Daily Archives: 03/06/2015

Com preso sumido, nova abertura de túnel é encontrada em presídio do RN

Buraco foi achado em quadra do pavilhão 4 de Alcaçuz (Foto: Divulgação/Sejuc)Buraco foi achado em quadra do pavilhão 4 de
Alcaçuz (Foto: Divulgação/Sejuc)

A direção da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, confirmou uma nova abertura de túnel na tarde desta terça-feira (2). O buraco foi encontrado por agentes penitenciários na quadra do pavilhão 4. A descoberta aconteceu simultaneamente às buscas de um preso desaparecido desde o último sábado (30).

O detento Carlos Inácio do Nascimento, de acordo com outros presos, teria ficado soterrado após o desabamento de um túnel em uma tentativa de fuga. O túnel em questão foi descoberto no último fim de semana. As buscas continuaram sem sucesso nesta terça, segundo o diretor da unidade prisional, Eider Brito.

A escavação encontrada nesta terça foi a terceira em menos de uma semana. Na quinta (28), agentes encontraram um túnel com aproximadamente 10 metros de extensão. No sábado, um novo túnel foi achado.

Paciente canta e toca violão durante cirurgia no cérebro em SC

Yesterday, de Beatles, Bem Maior, da banda Roupa Nova, e a música sertaneja Telefone Mudo, do Trio Parada Dura, foram algumas das canções tocadas por um paciente de 33 anos enquanto passava por cirurgia de retirada de um tumor no seu cérebro.

O objetivo era avaliar se o lado bom do cérebro não seria afetado durante o procedimento. Anthony Kulkamp Dias cantou e tocou violão na cirurgia e foi realizada na quinta-feira (28) em um hospital de Tubarão, no Sul de Santa Catarina. A previsão é de que ele receba alta nesta quarta-feira (3).

O anestesista Jean Abreu Machado explica que, geralmente, neurocirurgias são realizadas com o paciente sob anestesia geral e ausência de dor, mas quando o tumor está próximo a áreas como a da fala e movimentação, há risco de perda das funções, caso elas sejam lesadas durante o procedimento. Por isso, é importante manter o paciente acordado.

“As áreas com funções especiais podem ser monitoradas em tempo real. Assim, são menores as chances de lesão e é possível uma otimização do tratamento”, explica o anestesista.

Para evitar a dor, foram aplicadas medicações na veia combinadas a anestésicos locais. Além disso, de acordo com o anestesista, o tecido cerebral não possui sensores para dor.

Segundo a assessoria de imprensa da unidade, o paciente alertava os médicos quando sentia dormência em alguma parte do corpo. A cirurgia contou com equipe de seis profissionais, entre neurocirurgiões, anestesista, instrumentadora cirúrgica e fonoaudióloga.

Paciente tocou durante cirurgia na cabeça que durou 9 horas em SC (Foto: Hospital Nª Sª da Conceição/Divulgação)
Paciente tocou durante cirurgia na cabeça que durou
nove horas em SC
(Foto: Hospital Nª Sª da Conceição/Divulgação)

Primeira cirurgia com violão
Deitado e com um lençol azul na parte superior na cabeça, ele apoiou o violão sobre o tórax e manteve a equipe médica alerta sobre o limite da cirurgia feita por uma equipe do Hospital Nossa Senhora da Conceição durante nove horas.

Os primeiros acordes do paciente – no começo da cirurgia – foram dedicados ao filho, Emanuel, para quem Anthony compôs uma música. Ele descobriu o tumor cerebral cerca de duas semanas após o nascimento do filho, quando percebeu alterações na fala. O tumor atingia também a área responsável pela coordenação motora.

Durante todo o procedimento, o paciente alternava as músicas com descanso orientado pela equipe médica. Em alguns momentos, o médico anestesista ajudava o paciente com o peso do violão.

Esta é a 19ª cirurgia com monitorização cerebral realizada pelo hospital e a primeira onde o paciente tocou. O hospital é o único no estado a fazer este tipo de cirurgia. O procedimento de quinta-feira foi por convênio, mas conforme a assessoria de imprensa do hospital, geralmente elas são realizadas através do Sistema Único de Saúde (Sus).

Paciente alertava os médicos quando sentia dormência (Foto: Hospital Nª Sª da Conceição/Divulgação)
Paciente alertava os médicos quando sentia dormência (Foto: Hospital Nª Sª da Conceição/Divulgação)

Malafaia pede boicote a “O Boticário” após anúncio com gays

O pastor Silas Malafaia publicou nesta terça-feira um vídeo no qual convoca os brasileiros a promoverem um boicote contra a marca de cosméticos O Boticário.

A empresa se viu no meio de uma polêmica desde que começou a veicular na TV um comercial no qual vários casais – incluindo casais gays – trocam presentes entre si, para o Dia dos Namorados. No vídeo, Malafaia diz que “homossexualismo é comportamento, e não condição”. “Eu tenho o direito de preservar macho e fêmea, porque essa é a história da civilização humana.

E tenho o direito, no estado democrático, de fazer campanha contra qualquer um que venha levantar isso, tentando colocar um novo paradigma na sociedade”, diz.

O pastor afirma que se sente no direito de “conclamar” o boicote por fazer parte de uma “maioria”. Para ele, o anúncio da Boticário “é uma tentativa de querer ensinar crianças e jovens o homossexualismo”.

“Então eu quero conclamar – porque nós somos a maioria – as pessoas de bem que não concordam com essa promoção de homossexualismo, através de propaganda, de televisão e de revista, para boicotarem os produtos dessas empresas, como agora o Boticário”, diz Malafaia. “Vai vender perfume para gay”, provoca.

Campanha para o Dia dos Namorados gera reação homofóbica

Terra