Daily Archives: 28/04/2016

Record é do Governador Robinson Faria

0001Reportagem: Janeayre souto

Do Blog:

Esse título dificilmente será tirado do Governador Robinson Faria, infelizmente Micarla de Souza, ex-prefeita de Natal conseguiu perder.

São coisas assim, que vem se acumulando na administração Robinson. Já percebe-se claramente que o Governador está fazendo uma das piores administração no Estado, do jeito que a coisa vai, é possível que o RN não encontre solução para a sua crise econômica.

Vamos pra frente que veremos o desenrolar de tudo isso.

Policial pede para ter relações sexuais com filha da amante como ‘prova de amor’

ona6-620x350

Uma adolescente de 14 anos divulgou, através do whatsapp, uma conversa entre sua mãe e o amante — um policial militar — em que o homem pede para fazer sexo com a jovem e sua irmã, uma criança de apenas quatro anos de idade, como ‘prova de amor’.

A menina flagrou o bate-papo no celular da mãe e, temendo ser estuprada, gravou um printscreen (imagem abaixo) e repassou o arquivo para uma terceira pessoa não identificada. Em seguida, a conversa viralizou rapidamente na internet. O nome do PM e da mulher envolvidos no caso não foram divulgados para que a investigação não seja prejudicada.

No diálogo, o policial tenta convencer a mãe a dopar suas duas filhas (4 e 14 anos) para ter relação sexual com as menores. Ele se compromete ainda a levar o medicamento necessário para fazer as meninas dormirem e afirma que a concessão da mãe no ato seria uma prova que ela realmente o ama. O homem também teria confessado que fazer sexo com ela e as filhas ao mesmo é um “sonho” e “obsessão” que ele nutre há algum tempo.

“Hoje à noite você terá a chance de me dar a maior prova de amor do mundo, que é sua própria filha”, diz a mensagem. “Ela é virgem, ela que tem que escolher com quem vai perder a virgindade, não eu”, argumenta a mulher. “Se você deixasse, dava para fazer tudo e ela nem acordaria. Ninguém nunca saberia, só eu e você. Realiza esse sonho meu, eu ia acabar de vez com essa obsessão”, rebate o PM.

De acordo com informações dos portais paraibanos Correio e Diário do Sertão, o policial militar investigado mora no Ceará, mas integra o 14º Batalhão, em Sousa, no sertão do estado da Paraíba e atua na corporação paraibana desde 2009.

Investigação

“A foto que aparece nas mensagens realmente é de um policial da Paraíba, mas precisamos investigar se o perfil é verdadeiro e se foi ele mesmo que enviou as mensagens. Não podemos descartar a hipótese de alguém ter invadido a rede social dele e escrito tais coisas”, afirmou o assessor de comunicação da Polícia Militar na Paraíba, major Cristóvão Lucas.

Segundo o major, o suspeito será ouvido na manhã desta quarta-feira (30) pelo comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, major Rômulo Ferreira de Araújo. “Caso seja confirmado o envolvimento do policial nesse fato, vamos abrir uma sindicância e estudar possíveis punições para ele”, completou.

NOTA

O subcomandante do 14º Batalhão da Polícia Militar divulgou nota nas redes sociais sobre o caso:

Ao tempo em que cumprimento a todos desse grupo, venho na condição de subcomandante 14 BPM inicialmente lamentar e salientar a posição de resignação do Cmdo diante das notícias desabonadoras que vêm sendo veiculadas acerca de um policial militar deste Batalhão.

Dizer que antes de tudo temos o dever de sermos imparciais e firmes em relação ao caso. Dizer que o alto comando da corporação está ciente e não se furtará da atribuição da responsabilidades na esfera administrativa militar caso haja a comprovação probatória do cometimento do crime ou transgressão da natureza militar.

Requerer dos homens honrados e de bem que ao nosso lado envergam a farda e com orgulho representam nosso 14 BPM, que sejam prudentes nas suas ações e comentários, pois nossa postura enquanto militares não há de ser outra que a de sermos comedidos e temperantes apesar de toda indignação e “revolta”.

Por fim me, posiciono pela manutenção das boas práticas de bem e de compromisso inegável e incondicional de zelar pela incolumidade das pessoas, deixando bem claro que atitudes como esta são abomináveis do ponto de vista ético cristão e, absolutamente, não traduz a essência do caráter dos policiais militares do nosso estado, que diariamente não se cansam de dar a própria vida em prol de pessoas de bem.

A “micarlização” de Robinson Faria (PSD): a fórmula para a tragédia.

onatalense-115-620x350

O desgaste de Robinson Faria é crescente. A crise econômica aprofundada pelo impasse político e alimentado por um judiciário ora covarde, ora seletivo, além de uma mídia manipuladora e degradante da autoestima brasileira – no RN atrelada a opositores do governador – faz ampliar a tendência de que piore a imagem do governador, e que a população não compreenda que nem tudo é resultado da incompetência e falta de ação do governo estadual.

Some-se a isso o caos na segurança, que já passou de sensação de insegurança para se tornar iminência de perigo a qualquer quarteirão próximo, ônibus ou no ingresso ou saída de nossas próprias residências.

