Daily Archives: 11/01/2016

Prefeituras de Nova Cruz, Montanhas e Pedro Velho ficam com “saldo zero” no FPM

29878862

A primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios referente ao mês de janeiro teve uma implicação ainda mais crítica para 47 prefeituras potiguares. Em números gerais, os valores depositados foram 13% menor no comparativo com o mesmo período do ano passado. O problema é que o repasse do FPM para o grupo de 47 prefeitos ficou zerado. Isso ocorre porque são municípios que têm encargos sociais elevados e o desconto já é feito direto pela União.

A queda dificulta o pagamento dos salários do mês de dezembro para os servidores de prefeituras do interior que ainda não conseguiram quitar a folha de pessoal.

Municípios do RN com FPM zerado em janeiro:

1  – ALEXANDRIA
2  – ALTO DO RODRIGUES
3  – ANGICOS
4  – ANTÔNIO MARTINS
5  – AREIA BRANCA
6  – ARÊS
7  – BARAÚNA
8  – CAICÓ
9  – CARNAÚBA DOS DANTAS
10- CARNAUBAIS
11- CURRAIS NOVOS
12- EXTREMOZ
13- FELIPE GUERRA
14- FLORÂNIA
15- GOV.DIX-SEPT ROSADO
16- IELMO MARINHO
17- JANDAIRA
18- JANDUÍS
19- JARDIM DO SERIDÓ
20- JOÃO CÂMARA
21- LAGOA DE VELHOS
22- MARCELINO VIEIRA
23- MARTINS
24- MAXARANGUAPE
25- MONTANHAS
26- MOSSORÓ
27- NÍSIA FLORESTA
28- NOVA CRUZ
29- PARAZINHO
30- PARNAMIRIM
31- PAU DOS FERROS
32- PEDRA GRANDE
33- PEDRO AVELINO
34- PEDRO VELHO
35- PENDÊNCIAS
36- PILÕES
37- PUREZA
38- RIO DO FOGO
39- SANTO ANTÔNIO
40- SÃO JOSÉ DE MIPIBU
41- SÃO JOSÉ DO CAMPESTRES
42- SÃO RAFAEL
43- SITIO NOVO
44- TIBAU
45- TOUROS
46- UMARIZAL
47- VENHA VER.

As informações são da Tribuna do Norte

Uma travessia de dois compositores geniais

Brant e Milton, na época em que compuseram Travessia

O advogado, compositor e poeta mineiro Fernando Rocha Brant (1946-2015), na letra de “Travessia”, em parceria com Milton Nascimento, fala de amor, sofrimento, morte, vida, angústia, sonho e tentativa de superação, sem deixar de usar alguns versos que criticassem a ditadura militar vigente então no Brasil. A letra mostra um homem que sofre por uma separação e chega até a pensar na morte. Entretanto, ele é consciente, sabe que pode amar de novo e que tem muito a viver ainda. A separação foi dura, mas isso não quer dizer que tudo acabou.  A música faz parte do LP Milton Nascimento gravado, em 1967, pela Ritmos/Codil.

TRAVESSIA
Milton Nascimento e Fernando Brant

Quando você foi embora fez-se noite em meu viver
Forte eu sou mas não tem jeito, hoje eu tenho que chorar
Minha casa não é minha, e nem é meu este lugar
Estou só e não resisto, muito tenho prá falar

Solto a voz nas estradas, já não quero parar
Meu caminho é de pedras, como posso sonhar
Sonho feito de brisa, vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto, vou querer me matar

Vou seguindo pela vida me esquecendo de você
Eu não quero mais a morte, tenho muito que viver
Vou querer amar de novo e se não der não vou sofrer
Já não sonho, hoje faço com meu braço o meu viver

site Poemas & Canções

HENRIQUE EDUARDO ALVES PODE ASSUMIR A PRESIDÊNCIA NACIONAL DO PMDB

ministro_henriqueO Globo destaca que o vice-presidente Michel Temer enfrenta um PMDB do Senado coeso, irritado com as decisões do vice-presidente dentro da Executiva do partido. A reclamação é que Temer estaria agindo em apoio ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e que tentou mudar regras sobre a filiação de novos deputados para interferir na disputa pelo cargo de líder do partido na Câmara. Na ocasião, Renan reagiu e chegou a chamar Temer de “coronel”.

O grupo contra Temer, liderado pelo PMDB do Senado, se articula e acredita que hoje o vice não teria votos suficientes para se manter no comando do partido. Mas os próprios senadores sabem que, no PMDB, a negociação ocorre até o final.

Montanhas RN – Posse dos Conselheiros Tutelares foi neste domingo (10)

Tomaram posse os 05 membros para o Conselho Tutelar de Montanhas, Cletemberg Nascimento, Verônica Lima, Geilza, Ana Paula e jozeneide. (Foto) neste domingo (10) a noite.

12552904_891217647665708_1080196912948818074_n

Representantes da Política local estiveram presente, bem como, familiares e amigos dos empossados.

12506996_1537773986549426_778861954_nFotos enviadas por Cletemberg

O conselheiro tutelar deve sempre ouvir e entender as situações que lhe são apresentadas por aquele que procura o Conselho Tutelar. Somente após a análise das situações especificas de cada caso é que o conselheiro deve aplicar as medidas necessárias à proteção dos direitos da criança e/ou adolescente. Cabe ressaltar que, assim como o juiz, o conselheiro aplica medidas, ele não as executa, deve por tanto buscar os poderes necessários para execução dessas medidas, ou seja, poder público, famílias e sociedade.

O processo de escolha dos conselheiros tutelares deve ser conduzido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (órgão que deve ser criado e estar funcionando antes do Conselho Tutelar). Para ser conselheiro tutelar é necessário ter 21 anos completos ou mais, morar na cidade onde se localiza o Conselho Tutelar e ser de reconhecida idoneidade moral. Outros requisitos podem e devem ser elaborados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. É indispensável que o processo de escolha do conselheiro tutelar busque pessoa com um perfil adequado ao desenvolvimento da função, ou seja, alguém com disposição para o trabalho, aptidão para a causa pública, e que já tenha trabalhado com crianças e adolescentes.

É imprescindível que o conselheiro tutelar seja capaz de manter dialogo com pais ou responsáveis legais, comunidade, poder judiciário e executivo e com as crianças e adolescentes. Para isso é de extrema importância que os eleitos para o a função de conselheiro tutelar sejam pessoas comunicativas, competentes e com capacidade para mediar conflitos.

O conselho tutelar foi criado conjuntamente ao ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), instituído pela Lei 8.069 no dia 13 de julho de 1990. Orgão municipal responsável por zelar pelos direitos da criança e do adolescente, deve ser estabelecido por lei municipal que determine seu funcionamento tendo em vista os artigos  131 a 140 do ECA. Formado por membros eleitos pela comunidade para mandato de três anos o Conselho Tutelar é um órgão permanente (uma vez criado não pode ser extinto), possui autonomia funcional, ou seja, não é subordinado a qualquer outro órgão estatal. A quantidade de conselhos varia de acordo com a necessidade de cada município, mas é obrigatária a existência de pelo menos um Conselho Tutelar por cidade, constituído por cinco membros.

Segundo consta no artigo 136 do ECA, são atribuições do Conselho Tutelar e, consequentemente, do conselheiro tutelar atender não só às crianças e adolescentes, como também atender e aconselhar pais ou responsáveis. O Conselho Tutelar deve ser acionado sempre que se perceba abuso ou situações de risco contra a criança ou o adolescente, como por exemplo, em casos de violência física ou emocional. Cabe ao Conselho Tutelar aplicar medidas que zelem pela proteção dos direitos da criança e do adolescente. Para informações completas das atribuições do Conselho Tutelar acesse o ECA completo em:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8069.htm .

Apesar de muitas pessoas acharem o contrário, o Conselho Tutelar não tem competência para aplicar medidas judiciais, ou seja, ele não é jurisdicional, e não pode julgar nenhum caso. Exemplificando, quando um adolescente (12 à 18 anos) comete um ato infracional (crime), quem deve ser acionado para o atendimento é a Polícia Militar, e não o conselho tutelar. Este sim deve ser chamado quando o mesmo ato infracional for cometido por uma criança (com até 12 anos de idade incompletos). Por se tratar de órgão a parte do aparato de segurança pública municipal, não pode agir como órgão correcional. Em resumo, é um órgão ‘zelador’ dos direitos da criança e do adolescente. Não é função de o conselho tutelar fazer busca e apreensão de crianças e/ou adolescentes, expedir autorização para viagens ou desfiles, determinar a guarda legal da criança.

Três pessoas morrem em colisão entre automóvel e ônibus de Michel Teló

Um ônibus com integrantes da equipe de Michel Teló sofreu um acidente na manhã deste domingo, 10, no Paraná. O motorista do veículo teve ferimentos leves, mas três ocupantes que estavam no outro carro envolvido no acidente morreram. O cantor não estava no ônibus.

Segundo informações da assessoria de imprensa de Teló, o acidente aconteceu às 11h na BR-376, KM 322, a um Km do pedágio de Ortigueira. Ainda de acordo com a assessoria, o ônibus estava subindo a estrada de pista dupla, na faixa da direita, sentido Campo Grande, quando o carro atravessou a pista, atingindo o ônibus de frente.

Polícia acredita em pista molhada como provável causa do acidente

Procurada pelo EGO a Polícia Civil de Ortigueira, que está cuidando do caso, não confima a versão da assessoria de que o carro de passeio – que estava sentido Sul – teria atravessado a pista e causado o acidente, mas afirmou que a batida foi causada, provavelmente, pelas pistas molhadas em decorrência da chuva.

Ainda de acordo com a Polícia Civil de Ortigueira, o carro envolvido na colisão tinha placa de Londrina e estava com o casal Dirce Bussolin, de 61 anos e Aparecido José Bernardes, 55 anos, que morreram na hora, além de uma adolescente de 15 anos, que morreu antes do helicóptero de resgate chegar. O corpo do casal precisou ser retirado das ferragens com a ajuda de máquinas.

Já o motorista do ônibus de Teló, Jorge Quirino Alves, teve ferimentos leves e foi levado ao Hospital de Apucarana, no Paraná. A Polícia Civil de Ortigueira não soube informar quantas pessoas estavam no ônibus, mas disse que todos passam bem.

Um inquérito para apurar o caso foi aberto na Polícia Civil de Ortigueira. Segundo a assessoria de imprensa de Michel Teló, o cantor não vai se pronunciar sobre o ocorrido.

Veja o comunicado oficial da assessoria de imprensa de Michel Teló:

“A BROTHERS comunica o acidente entre o ônibus da equipe do cantor Michel Teló e um carro. O acidente foi na BR-376, KM 322, a um Km do pedágio de Ortigueira, às 11h da manhã do dia 10/01. O ônibus estava subindo a estrada de pista dupla, na faixa da direita e o carro atravessou a pista, atingindo o ônibus de frente.
É com muito pesar que comunicamos que as três pessoas que estavam no carro faleceram. O motorista do ônibus teve ferimentos leves e foi encaminhado para observação num hospital próximo ao local do acidente, apenas por precaução. Ninguém mais da equipe se machucou. O cantor Michel Teló não estava presente.”

Fonte: Ego

Estudantes já podem se inscrever para o Sisu 2016

<p>O resultado da chamada regular do Sisu será divulgado no dia 18 de janeiro. </p>© Fornecido por Notícias ao…

Começam nesta segunda-feira (11) as inscrições para a primeira edição de 2016 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no site do Sisu, até as 23h59 do dia 14 de janeiro, no horário de Brasília.

Nesta edição, o Sisu vai oferecer 228 mil vagas em 131 instituições públicas de educação superior. Os candidatos já podem consultar as vagas disponíveis no site do programa.

Pode se inscrever no Sisu o estudante que participou da edição de 2015 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obteve nota acima de zero na prova de redação. É necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem de 2015.

O resultado da chamada regular do Sisu será divulgado no dia 18 de janeiro. Os selecionados deverão fazer a matrícula na instituição nos dias 22, 25 e 26 de janeiro. Assim como na edição anterior, só haverá uma chamada regular.

Quem não foi selecionado ou foi selecionado apenas para sua segunda opção de curso pode aderir à lista de espera que estará disponível na página do Sisu na internet de 18 de janeiro até as 23h59 do dia 29. O interessado só pode se inscrever na lista de espera para o curso que marcou como primeira opção na inscrição. A convocação das instituições de ensino aos candidatos em lista de espera começa a partir do 4 de fevereiro.

O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação por meio do qual os estudantes participantes do Enem concorrem a vagas de ensino superior em instituições públicas. As notas do Enem foram divulgadas no dia 8 de janeiro. Com informações do Estadão Conteúdo.

7 lugares para fugir do carnaval no Brasil

Você realmente não gosta de pular carnaval e quer ficar longe de toda aquela movimentação, blocos de rua, samba e gente fantasiada? Ou, simplesmente, mesmo gostando da folia quer aproveitar o feriado deste ano para descansar e relaxar longe do frevo?

O Brasil é grande demais e repleto de opções para você escapar do Carnaval e recuperar as energias gastas ao longo do ano. Mas, se no meio do feriado você mudar de ideia, alguns desses refúgios ainda têm uma programação carnavalesca para você também dar uma equilibrada no descanso.

Fernando de Noronha – Pernambuco

Créditos: Reprodução© Fornecido por MHM Créditos: Reprodução

Pernambuco é conhecido pelo seu carnaval de rua mas, se você quer fugir das ladeiras de Recife, que tal conhecer um dos lugares mais lindos do Brasil – e talvez do mundo? Fernando de Noronha não é um destino muito barato em nenhuma época do ano mas, no Carnaval, pelo menos você vai estar no contra-fluxo e poder viver uma experiência maravilhosa.

Existem pacotes com bastante variações de preço e muitos já incluem passeios turísticos e históricos, então, na hora de reservar um, é importante pesquisar preços especiais e outras vantagens.

Chapada Diamantina – Bahia

Créditos: Reprodução© Fornecido por MHM Créditos: Reprodução

Não quer pular nos trios elétricos de Salvador e nem ouvir axé o tempo inteiro mas, mesmo assim, quer conhecer as belezas da Bahia? A Chapada é uma excelente pedida. A beleza desse lugar é indescritível: cada gruta, caverna e cachoeira são verdadeiros paraísos naturais.

Apesar da maioria procurar Salvador no Carnaval, as pousadas da região da Chapada também ficam praticamente esgotadas nesta época do ano, então, é bom reservar com antecedência. Verifique também a disponibilidade do serviço de transporte, realizado por várias pousadas, e a possibilidade de um guia para os passeios mais radicais e para o ecoturismo.

Ilha do Cardoso – São Paulo

Créditos: Reprodução© Fornecido por MHM Créditos: Reprodução

Se você acredita que a maior parte do litoral paulistano está ocupada por turistas que colocam pagode e funk no último volume no calçadão, está enganado. Existem várias praias quase paradisíacas e perfeitas para fugir do barulho das principais cidades.

A Ilha do Cardoso fica a 260km da capital de São Paulo e, localizada em Cananéia, tem várias praias incríveis, cachoeiras desertas e trilhas para explorar a região. O isolamento é tanto que a energia elétrica não chega e tudo por lá é movido por geradores.

Então, visite se você não liga para luxo e quer total imersão na natureza. A travessia para a ilha pode ser realizada por até R$50,00 e é melhor fazer reserva, principalmente neste período do ano.

Manaus – Amazonas

Créditos: Reprodução© Fornecido por MHM Créditos: Reprodução

Apesar de também ter um carnaval bem animado, Manaus é um paraíso quando o assunto é história e natureza. Quem é do sudeste raramente se aventura pelo norte do país, mas conhecer a floresta amazônica e a cultura manauara é uma experiência única.

Para fugir do agito da cidade, você pode ficar em um dos hotéis dentro da selva amazônica. O Anavilhanas Jungle Lodge, por exemplo, é um hotel maravilhoso em frente ao Parque Nacional de Anavilhanas, às margens do Rio Negro, a 180Km de Manaus e no coração da floresta. Mas, se você não quiser gastar tanto, pode ficar em algum hotel no centro da cidade e reservar pacotes exclusivos para explorar a natureza.

Bonito – Mato Grosso do Sul

Créditos: Reprodução© Fornecido por MHM Créditos: Reprodução

O nome da cidade já representa a sua principal característica mas, mesmo assim, não faz justiça ao que Bonito tem para oferecer: além das maravilhas naturais, a cidade é extremamente cordial e cada detalhe de sua estrutura é incrível. Fugir para lá no carnaval e aproveitar o verão para conhecer suas diversas cavernas submersas, cachoeiras, parques ecológicos e grutas é uma escolha excelente.

Neste período, como chove bastante, a fauna e a flora estão agitadas e ainda mais bonitas, então, mesmo correndo o risco de precisar reagendar alguns passeios por causa do tempo, vai valer a pena.

Serranópolis – Goiás

Créditos: Reprodução© Fornecido por MHM Créditos: Reprodução

Um sítio arqueológico, perto do Parque Nacional das Emas, é um dos lugares mais importantes do país. Se você gosta de ecoturismo e história, não pode deixar de conhecer Serranópolis. Algumas de suas grutas chegam a abrigar fósseis de milhares de anos atrás e, se você gosta de esportes, a região é propícia para rafting, tirolesa e trekking.

O Rio Corrente é um dos principais para quem gosta de esportes radicais, e os sítios arqueológicos conservam pinturas rupestres capazes de impressionar até aqueles que não são muito chegados em história natural.

Delta do Parnaíba – Piauí

Créditos: Reprodução© Fornecido por MHM Créditos: Reprodução

Entre o Maranhão e o Piauí, o Delta se abre em cinco braços e envolve mais de 70 ilhas fluviais. As dunas, mangues e ilhas que formam a paisagem deste lugar são absurdamente incríveis. O Delta do Parnaíba é um dos únicos do mundo localizado em mar aberto.

O Delta faz parte do roteiro integrado de turismo Rota das Emoções, que abrange também os Lençóis Maranhenses e Jericoacoara, no Ceará. Em 2009, esse trajeto foi eleito como o Melhor Roteiro Turístico do País e, segundo o agente de turismo Morais Brito, o passeio pelo Delta é uma experiência inesquecível.

Para maior conforto, você pode se hospedar em hotéis na Ilha Canárias, onde há um povoado com restaurantes e pousadas ideais para quem gosta de ecoturismo.

Se você sempre quis conhecer esses lugares e aproveitar as belezas naturais do Brasil, talvez o Carnaval seja a oportunidade certa!

Ortografia: Concursos vão exigir novas regras

capa

Os concurseiros que terão provas em 2016 devem estar atentos. Desde o dia 1º de janeiro já estão em vigor as regras do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, que a partir deste ano serão obrigatórias. A proposta veio desde 2009 com diversas mudanças, como o fim do trema e novas regras para o uso do hífen e de acentos diferenciais. Apesar das mudanças já em uso, no entanto, a obrigatoriedade para o uso das novas regras ainda não existia.

Segundo reportagem publicada no site da Tribuna do Norte, a intenção do novo acordo, conforme assinatura em 1990 com outros Estados-Membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), era padronizar as regras ortográficas. O acordo foi implementado em 2009, mas sem nenhuma obrigatoriedade, com início previsto para o início de 2013. Porém, após grande rejeição da sociedade, o governo adiou a data para entrada em vigor do acordo.

A partir do Decreto 7.875/12, de 27 de dezembro de 2012, o período de transição para a utilização da nova ortografia foi ampliado. O limite para a obrigatoriedade, que seria 1º de janeiro de 2013, foi fixado para 1º de janeiro de 2016, quando deixaram de coexistir as duas ortografias no país. Agora, bancas dos concursos vão explorar a nova ortografia e é preciso que o candidato esteja atento às mudanças.

Uma das alterações é referente à inclusão das letras k, w e y que, apesar de serem comuns em palavras indígenas ou abreviações (km ou kw/h, por exemplo), só agora passam a integrar o alfabeto oficial, que passa de 23 para 26 letras.

Outra mudança foi com relação aos acentos diferenciais. Foram extintos a maioria, como agudo de “pára” (do verbo parar) e “para” (preposição), que passam a ter a mesma grafia. Porém, ainda há exceções, como as palavras pôr (verbo) e por (preposição) e pode (presente do indicativo do verbo poder) e pôde (pretérito do indicativo do verbo poder), que mantiveram os acentos diferenciais.

No caso do acento circunflexo nas palavras terminadas em “êem”, também deixa de existir a acentuação. “Leem”, “creem”, “veem” e em substantivos como “enjoo” e “voo” não são mais acentuadas. O acento agudo também foi eliminado nos ditongos abertos “ei” e “oi” (antes “éi” e “ói”), mudando a grafia de assembleia,  colmeia e  jiboia.

Além das mudanças na acentuação, também está exitinto o trema, que eram dois pontos sobre o “u”. A mudança, contudo, é somente para a parte escrita, pois “linguiça”, “cinquenta” e “tranquilo”, apesar da nova grafia, mantêm a mesma pronúncia.Tão importante quanto as mudanças na acentuação são as alterações no uso do hífen. Quando a segunda palavra começar com s ou r (contra-regra passou a ser contrarregra, anti-séptico passou a ser antisséptico), com exceção de quando o prefixo terminar em r (super-resistente), e quando a primeira parte da palavra termina com vogal e a segunda parte começa com vogal (auto-estrada passou a ser autoestrada), com a exceção de letras iguais (micro-ondas, anti-inflamatório).

Importância

Português é a matéria confirmada na grande maioria dos concursos do país. Por isso, mesmo os candidatos que buscam diversas áreas não podem relaxar quanto ao conteúdo, principalmente após as mudanças no acordo ortográfico. Concurso como o do INSS, IBGE, EBSERH e Caixa cobram conteúdos como Compreensão e interpretação de textos, Emprego das Classes das Palavras, Concordância  Nominal e Verbal, crase e Sintaxe da Oração, com pequenas variações de um certame para o outro. Em todos, no entanto, está ortografia oficial e acentuação gráfica, que serão diretamente afetadas com as mudanças.

Participantes do Enem com pendências não conseguem acessar nota

ENEM DDDDD

Participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que têm alguma pendência com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ainda não conseguiram acessar o resultado na internet. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Inep, que diz que os casos são pontuais.

As notas foram divulgadas na sexta-feira (8) e estão disponíveis na Página do Participante. Alguns estudantes, no entanto recebem uma mensagem de que o resultado está em processo de auditoria e não conseguem visualizar as notas.

Segundo o Inep, são de candidatos que têm alguma pendência, que deixaram de apresentar algum documento ou informação à autarquia. Esses participantes, segundo o Inep, já foram acionados. O próprio candidato que receber a mensagem no site pode também entrar em contato pelo telefone 0800-616161.

Para acessar o resultado, é necessário informar o CPF e a senha escolhida na hora da inscrição. Os estudantes têm acesso a uma tabela com a nota obtida em cada uma das provas: linguagens, matemática, ciências humanas, ciências da natureza e redação. Eles ainda não têm, no entanto, acesso ao espelho da redação, com a correção mais detalhada do texto, que será divulgado posteriormente.

O Inep informa ainda que os estudantes que fizeram o Enem apenas para treinar conhecimentos, os chamados treineiros, terão acesso às suas notas no exame apenas em março. A medida deve impedir que eles participem de processos seletivos para vagas no ensino superior.

A partir de segunda (11), as notas no Enem poderão ser usadas para concorrer a vagas em instituições públicas de ensino superior em todo o país por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições do Sisu ficarão abertas de segunda a quinta-feira próximas (11 a 14 de janeiro).

Nesta edição, serão ofertadas 228 mil vagas. Para participar, o candidato não pode ter tirado zero na redação. Em outubro do ano passado, 5,7 milhões de estudantes fizeram o Enem.