Montanhas RN – Cordelista potiguar lança livro sobre o universo do cangaço

ac6dfd73ff2c71f3bffcb207b2b76d8691

Chico Catatau é um típico cangaceiro, bem malfazejo, que nasceu em Montanhas, no interior do Rio Grande do Norte. Num determinado dia, desceu ao inferno, mas voltou, com sede de vingança, para enganar pela segunda vez a própria morte. As histórias deste anti-herói nordestino fazem parte do ideário do cordelista Izaías Gomes da Silva, 38, que relança nesta segunda-feira, na Livraria Saraiva do Shopping Midway Mall, o livro “Chico Catatau, um cangaceiro diferente”.

Segundo o autor, o relançamento era um pedido dos próprios leitores. “A primeira versão, de 2005, foi rapidamente vendida. Vi que era o tempo para recolocá-lo nas prateleiras”, diz Izaías Gomes.

Izaías também é proprietário de editora especializada no gênero Cordel, a Isvá Editora, que está distribuindo esta nova edição. “Eu sempre gostei de ler cordéis. Meus ídolos sempre foram os cordelistas”, conta.

O livro do cangaceiro Chico Catatau foi o primeiro a ser lançado por ele. Hoje, Izaías tem outros três obras escritas – e todas dentro do gênero cordel. Já com os livretos, ele contabiliza mais de 80 lançamentos.

As obras do cordelista se notabilizam pela mistura entre o léxico nordestino e assuntos do universo contemporâneo. Um dos livretos tem o insólito título de “Alien e Predador versus Lampião – A Batalha Mais Horripilante do Universo”.

No livro sobre o cangaceiro potiguar, Izaías narra, com humor e imaginação, as andanças deste homem, que já nasceu falando e que transita entre a Terra e o inferno. “Ele é um anti-herói. Eu costuro a vida dele com situações pitorescas e engraçadas”, conta. Com passagens em eventos literários de todo o Brasil, o autor reclama da pouca visibilidade local para o texto do cordel. “O público consumidor é da região sudeste. Apesar de ser típico do Nordeste, as vendas regionais são tímidas. Mais de 80% dos compradores estão na região sudeste”, detalha.

A estratégia de vendas é pensada em atender o público vindo de outras regiões do país. “Eu distribuo boa parte dos livretos nas áreas de fluxo turístico. São estes locais que mais consomem o cordel. Chego a vender mais de 100 exemplares num único mês”, conta. Professor público, trabalhando em escolas da cidade Macaíba, Izaías também é conferencista sobre literatura popular brasileira. “Meu diferencial é que também escrevo para as crianças. É meu público preferido”, define.

O próximo prejeto do cordelista é um dicionário sobre o vocabulário potiguar. “Será o dicionário norteriograndês, com quase duas mil palavras”, define.

A previsão é de que o livro seja lançado no próximo ano.

Lançamento do livro “Chico Catau, um cangaceiro diferente”
Local: Livraria Saraiva (Midway Mall)
Horário: dia 21 (segunda-feira), às 19h

Anúncios

Posted on 21/11/2015, in Cidade, Cultura, Curiosidade, Entretenimento, Informativo, Montanhas, RN. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: