BAIANO LASCOU CUNHA

Cunha negou à CPI da Petrobras ter recebido Baiano em sua casa. Em depoimento, lobista detalhou duas visitas ao peemedebista

O lobista Fernando Soares, o Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB no esquema de corrupção na Petrobras, relatou ter ido pelo menos duas vezes à residência do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no Rio. Baiano ainda detalhou como é a entrada no condomínio de luxo e a casa onde Cunha vive com a família na Barra da Tijuca. Na CPI da Petrobras, em 12 de março, o peemedebista disse taxativamente que Baiano nunca estivera em sua casa.

O presidente da Câmara já responde a processo no Conselho de Ética sob a acusação de ter mentido à CPI ao negar a existência de contas bancárias vinculadas a ele no exterior. Em depoimento prestado em setembro de 2015, o lobista descreveu com minúcias a casa de Cunha, onde disse ter estado duas vezes, em 2010 e 2011. A informação é da coluna do Lauro Jardim, no jornal O Globo, que reproduz os vídeos com as declarações de Baiano.

Durante seu depoimento espontâneo à CPI da Petrobras, no dia 10 de março, Cunha foi questionado pela deputada Clarissa Garotinho (PR-RJ) sobre uma nota publicada em novembro de 2014 pelo próprio Lauro Jardim na revista Veja. Segundo o colunista, Baiano havia ido diversas vezes à casa de Cunha. “Pergunto se Vossa Excelência recebeu alguma vez o senhor Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB, em sua casa. É verdadeiro?”, perguntou Clarissa.

“Com relação ao senhor Fernando Baiano, a informação da coluna Radar, eu a desmenti completamente naquele momento. Ela não procede, ela não é verdadeira”, respondeu o peemedebista. Não foi o que disse Baiano em depoimento de sua delação premiada ao Ministério Público.

Primeiro, ele relatou a visita à residência do presidente da Câmara em 2010: “No segundo semestre de 2010, eu estive com o Eduardo. Dessa vez estive na casa dele até. Ele mora na Barra, naquele condomínio, deixa eu lembrar… Palace Park.”

Questionado sobre a aparência da casa de Cunha, Baiano deu detalhes: “Você, entrando pela portaria principal do condomínio, já vira à esquerda. É a quarta casa da rua.É uma casa amarela com alguns detalhes brancos. É uma casa de dois andares.”

“É luxuosa?”, questiona o interrogador.

“É uma casa grande, espaçosa, que tem uma decoração não diria luxuosa, mas requintada. Passou a porta principal (da casa de Cunha), já tem uma porta à esquerda, que já é o escritório dele. Nessa reunião, expliquei a ele que já tinha feito duas reuniões com o Júlio (Camargo, outro delator da Lava Jato que confessou ter repassado propina ao presidente da Câmara e ter sido pressionado por ele) e alguns contatos telefônicos, mas que o Júlio continuava naquela de ganhar tempo, empurrando com a barriga”, respondeu.

Anúncios

Posted on 01/02/2016, in Brasil, Curiosidade, Informativo, Política, Reflexão. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: