Daily Archives: 14/03/2015

Reflexão para final de semana em qualquer idioma o sentido é o mesmo!

bom-fim-de-semana-feliz-fim-de-semana-720b94

fds-13-964

Veja quem deve declarar o Imposto de Renda 2015

Índice

A Receita Federal anunciou nesta quarta-feira (2) que o prazo de entrega do Imposto de Renda começará em 2 de março  e se estenderá até o dia 30 de abril.

VEJA QUEM DEVE ENTREGAR A DECLARAÇÃO:

Rendimentos tributáveis (Foto: G1)

As pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 26.816,55 em 2014 (ano-base para a declaração do IR deste ano). O valor foi corrigido em 4,5% em relação ao ano anterior, conforme já havia sido acordado pela presidente Dilma Rousseff.


Rendimentos isentos (Foto: G1)

Os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado.


Alienação de bens (Foto: G1)

Quem obteve, em qualquer mês de 2014, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.


Propriedade de bens (Foto: G1)

Quem tiver a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2014, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil, também deve declarar IR neste ano. Este é o mesmo valor que constava no IR 2014 (relativo ao ano-base 2013).


novos residentes (Foto: G1)

Contribuintes que passaram à condição de residente no Brasil, em qualquer mês do ano passado, e que nesta condição se encontrassem em 31 de dezembro de 2013.


venda de imóveis (Foto: G1)

Quem optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato de venda.


atividade rural (Foto: G1)

Quem teve, no ano passado, receita bruta em valor superior a R$ 134.082,75 oriunda de atividade rural. No IR de 2014, relativo ao ano-base 2013, este valor era de R$ 128.308,50.


compensação de prejuízos (Foto: G1)

Quem pretenda compensar, no ano-calendário de 2014 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2014, informou a Receita Federal.

Professores da Educação de Natal apresentam pauta de reivindicação

charge-professor

Na próxima segunda-feira, os dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação concederão uma entrevista coletiva para apresentarem a pauta de reivindicação da categoria junto ao prefeito Carlos Eduardo.

Veja os pontos:

1 – Unificação das carreiras a partir dos itens elencados na assembleia;

2 – Implementação do terço de hora atividade;

3 – Atualização dos direitos funcionais: Mudanças de padrão, promoção vertical, promoção de nível e de letras;

4 – Pagamento de todos os retroativos passivos aos professores de Natal;

5 – Instalação do fórum para elaboração do plano municipal de educação;

6 – P r o p o r c i o n a r condições de trabalho a partir da climatização das salas de aula, sala ambientes, sala dos professores;

7 – Proporcionar os meios necessários para o profissional cursar a segunda licenciatura;

8 – Enfrentamento ao assédio moral nos locais de trabalho e nas relações com a SME;

9 – Discussão acerca do número de alunos por sala de aula, inclusive as que têm deficiência e a ausência de auxiliar de sala, com base na legislação;

10 – Instituir Intervalo para os educadores infantis;

11 – I n s t i t u i r a avaliação para o desempenho da SME enquanto instituição, devidamente q u a l i f i cada com a participação do SINTE na construção dos instrumentos de avaliação;

12 – Concessão das licenças prêmio e para curso de mestrado e doutorado;

13 – Conceder o vale cultura;

14 – Aplicar os 6,14% em julho e novembro para todos os educadores, bem como para os aposentados;

15 – Discutir com o SINTE e a comunidade e s c o l a r s o b r e fechamento de escolas;

16 – Realização das eleições diretas com posse no primeiro semestre/2015;

17 – I n s t i t u i r u m programa de saúde semestral para a categoria com exames de rotina e prevenção;

18 – A SME repassar ao SINTE a relação de prédios alugados, valores dos alugueis, e o que funciona;

19 – Discutir com o SINTE o enfrentamento contra a violência nas Unidades de Ensino e tomar medidas de proteção para a comunidade escolar;

20 – Discutir com o SINTE o ensino noturno e a EJA;

21 – Estender os 45 dias de férias remuneradas para os Coordenadores P e d a g ó g i c o s e readaptados;

22 – SINTE negociar com o Executivo a implementação de lei que taxe o gás, royalties do petróleo e o pré sal no município com percentual para a educação, em especial para a valorização profissional.

Bomba: Papa diz ter a sensação de que pontificado será breve

Pope Francis arrives to lead the weekly general audience in Saint Peter's Square at the Vatican

O papa Francisco disse hoje (13), quando se completam dois anos de sua eleição, que tem a sensação de que o pontificado pode ser breve, de quatro ou cinco anos, mas desmentiu que se sinta “só e sem apoio”. Em entrevista à cadeia de televisão mexicana Televisa, divulgada integralmente pela Rádio Vaticano, Francisco respondeu sobre a possível duração do pontificado, que encerra-se com a morte do papa ou com uma demissão.  “Tenho a sensação de que o meu pontificado vai ser breve. Quatro ou cinco anos. Não sei. Ou dois ou três. Dois já se passaram. É uma sensação um pouco vaga que tenho, a de que o Senhor me escolheu para uma missão breve. Sobre isso, mantenho a possibilidade em aberto”, afirmou.

Para ele, Bento XVI, que foi o primeiro papa em sete séculos a renunciar ao cargo, em fevereiro de 2013, abriu a porta para os papas eméritos. “Abriu uma porta institucional”, destacou. Francisco, de 78 anos, não disse se pretende pedir demissão um dia. Declarações anteriores nesse sentido geraram críticas e fortes reações de teólogos conservadores. “Não me agrada muito”, afirmou, sobre a ideia de fixar um limite, aos 80 anos, para o fim do papado. Segundo ele, o cargo de papa “é uma graça especial”.

