Daily Archives: 06/04/2016

Montanhas RN – População está assustada com a iluminação pública nas ruas da cidade

12472480_1163897280322382_4043325777693240604_n

O zumzum sobre a iluminação pública nas ruas da cidade está sendo o tema das conversas rotineiras entre as pessoas. Muita gente tem comentado que paga a sua conta de luz e que está embutida nela, a taxa de iluminação pública. Portanto, exige que seja regularizada a situação, pois não aguenta mais essa onda de escuridão, já que vive num clima tenso com tanto assaltos e convivendo assim com a insegurança.

Deve haver uma explicação para isso! Algumas pessoas têm ligado para o telefone 116 da COSERN, segundo populares, afirmam que ouviram da atendente que o problema existe por falta de pagamento.

Como já falamos antes, deve haver alguma explicação, neste caso, acreditamos que o Agente Público Municipal, responsável por esta ação, não deixe que isso permaneça existindo, até porque não fica de bom grado, para um gestor, disputar uma reeleição.

Desta vez, está sendo alvo a av. Augusto Gomes e a Jessé Pinto Freire, fotos apontam para uma realidade indesejável, confira as fotos abaixo.

12961518_1163897206989056_7083622562368243434_n12932890_1163897243655719_493134733316777186_n12417531_1163897316989045_3793188895801375179_nCréditos das fotos: Sheylla

Vamos acreditar que logo mais a noite, tudo esteja resolvido e que a exemplo dessas ruas, que praticamente foram contempladas com este blecaute, outras não sejam inseridas neste contexto.

O Prefeito resolverá isso assim que tiver o devido conhecimento do fato e certamente o terá!!!

Aguardamos solução.

Banco do Nordeste inaugura agência em Goianinha que atenderá toda região

Foto/Reprodução

O município de Goianinha, localizado a 52 km de Natal (RN), é a mais nova cidade potiguar a receber uma unidade do Banco do Nordeste. A 21ª agência do estado faz parte do plano de expansão da rede de atendimento, iniciada ainda em 2012.

A cerimônia de inauguração da agência, que fica localizada na Rua Vigário Antônio Montenegro, nº 85, no centro de Goianinha, ocorre na próxima quinta-feira, 7, às 18h. O ato contará com a participação do superintendente do Banco do Nordeste no Rio Grande do Norte, José Mendes Batista, prefeitos, vereadores, representantes de instituições parceiras e clientes.

Para Mendes, a nova unidade traz mais comodidade, aproximando ainda mais o Banco dos clientes. “A região continuará a ter um parceiro forte, com condições especiais de financiamento e as menores taxas do mercado. Agora,  sem a necessidade de os clientes se dirigirem à agências localizadas em outros municípios.  Ganham os clientes de todo litoral e agreste sul do estado”, disse.

A agência tem como gerente Francisco Gustavo Saraiva de Oliveira, graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e pós-graduado em Gestão Estratégica de Negócios, em MBA do Centro Universitário do Rio Grande do Norte (Uni-RN). Gustavo está no Banco do Nordeste desde 2004 e já trabalhou nas agências Assú, Currais Novos e Natal-Centro.

Além de Goianinha, a unidade atenderá outros nove municípios, são eles: Arez, Baía Formosa, Canguaretama, Espírito Santo, Montanhas, Pedro Velho, Senador Georgino Avelino, Tibau do Sul e Vila Flor. Empreendimentos das principais atividades produtivas da região, tais como turismo, pecuária, agricultura, comércio e serviços serão beneficiados com recursos empregados no desenvolvimento econômico local e geração de emprego e renda. (NCO)

Relator do impeachment é acusado de crime eleitoral

relator-do-impeachment-e-acusado-de-crime-eleitoral_1459943954-b

Do Congresso em Foco – O Ministério Público Federal em Goiás acusa o deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que apresenta nesta quarta-feira (6) seu parecer ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, de crime eleitoral. A denúncia é de que Jovair utilizou em sua campanha à reeleição, em 2014, um servidor da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), presidida então por Rubens Rodrigues dos Santos, indicado por ele ao cargo. De acordo com processo em curso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Goiás, o deputado se valeu do trabalho de um assessor da presidência da Conab, lotado em Brasília, em seu comitê eleitoral por dois meses em seu comitê eleitoral em Goiânia.

Segundo o jornal O Globo, a representação sustenta que o presidente da Conab cedeu o funcionário à campanha sem que houvesse férias ou licença que justificassem a atuação eleitoral do servidor comissionado do governo. O julgamento do processo, iniciado em 2014, estava pautado para a última segunda-feira (4), mas acabou adiado.

