Daily Archives: 09/10/2014

Quadrilha é presa em JP suspeita de assaltos na Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco

Josimar é um dos mais procurados em PE

A equipe do Grupo Tático Especial (GTE) da Policia Civil do Litoral Sul da Paraíba, em conjunto com policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de João Pessoa prendeu em flagrante nessa quarta-feira (8), uma quadrilha interestadual especializada em assaltos a saidinha de banco, assalto a posto de combustível e estabelecimentos comerciais nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco.

De acordo com o delegado Seccional do Litoral Sul, Aneilton Castro, que comandou as investigações, foram necessários dois meses para a Polícia Civil do estado chegar até os acusados. Seis homens e uma mulher foram presos em João Pessoa, nessa quarta, após terem praticado um roubo na avenida Beira Rio. A prisão ocorreu no bairro Ilha do Bispo.“A gente vinha investigando a quadrilha há cerca de dois meses depois de uma série de assaltos no Litoral Sul. Equipes nossa estavam monitorando a ação do grupo. Nessa quarta, conseguimos prender os acusados após um roubo.

Quatro carros e duas motos foram apreendidos”, confirmou o delegado.Ainda segundo Castro, Josimar João de Oliveira está entre os dez mais procurados no estado de Pernambuco. Ele é fugitivo do sistema penitenciário pernambucano. “Ele confessou assalto a Caixa na cidade de Tamandaré-PE. Josimar, que usava documento falso, cumpriu pena no presídio federal de Catanduvas-PR. É considerado um preso de alta periculosidade”, disse. Os presos e os veículos apreendidos foram levados para a central de polícia civil de João pessoa. Uma entrevista coletiva será realizada às 9h desta quinta-feira (9) para explicar a prisão da quadrilha. Participaram da prisão o superintendente da Polícia Civil na região metropolitana, delegado Wagner Dorta, Aldroville Grise, delegado de Roubos e Furtos da Capital e Erilberto.

Portal Correio

Dilma ratifica aliança com Ricardo, destaca transposição e propostas para o Nordeste

Presidente da República agradeceu os mais de 1,1 votos dos paraibanos no primeiro turno das eleições.

Dilma Rousseff concedeu entrevista coletiva após o desembarque no Castro Pinto
(Crédito: Ângelo Medeiros / WSCOM)

A presidente da República, Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, desembarcou pela primeira vez em solo paraibano na atual campanha eleitoral, na noite desta quarta-feira (8). Por volta das 19h10, o avião presidencial pousou no Aeroporto Castro Pinto e, em seguida, no hall de desembarque, a chefe do Executivo nacional concedeu entrevista coletiva.

Acompanhada do governador Ricardo Coutinho (PSB), também postulante à reeleição, Dilma Rousseff destacou a força da aliança PT, PSB e PMDB para este segundo turno, na Paraíba e agradeceu aos paraibanos pelos 1.166.632 votos depositados nas urnas, na eleição do último domingo (5).

“Estou na minha caravana de agradecimento aos Estados do Nordeste, agora estou na Paraíba para traze a minha mensagem e também para apoiar o governador Ricardo Coutinho e receber o seu apoio, juntamente com o PT e o PMDB e todos os partidos aliados. Neste segundo turno, vamos apoiar o governador, com quem sempre tivemos uma parceria excelente ao longo de todo o meu período de governo”, disse.

Apoio do PSB

Questionada sobre a decisão da Executiva Nacional do PSB de apoiar a candidatura do presidenciável Aécio Neves (PSDB), neste segundo turno, Dilma Rousseff afirmou que a decisão do governador paraibano, que é da legenda socialista, faz parte do processo democrático da política.

“A democracia numa campanha é feita de posições. Não há como fazer um processo eleitoral de conflito de projetos, sem você dizer o que pensa e o outro também. Acredito que a posição do PSB é legítima da democracia. Mas, eles liberaram os seus governadores, é isso explica a decisão do governador Ricardo Coutinho de me apoiar”, respondeu.

Compromisso com o Nordeste

Na sequência da entrevista, a presidente destacou o compromisso com o desenvolvimento do Nordeste, caso seja reeleita para um novo mandato. Segundo ela, uma das características do seu Governo e da gestão do ex-presidente Lula (PT) foi incidir sobre as desigualdades sociais e desequilíbrios regionais, característicos do desenvolvimento desigual entre as diversas regiões do país.

Ela afirmou que o seu governo teve um cuidado especial com as políticas sociais, a exemplo dos programas Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida; e educacionais, com a interiorização das universidades públicas e escolas técnicas federais e do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec); além de proporcionar infraestrutura para a Região; valorização do trabalhador e garantia de emprego e renda.

Ainda segundo a presidente, o Nordeste tem importância relevante para a política de resultados implantada pelo governo do PT. “O que existe é uma visão equivocada e atrasada do Nordeste. A realidade hoje é outra. A Região passou por um grande crescimento. Daqui saíram uma parte expressiva dos 36 mil que deixaram a extrema pobreza, daqui saíram àqueles que se elevaram para a classe média. Tem também um processo intenso de interesse de educação dos jovens, um exemplo é o Pronatec, que mantém 212 mil alunos matriculados só na Paraíba”, comentou.

Transposição do Rio São Francisco

Presidente falou sobre propostas para o NE e Transposição (Crédito: Ângelo Medeiros / WSCOM)

Dilma Rousseff também falou sobre as obras de transposição de bacias do Rio São Francisco. Ela destacou a importância da obra, mas enalteceu a conclusão de outras ações que irão garantir a segurança hídrica da Paraíba e dos demais Estados do Nordeste por onde as águas irão passar.

“Aqui na Paraíba, por exemplo, tem o canal das vertentes litorâneas; no Ceará, tem o eixão e o cinturão das águas; na Bahia, é a adutora do feijão e a adutora do Algodão; em Pernambuco, tem a adutora do Pajeú e a adutora do Oeste; no Piauí, tem a adutora de Piaus e a adutora de Bocaina”, disse.

E complementou: “Tudo isso conforma um quadro que irá perenizar cerca de 1.000 quilômetros de rio. Acredito que daqui a dois anos teremos um grau de realidade que vai mudar o Nordeste e isso vai beneficiar todas as outras regiões, porque o Brasil tem um mercado interligado, quando todos os Estados se beneficiam quando uma região cresce”.

Pimentel

A presidente também falou sobre a política nacional e negou que irá afastar do núcleo de campanha o governador eleito de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), após a Polícia Federal abrir inquérito para investigar suposta lavagem de dinheiro após apreender R$ 116 mil em espécie em um jatinho no Aeroporto Juscelino Kubitschek. Assessores de Pimentel estavam na aeronave.

“Porque que eu afastaria o Pimentel, você já o condenou?”, rebateu a presidente em resposta a um jornalista. “Eu confio no Pimentel, acho que ele é uma pessoa interessantíssima, foi o governador que derrotou o candidato do Aécio Neves”, disse.

Também acompanharam a entrevista da presidente, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT); o ex-candidato a senador Lucélio Cartaxo (PT); o senador eleito José Maranhão (PMDB); o senador e ex-candidato a governador Vital do Rêgo Filho (PMDB). O deputado federal reeleito e ex-ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), desembarcou junto com Dilma Rousseff.

Ângelo Medeiros
WSCOM Online

Filosofando com simplicidade

Sylo Costa

Dizia um filósofo do cotidiano, meu amigo, que as coisas simples não são complicadas. Mas o que é simples? O que é complicado? O não querer, o desinteresse são sentimentos simples. O contrário é complicado. Antigamente, se dizia que urna, barriga de mulher e cabeça de juiz guardavam certa semelhança, pois só se sabia o que havia dentro quando se abria. Bons tempos… Hoje, a tecnologia não deixa que se guardem segredos e quase permite a radiografia da alma. Isso significa que a vida moderna piorou? Sei não, talvez tenha diminuído a poesia da vida, que precisa de uma boa dose de segredo, isso é fato.

O deputado Jorge Ferraz, outro velho e querido amigo de tempos idos, dizia que a melhor parte das eleições era “filar resultados”. Disputávamos as eleições e só tínhamos certeza dos resultados dez ou 15 dias depois. As peripécias que fazíamos para ganhar votos eram como alimento para nosso corpo. A política era nossa vida.

Mas, agora, com as urnas eletrônicas, não podemos mais “filar resultados”. Recebemos a notícia de supetão, e essa falta de romantismo na política é certamente o resultado da profissionalização da atividade. A atividade política hoje é muito mais meio de vida que idealismo. Com exceções, é claro. E a rapidez das apurações de que tanto nos vangloriamos atualmente tira a sensação que antes provocava, tanto nos eleitores como nos candidatos.

E AS FRAUDES?

Penso mesmo que, antes de materializar as eleições (no sentido de virar matéria), aguça-nos a preocupação com fraudes… A pergunta é: por que nenhum país compra nosso tão decantado programa, que já foi oferecido a vários deles do Primeiro Mundo, sem sucesso? Ando cabreiro com esse negócio… Einstein disse que “tudo deveria se tornar o mais simples possível, mas não simplificado”. Indago: nosso processo de apuração eleitoral é simples, sem ser simplificado? Será que não estaríamos reinventando a roda?

Hoje, felizmente, a política não mexe mais comigo. Vivemos a geração dos que, num contorcionismo cínico, dizem que pegaram em armas para lutar contra a ditadura. Na verdade, lutavam para implantar outra ditadura, esta comunista. Assaltaram bancos, mataram gente, sequestraram embaixadores, torturaram outros, e pintaram e bordaram com esse objetivo, e hoje revelam que queriam ser tratados a pão de ló… Pois sim. Pimentel se elegeu governador. Não vou desejar-lhe felicidades no cargo. Quero mais é que ele e a terrorista Dilma se danem… Nada pessoal, é claro, mas não sou comuna.

Como sempre, votei nos menos piores, exceção feita a Anastasia. Resta agora a esperança de que Deus seja mesmo brasileiro e permita que Aécio ganhe a eleição, ou vamos ter uma invasão em nosso Estado de chupa-cabras petistas de todas as plagas. Marina perdeu por “coitadismo”. Aquela triste história de um só ovo para alimentar a família mostrou sua realidade, mas não lhe deu votos. Antes, tirou, pois cobra não come cobra… (transcrito de O Tempo)

Um olhar deslumbrante que Raul de Leoni não esqueceu

O advogado e poeta Raul de Leoni (1895-1926), nascido em Petrópolis (RJ), expressa nos versos de “História Antiga” tudo quanto um olhar pode acarretar pela vida afora: otimismo, inocência, dúvida, indiferença, amor, fantasia, incompreensão e tardeza para dizer algo.

HISTÓRIA ANTIGA

Raul de Leoni

No meu grande otimismo de inocente,
Eu nunca soube por que foi… um dia,
Ela me olhou indiferentemente,
Perguntei-lhe por que era… Não sabia…

Desde então, transformou-se de repente
A nossa intimidade correntia
Em saudações de simples cortesia
E a vida foi andando para frente…

Nunca mais nos falamos… vai distante…
Mas, quando a vejo, há sempre um vago instante
Em que seu mudo olhar no meu repousa,

E eu sinto, sem, no entanto compreendê-la,
Que ela tenta dizer-me qualquer cousa,
Mas que é tarde demais para dizê-la…

 site Poemas & Canções

Vina Calmon abusa da transparência e recebe beijo na boca do cantor Julio Iglesias

por Rafael Albuquerque

Vina Calmon abusa da transparência e recebe beijo na boca do cantor Julio Iglesias

Fotos: Fred Pontes // Sony Music // Divulgação

A cantora Vina Calmon, da banda Cheiro de Amor, recebeu um beijo inesperado – e na boca – do cantor Julio Iglesias durante sua participação no show realizado nesta noite de quarta-feira (8) em Curitiba. Julio disse que ficou apaixonado e encantado pela voz, e convidou a cantora para o seu show em Salvador. Como se vê na sequência de imagens feitas pelo fotógrafo Fred Pontes, Vina, que namora o cantor Denny, da Timbalada, ficou um tanto sem graça após a investida do artista, que está em turnê pelo Brasil.

A cantora chamou atenção por conta do vestido exclusivo de Fabiano Milazzo, além das joias de Guilherme Duque e styling da assinado por Thidy Alvis. A dupla ia cantar duas músicas, mas durante os ensaios, Julio convidou Vina para também encerrar o show cantando junto com ele a música “Coração Apaixonado”.

450x347xunnamed,P20,285,29,286,29.jpg.pagespeed.ic.dhiiGoKNJO

Deputados se unem em prol de campanha de Henrique

images

Pouco antes do início da campanha propriamente dita para o segundo turno, aliados à candidatura do deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB) ao Governo do Estado estiveram reunidos para discutir ações de campanha. Ao todo, 13 deputados estaduais reuniram-se com o candidato e garantiram uma força-tarefa pela vitória dele no segundo turno das eleições. O encontro ocorreu na noite de ontem (8), na sede do PMDB em Natal.

Participaram da reunião os deputados Ricardo Motta (PROS), Ezequiel Ferreira (PMDB), Raimundo Fernandes (PROS), George Soares(PR), Kelps Lima (SD), Gesane Marinho (PSD), Vivaldo Costa (PROS), Hermano Morais (PMDB), Gustavo Fernandes (PMDB), Getúlio Rêgo (DEM), Tomba Farias (PSB) e Álvaro Dias (PMDB) e Albert Dickson (PROS), eleitos em 5 de outubro. Os detalhes da mobilização para o segundo turno ficou por conta da ex-presidente da Fundac e coordenadora da campanha na capital, Graça Mota (PSB).

Para o candidato Henrique Alves, o clima do encontro foi fraterno e serviu para estabelecer algumas estratégias para o segundo o turno. Ele aproveitou a reunião para parabenizar os eleitos e agradecer o empenho de todos os envolvidos no primeiro turno.

“Obtive mais de 80 mil votos de maioria e venci em mais de 100 municípios do estado. Graças ao apoio deles e das lideranças podemos chegar a todo o povo do Rio Grande do Norte. Agora é renovar esse trabalho, essa articulação e a presença em cada canto e recanto do RN. A motivação é ainda maior e melhor. Vencemos o primeiro turno e vamos vencer o segundo turno”, disse.

O deputado estadual reeleito Hermano Morais (PMDB) destacou a importância do encontro citando a quantidade de lideranças presentes e reafirmando o compromisso de apoio ao futuro governador.

De acordo com ele, “o momento é importante para reorganizarmos nossas atividades para o segundo turno, quando já estamos livres das eleições proporcionais e focados na vitória de Henrique. Sem dúvidas, ele é bem preparado e está determinado a fazer um governo mais eficiente e reorganizando nosso estado. Importante frisar que o apoio é forte. Estamos animados para ir às ruas e consolidar a eleição já que saímos vencedores no primeiro turno”.

Já o deputado eleito Álvaro Dias tratou a reunião como o momento de “discutir propostas e definir prioridades para a reta final da campanha eleitoral”. Para ele, “a campanha de Henrique será vitoriosa no segundo turno. Pela experiência que ele tem, competência e força política ele é o melhor e mais preparado”. (TN)

Partido criado por Marina recomenda voto branco, nulo ou em Aécio

marina-rede-sustentabilidade

Rede recomenda voto branco, nulo ou em Aécio

A candidata à Presidência da República Marina Silva (PSB) ainda não definiu seu posicionamento com relação ao segundo turno da eleição presidencial. No entanto, a Rede Sustentabilidade, partido criado pela ex-ministra do Meio Ambiente, definiu recomendação de voto branco, nulo ou em Aécio Neves, candidato do PSDB. A legenda tem entendimento consensual em não apoiar a presidente Dilma Rousseff (PT).O porta-voz do partido, Walter Feldman, explicou que a legenda entende que o voto em Aécio, em branco ou voto nulo, representam o desejo de mudança, que é o mesmo da Rede. Para a Rede, o programa de Governo de Dilma não representa o que pensa a legenda, mas o de Aécio, com os pontos em destaque, é mais satisfatório para o partido.

“A Rede vai apresentar muito claramente as questões programáticas que o partido acredita que devem ser debatidas pelos candidatos no segundo turno”, afirmou Feldman em coletiva de imprensa, em São Paulo.

Apesar do posicionamento da Rede, a legenda decidiu que acatará o posicionamento individual de Marina Silva. A candidata esteve com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) na quarta-feira (8), mas o porta-voz da Rede disse que não tinha informações sobre o conteúdo da conversa. Marina, no entanto, está liberada para apoiar a candidatura de Aécio Neves.

A expectativa é que Marina Silva indique ainda hoje a sua posição com relação ao segundo turno. O PSB, partido que deu legenda para que a acreana disputasse a Presidência pela segunda vez, já definiu apoio a Aécio Neves. (TN)

Agripino: “Aécio tem espírito de homem público, íntegro e trará sorte para o país”

unnamed

O senador José Agripino (RN), coordenador-geral de campanha do presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG), disse que o candidato mineiro é um homem de espírito público capaz de devolver ao Brasil o desenvolvimento econômico e social que se perdeu durante os 12 anos de governo PT. Senadores, deputados, governadores e lideranças nacionais se reuniram nesta quarta-feira (8), em Brasília (DF), para reforçar o apoio à candidatura de Aécio Neves na campanha eleitoral do segundo turno. “Os institutos de pesquisa, antes das eleições de domingo, não refletiram a vontade do povo. Em sua trajetória política, Aécio sempre demonstrou ter o espírito de homem público, íntegro, probo e, além disso, trará muita sorte para o país”, frisou José Agripino (RN).

Estiveram presentes no evento lideranças do Democratas, como o líder Mendonça Filho (PE); o prefeito de Salvador, ACM Neto; o deputado Rodrigo Maia (RJ); o ex-prefeito do Rio de Janeiro, César Maia; além dos senadores eleitos Davi Alcolumbre (AP) e Ronaldo Caiado (GO). Também estiveram presentes o governador reeleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o senador eleito José Serra (SP).

Pesquisa divulgada nesta quarta-feira (8) pelo site da revista Época  – a primeira após as eleições do primeiro turno – mostrou Aécio Neves na frente da presidente Dilma Rousseff (PT). Se a eleição fosse hoje, de acordo com números do Instituto Paraná Pesquisas, Aécio teria 54% das intenções de voto contra 46% de Dilma. Maiores detalhes sobre a pesquisa no: http://www.revistaepoca.com.br