Decretar que a duração é até os 80 anos “iria criar uma sensação de fim, de um pontificado destinado a não se acabar bem”, acrescentou, buscando tranquilizar os mais conservadores. Francisco observou que, para alguns teólogos, a eleição para o pontificado é “um sacramento”. O papa falou também do antecessor Bento XVI, que deixou o Vaticano e está feliz, satisfeito, respeitado por todos. “Visito-o, muitas vezes telefono. Podemos pedir-lhe conselhos. É leal até a morte”, observou.

À pergunta gosta de ser papa?, Francisco respondeu sobriamente e sem entusiamo excessivo: “Não me desagrada”. Lembrou que sempre detestou viajar e que é uma pessoa caseira. “A única coisa de que gostava era poder sair um dia, sem que ninguém me reconhecesse, e ir comer uma pizza’”. Não me sinto só. Sério que não”, disse, em resposta a outra pergunta.

Morre aos 64 anos o último sanfoneiro de Jackson do Pandeiro

Índice

“Ele foi o único baluarte vivo depois de Dominguinhos”, aponta o músico pernambucano Jadiel Guerra sobre o amigo João Severo da Silva, mais conhecido como Severo do Acordeon, paraibano de Sapé, Zona da Mata, que foi encontrado morto na sua casa no Rio de Janeiro na última quarta-feira, aos 64 anos.

Até o fechamento da edição do Jornal da Paraíba, o laudo médico ainda não havia sido emitido. “Segundo o legista, ele teve um mal súbito”, antecipou Guerra, extraoficialmente. Ainda de acordo com o amigo, Severo estava muito abalado com a morte da esposa, Maria Andrade, em novembro do ano passado. O corpo será enterrado no Rio de Janeiro, mas também não tinha sido definido local e hora.

Dentre os grandes nomes da música popular brasileira, o fole da sanfona de Severo chorou nos palcos e estúdios com Jackson do Pandeiro, Alceu Valença, Elba Ramalho, Fagner, Fafá de Belém, Chico Buarque, Zé Ramalho e Luiz Gonzaga, dentre outros. Com mais de 180 composições, o paraibano teve músicas gravadas pelos conterrâneos Zé Ramalho (‘Esse coração é meu’), Elba (‘Do jeito que a gente gosta’, que foi título de disco e show) e Roberta Miranda (‘Mexe mexe funga funga’). Sua sanfona também está em The Rhythm of the Saints (1990), do norte-americano Paul Simon.

Rafael Motta lança concurso que levará universitário do RN para conhecer Brasília

unnamed

O mandato do deputado federal Rafael Motta, do PROS, lançou nesta sexta-feira (13) o concurso de redação “Eu na Câmara dos Deputados”, que levará dois estudantes universitários do Rio Grande do Norte para conhecer Brasília, com hospedagem e passagem aéreas garantidas. O concurso foi uma forma escolhida pelo parlamentar para utilizar a meritocracia como forma de definir seus indicados para o Programa Estágio-Visita de Curta Duração do Legislativo Federal.

Isso porque, criado em 2003, o Programa costuma, apenas, garantir a hospedagem daqueles que são indicados pelos deputados federais, abrindo brechas para escolhas meramente políticas. “Estamos fazendo algo diferente, que é a indicação por méritos e não pela simples questão pessoal. É uma ideia nova, que dá a todos os universitários do Estado a possibilidade de concorrer com as mesmas chances, independentemente se conhece ou não um deputado federal”, explicou Rafael Motta, idealizador do concurso.

Apesar de idealizar o certame, Rafael Motta não vai interferir na escolha dos vencedores. As redações, que poderão ser enviadas para o e-mail do mandato até o dia 31 de março, serão analisadas e julgadas por três professores universitários. Os autores das duas redações com maiores notas ganharam a hospedagem de uma semana, custeada pela Câmara dos Deputados, e as passagens aéreas para Brasília, garantidas pelo próprio Rafael Motta.

Em Brasília, os estudantes universitários terão a oportunidade de conhecer o dia a dia do trabalho legislativo, como são formuladas e discutidas as leis federais e como cada deputado trabalha. “É uma experiência, sem dúvida, enriquecedora. Em Brasília, os estudantes poderão ver como funciona o centro político do Brasil e entender melhor o trabalho parlamentar”, afirmou Rafael Motta.

MANDATO DOS ATUAIS PREFEITOS E VEREADORES PODE SER DE SEIS ANOS. ELEIÇÃO PARA : VEREADOR,PREFEITO,DEPUTADO ESTADUAL, DEPUTADO FEDERAL, SENADOR, GOVERNADOR , PRESIDENTE DA REPÚBLICA, SÓ EM 2018

Quando o assunto é Reforma Política, a maioria dos gestores municipais são contrários à reeleição. Para eles, o mandato deve ser de seis anos e o voto no Brasil deve continuar a ser obrigatório. A maior parte pede a coincidência de mandatos e a alteração da data de posse dos eleitos. Esses foram resultados de uma pesquisa aplicada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) para saber a opinião dos municipalistas em relação a doze propostas que compõem a Reforma Política.

Em relação ao sistema de votos, o preferido é o distrital. O financiamento de campanha eleito é o público, a candidatura avulsa foi rejeitada juntamente com o recall. Para a maioria, os parlamentares precisam ter um limite de reeleições e o suplente de senador deve ser votado e nominado.

Na opinião dos pesquisados, deve ser convocado um plebiscito junto à população sobre esses temas. Ao todo, 674, entre eles 622 prefeitos e prefeitas, responderam ao questionário.Portanto,os vereadores,prefeitos que estão em pleno exercício do mandato só concorrerão em novas eleições em 2018,quado unifica as eleições de :Vereador,prefeito,deputado estadual,deputado federal,governador,senador,presidente da república.