Ciro: com impeachment, quem assume é uma coalizão de bandidos

images_cms-image-000491627

“No dia que esse impeachment for – espero que não aconteça – consumado, quem assume é uma coalização de bandidos. Por desgraçada coincidência, a única pessoa que não está citada em nenhum desses gravíssimos escândalos é a Dilma.

O vice-presidente está citado. O escândalo será inerente a essa turma que está entrando. E o eleitor da oposição vai se frustrar rapidamente. Então, você vai ter a mesma grave situação no Brasil só que com importantes bandas do país não reconhecendo a institucionalidade do governo e provavelmente descabando para a violência”, alerta Ciro Gomes; ele disse ainda que “Temer é o capitão do golpe, amigo íntimo do Eduardo Cunha” e disse que o parecer de Jovair Arantes (PTB-GO) foi escrito por um advogado do presidente da Câmara.

Anúncios

Posted on 12/04/2016, in Brasil, Política, Reflexão. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: