Novas eleições? Para o vice Michel Temer, antecipar o pleito é golpe

Michel Temer

O discurso da presidente Dilma Rousseff e de aliados do governo de acusar o impeachment de golpe foi incorporado pelo vice Michel Temer, mas aplicado às novas eleições. De acordo com a Folha de S.Paulo, o vice classificou como “golpe” a tentativa de antecipar o pleito para presidente. Às fontes ouvidas pela Folha, ele disse que, nos Estados Unidos, “as pessoas ficariam coradas” com a proposta.

Ele disse ainda que, caso a presidente seja afastada, os movimentos de esquerda podem até protestar “desde que não infernizem a vida do País”. Temer também prometeu abrir diálogo com os partidos, incluindo o PT.

As declarações foram dadas a representantes de centrais sindicais contrárias ao governo atual. Em visita ao vice, os sindicalistas reclamaram sobre pontos do programa peemedebista que pretende tirar do papel caso assuma a Presidência, incluindo o fim da política de reajuste do salário mínimo e a desvinculação do aumento dos benefícios previdenciários ao mínimo.

Os representantes dos sindicatos também mostraram preocupação com propostas presentes no documento do PMDB intitulado “Uma Ponte para o Futuro” sobre mudanças na Previdência. Uma delas é a desvinculação do reajuste dos benefícios ao valor do salário mínimo. A outra, a criação de uma idade mínima para a aposentadoria.

Anúncios

Posted on 28/04/2016, in Brasil, Curiosidade, Política, Reflexão. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: