Vereadores, na Paraíba, aprovam lei que reduz seus próprios salários

4cc24bfad5c3ab461c749c19722fb0d2

Não fale em crise, trabalhe. A polêmica frase que saiu da boca do presidente interino Michel Temer foi levada a sério na Paraíba. E quem sentiu o golpe foram os próprios políticos locais.

O momento do país é conturbado, por mais que trabalhemos, a crise está apertando. E por conta disso os vereadores de Água Branca, na Paraíba, ganharão apenas um salário mínimo a partir de 2017.

Atualmente a Casa local é constituída de nove vereadores. Todos eles ganham um salário de R$ 2,7 mil. Em 2016, o valor do salário mínimo é de R$ 880, redução significativa no ordenado dos políticos — lembrando que, como a medida é para 2017, eles ganharão mais que isso.

“Em um momento como esse, é importante nós vereadores ajudarmos o município. Esse dinheiro economizado irá direto para os cofres da prefeitura, que decidirá como investir em outros setores da administração”, afirmou o vereador Miraci, presidente da Casa e autor do projeto.

A votação que levou à aprovação do projeto foi feita no último dia 17 de junho. Todos os nove vereadores que compõe a Câmara dos Vereadores acharam justo que seus próprios ordenados fossem diminuídos.

Como as eleições municipais acontecem em outubro desse ano, os novos vereadores que serão afetados pela mudança. A próxima legislatura, já com salários corrigidos, irá durar até 2020.

Anúncios

Posted on 06/07/2016, in Curiosidade, Informativo, PB, Reflexão. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: