Daily Archives: 22/10/2015

Preso é encontrado enforcado em grade dentro de presídio em Nova Cruz

preso

Foi encontrado enforcado dentro de uma sela na manhã desta quinta feira 22 de outubro,no presídio de Nova Cruz, o preso identificado como sendo de Francisco Marques dos Santos, vulgo “Pelé”, de 32 anos, ele foi preso semana passado acusado de ter matado duas pessoas no mês de setembro em Nova Cruz.

A informação foi confirmada pela direção do presídio. Este é o 21º detento achado morto em condições suspeitas dentro de uma unidade carcerária do estado do RN.

Mais informações a qualquer momento sobre o caso.

com: Blog Xuá

Esporte em Pedro Velho RN, uma prática louvável

full_I_Campeonato_de_Futsal_2013

O Município de Pedro Velho vem desenvolvendo grandes campeonatos, desta vez o destaque é para o FUTSAL. Assim louvamos ações e atitudes destes idealizadores por esta prática, ainda distinta em nosso cotidiano.

Nesta sexta-feira (23) estará dando inicio mais este importante campeonato denominado “Copa Cuitezeiras de Futsal Masculino” que disponibiliza a disputa entre vários times da Região, distribuídos em 2 chaves com a seguinte composição:

CHAVE “A” Seleção de Baia Formosa; Juventude; São Paulo e Carnaúba

CHAVE “B” Boca Jr; Fura Olho e Taxistas

Pudemos observar que do Município de Montanhas apenas o “TAXISTAS” entrará na competição, esta equipe conta com os apoios esportivos do Engenheiro Manuel Gustavo que se destaca, como um grande incentivador do esporte local, e do Vereador Dinho, popularmente conhecido neste universo da bola como “Montanha” nome que usou quando atleta profissional de futebol. Portanto, ambos torcem e desejam que a equipe “TAXISTAS” seja vencedora para elevar o nome de Montanhas em todas as competições possíveis.

Vamos acompanhar de perto estes acontecimentos e desejar sucesso para a equipe “TAXISTAS” que certamente, haverá de nos proporcionar momentos vitoriosos, o que é de grande valia para o esporte de Montanhas.

Já que em Montanhas não existe isso vamos ver isso em outro Município!

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO É CONTRA IMPEACHMENT DE DILMA

FHCApós o novo pedido de impeachment apresentado na Câmara pela oposição, o ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso disse que substituir a presidente Dilma Rousseff não é a solução para a crise política. “Quando o Executivo não tem apoio da sociedade também não tem do Congresso. No caso atual, nem quero personalizar muito, a estrutura do nosso sistema político é tão antiquada que ela precisa mudar. Se você não mudar essa estrutura não há líder que aguente. Tem que haver mudança da estrutura de comando no Brasil. Não estou falando de impeachment, nada disso. Porque também mudar a pessoa não resolve. Tem que mudar mais coisas do que a pessoa”, afirmou o tucano em uma palestra para executivos do setor de tecnologia, em São Paulo.

Ele também disse que não há “golpe” em curso no país e que o Brasil deve comemorar a superação de um período em que se discutiam nomes de generais passa assumir o comando. “Hoje estamos discutindo nomes de juízes. Não vamos dar golpe em ninguém. A decisão vai ser dos juízes”, disse. Quanto a crise fiscal, afirmou que hoje “não sabemos o tamanho do déficit, do buraco que vamos ter que saltar para ir adiante”.

A exaltação à natureza, na visão de Xangai e Vilanova

O cantor, violeiro e compositor baiano Eugênio Avelino (conhecido pelo apelido, devido à Sorveteria Xangai, que era propriedade de seu pai) compôs com seu parceiro Ivanildo Vilanova uma da mais extensas letras da música brasileira, exaltando a natureza, em muitas das suas manifestações. A música “Natureza” foi gravada no CD Xangai – Mutirão da Vida, em 1998, pela Kuarup.

NATUREZA
Ivanildo Vilanova e Xangai

É o céu uma abóbada aureolada
Rodeada de gases venenosos
Radiantes planetas luminosos
Gravidade na cósmica camada
Galáxia também hidrogenada
Como é lindo o espaço azul-turquesa
E o sol fulgurante tocha acesa
Flamejando sem pausa e sem escala
Quem de nós pensaria apagá-la
Só o santo doutor da natureza
De tais obras, o homem e a mulher
São antigos e ricos patrimônios
Geram corpos em forma de hormônios
Criam seres sem dúvida sequer
O homem após esse mister
Perpetua a espécie com certeza
A mulher carinhosa e indefesa
Dá à luz uma vida, novo brilho
Nove meses no ventre aloja o filho
Pelo santo poder sã natureza
O peixe é bastante diferente
Ninguém pode entender como é seu gênio
Reservas porções de oxigênio
Mutações para o meio ambiente
Tem mais cartilagem resistente
Habitando na orla ou profundeza
Devora outros peixes pra despesa
E tem época do acasalamento
revestido de escamas esse elemento
Com a força da santa natureza
O poroquê ou peixe-elétrico é um tipo genuíno
Habitante dos rios e águas pretas
Com ele possui certas plaquetas
Que o dotam de um mecanismo fino
Com tal cartilagem esse ladino
Faz contato com muita ligeireza
Quem tocá-lo padece de surpresa
Descarga mortífera absoluta
Sua auto voltagem eletrocuta
Com os fios da santa natureza
Tartaruga gostosa, feia e mansa
Habitante dos rios e oceanos
Chegar aos quatrocentos anos
Pra ela é rotina, é confiança
Guarda ovos na areia e nen se cansa
De por eles zelar como defesa
Nascido os filhotes com presteza
Nas águas revoltas já se jogam
Por instinto da raça não se afogam
E pelo santo poder da natureza
O canário é pássaro cantor
Diferente de garça e pelicano
Papagaio, arara e tucano
Todos eles com majestosa cor
O gavião é um tipo caçador
E columbiforme é a burguesa
O aquático flamingo é da represa
A águia rapace agigantada
Eis o mundo das aves a passarada
Quanto é grande, poderosa e bela a natureza
A gazela, o antílope e o impala
A zebra e o alce felizardo
Não habitam em comum com o leopardo
O leão e o tigre-de-bengala
O macaco faz tudo mas não fala
Por atraso da espécie, por franqueza
Tem o búfalo aspecto de grandeza
O boi manso e o puma tão valente
Cada um de uma espécie diferente
Tudo isso é obra da natureza
Acho também interessante
O réptil de aspecto esquisito
O pequeno tamanho do mosquito
A tromba prênsil do elefante
A saliva incolor do ruminante
A mosca nociva e indefesa
A cobra que ataca de surpresa
Aplicar o veneno é seu mister
De uma vez mata trinta se puder
Mas isso é coisa da natureza
No nordeste há quem diga que o corão
Possui certos poderes encantados
Através de fenômenos variados
Prevê a mudança de estação
De fato no auge do verão
Ele entoa seu cântico de tristeza
De repente um milagre, uma surpresa
Cai a chuva benéfica e divina
Quem lhe diz, quem lhe mostra, quem lhe ensina?
Só pode ser o autor da natureza
Quem é que não sabe que o morcego
Com o rato bastante se parece
Nas cavernas escuras sobe e desce
Sugar sangue dos outros é seu emprego
Às noites escuras tem apego
Asqueroso ele é tenho certeza
Tem na vista sintoma de fraqueza
Porém o seu ouvido é muito fino
E um sonar aparelho pequenino
Que lhe deu o autor da natureza
Admiro a formiga pequenina
Fidalga inimiga da lavoura
No trabalho aplicado professora
Um exemplo de pura disciplina
Através das antenas se combina
Nos celeiros alheios faz limpeza
Formigueiro é a sua fortaleza
Onde cada uma delas tem emprego
Uma entra outra sai não tem sossego
Isso é coisa da santa natureza
A aranha pequena, tão arguta
De finíssimos fios faz a teia
Nesse mundo almoça, janta e ceia
É ali que passeia, vive e luta
Labirinto intrincado ela executa
Seu trabalho é bordado em qualquer mesa
Quem pensar destruir-lhe a fortaleza
Perderá de uma vez toda a esperança
Sua rede é autêntica segurança
Operária das mãos da natureza
A planta firmada no junquilho
Begônia, tulipa, margarida
As pedras riquíssimas da jazida
Com a cor, o valor, a luz, o brilho
A prata e o ouro cor de milho
O brilhante, a opala e a turquesa
A pérola das jóias da princesa
É difícil, valiosíssima e até
Alguém pensa ser vidro mas não é
É um milagre da santa natureza
O inseto do sono tsé-tsé
As flores gentis com seus narcóticos
As ervas que dão antibióticos
A mudança constante da maré
A feiúra real do caboré
no pavão é enorme a boniteza
Tem o lince visão e agudeza
E o cachorro finíssima audição
Vigilante mal pago do patrão
Isso é coisa da santa natureza?
A cigarra cantante dialoga
Através do seu canto intermitente
De inverno a verão canta contente
E a sua canção não sai da voga
Qualquer árvore é a sua sinagoga
Não procura comida pra despesa
Sua música sinônimo de tristeza
Patativa da seca é o seu nome
Se deixar de cantar morre de fome
Mas isso a gente sabe que é da natureza

site Poemas & Canções

Polícia Federal inicia segunda fase de operação contra pedofilia no RN

pedofilia1

A Polícia Federal deflagrou hoje (22), no Rio Grande do Norte e mais sete estados, a segundo fase da Operação Gênesis, visando combater a pornografia infanto-juvenil pela internet. O setor de inteligência da PF identificou contas de usuários que utilizavam redes sociais e e-mails, para distribuir imagens de material pornográfico.

As Investigações no Rio Grande do Norte iniciaram há um ano. Nesse momento, 62 policiais federais cumprem treze mandados de busca e apreensão em Natal, Parnamirim e Canguaretama. Os crimes investigados preveem penas que podem chegar até a seis anos de reclusão.

Senado aprova aumento do piso salarial dos professores públicos para R$ 2.743,65

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou nesta terça-feira (20) o Projeto de Lei do Senado 114/2015, que aumenta o piso salarial dos professores da rede pública para R$ 2.743,65 (um aumento de 43%, frente aos R$ 1.917,78 atuais). De autoria da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), o projeto prevê inclusive as vias de financiamento do novo piso, que virá de 5% da arrecadação fiscal lotérica em todo o país.

“Nós consideramos de fundamental importância esse projeto, pois o piso salarial do magistério está no tripé da valorização da educação. Investir nos profissionais que trabalham nela é contribuir para o desenvolvimento do país, pois abre um processo de resgate da auto-estima desses trabalhadores, além de abrir as fileiras para atrair novos profissionais”, explicou a secretária da Mulher da CTB-BA e vice-coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB), Marilene Betros. Ela ressaltou que salário ainda não esta ideal e lembrou do artigo 17 do Plano Nacional da Educação, que prevê a equiparação dos ordenados dos professores da rede pública com outras carreiras governamentais de formação equivalente. “Mas já é um grande avanço”, disse.

O projeto ainda deverá passar pela Comissão de Assuntos Econômicos, onde irá tramitar em decisão terminativa, antes de seguir para a votação no plenário da Câmara dos Deputados. A presidenta da CTB/AM, Ísis Tavares, alerta para as lutas adiante: “A questão do piso sempre foi extremamente questionada pelos prefeitos e governadores, então haverá resistências. O desafio para as entidades, não só dos professores mas também dos estudantes, é dar visibilidade para o debate, porque isso não vai sair na grande imprensa. A gente precisa estar lá no Congresso, conversando com parlamentares, nos posicionando. Os professores devem enviar e-mails para seus parlamentares, mesmo se não têm preferência por um partido. Precisamos fazer uma grande campanha para que o projeto seja aprovado nas outras etapas, pois será um grande passo nessa luta pela educação”.

Betros garante que a CTB se fará presente nas articulações pelo aumento do piso. “Estaremos a postos para exigir a aprovação definitiva no plenário e, consequentemente, a sanção pela presidenta Dilma. A CTB vai mobilizar todas as suas afiliadas para as manifestações necessárias e acompanhará dia após dia o processo”, disse.