Daily Archives: 17/08/2015

Ministro Henrique Alves participa de encontro com políticos e empresários sobre hub da Tam

DSCN0075[1]IMG_3661  IMG_3662DSCN0079[1]

O ministro do turismo, Henrique Eduardo Alves, participou nesta segunda-feira (17), em Natal, de encontro com políticos e empresários, apoiados pela igreja, para fortalecimento da luta em defesa do hub da Tam no Aeroporto Internacional Aluízio Alves. Recife e Fortaleza também disputam a localização do empreendimento anunciado para o Nordeste pela companhia aérea. A escola do local está prevista para este ano.

A entrada do Rio Grande do Norte na disputada pela central de conexões da Tam foi por causa do novo aeroporto de São Gonçalo do Amarante, acredita o ministro. O novo aeroporto de Natal, localizado na região metropolitana, foi o primeiro privatizado no Brasil. A posição geográfica privilegiada para conectar a América do Sul com a Europa e a África e a infraestrutura turística local então entre os trunfos do Rio Grande do Norte na disputa pelo empreendimento.

“O Rio Grande do Norte não terá nos próximos 50 anos uma nova oportunidade igual é essa “, disse o ministro. Henrique Alves listou uma série de itens que serão levados em consideração para a escolha da central de conexões aéreas. “Se o principal for a infraestrutura aeroportuária, o Rio Grande do Norte não terá como perder”. O aeroporto de Natal, além de dispor de área de expansão,  está entre os mais bem avaliados pelos usuários. Em nove itens da avaliação de satisfação, os passageiros escolheram Natal um dos melhores aeroportos do Brasil entre 15 terminais  avaliados.

Um dos aspectos mais discutidos para a conquista do hub foi a redução do preço do querosene de aviação. O combustível  é produzido no Rio Grande do Norte, na refinaria Clara Camarão, em Guamaré, a mesma que abastece os aeroportos de Recife e Fortaleza localizados a 400 km da refinaria. O combustível é o item que mais pesa na composição dos custos de uma companhia aérea. “Um hub gera muitas conquistas sociais, além de muitos empregos e renda, pela sua capilaridade”, ressaltou o ministro. A expectativa é de 10 mil novos empregos.

O ministro listou uma série de problemas que precisam de solução e que serão levados em consideração para a escolha da central de conexões aéreas. Henrique Eduardo Alves defendeu uma Parceria Público-Privada para fazer a ligação do acesso sul com a BR-304 na altura da Reta Tabajara. O ministro também propôs uma linha de trens até o aeroporto, aproveitando a ampliação da malha ferroviária já existente do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Como ministro, Henrique Alves disse que precisa atuar com isenção, mas como político ele tem dever com o estado e se dispôs a ajudar o movimento no que for possível, se colocando à disposição do governador e da classe empresarial. “Não é possível que essas decisões beneficiem sempre os estados mais ricos e maiores. Está na hora de termos uma visão diferenciada do desenvolvimento regional, pensando nos estados menores e mais pobres”, defendeu o ministro.

Senadores, deputados federais e estaduais, além de lideranças empresariais, reafirmaram a tese de união política e de forças. O movimento conta com o apoio da igreja representada pelo arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira

Macaíba

Em Macaíba, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, participou nesta segunda-feira (17), da inauguração de 400 casas populares. O conjunto Campinas foi financiado pelo Banco do Brasil através do programa Minha Casa, Minha Vida. Henrique Alves foi  convidado do presidente do Banco do Brasil, Alexandre  Abreu. O governador Robinson Farias, o prefeito Fernando Cunha, e o senador Garibaldi Filho, entre outros políticos, também participaram da solenidade.

Fotos: Aldemar Freire
Assessoria de Imprensa
Ministério do Turismo
www.turismo.gov.br
twitter: @HenriqueEAlves

Audiência pública vai debater gratificações dos aposentados da Sesap

Crédito da foto: João Gilberto

Por proposição do deputado Kelps Lima (SDD), a Assembleia Legislativa realiza nesta terça-feira (18), a partir das 14h30, a audiência pública sobre a retirada das gratificações dos servidores aposentados da Secretaria Estadual de Saúde do RN (Sesap).

“Essa é uma questão de grande relevância por se tratar de rendimentos que definem a sobrevivência dos servidores e por isso merece uma discussão aprofundada”, disse Kelps.

O parlamentar convidou representantes do Governo, do Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado para debater o problema no auditório da Assembleia.

General do Exército responde a presidente da CUT “Cuidado com sua língua, o Brasil só tem um exército”

Após a polêmica e imbecil declaração do presidente da CUT, ameaçando pegar em armas e fazer trincheiras nas ruas para defender Dilma de uma possível cassação do mandato, em face das inúmeras ilegalidades o exercício do mesmo, o General Gilberto Rodrigues Pimentel, Presidente do Clube Militar, em nota oficial disse:

“É bom lembrar que o Brasil só tem um Exército, que dispõe legalmente do monopólio da força, em defesa do Estado Brasileiro. Qualquer outro grupo armado que venha às ruas terá que enfrentá-lo. Cuidado com a língua e com as ameaças, Vagner Freitas. Você terá oportunidade de esclarecer em juízo o verdadeiro sentido de suas palavras, na ação que será movida a esse respeito”.

CUIDADO COM A LÍNGUA

Em recente artigo, observamos que a situação de desgoverno e de caos do país lembrava a de 1964. Fomos interpelados por alguns leitores, temendo ver em nossas palavras uma ameaça velada de intervenção militar, sem considerar que o Clube Militar não tem competência para tal, inclusive por ser uma entidade de direito privado, sem qualquer vínculo de subordinação com as Forças Armadas.

Sua influência restringe-se ao campo das ideias, quando procuramos interpretar o pensamento da maioria de nossos associados.

Comentamos, poucos dias depois, que o diálogo prometido pela Presidente Dilma iria limitar-se aos 7% da população que ainda apoia seu governo.

Ontem o “diálogo” começou. Após um encontro de Dilma com os “movimentos sociais” no Palácio do Planalto, o Presidente da CUT, Vagner Freitas, ameaçou “pegar em armas” em defesa do governo. Declarou estar preparado com “armas” e um “exército” para barrar qualquer tentativa dos “coxinhas” de tirá-la do poder. Na defesa do governo, declarou estar pronto para ir para as ruas entrincheirado, com armas na mão.

À noite, em programa de televisão de audiência nacional, afirmou que houvera um mal-entendido, que não pensara em incitar a violência, que usara uma figura de linguagem ao falar em armas. Disse, também, que seu exército era composto de organizações de trabalhadores, greves e atos públicos, na defesa da democracia. Naturalmente, referia-se à sua democracia sindicalista, dona do monopólio do poder e da verdade, no seu entendimento.

É bom lembrar que o Brasil só tem um Exército, que dispõe legalmente do monopólio da força, em defesa do Estado Brasileiro. Qualquer outro grupo armado que venha às ruas terá que enfrentá-lo.

Cuidado com a língua e com as ameaças, Vagner Freitas. Você terá oportunidade de esclarecer em juízo o verdadeiro sentido de suas palavras, na ação que será movida a esse respeito.

Gen Gilberto Rodrigues Pimentel é Presidente do Clube Militar.

PENSA BRASIL

Aluno do SENAI-RN se torna o melhor do mundo em soldagem‏

potiguar

O aluno do SENAI-RN/Centro Ítalo Bologna, de Mossoró, Jackielyson André Ferreira Alves, 20 anos, ganhou medalha de ouro em Soldagem na competição mundial de educação profissional – a Worldskills Competition, se tornando o melhor profissional do mundo na modalidade. A competição foi encerrada neste domingo (16), no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

O SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) mossoroense é referência em soldagem e já arrebatou quatro medalhas de ouro, na Olimpíada do Conhecimento – a etapa nacional da competição da educação técnica, e duas medalhas na competição internacional – uma de bronze, em 2011, com o competidor Lucas Landrine; e uma de prata, em 2013, com Rafael Wenderson Morais Pereira, que hoje é um dos treinadores de Jackielyson. Em 2007, o Senai Mossoró também ganhou uma medalha de excelência com o competidor Max Wendel.

Para conquistar a vaga e representar o Brasil na WorldSkills, Jackielyson passou por uma seletiva até ser escolhido para integrar o grupo de alunos Top One de várias unidades do SENAI pelo país – o melhor de cada categoria. Nos treinos, participou da Olimpíada do Conhecimento, em 2014, e também foi para os Estados Unidos para um simulado de soldagem com competidores de outros países. Uma de suas metas e um sonho é ser instrutor do SENAI.

“Sinto-me um privilegiado e quero retribuir, repassando a outros todo o aprendizado que tive”, afirma Jackielyson, que esteve tranquilo e confiante durante toda a competição. Casado e pai de um menino de três anos, ele conta que o mais difícil foi vencer a saudade de casa, da família. “Desde março de 2014, não estou muito presente, em Mossoró, com a minha família, mas desde que fui pré-selecionado para o mundial eles me dão todo apoio”.

Natural de Mossoró, Jackielyson nasceu em 1994. Entre 2011 e 2012 fez o curso de Soldagem Multiprocessada e está cursando o de Técnico em Metalurgia no SENAICET Ítalo Bologna. Ele treinou duro por dois anos e seis meses para garantir a medalha e, no palco, comemorou muito. A emoção também tomou conta da delegação do SENAI-RN que acompanhou o atleta.

De Fato

Marta Suplicy acerta filiação com o PMDB

Marta

Há quatro meses sem partido, a senadora Marta Suplicy (SP) acertou sua filiação ao PMDB. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a definição de Marta se deu após uma reunião com o vice-presidente da República Michel Temer, realizada nesta sexta-feira (14). A conversa ocorreu no escritório de Temer, em São Paulo.

Em abril deste ano, Marta deixou o PT após 33 anos nos quadros do partido. Ao deixar a legenda, a senadora, que foi ministra do Turismo do governo de Luiz Inácio Lula da Silva e comandou o Ministério da Cultura no governo de Dilma Rousseff, fez críticas indiretas à condução da política econômica de Dilma Rousseff. A senadora afirmou ainda que os princípios do PT estariam sendo renegados pelo próprio partido.

Desde que deixou o partido, Marta tem mantido conversas com siglas como o PSB, PDT além do próprio PMDB. Segundo a Folha, o anúncio oficial da filiação da senadora ao PMDB será feito após uma rodada de conversas com vereadores, deputados e dirigentes da sigla. A ideia é evitar que a entrada de Marta no PMDB seja vista como imposição. Marta teria aceitado disputar a convenção ou as prévias para confirmar sua candidatura à prefeitura de São Paulo em 2016.

Congresso em Foco