior entrave para o RN melhorar seus índices de desenvolvimento econômico é o pouco investimento em gestão. Por isso, vamos tentar arranjar recursos que possam ser utilizados pelos escritórios agrícolas das várias entidades públicas nos municípios, para que tenham equipamentos de fomento e dinamizem a economia rural”, explica Kelps.

Um ofício do gabinete do deputado já foi despachado para Brasília, solicitando esses recursos.

CGU capacita estudantes do RN para fiscalizar uso de dinheiro público

Objetivo é criar ‘exército de fiscais dos gastos públicos’.
Ação faz parte do programa ‘Olho Vivo’.

Do G1 RN

Estudantes foram a campo fiscalizar recursos federais destinados a escolas (Foto: Divulgação/Unacon)Estudantes foram a campo fiscalizar recursos federais destinados a escolas
(Foto: Divulgação/Unacon)

A Controladoria-Geral da União (CGU) promoveu uma capacitação de estudantes universitários do Rio Grande do Norte para que eles possam fiscalizar o uso de dinheiro público no Estado. A ação faz parte do programa ‘Olho Vivo’ e tem como objetivo criar um verdadeiro exército de fiscais dos gastos públicos.

O treinamento aconteceu em duas etapas e terminou nesta quarta-feira (16). Na primeira, os estudantes assistiram a uma palestra sobre os principais focos da fiscalização dos gastos públicos. “Neste treinamento a gente tenta passar para os estudantes todas as fases de uma fiscalização, e os principais pontos que precisam ser observados”, explicou Cristiane Pitta, auditora federal de finanças e controle da CGU/RN.

O foco específico deste treinamento foi o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) que transfere recursos federais para estados e municípios comprarem alimentos para a merenda escolar. Na segunda etapa, os estudantes foram colocar em prática os conceitos aprendidos na palestra. Eles visitaram a Escola Estadual Joaquim Torres para fiscalizar o uso do recurso para compra de merendas e observar detalhes como qualidade dos alimentos adquiridos, condições de armazenamento, etc.

“Com isso a gente espera conscientizar esses estudantes sobre a importância do controle social e mostrar que todo cidadão pode fazer a sua parte na fiscalização do uso do recurso público”, disse Cristiane.

Sobre o programa
A Controladoria-Geral da União (CGU) desenvolve o Programa Olho Vivo no Dinheiro Público para incentivar o controle social. O objetivo é fazer com que os cidadãos, nos diversos municípios brasileiros, atuem para a melhor aplicação dos recursos públicos.

Com a iniciativa, a CGU busca estimular e prover o cidadão de instrumentos para realizar o controle do uso dos recursos públicos. Procura-se dar condições para a participação de conselheiros municipais, lideranças locais, agentes públicos municipais, professores e alunos, entre outros.

A participação do cidadão na prevenção e no combate à corrupção busca envolver a sociedade numa mudança pela educação, pelo acesso à informação e pela mobilização social.

Estudantes participaram de capacitação (Foto: Divulgação/Unacon)Estudantes participaram de capacitação (Foto: Divulgação/Unacon

Feriado em Natal – Festa de Nossa Senhora da Apresentação encerra dia 21

procissao-768x512

Desde o último dia 11, a Arquidiocese de Natal vive a festa da padroeira, Nossa Senhora da Apresentação, com extensa programação, na antiga Catedral e na Catedral Metropolitana. A santa também é a padroeira da capital potiguar.

O encerramento dos festejos acontece na próxima segunda-feira, 21. A programação iniciará nos primeiros minutos do dia, na Pedra do Rosário, situada na Avenida do Contorno, na Cidade Alta, com uma vigília, conduzida pela Comunidade Shalom. Às 3h30, acontecerá a procissão fluvial, com a imagem da padroeira, saindo do Iate Clube com destino à Pedra do Rosário, local onde, em 1753, pescadores encontraram um caixote e, dentro dele, havia uma imagem de Nossa Senhora. Na Pedra do Rosário, às 5h, será celebrada missa, presidida pelo pároco da Paróquia de Nossa Senhora Mãe dos Homens, de João Câmara, Padre Fábio Pinheiro. Após a missa, haverá procissão até a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Apresentação (antiga Catedral), onde também será celebrada missa, presidida pelo Arcebispo emérito, Dom Matias Patrício de Macêdo.

Na Catedral Metropolitana, às 10h, haverá a missa solene, presidida pelo Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha. No final da missa, acontecerá o ritual de fechamento da Porta Santa, por ocasião do encerramento do Ano Jubilar da Misericórdia.

À tarde, às 16h, será realizada procissão, saindo da antiga Catedral, seguindo pela Rua Ulisses Caldas, Rua Mossoró, Av. Hermes da Fonseca, Rua Apodi, Av. Deodoro da Fonseca, culminando na Catedral Metropolitana, onde acontecerá a missa de encerramento dos festejos, presidida pelo Arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha.

Ano Jubilar da Misericórdia
No ano de 2015, o Papa Francisco convocou um Jubileu Extraordinário com ênfase na Misericórdia. O Ano Jubilar iniciou em 8 de dezembro de 2015 e vai ser concluído neste dia 20 de novembro. Durante esse período, dioceses em todo o mundo realizaram atividades diversas, relacionadas ao tema ‘misericórdia’. Para marcar o Jubileu, nas catedrais e santuários foram abertas ‘portas santas’. Agora, neste mês, elas são fechadas simbolicamente.

Sobre o significado da Porta Santa, o Papa Francisco, no documento Misericordiae vultus, explicou: “será então uma Porta da Misericórdia, onde qualquer pessoa que entre poderá experimentar o amor de Deus que consola, perdoa e dá esperança.”

Na Arquidiocese de Natal, além da Catedral Metropolitana, sete Santuários também abriram uma Porta Santa, por ocasião do Ano Jubilar da Misericórdia.

Arquidiocese de Natal