Daily Archives: 14/09/2015

Vereador de Montanhas esteve com o Deputado e Rafael Motta leva pleitos de potiguares para Brasília

r5-570x370

O deputado federal Rafael Motta, do PROS, recebeu na manhã desta segunda-feira (14), no escritório dele, em Natal, o prefeito do município de São Vicente, Joci Lins, para discutir melhorias para o município.

Rafael Motta recebeu, também, uma comitiva de vereadores da cidade de Jardim do Seridó, composta por Iron Júnior, Anchieta Júnior e Dedé do Consórcio; o vereador de Nova Cruz; e o parlamentar de Montanhas, Vereador Dinho.

“Essas reuniões têm sido muito importantes para ouvir as lideranças municipais e levar esses pleitos para Brasília, na busca de projetos e recursos para o Rio Grande do Norte”, afirmou o parlamentar.

Fonte: Assessoria

Falta um JK

Sebastião Nery

“Um dia, quando estávamos com o ex-presidente JK na fazenda, chegou um carro com o dono da loja de artigos agrícolas que fornecia insumos para Juscelino, dizendo que havia recebido um bilhete do “Jornal do Brasil”, e um repórter do jornal precisava falar com urgência comigo.

Juscelino, desconfiado como todo bom mineiro, comentou:

– Aposto que é alguma coisa comigo…

Como não havia telefone na região, eu e Ildeu, sabendo que devia ser alguma coisa importante, pegamos o carro dele e fomos para Luziânia. No caminho, vimos, ao longe, na estrada de terra, uma nuvem de poeira. O primeiro carro que parou era do jornal “Correio Braziliense”:

– Como foi o desastre com o Presidente?

– Que desastre? Eu perguntei, perplexo.

– Mas o Presidente não morreu em um desastre de automóvel?

– Não, – eu disse – o Presidente está na fazenda e muito bem disposto.

O repórter, que estava com mais pessoas no carro, ficou emocionado quando ouviu a notícia de que JK estava bem, não se conteve e começou a chorar, com o cotovelo apoiado no teto do carro e a mão na testa.

CARLOS MURILO

Voltamos para a fazenda, com um monte de fotógrafos e jornalistas.

Quando eu disse ao Presidente que as rádios haviam noticiado que ele tinha morrido em um desastre de automóvel, JK deu uma gargalhada:

– Eles estão querendo me matar. Sei que tem muita gente que está desejando isso. Mas não vai ser dessa vez que eles vão conseguir.

Dali a pouco, começou a chegar mais gente na fazenda. As pessoas chegavam preocupadas. Queriam apertar sua mão ou abraçá-lo, como se quisessem ter certeza de que ele estava mesmo vivo. Aos poucos, a apreensão foi dando lugar à alegria. E no final, como sempre acontecia quando Juscelino estava feliz, o dia que começara com a notícia de sua morte acabou em festa, como uma grande homenagem à sua vida”.

Dias depois JK morreu em misterioso desastre na Via Dutra, contado em “JK–Momentos Decisivos”, de Carlos Murilo Felício dos Santos, livro definitivo sobre ele. Sábado, 12, JK teria feito 113 anos. Que falta ele faz.

FOLHA

É um velho e macabro ritual na historia brasileira. Quando os presidentes da Republica estão para cair, um jornalão dá o grito em editorial na primeira pagina. E nenhum tem resistido a essas aves de mau agouro. Foi assim com Getulio, Janio, Jango, Collor.

Domingo, de alto a baixo da primeira pagina, em letras garrafais, a “Folha de S. Paulo”, tentando disfarçar mas indisfarçadamente, anunciou a derrubada de Dilma. Não diz como nem quando. Mas logo: “ÚltimaChance”

Notas da Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva

 casa durval paiva

Assessoria de Comunicação

Parceria BNB e Durval Paiva

O superintendente do Banco do Nordeste (RN), José Mendes Batista, esteve recentemente na Casa Durval Paiva conhecendo as novas instalações, acompanhado da assessora de imprensa Deyse Lene Moura e da assistente social Antônia Maria. O Banco é financiador do projeto de Reestruturação da Classe Hospitalar, na Policlínica, em parceria com o Fundo para Infância e Adolescência (FIA).

Ação Solidária Grafith

A Banda Grafith atendeu ao convite e foi levar apoio e solidariedade ao paciente, Luís Leonardo, que é super fã do grupo. A surpresa contagiou a todos da Casa Durval Paiva e deu a Luís mais motivos para prosseguir em seu tratamento contra o câncer.

Cultura Popular

As crianças e adolescentes da Casa Durval Paiva participaram de um divertido passeio aprendendo ainda mais sobre a cultura popular do RN. Elas foram conhecer sobre o folclore potiguar no Instituto Câmara Cascudo. O Folclorista é tema em destaque, neste mês, nas atividades da Sala de Apoio Pedagógico. Confira imagens.

http://www.casadurvalpaiva.org.br/fotos/316/passeio-terapia-ao-instituto-cmara-cascudo

Doação do Mês

A Casa Durval Paiva realiza a campanha de arrecadação de materiais de expediente para melhor executar suas ações, através dos serviços administrativos e operacionais. Quem quiser ajudar pode doar: livro de atas, bobina para máquina de calcular, cópia de cheque, marca texto, livro de protocolo, resma A4, pastas catálogo e sanfonada, extrator de grampo, fita de empacotamento scotch e transparente 3M, grampeador e perfurador. Ligue (84) 4006-1600.

