Daily Archives: 25/05/2015

Enem 2015 terá inscrições abertas a partir desta segunda

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam hoje (25), exclusivamente pela internet, no site do Enem.

Os interessados podem se inscrever a partir das 10h, no horário de Brasília, até as 23h59, do dia 5 de junho. As provas serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro em mais de 1,7 mil municípios em todo o país. O Ministério da Educação (MEC) espera que mais de 9 milhões de pessoas se candidatem aos testes. O Enem foi criado para avaliar os alunos que estão concluindo o ensino médio ou que já o concluíram em anos anteriores.

Não importa a idade nem o ano do término do curso, basta que o interessado faça sua inscrição na página eletrônica do Enem. Estudantes que não terminarão o ensino médio este ano, podem participar como treineiros, ou seja, o resultado não poderá ser usado para particiopar de programas de acesso ao ensino superior.

Neste ano, para fazer a inscrição o participante deverá ter um e-mail próprio. O sistema não aceitará a inscrição de mais de um participante com o mesmo endereço eletrônico. O exame custará R$ 63, que deverão ser pagos até o dia 10 de junho.

Estudantes que vão concluir o ensino médio este ano em escolas públicas e participantes que declararem carência são isentos da taxa. Podem solicitar a isenção por carência, aqueles que tem uma renda renda familiar por pessoa igual ou inferior a um salário mínimo e meio e que cursaram o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada. As informações devem ser comprovadas pelos participantes e receber a aprovação do MEC. O participante deve acompanhar na página de inscrição se o pedido de isenção foi aceito.

É também na inscrição que os participantes podem solicitar atendimento especializado ou específico. O atencimento especializado é oferecido a pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia (alteração neurológica que dificulta a aprendizagem de números) ou com outra condição especial.

Já o atendimento específico é oferecido a gestantes, lactantes, idosos, estudantes em classe hospitalar e sabatistas – pessoas que, por convicção religiosa, guardam o sábado.

Após fazer a inscrição, participantes transexuais e travestis podem pedir o uso do nome social, também pela internet, entre os dias 15 e 26 de junho.

Agência Brasil

Professor é espancado em Campina Grande

O historiador e professor aposentado Ednaldo Alves da Silva, de 79 anos, foi espancado no Centro de Campina Grande.

Um vídeo cedido por um cinegrafista amador onde o professor está sentado numa calçada, na Rua Bento Viana, sangrando e chorando muito está circulando nas redes sociais. O espancamento aconteceu no dia 17 deste mês, mas só foi divulgado na última sexta-feira (22). Neste final de semana Ednaldo falou com a imprensa e contou detalhes da agressão. Ele disse que a rua estava deserta e no momento carregava em uma das mãos uma sacola com frutas e de repente “sofreu” uma gravata. Ao tentar se soltar, o agressor começou a esmurrá-lo.

“Foram muitos socos. Ele era jovem e muito violento. Eu reagi, errei: fiz uma besteira. Graças a Deus apareceram algumas pessoas”, disse.

MaisPB com Blog do Renato Diniz

Concurso oferece 1.500 vagas para Polícia Rodoviária Federal

Índice

O Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF) encaminhou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) o pedido de autorização para a realização de concurso público com 1.500 vagas para o cargo de Policial Rodoviário Federal.

O cargo exige nível superior completo em qualquer área de formação, idade mínima de 18 anos e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B.

“Deus ajudou”, diz piloto sobre acidente em avião com Huck e Angélica

Bombeiros inspecionam avião após pouso de emergência em MS – Fernando Antunes/Campo Grande News

Ainda assustado com o pouso de emergência realizado em uma fazenda a 30 km de Campo Grande (MS) na manhã deste domingo (24), o piloto Osmar Frattini, de 52 anos, disse que “Deus ajudou” para que todos que estavam a bordo saíssem com vida após o acidente com os apresentadores Luciano Huck e Angélica.

“Deus ajudou. [Foi] uma pane”, resumiu Frattini, que sofreu um corte na cabeça, em entrevista ao “Fantástico”, da TV Globo. “Não pode ser baixado o trem de pouso porque aí já complica”, acrescentou em seguida, ao se questionado pela repórter.

De acordo com o site Uol, além do piloto e co-piloto, estavam no avião Luciano Huck, a mulher Angélica, os três filhos, e duas babás. Todos foram encaminhados para o hospital Santa Casa de Campo Grande, onde receberam atendimento no setor de ortopedia.

Segundo a médica Priscila Alexandrino, da diretoria técnica do hospital, há suspeitas de que Angélica tenha sofrido fratura na bacia e Luciano tenha fraturado uma vértebra. Às 15h44, a Santa Casa de Campo Grande divulgou nota informando que todos os feridos passaram por exames de raio-X e tomografia, e que nada grave foi diagnosticado. “Por solicitação dos familiares, a Assessoria de Imprensa do hospital comunica que não serão mais liberadas quaisquer informações a respeito do quadro clínico”, afirma o hospital.

Elba Ramalho defende diminuição dos dias do São João de Campina Grande e critica cachês de artistas que ‘nem tocam forró’

ELBA 2

A cantora paraibana Elba Ramalho também defendeu a redução dos dias de festa no São João de Campina Grande e criticou cachês de artistas que não tem ‘identificação’ com os festejos juninos.
Elba afirmou que se o governo puder economizar e se dedicar mais à seca é o que deveria fazer.

Ela afirmou que ter festa é importante, mas é preciso achar o equilíbrio: “Vai ser bacana”, diz. Para a cantora, diminuir os dias de festa seriam uma alternativa, escolher dias chave e fazer uma “coisa de qualidade focando nos artistas da terra”.

Apesar de sugerir uma descaracterização da festividade, que é denominado o Maior São João do Mundo por ter 30 dias de festa, a artista afirmou que é preciso focar nos artistas da terra e no São João com Raiz. “Vem gente com caches altíssimos e nem canta forró. Forró é algo nosso, parte do cardápio do São João”, conclui.