E ainda que tudo não seja responsabilidade do governo estadual, há muito o que ser diagnosticado como sendo culpa deste governo. Um governo que traí seus aliados de primeira hora, não atrai confiança dos próximos parceiros. Um governo que não gera confiança não mobiliza a sociedade para suas iniciativas.

Mas o que é pior, um governo que não planeja, não tem projeto claro, nem tem equipe clara e constante não irá implementar as políticas públicas em todas as suas etapas de execução. O governo Robinson Faria tem entrado numa seara perigosa: a fórmula trágica do governo Micarla.

A troca-troca de secretários foi uma marca do início do governo Micarla que resultou em uma gestão desastrosa. Como executar as políticas públicas com uma média de 1 secretário a cada mês e meio? Como esperar um serviço público de qualidade quando as políticas públicas são avaliadas e ganham grau de maior eficácia justamente pelo seu caráter de transversalidade, interação, integração e perenidade resultam nas melhores iniciativas e excelência nos resultados?

O governo Micarla chegou a trocar 10 secretários nos seus primeiros 15 meses. Demonstrando toda falta de programa, planejamento e equipe administrativa para assumir a gestão do município naquela oportunidade. E lembremos que Robinson a apoio, assim como Rogério Marinho e José Agripino, os nossos paladinos da (i)moralidade.

Agora Robinson Faria incorre em mesmo erro, indo além, supera o recorde suicida administrativo de Micarla, e já nos presenteia com a troca de 18 nomes em menos de 16 meses nos cargos de alto escalão. Como se governa assim? A gestão paga, e a sociedade colhe o desgoverno.

O desgoverno Micarla foi tão desastroso que a especificidade do processo de deteriorização da imagem da prefeita e do desgoverno, associados aos altos índices de rejeição, recebeu a pecha de “micarlização”. Será este o futuro de Robinson Faria? Para nosso desespero, a fórmula inicial ele já colocou em marcha, inclusive superando a criatura que ele ajudou a eleger em 2008, e manteve apoio durante todo seu desgoverno.

Ou Robinson Faria repensa sua forma e maneira de governar, ou estaremos vendo reviver a “micarlização” no RN, só que desta vez não só de nossa capital, mas de todo o governo de nosso querido Estado.

Só falta agora Robinson querer trazer para o governo do RN os mesmos que desgovernaram Natal com Micarla: o PSDB de Rogério Marinho, o DEM de José Agripino, ou mesmo o PDMB de Henrique, seu até agora rival. Se assim proceder, só se reafirmará a tendência em querer repetir a fórmula da tragédia.

Melhor sorte ao povo Potiguar!

Texto do colaborador Dennys Lucas Xavier

Deputado Dison Lisboa solicita projeto “Vila Cidadã” para o Agreste

O parlamentar apresentou requerimento à Assembleia Legislativa do RN pedindo para que o projeto seja instalado nos municípios de Goianinha, Canguaretama e Nova Cruz.
Foto/Divulgação

Com a intenção de promover cidadania, lazer, educação e oferecer serviços diversos para a população, o deputado Dison Lisboa (PSD), solicitou a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS), a realização do projeto “Vila Cidadã” na região Agreste potiguar. O parlamentar apresentou requerimento à Assembleia Legislativa do RN pedindo para que o projeto seja instalado nos municípios de Goianinha, Canguaretama e Nova Cruz.

O projeto Vila Cidadã é uma ação da Sethas que visa levar, até a população, durante um dia de programação, os serviços essenciais do Estado como confecção de carteira de trabalho, identidade, CPF, cadastramento no Sistema Nacional de Emprego (Sine), intermediação de mão de obra, cadastramento para o Minha Casa, Minha Vida, atendimento médico e jurídico, entre outros.

Para o Deputado Dison Lisboa, a instalação do projeto nos municípios de Goianinha, Canguaretama e Nova Cruz também, viabilizará a participação de cidades circunvizinhas, beneficiando e integrando a população da região Agreste nas ações ofertadas. “O Vila Cidadã beneficiaria de maneira incalculável os munícipes proporcionado maior acesso e comodidade a população. Os serviços de emissão de carteira de identidade, CPF, oficinas, e cadastramento de programas sociais, contemplariam toda nossa região. Vamos cobrar para estas cidades recebam o projeto”, destacou Dison.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DEPUTADO DISON LISBOA
Alexandra Ferreira

Padre é afastado suspeito de estuprar coroinha; religioso diz ser vítima de conspiração

Crime teria acontecido na cidade de Dona Inês, no Agreste

Um padre que trabalhava na Paróquia de Dona Inês, no Agreste da Paraíba, a 160 km de João Pessoa, foi afastado das funções que exercia após suspeitas de que teria estuprado um coroinha de 13 anos. A Diocese de Guarabira, no Brejo, a 98 km da Capital, que engloba a área de atuação do religioso, emitiu uma nota nesta quarta-feira (27), formalizando o afastamento (confira no fim do texto). O suspeito, por sua vez, conforme informações da Polícia Civil, diz estar sendo vítima de uma conspiração. Segundo o delegado Ricardo Sena, que está responsável pelas investigações, o crime estaria acontecendo desde 2015.

“O menino era coroinha em Dona Inês desde os oito ou nove anos. Ele e a família denunciaram os abusos ao Conselho Tutelar, que passou o caso para a Polícia Civil. Ele relatou atos libidinosos, inclusive com penetração”, disse Sena, acrescentando que, para cometer as ações, o padre se valeria da autoridade que possui diante da comunidade e da inocência do garoto, que é de família carente e costumava ganhar muitos presentes do religioso, como tablet e bicicleta.

O padre prestou depoimento à Polícia Civil nessa terça-feira (26) e negou envolvimento nas denúncias. “Ele disse que fez algumas mudanças no quadro de funcionários da Paróquia, que teriam ficado descontentes e começaram a conspirar contra ele”, contou o delegado.

A vítima foi encaminhada ao Instituto Médico Legal de Guarabira, onde fez os exames necessários para que os abusos possam ser comprovados. O laudo pericial ainda não foi divulgado. A Polícia Civil deve concluir o inquérito do caso até o dia 15 de maio.

“Caso de abuso sexual é muito complicado. Não podemos tirar conclusões precipitadas”, finalizou Ricardo Sena.

O padre seguirá afastado das funções na igreja, pelo menos enquanto durarem as investigações. Caso nada seja provado, ele deverá voltar ao trabalho normal.

Confira abaixo a nota oficial da Diocese de Guarabira:

A Diocese de Guarabira ao tomar conhecimento de que o Conselho Tutelar da cidade de Dona Inês (PB) e a Polícia Civil rebeberam denúncia de suposta prática de atos em desacordo com a lei, determinou a abertura de procedimento administrativo para apuração dos fatos e o imediato afastamento do referido padre das funções sacerdotais até o encerramento de todas as investigações.

Portal Correio

Novas eleições? Para o vice Michel Temer, antecipar o pleito é golpe

Michel Temer

O discurso da presidente Dilma Rousseff e de aliados do governo de acusar o impeachment de golpe foi incorporado pelo vice Michel Temer, mas aplicado às novas eleições. De acordo com a Folha de S.Paulo, o vice classificou como “golpe” a tentativa de antecipar o pleito para presidente. Às fontes ouvidas pela Folha, ele disse que, nos Estados Unidos, “as pessoas ficariam coradas” com a proposta.

Ele disse ainda que, caso a presidente seja afastada, os movimentos de esquerda podem até protestar “desde que não infernizem a vida do País”. Temer também prometeu abrir diálogo com os partidos, incluindo o PT.

As declarações foram dadas a representantes de centrais sindicais contrárias ao governo atual. Em visita ao vice, os sindicalistas reclamaram sobre pontos do programa peemedebista que pretende tirar do papel caso assuma a Presidência, incluindo o fim da política de reajuste do salário mínimo e a desvinculação do aumento dos benefícios previdenciários ao mínimo.

Os representantes dos sindicatos também mostraram preocupação com propostas presentes no documento do PMDB intitulado “Uma Ponte para o Futuro” sobre mudanças na Previdência. Uma delas é a desvinculação do reajuste dos benefícios ao valor do salário mínimo. A outra, a criação de uma idade mínima para a aposentadoria.

No RN, prazo para regularização das ‘cinquentinhas’ acaba nesta quinta (28)

protesto-cinquentinhas-carol

Acaba nesta quinta-feira (28) o prazo que proprietários de ciclomotores conhecidos como ‘cinquentinhas’ regularizem a situação dos veículos com o Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran/RN). Todos os ciclomotores deverão ser emplacados e licenciados. As ‘cinquentinhas’ são veículos de duas ou três rodas que não ultrapassam 50 cilindradas e cuja velocidade máxima é inferior a 50 quilômetros por hora.

O proprietário do ciclomotor, sendo pessoa física, deve apresentar ao Detran-RN o comprovante de endereço e a nota fiscal de aquisição do veículo ou preencher uma Declaração de Procedência com firma reconhecida em cartório.

Segundo o Detran, após passar por vistoria e pagar o seguro obrigatório (DPVAT) na quantia de R$ 292,01, além da taxa de licenciamento no valor de R$ 65 (veículo não financiado) ou R$ 95 (veículo financiado),  a ‘cinquentinha’ estará registrado e liberado para transitar. Não é necessário o pagamento do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), pois os ciclomotores são isentos.

De acordo com o de Estatística do Detran, até esta quarta-feira (27) foram registradas e emplacadas no Rio Grande do Norte 14.146 ciclomotores, sendo que mais da metade (7.449) desses veículos estão cadastrados no município de Mossoró, na região Oeste do Estado.

Quem não regularizar a situação do veículo dentro do prazo será multado no valor de R$ 127,69 e terá o veículo apreendido. O Código de Trânsito exige que o condutor das cinquentinhas tenha Autorização para Condução de Ciclomotor, a ACC, ou carteira de habilitação na categoria A.

G1 RN