Boas sementes… bons frutos

Michelle Souza, mãe da paciente Laura Thallyta, frequentou pela primeira vez a sala de informática da Casa Durval Paiva e, quando o professor deu oportunidade para pesquisas, ela aproveitou e enviou seus currículos. Resultado: foi chamada para uma entrevista de emprego e já começou a trabalhar, colhendo assim bons frutos de sua inclusão digital.

Amigos da Casa   

Celebrando os 20 anos da Casa Durval Paiva, os jornalistas e blogueiros Ana Patrícia Furtunato (TV Tropical), Caio Oliveira (Blogueiro), Hugo Barros (Blogueiro), Débora Fernandes e Gabriela Duarte (TV Assembleia), participaram de mais um encontro dos amigos da Casa.

Sandra Cerqueira
Assessora de Imprensa
Casa Durval Paiva – (84) 4006.1600/ 9981-3474/ 9622-4544
casadurvalpaiva.org.br
facebook/casadurvalpaiva – twitter/casadurvalpaiva instagram/casadurvalpaiva – youtube/casadurvalpaiva

Na luta contra o câncer, quanto mais cedo, melhor!

Tribunal de Contas publica edital para concurso de Auditor

concurso-publico-1

Tribunal de Contas do Estado (TCE) publicou edital do concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva no cargo de Auditor. Serão oferecidas duas vagas e as inscrições estarão abertas no período entre 10h do dia 18 de setembro de 2015 e 23h59 do dia 7 de outubro de 2015. Todas as informações acerca do processo seletivo estão disponíveis no edital publicado no Diário Eletrônico do TCE.

O concurso será executado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), utilizando o método Cespe de avaliação, e terá as seguintes fases: prova objetiva, prova subjetiva, prova oral e avaliação de títulos. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 280,00, deverá ser efetuado até o dia 29 de outubro de 2015. A aplicação da prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, está prevista para a data provável de 22 de novembro de 2015.

São requisitos para investidura no cargo de Auditor: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Administração, Ciências Contábeis e Atuariais, Ciências Econômicas ou Ciências Jurídicas, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, entre outras exigências previstas em edital, é preciso ter mais de 35 e menos de 65 anos de idade na data da posse, ter idoneidade moral e reputação ilibada, contar com mais de dez anos de exercício de função ou de efetiva atividade profissional que exija notórios conhecimentos jurídicos, contábeis, econômicos e financeiros ou de administração pública.

Com remuneração de R$ 28.947,55, o Auditor tem como atribuições integrar as Câmaras e presidir a instrução dos processos que lhe sejam distribuídos, relatando-os com proposta de decisão a ser votada pela Câmara para a qual estiver designado; substituir os Conselheiros, em seus impedimentos e ausências por motivo de licença, férias ou de outra causa legal de afastamento; comparecer às sessões ordinárias, extraordinárias, especiais do Pleno e às das Câmaras; prestar esclarecimentos ao Tribunal sobre assuntos relativos ao desempenho de suas atribuições; zelar pela dignidade e decoro do cargo e contribuir para o bom conceito da instituição junto à sociedade; comparecer, quando convocado, às sessões administrativas; propor a realização de inspeções ou auditorias ao Pleno ou Câmaras.

Audiência Pública vai debater o futuro do estádio Juvenal Lamartine

Crédito da foto: Assessoria de Comunicação

A discussão em torno de quem deve administrar o estádio Juvenal Lamartine, se o Governo do Estado ou a Federação Norte-riograndense de Futebol (FNF), chega à Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte através de uma audiência pública proposta pelo deputado estadual Hermano Morais (PMDB). Com o tema “Destinação e uso do estádio Juvenal Lamartine”, o evento será realizado nesta terça-feira (15), às 14h30min, no auditório da Casa.

“O Juvenal Lamartine sofre com o descaso e espera uma solução rápida para não cair no abandono total, uma vez que ainda são disputados campeonatos de futebol de base. Estamos em busca de soluções para o estádio”, disse Hermano Morais.

O Governo do RN se comprometeu, por meio da Procuradoria do Patrimônio e Defesa Ambiental do Estado, que o patrimônio histórico do Juvenal Lamartine será mantido e que o estádio do bairro do Tirol terá múltiplas finalidades, como esportivas e culturais.

Em contrapartida, a Federação Norte-riograndense de Futebol (FNF) – que já administra o estádio há décadas – afirma que não conhece qualquer projeto do Governo do Estado e também apresentou um projeto da entidade em Audiência Pública na Câmara Municipal do Natal defendendo consenso na execução das obras com o governo, já que a Federação não tem recursos para colocá-lo em prática.

Representantes do Governo do Estado e da Prefeitura do Natal, vereadores, representantes da OAB, clubes de futebol e sociedade civil vão participar da discussão.