Conforme a reportagem de Vinícius Sassine, o procurador da República Raphael Perissé pediu aplicação de penalidade tanto ao deputado quanto ao ex-presidente da Conab. O artigo 73 da lei eleitoral proíbe agentes públicos de cederem servidores para comitês de campanha eleitoral durante horário normal de expediente, a não ser que exista uma licença. O ex-presidente da Conab está sujeito a multa. Já o deputado, reeleito em 2014 com 92,4 mil votos para o seu sexto mandato, à cassação do registro eleitoral.

De acordo com o Globo, Jovair controla a Conab desde o primeiro ano do governo Dilma, em 2011. De lá para cá, indicou todos os presidentes da companhia e controla diretorias e 20 cargos de assessoramento no órgão. Após deixar a Conab, Rubens Santos assumiu uma vice-presidência da Caixa Econômica Federal, também por indicação de Jovair.

Relatório da Polícia Civil de Goiás indica que Warllen Aparecido Lucas Lemos, o funcionário da companhia que trabalhou na campanha de Jovair, estava de férias entre 8 e 27 de setembro de 2014. Rastreamento telefônico mostrou que o servidor atuava no comitê eleitoral em dias em que deveria estar em Brasília.

O deputado afirmou ao Globo que Warllen trabalhou em sua campanha apenas no período de suas férias. Já o servidor alegou que esteve no escritório “algumas vezes” para buscar ou deixar uma namorada. O ex-presidente da Conab alega que as provas são “frágeis” e que seu ex-assessor não prestou serviços eleitorais a Jovair.

O deputado apresenta nesta tarde seu relatório à comissão especial do impeachment, que só deve votar seu parecer na próxima segunda-feira (6).

Agência dos Correios pode fechar para escapar da violência, na Paraíba

​Correios

A possibilidade de fechamento da agência dos Correios no distrito de Galante, em Campina Grande, fez com que a Câmara Municipal de Campina Grande aprovasse, por unanimidade, um pedido enviado a Superintendência Nacional dos Correios pedindo a continuidade das atividades da agência.

Caso feche, a ação vai prejudicar cerca de 10 mil pessoas. Os casos de violência com assaltos e explosões estariam motivando a suspensão dos serviços no distrito. De acordo com o presidente da Câmara de Campina, Pimentel Filho (PSD), o fechamento da agência vai fazer com que os moradores de Galante tenham que se deslocar ao Centro de Campina utilizar os serviços dos Correios.

“Caso seja fechado, o cidadão campinense que reside em Galante terá que se deslocar até o centro da cidade de Campina Grande, para receber ou simplesmente pagar uma conta”, disse o vereador.

Ainda segundo o vereador, uma das hipóteses para o fechamento da agência seriam as explosões bancárias que ocorrem no estado.

BB também cogitou fechar agências

Em janeiro, o Banco do Brasil desistiu de fechar as agências dos municípios de Mogeiro, Cabaceiras e Serraria. As três agências iriam ser fechadas por conta da violência, mas, segundo a assessoria, houve uma negociação com as prefeituras das três cidades para suspender o fechamento.

Ainda conforme a assessoria de comunicação, a decisão de fechar essas agências permanece, mas ela só deverá ser executada em outro momento.

Correio diz que avalia fechamento

Ao Portal Correio, a assessoria de comunicação dos Correios na Paraíba informou que a empresa vem realizando estudos para readequar e otimizar os serviços oferecidos a população, mas não confirmou o fechamento da agência em Galante.

“Como forma de otimizar sua rede de atendimento nacionalmente, os Correios estão promovendo estudos visando redimensionar, readequar, formatar e promover a fusão de agências. Como esses estudos ainda não estão concluídos, não temos como confirmar se uma determinada Unidade em particular vai ser ou não objeto de fusão”, afirmou os Correios.

Ainda segundo a assessoria, caso qualquer agência dos Correios seja fechada ou passe por fusão com outra agência, na Paraíba, os funcionários vão ser realocados para exercerem as suas funções em outras agências dos Correios. A possibilidade de demissão de funcionários em caso de fechamento ou fusão foi descartada.

Gerente dos Correios sequestrado

Na segunda-feira (28), a agência dos Correios foi assaltada na cidade de Juarez Távora e o gerente foi sequestrado durante a fuga dos suspeitos. Ele só foi liberado dois dias depois e os envolvidos presos após 72h do roubo. Um terceiro suspeito ainda é procurado pela polícia.

Portal Correio