Traficantes dispararam bala que atingiu centro de imprensa dos Jogos Olímpicos

RTEmagicC_balaolimp.jpg

Foto: Estadão conteúdo)

O ministro da Defesa do Brasil, Raul Jungmann, afirmou ontem, em entrevista de avaliação da segurança dos Jogos Olímpicos, que o projétil de fuzil que atingiu a sala de imprensa do Centro Olímpico de Tiro, em Deodoro, na Zona Norte, no último sábado foi disparado por um fuzil de um traficante de uma comunidade próxima ao complexo olímpico.

De acordo com o ministro, ainda é preciso ampliar as investigações, mas a informação preliminar é que o objetivo do disparo era atingir um drone da Aeronáutica que sobrevoava a comunidade.

Segundo o ministro, ainda será aprofundada a investigação do caso

“Essa investigação não é conclusiva, mas a informação preliminar é de que havia um balão e um drone vigiando uma comunidade. Alguém, sentindo-se perseguido, pode ter atirado neles, tentando derrubá-lo”, argumentou .

A bala foi localizada por um fotógrafo australiano que a localizou perto de um buraco no teto da sala de imprensa.

Em função do caso, segundo o diretor de comunicação do Comitê Rio-2016, Mário Andrada a segurança ao redor do Parque Olímpico de Deodoro. “Ainda vai ser feita a perícia para dar mais detalhes, mas o que será feito é aprimorar a segurança da área ao redor”.

Anúncios

Posted on 08/08/2016, in Brasil, Curiosidade, Informativo, Polícia, Violência. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: