Monthly Archives: Janeiro 2016

Rafael Motta comenta lançamento de novo ciclo do PAR

r5-570x370
Conforme antecipado pelo deputado federal Rafael Motta, do PSB, o Ministério da Educação lançou nesta quarta-feira (27) o novo ciclo do Plano de Ações Articuladas (PAR), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e que vai até 2019. O Plano é um instrumento importante para garantir apoio técnico e financeiro para ações na educação como, por exemplo, a construção de creches e quadras poliesportivas.

“Neste novo ciclo, as chamadas ‘creches verticais’ são as novidades, criando opções para os municípios com limitação de espaço”, afirmou o deputado federal Rafael Motta, acrescentando que agora é possível a utilização de um terreno com apenas 28 m x 45 m, pois a creche terá dois pavimentos, e não mais o mínimo de 40 m x 70 m.

A abertura de um novo ciclo do PAR era aguardada desde o segundo semestre de 2015 e foi, inclusive, motivo de reunião entre Rafael Motta e prefeitos do RN junto ao presidente do FNDE, Idilvan Alencar. “O programas é muito importantes para viabilizar ações na educação nos municípios, sobretudo, em momentos de crise como o vivenciado atualmente. Por isso, os gestores da educação potiguar devem ficar atentos para garantir as ações”, acrescentou o deputado Rafael Motta.

Segundo o Ministério da Educação, além de funcionar como um canal de interação do MEC com os sistemas de ensino, o novo PAR vai fortalecer o sistema nacional de educação e alinhar os planos estaduais e municipais ao PNE, assim como ao Plano Plurianual (PPA). Também serão integrados diversos dados de controle e gestão da educação que tratam das instalações, da acessibilidade e do projeto político-pedagógico das escolas, formação dos professores e finanças.

Anúncios

Dison Lisboa comemora chegada da transportadora Fontanella a Goianinha

Comitiva de Goianinha com a frota da Fontanella

Comitiva de Goianinha e presidente Valdir Fontanella

Com 25 anos de atuação no Brasil e 400 carretas em sua frota, a catarinense Fontanella Transportes anunciou sua instalação no Polo Industrial Avançado de Goianinha. Depois da cerâmica Elizabeth, que inicia as operações nos próximos três meses, o município se prepara agora para receber uma gigante do ramo de transportes. O deputado estadual Dison Lisboa (PSD) esteve esta semana visitando a sede da empresa em Santa Catarina e comemorou a notícia. Esta é mais uma medida adotada pelo mandato do parlamentar para consolidar o polo industrial.

“Goianinha vai receber a maior transportadora de cargas pesadas do país. É uma conquista fantástica para o município e toda região. Nossa participação nesse encontro em Santa Catarina foi importante porque garantimos, ao presidente da empresa e ao prefeito Júnior Rocha, que iríamos lutar junto ao Governo do Estado por meio do DER/RN pela construção dos acessos da BR-101 até o polo industrial. Essas vias são essenciais para a operação da Fontanella no Rio Grande do Norte”, defendeu o parlamentar.

Dison Lisboa destacou ainda que a Fontanella tem interesse em construir um porto seco (uma espécie de hub terrestre) em Goianinha, que serviria para armazenar a carga vinda do sul do país para ser distribuída em todo o Nordeste, o que duplicaria a quantidade de empregos a serem gerados no município. Há a possibilidade, ainda, de empresas parceiras da transportadora ao redor do país também escolherem Goianinha para fixarem suas bases. 

Durante a visita à sede da empresa em Lauro Müller e Criciúma (SC), o prefeito Júnior Rocha entregou à diretoria a Lei de Doação da área que será ocupada pela transportadora. Segundo o prefeito, trata-se de uma importante aquisição para o polo industrial de Goianinha, porque além de ser um grupo de grande porte, as próximas empresas poderão contar com uma transportadora já instalada no local.

Conforme destacou o deputado, na próxima semana uma equipe da empresa vem até Goianinha para retirar a escritura pública do terreno. O grupo de arquitetos e engenheiros também chega em seguida para vistoriar o local e prepará-lo para a construção dos galpões. “Nossa expectativa é que a edificação da estrutura já comece nos próximos meses”, finalizou Dison.

FOTOS: Assessoria de comunicação
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DEPUTADO DISON LISBOA

Homem natural de Montanhas é preso por corrupção ativa durante blitz do NORE

homem-natural-de-montanhas-e-preso-por-corrupcao-ativa-durante-blitz-do-nore1454091255
Foto cedida ao NovaCruzOficial pelo NORE
Publicidade

Tá no Blog Nova Cruz Oficial com informações do NORE

Na manhã de hoje, 29/01, por volta das 11h, agentes do Núcleo de Operações Rodoviárias Estadual (NORE), sediado em Canguaretama, prenderam a pessoa de Jailson Borges Paixão, natural da cidade de Montanhas.

O mesmo ao se deparar com a blitz que se realizava na RN 269, distrito de Piquiri, Canguaretama, tentou desviar e foi interceptado. No veículo foi encontrado aproximadamente 900L ( novecentos litros) de combustível sem comprovação fiscal.

Jailson ofereceu aos policiais militares a quantia de R$1.000,00( mil reais) para não ser feito o procedimento legal, recebendo, de imediato, voz de prisão pelo crime de corrupção ativa.

O infraror foi encaminhado à delegacia da cidade de Canguaretama e se encontra à disposição da justiça.

IBGE abre 26 vagas temporárias no RN para o Censo Agropecuário 2016

Equipamento do IBGE usado no último censo, em 2010 - Foto: Divulgação

Equipamento do IBGE usado no último censo, em 2010 – Foto: Divulgação

Uma boa notícia para os concurseiros que estão intensificando os estudos para uma futura aprovação em um concurso público ou até mesmo num processo seletivo. É que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu divulgou edital para processo seletivo simplificado com 26 vagas para a realização do Censo Agropecuário 2016 no Rio Grande do Norte. A Fundação Cesgranrio será a organizadora do processo seletivo e as inscrições podem ser feitas até o dia 22 de fevereiro pela internet. Confira AQUI o edital.

Das 26 vagas, 2 são para Analista Censitário, para atuação em Natal; 10 para Agente Censitário Administrativo, também para atuação na capital potiguar; e 14 vagas para Agente Censitário Regional, para atuação em Açu, Alexandria, Apodi, Caicó, Jardim do Seridó, João Câmara, Lajes, Pedro Velho, Santa Cruz, São José do Campestre, São Miguel, São Paulo do Potengi e Umarizal.

O valor da inscrição é de R$ 120 para a função de Analista Censitário; R$ 35,00 para a função de Agente Censitário Administrativo e R$ 50,00 para a função de Agente Censitário Regional.

As vagas de Analista Censitário requerem nível superior em diversas áreas, com retribuição de R$ 7.166,00. Já os cargos de Agente Censitário Administrativo e Agente Censitário Regional são de nível médio, com retribuições de R$ 1.560,00 e R$ 3.000,00, respectivamente. Os contratados farão jus, ainda, a auxílio-alimentação e auxílio-transporte.

A previsão de duração do contrato é de até 31 meses para o Analista Censitário; 22 meses para o Agente Censitário Administrativo; e 16 meses para o Agente Censitário Regional.

A realização das provas está prevista para o dia 22 de maio e a divulgação do resultado final para o dia 14/ de julho.

Epidemia do vírus zika: há razão para pânico?

RIO E BRASÍLIA — Capaz de se espalhar pelas Américas em velocidade espantosa e associado à devastadora microcefalia, o vírus zika foi considerado explosivo pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que alertou na quinta-feira para o risco da doença em todo o mundo.

A diretora da OMS, Margaret Chan, declarou que “o nível de alarme é extremamente alto”, e frisou que é necessária uma mobilização internacional. A epidemia de zika se espalha de forma explosiva. Estou profundamente preocupada com a rapidez com que a situação tem evoluído — destacou Margaret Chan, durante a assembleia anual da organização, em Genebra.

O temor maior é a associação do zika com a microcefalia e outras malformações no Brasil e o fato de o vírus já ter sido detectado em 23 países das Américas. A OMS prevê que as duas únicas exceções serão Chile e Canadá. O fenômeno El Niño, que provoca aumento de temperatura, pode influenciar na infestação do mosquito e na propagação da zika, e já se sabe que levará pelo menos três anos até que uma vacina contra o vírus chegue a quem precisa.

Uma epidemia explosiva

O que era emergência nacional pode se transformar, em 1º de fevereiro, em emergência de relevância internacional (Pheic, na sigla em inglês), um tipo de situação para qual a OMS dispara alarme vermelho em todo o planeta. Margaret Chan convocou para a segunda-feira uma reunião do painel de especialistas do acordo Regulação Internacional de Saúde (IHR, na sigla em inglês), do qual o Brasil e mais de 190 países são signatários.

Espera-se que o comitê decrete a emergência internacional, como a estabelecida contra a epidemia de ebola, em 2014. Na prática, isso significaria o estabelecimento de uma série de medidas que os países se comprometem a seguir. A Pheic não tem força de lei, mas costuma ser seguida. Ela pode facilitar o acesso a vacinas e a testes de diagnóstico rápido. E estabelecer diretrizes para o controle do mosquito.

No Brasil, após o pronunciamento da diretora da OMS, a presidente Dilma Rousseff fez um discurso na reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social e apelou a empresários, líderes sindicais e religiosos, entre outros, para que se unam no combate ao Aedes.

— Peço aos senhores e senhoras que mobilizem seus funcionários, filiados, fiéis de Igreja, amigos de escola e vizinhos e vizinhas no combate ao mosquito. O mosquito não pode ser e não é mais forte que um país inteiro, consciente de sua ameaça — disse Dilma.

Especialistas não veem motivo para pânico no Brasil. Mas sim para mobilização. Segundo eles, a zika deve ser monitorada com atenção nas grávidas, e mais pesquisas precisam ser feitas para compreender os efeitos do vírus e saber por que a maioria das pessoas sofre apenas sintomas sem gravidade, enquanto algumas manifestam problemas neurológicos, e fetos podem ter o desenvolvimento gravemente afetado. Unanimidade entre especialistas é a necessidade de controlar o mosquito.

Mas uma das medidas de prevenção à microcefalia anunciadas pelo Ministério da Saúde, a distribuição de repelentes a grávidas, enfrenta um impasse. Os fabricantes do produto pediram ao governo a isenção de três impostos: o de importação (alíquota de 2%), o PIS (2,1%) e o Cofins (9,65%). Apenas dessa forma, diz a indústria, será possível garantir um preço razoável.

Os fabricantes dizem que os impostos recaem exatamente sobre os três compostos químicos obrigatórios nos repelentes que serão distribuídos. Todos são trazidos de fora do país com preços impactados pelo dólar, segundo Paulo Guerra, diretor geral do Laboratório Osler do Brasil, que fabrica o repelente da marca Exposis.

O governo diz que cerca de 40 mil profissionais que fazem a leitura dos medidores de energia das residências entrarão no combate ao Aedes. Eles mapearão possíveis focos do mosquito, usando coordenadas geográficas com o equipamento que já utilizam habitualmente para verificar os relógios de luz. As contas de luz e gás terão mensagens de alerta, como: “Febre, coceira, dor de cabeça e outros sintomas podem ser dengue, chicungunha ou zika. Beba muita água e vá a uma unidade do SUS”.

O novo tempo, sonhado por Ivan Lins e Vitor Martins

Ivan Lins e Vitor Martins, parceiros desde sempre

O químico, instrumentista, cantor e compositor carioca Ivan Guimarães Lins, em parceria com o letrista Vitor Martins, fala em um novo tempo, que é o momento de se mostrar, de lutar pelo seu espaço, por um país livre, sem censura e repressão política. A música foi gravada por Ivan Lins no LP Novo Tempo, em 1980, pela EMI-Odeon.

O NOVO TEMPO
Vitor Martins e Ivan Lins

No novo tempo, apesar dos castigos
Estamos crescidos, estamos atentos, estamos mais vivos
Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
No novo tempo, apesar dos perigos
Da força mais bruta, da noite que assusta, estamos na luta
Pra sobreviver, pra sobreviver, pra sobreviver
Pra que nossa esperança seja mais que a vingança
Seja sempre um caminho que se deixa de herança
No novo tempo, apesar dos castigos
De toda fadiga, de toda injustiça, estamos na briga
Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
No novo tempo, apesar dos perigos
De todos os pecados, de todos enganos, estamos marcados
Pra sobreviver, pra sobreviver, pra sobreviver
No novo tempo, apesar dos castigos
Estamos em cena, estamos nas ruas, quebrando as algemas
Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer
No novo tempo, apesar dos perigos
A gente se encontra cantando na praça, fazendo pirraça                  

site Poemas & Canções

Detentos fogem de delegacia e debocham de policiais: ‘vão aprender a ser polícia’

Detentos fogem de delegacia e debocham de policiais: ‘vão aprender a ser polícia’

Foto: Anacley Souza/ Voz da Bahia

Quatro detentos fugiram da delegacia de Itamari, localizada na região do Médio Rio de Contas, na noite deste domingo (25). Não satisfeitos, aproveitaram para zombar da polícia e da segurança da cadeia, ao deixarem um bilhete debochado aos policiais. Segundo o G1, os fugitivos já foram identificados e possuem entre 20 e 30 anos.

Eles respondem por crimes de homicídio, assalto e tráfico de drogas. Até esta terça-feira (26), nenhum deles tinha sido recapturado. Escrito em folha de caderno, o bilhete traz um “conselho” aos policiais. “Os loucos vivem pouco, mais vivem como podem.

Vão aprender a ser polícia, para tirar onda com o ladrão. E faz outra cadeia, que esta é de papelão. Aqui é PCC!”. De acordo com informações da delegacia, para fugir, os criminosos quebraram o cadeado de uma das celas, serraram as grades que cobrem o pátio e chegaram à área externa. O delegado Raimundo Nonato Figueiredo, titular da 5ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Valença) se mostrou irritado com o tom debochado dos bandidos. “Antes de fugir, deixaram esse bilhete fazendo chacota. Disseram que a delegacia foi construída com papelão. Um verdadeiro deboche”,  comentou. Equipes das polícias Civil e Militar fazem buscar para tentar recapturar os fugitivos.

Palavra do Xerife: ‘Se bandido tentar reagir, policial tem que atirar para matar’

Quando perguntado o que poderia ser feito para reduzir a criminalidade no Estado, Maurílio Pinto de Medeiros disse que “não existe fórmula mágica”

maurílio-pinto-de-medeiros-xerife

Em tempos de violência, são muitos os natalenses saudosos da época em que a bandidagem temia a atuação do então delegado Maurílio Pinto de Medeiros, atualmente aposentado. Aos 74 anos, o “Xerife”, como era popularmente conhecido, disse que sua principal orientação quando estava no comando de alguma diligência era de que, se algum criminoso tentasse sacar a arma, o policial deveria atirar, e para matar.

“Eu dizia sempre nas diligências, nas minhas operações, que se o bandido fizer menção de sacar a arma é para atirar, e atirar para matar. Qualquer reação por parte do bandido é para atirar para matar. Primeiro porque se o bandido não morrer, se não atirarmos para matar, o bandido ficando vivo vai revidar e ele sim vai atirar para matar o policial”, disse Maurílio durante entrevista concedida a 95 FM nesta terça-feira (26).

O “Xerife” foi questionado se aceitaria voltar a atuar para tentar contribuir no combate a violência atual, mas disse que não tem mais condições de trabalhar. Maurílio Pinto sofreu um AVC há 14 anos, quando começou a fazer tratamentos. “Fico orgulhoso, contente com os pedidos para que eu volte, mas infelizmente não dá mais”, completou.

Apesar da distância do trabalho, Maurílio revelou que é constantemente consultado pelos atuais gestores da segurança pública sobre diversos fatos que ocorrem na cidade, e que tenta dar a sua contribuição nas investigações. O delegado aposentado acrescentou ainda que é preciso encerrar as disputas internas que ocorrem dentro das corporações. Segundo o “Xerife”, “a ganância por poder é muito grande. Na minha época isso não existia, eu comandava e pronto”.

Quando perguntado o que poderia ser feito para reduzir a criminalidade no Estado, Maurílio disse que “não existe fórmula mágica. É preciso aumentar o efetivo, colocar a PM nas ruas e manter a polícia sem brigar”.

Programação Carnaval Natal 2016 – Atrações Carnaval RN

A folia momesca na cidade de Natal está se tornando uma das mais famosas do Nordeste. Conhecida pela sua tradicional micareta, a cidade ganha cada vez mais espaço e fama durante o Carnaval.

Neste ano, o Carnaval de Natal 2016 acontecerá entre os dias 04 e 10 de fevereiro e já tem a programação divulgada pela Prefeitura.

Foi no ano de 2006 que o Carnaval voltou ao calendário das festas potiguares. Desde então, a cidade vem todos os anos apresentando uma grande folia multicultural que atrai milhares de moradores e turistas.

A proposta do Carnaval potiguar permanece a mesma: a intenção é espalhar a folia em diferentes pontos da cidade e para todos públicos, oferecendo muitos shows, blocos de rua, apresentações locais e até escolas de samba.

Natal se dividia em cinco polos já conhecidos – Ribeira, Redinha, Ponta Negra, Centro Histórico e Rocas – e vai contar com o acréscimo de mais um bairro, o do Alecrim, totalizando assim 6 polos de folia durante o Carnaval.

Os preparativos da festa Multicultural já estão no fim e entre as atrações estão Moraes Moreira, Spok Frevo Orquestra, Neguinho da Beija Flor, Alceu Valença e Elba Ramalho.

Segundo Carlos Eduardo, prefeito de Natal, o público do estado gosta de curtir a festa na própria cidade e com boas atrações, e o Carnaval é também uma forma de movimentar e aquecer a economia. Segundo uma pesquisa realizada pela Fecomércio em 2015, foram movimentados mais de R$ 54 milhões durante os dias de festa.

Programação Carnaval Natal 2016

Confira a programação do Carnaval de Natal para 2016:

22 de janeiro

19:00 – Escolha do Rei e da Rainha do Carnaval de Natal.

Pátio da Funcarte, na Cidade Alta.

04 de fevereiro

Abertura do Carnaval no Largo do Atheneu.

Baile de Máscaras e Spok Frevo Orquestra.

05 de fevereiro

Grandes Carnavais com um total de 8 blocos.

Largo Atheneu: Detroit, Armandinho e Alphorria.

Ponta Negra: Alceu Valença.

06 de fevereiro

Redinha: Banda Grafith.

Ponta Negra: Moraes Moreira.

07 de fevereiro

Redinha: Monobloco.

Ponta Negra: Monobloco (a apresentação em Ponta Negra será após a apresentação em Redinha).

Centro: desfile das Kengas, Baby do Brasil e Paulinho Boca de Cantor.

08 de fevereiro

Ponta Negra: Elba Ramalho.

Redinha: Elba Ramalho (após Ponta Negra) e Cavaleiros do Forró.

09 de fevereiro

Polo Rocas: Neguinho da Beija Flor.

Ponta Negra: Margareth Menezes.

Além das atrações nacionais anunciadas na programação do Carnaval em Natal, a festa também contará com artistas da região. No total serão 37 saídas de frevo durante o evento nos polos do Centro Histórico,  Redinha, Rocas, Ponta Negra e Ribeira.

Inscrição para o Fies 2016 começa nesta terça-feira; veja regras

Candidato precisa ter feito o Enem para tentar o financiamento.
(Foto: reprodução/TV Globo)

As inscrições para o processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) começam nesta terça-feira (26). O prazo termina às 23h59 de sexta-feira (29). Os interessados devem se inscrevem pelo site http://fiesselecao.mec.gov.br. O resultado da pré-seleção na chamada única e a lista de espera serão divulgados no dia 1º de fevereiro. O Fies é uma das três principais iniciativas do governo federal na gestão do ensino superior. Enquanto o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) seleciona para vagas em universidades públicas e o Prouni (Programa Universidade para Todos) concede bolsas em instituições particulares, o Fies oferece contratos de financiamento com foco em alunos de baixa renda.

Novas regras
Somente pode se inscrever para concorrer a um contrato do Fies o estudante que fez o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) a partir da edição de 2010 e obteve média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a (zero).

A partir de agora, os candidatos serão classificados de acordo com a nota do Enem. Em caso de empate, será usado como critério, a maior nota da redação, seguidas pelas maiores notas nas prova de linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas.

Além disso, é critério possuir renda familiar mensal bruta per capita de até dois salários mínimos e meio. Não pode participar do programa quem já tem um diploma de curso superior (veja mais detalhes abaixo).

Crescimento dos gastos
No ano passado, o Ministério da Educação anunciou mudanças nas regras do financiamento apontando que gastos com o programa foram multiplicados. Entre 2010 e 2014, segundo o MEC, o número de novos contratos cresceu quase dez vezes, de 76,2 mil para 731,3 mil. No fim de 2014, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) registrava 1,9 milhão de contratos de financiamento estudantil.

No ano passado, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou, em entrevista ao G1, que o número de contratos disponíveis para 2016 será igual ou superior ao de 2015, que fechou em cerca de 311 mil.

“O volume vai ser pelo menos do tamanho que tivemos neste ano. Não será menor do que foi em 2015”, disse ele. O total não havia sido divulgado pelo MEC até segunda-feira (25).

Confira todas as mudanças no Fies:

TAXA DE JUROS
EM VIGOR: 6,5% ao ano
ANTES: Até outubro de 2006, eram de 9%. Depois, até agosto de 2009, passou a ficar entre 3,5% e 6,5%. Desde março de 2010 os juros são de 3,4% ano ano.

TETO DA RENDA FAMILIAR
EM VIGOR: Limite é a renda per capita de 2,5 salários mínimos.
ANTES: Renda familiar bruta de 20 salários mínimos.

ÁREAS PRIORITÁRIAS
EM VIGOR: As áreas de engenharias, formação de professores (licenciaturas, pedagogia ou normal superior) e saúde serão prioritárias.
ANTES: Não havia definição de critério.

CURSOS COM NOTAS ALTAS TERÃO PRIORIDADE
EM VIGOR: Foco serão os cursos com notas 5 e 4 no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES).
ANTES: MEC exigia avaliação positiva no Sinaes. No primeiro semestre, passou a adotar o critério e cursos com nota 4 ou 5 somaram 52% dos financiamentos.

PRIORIDADE PARA TRÊS REGIÕES DO BRASIL
EM VIGOR: Será priorizado o atendimento de alunos matriculados em cursos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste (excluindo Distrito Federal).
ANTES: Não havia recorte de prioridade para regiões ou estados. E 60% dos contratos eram com estudantes de estados do Sul, do Sudeste ou Distrito Federal.

NOTAS MÍNIMAS NO ENEM
EM VIGOR: Alunos precisam de 450 pontos na média do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) e nota diferente de zero na redação.
ANTES: A mudança passou a valer para contratos firmados em 2015. Antes, só era preciso ter prestado o exame.

UNIVERSIDADES DARÃO DESCONTO EM MENSALIDADES
EM VIGOR: Instituições participantes vão oferecer um desconto de 5% sobre a mensalidade para os estudantes com contrato do Fies.
ANTES: Estudante pagava a mensalidade mais barata cobrada na instituição pelo curso.

PRAZO PARA PAGAMENTO
EM VIGOR: Três vezes a duração do curso
ANTES: Até 2010, era de duas vezes a duração.

CRITÉROS DE DESEMPATE
EM VIGOR: I – maior nota na redação; II – maior nota na prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; III – maior nota na prova de Matemática e suas Tecnologias; IV – maior nota na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e V – maior nota na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias.
ANTES: A mudança passou a valer para contratos firmados neste ano. Antes, só era preciso ter prestado o exame.

Reflexões sobre a possível legalização do jogo do bicho

Reprodução da internet, site Novas do Dia

Antonio Santos Aquino

O único jogo que deveria ser legalizado é popular o jogo do bicho. Trata-se de uma instituição mais antiga que a República. Está protegida pelo “Direito Consuetudinário” (Direito Costumeiro dos Povos). Lembro uma sentença dada pelo grande jurista Nelson Hungria, quando era juiz na antiga capital da República, o Rio de Janeiro, em 1956. O acusado da exploração era Arlindo Jorge, dono de um restaurante na Rua Pedro 1°, chamado “Las Papas Fritas”.

Prolatando a sentença, declara o juiz: “Absolvo o senhor Arlindo Jorge, acusado da atividade contravencional do jogo do bicho, por ser uma atividade perfeitamente lícita, tornando-se ilegal apenas por não ter uma lei que a ampare”. Estava a dizer o insigne juiz Nelson Hungria que bastava uma lei para amparar (legalizar) o jogo do bicho,

Cassinos e bingos são jogos roubados e cairão nas mão da máfia internacional, incluindo prostituição, tráfico de drogas,de escravas brancas, roubo extorsão, contrabando de tudo o que não presta. Bingo é programado vai prejudicar a terceira idade, como já aconteceu aqui no Rio.

UM JOGO CONTROLÁVEL

O jogo do bicho é controlável. A meu ver, deveriam preservar os direitos adquiridos. Quem é chefe do jogo, passa a ser empresário. Terá a responsabilidade de legalizar e manter seus empregados, aproveitando os “oriundos”, e continuar explorando determinado bairro ou área. Outras licenças serão dadas como a Caixa dá para “lotecas”.

Carteira assinada com nova profissão: apontador de jogo. Cada loja com um depósito na Caixa para garantir as apostas. E o mais importante: A extração feita pela Caixa, como existia aqui no Rio jê Janeiro com a extração da Loteria Federal, com apuração à vista de todos.

Fora disso, o jogo legalizado no quinto país mais populoso do mundo vai cair na mão da máfia Internacional. A máfia que explora o jogo do bicho é toda conhecida e é fácil travá-la. O resto é dar luz a cego. Mas não sou Santa Luzia.

Montanhas RN – Obra da Lagoa tem início

1

Nesta manhã de terça feira (26) estive observando as obras que poderá ser chamada de início para urbanização da Lagoa, ao menos, é o que se comenta, a boca pequena, em alguns lugares na cidade.

Pudemos perceber que uma máquina espalhava o barro deixado por uma caçamba, que por algumas vezes apareceu no local, comenta-se que muito em breve, uma parte do entorno, no espaço da lagoa estará pronto para uso popular e quem sabe para prática esportiva.

Acredito que muita coisa ainda terá que ser feita, mas como em Montanhas tudo acontece do dia pra noite, de repente em um desses dias vindouros, surgirá o que tanto se espera e se contempla em todas as eleições na promessa dos candidatos, em urbanizar a Lagoa.

Para os filhos e simpatizantes da cidade de Montanhas, principalmente os que estão ausentes, podem matar a saudade da nossa terra e da lagoa, até pela vontade de vê-la mais bela,  confira as fotos a seguir e guarde-as para futuras recordações, caso a paisagem mude de agora por diante.

2

3

4

5

6

7

9

10

11

12

Calendário de pagamento dos servidores estaduais para o mês de janeiro

Close-up of businessman opening empty wallet with his hand

Por: Janeayre Souto

A direção do SINSP foi na tarde de quinta-feira (21), na SEPLAN para obter informações sobre o pagamento dos servidores estaduais.

De acordo com Janeayre Souto, Presidenta do SINSP, na SEPLAN foi informada que o calendário ainda não é concreto a data de pagamento dos servidores estaduais referente ao mês de janeiro, porém existe um calendário que vem sendo trabalhado. Esse calendário irá contemplar todos os servidores estaduais ativos, inativos, aposentados e pensionistas, e será realizado em dois dias.

A previsão é que o pagamento dos servidores referente ao mês de janeiro de 2016, deve ocorrer apenas na sexta-feira (05). Nesse dia, irão receber todos os servidores públicos estaduais ativos, inativos, aposentados e pensionistas.

Esperamos que o governador Robinson Faria consiga contornar essa situação financeira e realize pagamento dos servidores públicos estaduais no final do mês de janeiro. Afinal o pagamento em dia dos servidores foi uma das promessas de campanha do Governador Robinson Farias.

Comunicamos ainda que qualquer alteração que venha a ocorrer no calendário de pagamento dos servidores estaduais, comunicaremos de imediato aos nossos leitores.

Procon da Assembleia: defesa e garantia de direitos

Crédito da foto: João Gilberto
Assegurar os direitos e garantias do consumidor. É assim que o Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor do Legislativo Estadual, instituído em 2009 pela Assembleia Legislativa e operando desde 2011, vem atuando em favor do norte-riograndense. Com uma demanda cada vez maior, o Procon Legislativo amplia ano a ano o número de serviços e atendimentos à população, conforme indicam os dados estatísticos da instituição.

Em 2015, o órgão registrou um total de 4.910 atendimentos, superando os 4.120 realizados no anterior. Também esse ano, foram promovidas 680 audiências conciliatórias até o momento.

O coordenador do Procon Legislativo, Dary Dantas Filho, explica que dos 4.190 atendimentos de 2015, apenas 580 resultaram em abertura de processos e, desse universo, 345 foram solucionados por conciliação entre as partes. “Em 2014, 56% dos processos que nos chegaram tiveram sucesso na conciliação. Em 2015, até agora, esse índice já se aproxima dos 60%. Ou seja, além de ampliarmos os números em relação ao ano anterior, estamos tendo sucesso na conciliação em mais da metade dos casos. É um número significativo, principalmente quando comparado aos Procons em todo o Brasil”, destaca.

De acordo com o dirigente, o alto número de conciliações intermediadas pelo Procon Legislativo tem contribuído para desafogar o Poder Judiciário, evitando que esses processos cheguem aos tribunais especiais. Segundo Dary, o maior número de reclamações registradas no órgão são contra operadoras de telefonia móvel, eletroeletrônicos, planos de saúde e transações financeiras.

Para o próximo ano, os planos são de ampliar o acesso da população ao órgão e elevar ainda mais o número de atendimentos com foco na resolução de conflitos por conciliação. “Em 2016 lançaremos o site, ferramenta que vai dar maior suporte aos serviços prestados e que amplia os canais de interação com os usuários. O nosso atendimento, que hoje se dá de forma presencial ou por telefone, vai estar disponível também de forma virtual”, anunciou Dary.

O Procon Legislativo integra o Sistema Nacional de Defesa do Consumidor e é responsável por receber e apurar denúncias, prestar esclarecimentos à população, solicitar apuração sobre crimes contra o consumidor, entre outras atividades. “O trabalho do Procon Legislativo é referência e a nossa equipe passa por constante capacitação. Estamos interligados a um colegiado amplo e representativo, formado pela OAB/RN, Secretaria de Tributação, Ministério Público Estadual, entre outros”, afirma o coordenador.

Presidente da Câmara de Apodi é preso durante operação do MP

joao

Uma operação com apoio das Polícias Civil e Militar de Apodi cumpriu, na manhã desta terça-feira (26), nove mandados de prisão preventiva expedidos pela Juíza de Direito Ana Clarisse Arruda Pereira contra o vereador João Evangelista de Menezes Filho e outras oito pessoas, atendendo pedido do Ministério Público. Participam das investigações oito Promotores de Justiça.

João Evangelista de Menezes, que é presidente da Câmara de Vereadores de Apodi, já vinha sendo investigado criminalmente pelo GARPP (Grupo de Atuação Regional de Defesa do Patrimônio Público), GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate à Criminalidade Organizada) e pela Promotoria de Justiça da Comarca de Apodi há mais de nove meses, por suspeita de desvio de recursos públicos da Casa Legislativa.

No curso das investigações da operação, denominada Apóstolo, interceptações telefônicas realizadas com autorização judicial mostraram uma intensa articulação do presidente da Câmara no intuito de intimidar testemunhas e assim interferir no conteúdo dos seus depoimentos, além de ter destruído documentos que interessavam às investigações.

Diante dessas circunstâncias, não restou ao Ministério Público outra alternativa senão requerer a custódia cautelar do investigado e de outras oito pessoas, que vinham tentando inviabilizar as investigações. Os elementos de prova até agora colhidos apontam para a prática dos crimes de peculato, extravio de documentos públicos, falsidade ideológica e uso de documentos falsos, associação criminosa, denunciação caluniosa, usurpação de função pública e falso testemunho, cujo somatório das penas pode chegar a até 47 anos de prisão.

Para começo de conversa, Marx é bom de se ler

(reprodução do Business Insider)

Moacir Pimentel

Karl Marx tinha um excelente conhecimento de arte e de literatura, música clássica e pintura. Estava bem familiarizado não só com a literatura clássica, mas também com as obras de escritores menos proeminentes e ainda pouco conhecidos, tanto entre seus contemporâneos quanto entre aqueles que viveram e trabalharam em tempos mais distantes. Ele admirava Ésquilo, Shakespeare, Dickens, Fielding, Goethe, Heine, Cervantes, Balzac, Dante e mencionou em seus escritos muitos outros talentos, menos famosos, que também fizeram sua marca na história da literatura.

Amava a arte popular, os épicos de várias nacionalidades e outros tipos de folclore como canções, contos, fábulas e provérbios. Ele usou e abusou de todos os tesouros da literatura. As suas repetidas referências a figuras literárias e mitológicas, o uso de aforismos, de comparações e de citações diretas, tudo isso magistralmente tecido em suas obras, são uma característica distintiva do seu estilo.

Esse estilo de Marx se evidencia, por exemplo, em “O Dezoito Brumário de Luís Bonaparte”. Ali, o ódio, o desprezo e o amor apaixonado à liberdade foram expressos com palavras devastadoras, que combinam a gravidade indignada de um Tácito, a sátira mortal de um Juvenal e a santa ira de um Dante.

POETAS GÊNIOS

Ele via os poetas como pensadores, como gênios e, ao mesmo tempo, como guerreiros inflexíveis, cujas obras poéticas foram inseparáveis de seus ideais políticos e aspirações. Marx sabia a “Divina Comédia” quase de cor e quem leu “O Capital” se deparou após a introdução, com as palavras orgulhosas do grande florentino: “Siga o seu próprio caminho, e deixe que as pessoas digam o que quiserem!”

A prosa de Marx é bem escrita e muito mais literária do que, por vezes, erudita e acadêmica. Se lido para além de apenas as teorias e as leis e a economia, nos surpreende pelo estilo. Ele podia fazer malabarismos com o Hegel, a economia e a política. Nada do que foi escrito sobre economia depois dele teve a mesma verve ou um estilo tão absorvente. Então, não ler Karl Marx nos empobrece , ainda que discordemos dele de A a Z. Afinal, para pensar livremente, há que se ler o mais diversamente possível.

O grande problema de Marx não são os seus pensamentos, mas os seus seguidores. Responsabilizar o pensador por aquilo que fizeram com o seu pensamento, seria o mesmo que recrucificar o Cristo – em quem eu acredito! – pelas Cruzadas, a Inquisição ou a pedofilia dentro da Igreja. Uma patente insinceridade histórica.

PENSADOR ORIGINAL

O que acontece, via de regra, é o seguinte: as ideias de um pensador original são primeiramente denunciadas como uma loucura. Então, depois de um intervalo decente, essas ideias são assimiladas pela mentalidade do seu tempo. Finalmente, o autor infeliz se torna um nome familiar, e todo mundo sabe o que realmente ele pensava. Depois disso, qualquer pessoa que pegar um dos seus livros para ler, só de olhar a capa já “sabe” o que está em causa. Qualquer coisa que contradiga a sua ideia original em relação às teses do autor passa, então, a ser rejeitada como uma aberração. Quem as escreveu está efetivamente silenciado para todo o sempre – morto e sepultado! – e não pode impedir que seu trabalho seja falsificado. É extremamente difícil ouvir o que Marx, realmente, tinha a dizer.

O nome de Marx foi obscenamente ligado com a “teoria” de regimes corruptos, totalitários e sanguinários. O termo “socialismo” passou a ser identificado com as monstruosidade cometidas por sociopatas. Mesmo para aqueles que podiam entender a falsificação, as ideias de Marx foram atropeladas por termos e significados que lhes eram alheios, graças a Lenin, como Estado operário, partido revolucionário e teoria ortodoxa. Marx, que pensara a libertação da humanidade da exploração e o desaparecimento da opressão do Estado, se envolveu com a defesa dos privilégios de uma casta burocrática e o poder de um aparelho de Estado brutal.

EMANCIPAÇÃO DA HUMANIDADE

Mas a sua vida teve um objetivo central: a luta pela emancipação da humanidade. Ele se esforçou para encontrar um caminho sem exploração e opressão, no qual homens e mulheres desenvolvessem o seu potencial humano como indivíduos livres em uma sociedade livre, sem a distorção do dinheiro ou o poder do Estado.Só que ele acreditava que a libertação da humanidade iria centrar-se no movimento de libertação da classe trabalhadora. Direito dele. Desde quando pensar é crime?

Dedicado que foi às formas democráticas, é uma pena que esta luta dele pela liberdade humana tenha sido identificada com o seu oposto direto. É chocante verificar que, em vez de empenhar os seus melhores esforços para “modificar o mundo” como pretendia o pensador, criando uma sociedade mais justa, ditadores tenham corrompido seus escritos para dominar, subjugar, escravizar e matar, criando ditaduras sangrentas. Desde os russos genocidas, passando pelos chineses homicidas, pelos guerrilheiros de Sierra Madre, pelos ditadores de tão variados sotaques, pelos caudilhos e comandantes, pelos pós-graduados professores que fazem as cabeças dos nossos filhos – ensinando-lhes o oposto do que lhes dizemos – e até pelos adeptos e devotos que se ajoelham em transe diante das escrituras de Marx  e recusam-se a ouvir a voz da razão. Como dizia São Tomás de Aquino: “Cuidado com os homens de um livro só”

MARX ANTI-ESPIRITUAL?

Questiono a lenda urbana que nos mostra um Karl Marx anti- espiritual, voltado para a uniformidade e a subordinação. Já no Manifesto, ele dizia: “Tudo o que era sólido se desmancha no ar, tudo o que era sagrado é profanado, e as pessoas são finalmente forçadas a encarar com serenidade sua posição social e suas relações recíprocas.”

O complexo e sutil pensamento de Marx, segundo minha opinião, nos fala mais alto da plena realização do individualismo e temos que ponderar se realmente o único caminho da espiritualidade é do da nossa religião.

Uma das coisas mais interessantes que já li da lavra de Marx foi um parágrafo numa de suas cartas para Engels , sobre um artigo seu publicado pelo The New York Times. Escreveu ele: “É possível que eu tenha feito de mim mesmo um tolo. Mas, nesse caso, pode-se sempre sair da enrascada com um pouco de dialética. Eu, é claro, redigi a minha proposta de forma tal a estar certo de qualquer maneira”.

A frase define bem a tal da dialética…(rsrs)

INFLUÊNCIAS FILOSÓFICAS

Quase todas as correntes da filosofia social moderna, quer como herdeiras ou como contra-ideologias vieram de Marx. Ele tem influenciado o pensamento humano há mais de um século e meio e pode-se ver o traçado de suas previsões em acontecimentos muito recentes , como a Grande Depressão, o crash do mercado imobiliário americano, as bolhas pontocom e por aí vai.

Marx estava errado sobre muita coisa em seus escritos – inclusive na previsão radical de que o capitalismo iria inevitavelmente ser substituído pelo comunismo. Mas previu, com precisão, vários aspectos do capitalismo contemporâneo. Ele acertou que a industrialização criaria novos sistemas sociais que iriam destruir completamente os sistemas antigos e não estava errado ao afirmar que grande parte da dinâmica social pode ser explicada em termos de economia e das pessoas tentando manter o que elas têm. Com ele concordou o marqueteiro que fez o slogan daquela campanha vitoriosa à presidência do Clinton: “It’s the economy, stupid!”

É claro que Marx pisou na bola ao imaginar que seria necessária uma revolução social na Europa, talvez por ter subestimado a capacidade das pessoas para fazer negócios e negociações e por não ter como imaginar a transição de uma economia industrial para uma sociedade pós-industrial. Ele não percebeu a grande quantidade de trabalho criativo que no capitalismo é realizado nem o fato de que qualquer tipo de aumento de riqueza tem de ser impulsionado pela tecnologia e pelo empreendedorismo . Viveu em um período colonialista e, por isso, foi incapaz de imaginar um mundo em que o comércio, em vez de explorador, seria  economicamente benéfico para um país em desenvolvimento.

No Dia do Carteiro, Correios comemoram 353 anos

dia_do_carteiro_95736736

Nesta segunda-feira (25), os Correios comemoram 353 anos de serviço postal no Brasil. Na mesma data também é celebrado o Dia do Carteiro, profissional símbolo da empresa e principal responsável pelo alto conceito da estatal junto à população. Na última pesquisa nacional, realizada pelo Instituto NC Pinheiro, os Correios ficaram entre as instituições de maior credibilidade dos brasileiros, alcançando o 2º lugar com 92,3%, ficando atrás apenas da Família.

“Nosso prestígio perante a sociedade se deve, principalmente, ao trabalho dos carteiros e carteiras que estão em constante contato com as pessoas, entregando não apenas cartas e encomendas, mas sonhos e sorrisos”, destaca o presidente dos Correios, Giovanni Queiroz.

Atualmente, os carteiros representam mais de 50% do efetivo total da empresa: são mais de 60 mil profissionais comprometidos com essa atividade no Brasil que, juntos, entregam mais de 8 bilhões de cartas e encomendas por ano.

Patrono — O mensageiro Paulo Bregaro, considerado o primeiro carteiro do Brasil, entregou a D. Pedro I, no dia 7 de setembro de 1822, correspondência da Imperatriz Leopoldina informando sobre novas exigências de Portugal com relação ao Brasil. Ao recebê-la, às margens do Riacho do Ipiranga, D. Pedro reagiu às imposições da Corte e declarou no ato a Independência do Brasil, associando assim os Correios a um dos mais importantes momentos brasileiros. Por seu feito, Paulo Bregaro é o patrono dos Correios.

25 de janeiro. Hoje É:

  • Dia do Carteiro
  • Dia Nacional da bossa nova.

 

Nasceram:

O maestro, compositor e cantor Tom Jobim (1927-1994), a cantora americana Alicia Keys, a atriz Carolina Ferraz, o jogador Robinho.

Aconteceu:

Fundação da Cidade de São Paulo (1554), finda a invasão holandesa no Brasil (1654), criados os Correios do Brasil (1663).

Religião:

Dia dedicado à conversão de São Paulo.

Leitura do Dia

Por si só, uma pedra É uma pedra. O uso que fazemos dela é o que faz a diferença: Construir, descansar, brincar, poetizar, matar, esculpir… Poema do livro: Essência (1999), de Antonio Pereira (Apon). Nem Renato Russo, Fernando Pessoa, plagiadores… A diferença está na pedra?

poema_apedra

Prefeitos tentam negociar pagamento do piso salarial dos professores

PREFEITO-IVAN-JUNIOR-MGARCIA-11

Ivan Júnior afirma que, diante da queda na arrecadação, aumento ficou inviável

Os prefeitos do Rio Grande do Norte começaram a atuar em uma nova frente para tentar evitar o agravamento da crise financeira. Depois de anunciar para próxima semana uma Marcha em Natal, a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte para o dia 27 de janeiro apelou para o Sindicato dos Trabalhadores em Educação.

Diretores da Femurn estiveram reunidos com coordenadores do Sinte e expuseram uma pauta dupla: o pedido para a entidade sindical se engajar na busca de recursos para as gestões municipais e, por outro lado, alertaram que se o Governo Federal mantiver a decisão de não enviar complementação do Fundeb para o Rio Grande do Norte não haverá como pagar o piso nacional dos docentes.

Na reivindicação para que os Executivos estadual e municipais não precisem devolver R$ 192,4 milhões de complementações, que teriam sido depositadas ano passado e depois de cálculo refeito pelo Governo Federal foi apontado como irregular, os prefeitos conquistaram o apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Educação. No entanto, os coordenadores sindicais já adiantaram que, independente de qualquer situação, está mantida a exigência legal do pagamento do piso nacional do professor.

O aumento do piso salarial do magistério, no início deste ano, ficou em 11,36%. Com isso, nenhum professor da rede pública poderá receber vencimento interior a R$ 2.135,64 para a jornada de 40 horas semanais.

Coordenador do Sinte, José Teixeira disse que é impossível os professores abrirem mão de uma legislação nacional. “Não vamos abrir mão do cumprimento da lei”, destacou.

Projeto permite que eleitores revoguem mandato de políticos por meio de referendo

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

Segundo o texto, políticos eleitos pelo voto majoritário poderiam ter o mandato revogado caso 5 por cento dos eleitores apresentem uma proposta de referendo revogatório. Esse referendo seria convocado pela Justiça Eleitoral e caso mais de 50 por cento dos eleitores votantes decidissem, o eleito perderia o mandato. Cristovam Buarque, do PDT do Distrito Federal, explica que este sistema já existe em vários outros países:

“Eu apenas peguei uma ideia que já existe em muitos lugares: de que o eleitor tem o direito de se arrepender e ‘deseleger’ quem foi eleito. Nós precisamos dar ao eleitor esse instrumento e não ficar apenas na possibilidade de um difícil, complicado e arriscado impeachment feito pelos parlamentares. A ideia é que a população possa fazer isso quando achar necessário”, disse o senador Cristovam Buarque.

Ele salientou que é importante o texto definir o prazo para a possibilidade de se retirar o diploma de um político eleito por maioria. Segundo ele, é preciso que exista a obrigatoriedade de o referendo ser realizado na primeira metade de um mandato.

“A minha ideia é trazer para o Brasil a possibilidade da convocação de um plebiscito para dizer se quer que aquele chefe do executivo continue ou não. Tem que se definir um prazo pelo qual o pedido da população seja apresentado. A população também não pode apresentar isso em qualquer instante, quando ele estiver terminando o mandato. Ele apresenta com um certo tempo, dentro da primeira metade do mandato e a Justiça faz com uma certa rapidez”, afirmou Cristovam Buarque.

A PEC 160 encontra-se na Comissão de Constituição e Justiça aguardando a definição de um relator. Da Rádio Senado, Carlos Penna Brescianini. PEC 160/2015

PB reforça divisas para barrar entrada de fugitivos do PE e RN

​A Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social reforçou o policiamento nas cidades que fazem divisa com o Estado de Pernambuco.

A ação acontece em face a fuga dos detentos do Presídio Frei Damião de Bozanno, no Complexo Prisional do Curado, em Recife. A explosão ocorre três dias após 53 presos escaparem da Penitenciária Professor Barreto Campelo, em Itamaracá. De acordo com o comandante da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, além do reforço nas cidades, a Polícia Militar também está reforçando através de rondas as principais Unidades Prisionais. O Batalhão de Choque da Polícia Militar já foi acionado também para garantir a segurança.

“Estamos mantendo contato permanente com o serviço de inteligência de Pernambuco. Estamos maximizando as ações para garantir a segurança dos paraibanos”, ressaltou o comandante.

O secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, informou que também vem mantendo contato com a Secretaria da Segurança do Estado de Pernambuco, que tem repassado informações sobre os foragidos.

Rio Grande do Norte – As Forças de Segurança da Paraíba também estão reforçando o policiamento, desde o último dia 12, das cidades que fazem divisa com o Rio Grande do Norte. A ação aconteceu depois da fuga de 46 presos da Cadeia Pública de Natal.

MaisPB

O pássaro assum preto, que cantava de dor

Humberto Teixeira e Gonzaga, os reis do baião

O sanfoneiro, cantor e compositor pernambucano Luiz Gonzaga do Nascimento (1912-1989), o popular Rei do Baião, compôs em parceria com o advogado, compositor e poeta cearense Humberto Cavalcanti Teixeira (1915-1979) o baião “Assum Preto” cuja letra se inicia descrevendo a beleza da mata, depois da chuva, que não pode ser apreciada por assum preto, que não a pode ver.  O baião Assum Preto foi gravada, primeiramente, por Luiz Gonzaga, em 1950, pela RCA Victor.

ASSUM PRETO

Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira

Tudo em volta é só beleza
Sol de Abril e a mata em flor
Mas Assum Preto, cego dos olhos
Não vendo a luz, ai, canta de dor…
Tarvez por ignorancia
Ou maldade das piores
Furaram os olhos do Assum Preto
Pra ele assim, ai, cantar melhor…
Assum Preto vive solto
Mas não pode voar
Mil vezes a sina de uma gaiola
Desde que o céu, ai, pudesse olhar…
Assum Preto, o meu cantar
É tão triste como o teu
Também roubaram o meu amor
Que era a luz, ai, dos olhos meus.

Site Poemas & Canções

DUAS REALIDADES DISTINTAS, ISTO PROVA QUE A MÚSICA BOA NÃO TEM IDADE

Distração de domingo é assim – Confira!!!

índice

CHEGUE VARA:
(Poeta Anônimo da Internet)

Sigo aqui me divertindo
Brincando de fazer rima
Vendo nessa foto acima
A moça mal se vestindo.
No par de bunda surgindo.
-Um biquíni lhe ampara-
Não mostra o c…, nem a cara,
Mas sem perder a ternura
Vai pedindo à “dita dura”
Chegue vara, chegue vara.

 

A EMPREGADA DO PADRE

O sacristão avisa que tem uma mulher querendo falar com o padre. Ele vai atender e dá de cara com uma mulata maravilhosa, corpo escultural e minissaia.
– Padre Viegas me falaram que o senhor está procurando uma empregada?
– Sim, minha filha… Fala-me de suas qualidades!
– Sei fazer moqueca de peixe, sei fazer cuscuz doce e salgado, quindim…

– Que mais?
– Sei fazer cocada, pudim de leite condensado, leitão assado.
– Só?
– Não… Sei fazer outras coisas mais. Só que tem um problema… Eu sou estéril, seu padre…
– Mulher de Deus… por que não disse isso logo? Vai entrando, minha filha… Estás contratada!

INFERNO BRASILEIRO

O infeliz pecador morreu e foi parar na porta do Inferno. Lá um capetinha auxiliar lhe fez a seguinte pergunta:

–  Você quer ir pro inferno brasileiro ou para o inferno americano?

E o infeliz, pergunta:

– Qual é a diferença?

– Bom. Existe um muro que separa os dois infernos. No inferno brasileiro, você terá que comer uma lata de 20Kg de merda no café da manhã, no almoço, e no jantar.

– Depois o diabo te espeta até a fogo infernal, e lá você irá dormir. No americano, é igual, só que ao invés de uma lata, você terá que comer somente um pires.

O infeliz não pensou duas vezes, e foi para o inferno americano.

Chegando lá, reparou que estavam todos cabisbaixos e tristes. Enquanto isso, no outro lado do muro, ouvia-se um som de pagode, muitas gargalhadas, enfim, uma festa muito animada. Não se contendo, o infeliz sobe no muro e chama alguém.

– Ei, como vocês conseguem festejar? Aqui o pessoal come um pires de merda e vive triste, enquanto vocês comem uma lata de 20Kg e vivem dando risada!

–  Bom, é que aqui é Brasil, né? Um dia falta lata! No outro falta merda! No outro, o diabo não vem! No outro é feriado! No outro, falta lenha pro fogo e assim vai. E é só festa!

 

POESIA POPULAR NORDESTINA

 

poesia-popular-nordestina

Do Blog: Bira Viegas

Briga por Neymar vira manchete nos jornais esportivos da Espanha

NEYMAR MANCHETE

Neymar é o destaque da vez nos principais jornais esportivos da Espanha. Não necessariamente por conta de suas atuações, mas por conta da concorrência pelo jogador nos bastidores do futebol local. Com manchetes em tons distintos nesta sexta-feira, o Marca, de Madri, e o Mundo Deportivo, de Barcelona, tentam prever o futuro do craque brasileiro.

Segundo o Globo Esporte, o Marca vê como possível a hipótese de Neymar defender o Real Madrid e diz que a cláusula de rescisão do brasileiro, de € 190 milhões (pouco mais de R$ 850 milhões), está ao alcance da diretoria merengue. Já o Mundo Deportivo, especializado na cobertura do Barça, entende que ele é fiel ao clube catalão e vai renovar o seu contrato.
– Temos um contrato até 2019, e o Neymar está feliz aqui e a vontade é de renovar o contrato no final da temporada – disse o pai do craque, em entrevista ao jornal catalão,negando ainda que Neymar se reuniu com dirigentes do Real na semana passada.

Além dos dois já citados, o Sport também estampou o brasileiro em sua manchete nesta sexta-feira, só que por outra razão. Segundo levantamento do diário, Neymar foi o jogador que mais sofreu faltas no Campeonato Espanhol: 67 – ele jogou 17 das 19 partidas do Barcelona na competição, tendo sido titular em todas elas. Inclusive, clube, técnico e jogadores do clube vêm denunciando que o jogo violento tem sido permitido pela arbitragem, e o jornal faz coro ao grito de basta.

Operação Verão: PM realiza operações simultâneas para coibir a criminalidade em Natal e no interior

1bpm-Cópia
A Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) intensificou, por meio da Polícia Militar, a fiscalização a veículos durante todo sábado (23) no Rio Grande do Norte. A ação que faz parte do planejamento da Operação Verão abordou centenas de pessoas com o objetivo de retirar das estradas condutores em conflito com o Código Nacional de Trânsito, além de apreender armas e drogas e capturar infratores.
Em Natal, o 1º Batalhão da Polícia Militar (1º BPM), em ação conjunta com o Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), montou uma barreira na descida da Ponte Newton Navarro, na zona Leste, e fiscalizou 125 motocicletas e 145 condutores de veículos que resultou em oito motocicletas recolhidas ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
Ainda na capital, o 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) intensificou abordagens em toda a zona Sul, com foco especial no Bairro de Ponta Negra e na Avenida Engenheiro Roberto Freire. Ao todo o 5º BPM realizou abordagens a 386 pessoas, 17 ônibus, cinco táxis e 28 carros.
Em Alexandria, o CPRE fiscalizou 42 veículos e abordou 60 pessoas durante uma barreira montada na cidade. Foram confeccionados 25 autos de infrações e feita a condução de três condutores à Delegacia.
Na praia de Pirangi, na cidade de Parnamirim, a Companhia Independente de Polícia Ambiental (CIPAM) apreendeu um equipamento de áudio que estava perturbando o sossego de moradores da Rua Pantrácio Madruga. No local, a PM informou o proprietário sobre a ilicitude da sua conduta e o conduziu à Delegacia. (TN)

Eduardo Cunha planeja abrir investigação do CARF

eduardocunha-10-prisao-jpg

Após abrir o processo de impeachment e articular a desidratação da candidatura governista para a liderança do PMDB, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mantém sob sigilo seus planos para o governo em 2016. Mas um item de sua ofensiva contra o Palácio do Planalto já está definido. Cunha vai criar a CPI do Carf.

A comissão parlamentar de inquérito será criada para investigar denúncias de fraudes contra a Receita Federal de bancos e grandes empresas, mediante supostos pagamentos de propinas para manipular os resultados dos julgamentos pelo Conselho Administrativo de Recursos Fiscais de casos de sonegação fiscal

O autor do requerimento de criação da CPI, João Carlos Bacelar (PR-BA), ficará com um dos postos de comando da comissão – a presidência ou a relatoria. O outro cargo ainda será negociado em fevereiro, quando terminar o recesso parlamentar. O deputado tem uma preferência. “Acho que a relatoria é um trabalho mais técnico e estudei o tema, me aprofundei”, afirmou.

Cunha é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) sob acusação de corrupção.

A prioridade da CPI, segundo Bacelar, é o sistema financeiro e o setor automotivo. Ele disse querer convocar executivos de bancos e montadoras para prestar depoimento à comissão. O envolvimento de políticos, no entanto, deve ficar de fora do alvo da CPI. “Temos que ir primeiro em cima dos bancos, que deram origem a essa confusão toda. Depois, sistema automotivo. Acho que não temos que polemizar a política, de Lula, de Dilma”, disse o autor do requerimento.

No ano passado, o Estado revelou suspeitas de compra de Medidas Provisórias (MPs) e pagamento de propina a integrantes do Carf. De acordo com investigações da Operação Zelotes, MPs teriam sido editadas durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva para favorecer montadoras de veículos.

Como a compra de MPs foi revelada apenas meses depois da apresentação do requerimento, o tema deve ficar de fora dos trabalhos da comissão, assim como ocorreu na CPI do Carf realizada no ano passado no Senado.

Senado. A CPI do Carf no Senado terminou em dezembro de 2015 recomendando o indiciamento de 28 pessoas, a maioria ex-conselheiros do Carf, lobistas e servidores públicos. Da base aliada ao governo, a relatora Vanessa Grazziotin (PC do B-AM) não pediu o indiciamento de nenhum político nem de suspeitos de participar da “compra” de medidas provisórias em 2009 e 2010 para favorecer o setor automotivo, entre eles o ex-ministro Gilberto Carvalho e Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula.

O presidente da CPI no Senado, Ataídes Oliveira (PSDB-TO), pediu ao senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), suplente do colegiado, que apresentasse um relatório paralelo pedindo o indiciamento de pessoas envolvidas na compra das MPs. O voto em separado não chegou a ser analisado pelos senadores. (TN)