Daily Archives: 20/08/2015

Senhora Liberdade, abre as asas sobre nós

O advogado, escritor, cantor e compositor carioca Nei Brás Lopes, em parceria com Wilson Moreira, na letra de “Senhora Liberdade”, postula a sua soltura, visto que o crime por ele cometido foi se apaixonar intensamente. Vale ressaltar que, esse samba virou hino na campanha das diretas e faz parte do LP A Arte Negra de Wilson Moreira & Nei Lopes lançado, em 1980, pela EMI-Odeon.

SENHORA LIBERDADE

Wilson Moreira e Nei Lopes

Abre as asas sobre mim
Oh senhora liberdade
Eu fui condenado
Sem merecimento
Por um sentimento
Por uma paixão
Violenta emoção
Pois amar foi meu delito
Mas foi um sonho tão bonito
Hoje estou no fim
Senhora liberdade abre as asas sobre mim

site Poemas & Canções

De mudança para PDT, Ciro Gomes chama Cunha de ‘pilantra de quinta categoria’

De mudança para PDT, Ciro Gomes chama Cunha de ‘pilantra de quinta categoria’

Foto: Reprodução/ Facebook

O ex-ministro Ciro Gomes classificou o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), de ser um “pilantra de quinta categoria”. Segundo o blog Congresso em Foco, do UOL, a declaração foi dada na última segunda-feira (17), durante evento que discutia a mudança em massa do grupo do ex-governador cearense do Pros para o PDT. “Não é fácil o trabalhador chegar em casa e ligar a televisão e assistir à novela mal-cheirosa, diária, da ladroeira, que não poupa mais ninguém.

Pra bem dizer, o presidente da Câmara Federal do Brasil é um pilantra de quinta categoria que tá aí mandando e desmandando na República”, afirmou Ciro. Gomes avaliou, ainda, que Dilma tem feito “tudo ao contrário” do que prometeu durante as eleições. De acordo com o blog, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, convidou Ciro para a sigla com a intenção de lança-lo como candidato a presidente nas eleições de 2018.

Chagas lança hoje seu novo livro sobre a ditadura militar

Chagas e a Longa Noite dos Generais

Carlos Newton

Esta quarta-feira, dia 19, em Brasília, nosso companheiro Carlos Chagas lança sua mais recente obra sobre a política nacional, “A Ditadura Militar e a Longa Noite dos Generais”, que narra a trajetória do regime militar entre 1970 e 1985, quando o poder enfim é devolvido à sociedade civil.

“É a História contada pelos jornais e jornalistas”, resume Carlos Chargas, que se tornou um dos mais respeitados historiadores do país. Em seu livro anterior, “A Ditadura Militar e o Golpe dentro dos Golpes”, ele abordou a etapa entre 1964 e 1969.

O lançamento da nova obra, editada pela Record, será no resturante Carpem Diem Gastronomia, na SCLS, Quadra 104, Bloco D, Loja 1, em Brasília, a partir da 18 horas.

MP divulga nomes dos envolvidos no esquema que desviou R$ 5,5 milhões na Assembleia

arq5212014f8381c-415x287

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Natal e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), com apoio da Polícia Militar, deflagrou na manhã desta quinta-feira (20), a Operação Dama de Espadas, no afã de descortinar esquema estruturado no âmbito da Assembleia Legislativa deste Estado, através do qual uma refinada associação criminosa composta por alguns servidores públicos do órgão, com auxílio de um gerente do Banco Santander, se utilizavam de “Cheques Salário” como forma de desviar recursos em benefício próprio ou de terceiros.

Os valores desviados dos cofres da Assembleia Legislativa em favor de tais servidores contabilizam o montante de R$ 5.526.169,22 (cinco milhões, quinhentos e vinte e seis mil cento e sessenta e nove reais e vinte e dois centavos). Os principais investigados da operação Dama de Espadas são os seguintes: Rita das Mercês Reinaldo, procuradora-geral da Assembleia Legislativa; Marlúcia Maciel Ramos de Oliveira, coordenadora do Núcleo de Administração e Pagamento de Pessoal (NAPP); Rodrigo Marinho Nogueira Fernandes, servidor público da Assembleia Legislativa; José de Pádua Martins de Oliveira, funcionário público; e Oswaldo Ananias Pereira Júnior, gerente-geral da agência do Banco Santander. Além de busca e apreensão, foram cumpridos mandados de prisão preventiva contra Rita das Mercês e Ana Paula Macedo de Moura, que atuava como assessora direta da procuradora-geral da AL.

Assembleia Legislativa do RN suspende atividades nesta quinta-feira

c479088bfa732198290b155c8ae49109-1024x731

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte suspende as atividades de sessão plenária, solene e audiência pública nesta quinta-feira (20) enquanto a operação de investigação estiver em curso em setores administrativos da sede do Poder Legislativo Estadual.

DEPUTADOS APROVAM EM SEGUNDO TURNO REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL PARA CRIMES GRAVES

Proposta reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos nos casos de crimes hediondos – como estupro e latrocínio – e também para homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte. Debate sobre o tema foi acirrado ao longo do ano.
Luis Macedo / Câmara dos Deputados

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (19), em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição 171/93, que diminui a maioridade penal de 18 para 16 anos em alguns casos. A proposta obteve 320 votos a favor e 152 contra. A matéria será enviada ao Senado.

De acordo com o texto aprovado, a maioridade será reduzida nos casos decrimes hediondos – como estupro e latrocínio – e também para homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte.

Em julho, a proposta foi aprovada em 1º turno com o voto favorável de 323 deputados e 155 votos contra.

O texto aprovado é uma emenda apresentada pelos deputados Rogério Rosso (PSD-DF) e Andre Moura (PSC-SE). Essa emenda excluiu da proposta inicialmente rejeitada pelo Plenário os crimes de tráfico de drogas, tortura, terrorismo, lesão corporal grave e roubo qualificado entre aqueles que justificariam a redução da maioridade.

Pela emenda aprovada, os jovens de 16 e 17 anos deverão cumprir a pena em estabelecimento separado dos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas e dos maiores de 18 anos.

Fonte: Câmara dos Deputados