Gestores destacam atuação de Henrique na Saúde do RN

A atuação do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, que ontem anunciou a liberação de R$ 2,1 milhões para o Hospital Infantil Varela Santiago, foi destacada por gestores de hospitais estaduais, federais e filantrópicos do RN. Segundo eles, o trabalho do deputado na destinação de emendas parlamentares e principalmente o trânsito livre no Ministério da Saúde vêm garantindo os recursos necessários para a manutenção, ampliação e modernização das unidades hospitalares.

CedidaJosé Euber destaca a manutenção dos serviços de hemodiáliseJosé Euber destaca a manutenção dos serviços de hemodiálise

O diretor do Hospital Varela Santiago, Paulo Xavier, explicou que os recursos liberados ontem serão investidos na aquisição de 10 leitos de UTI Neonatal, uma necessidade da unidade que sobrevive exclusivamente de doações e verba pública. “Esse hospital respeita e muito os recursos do SUS. Se acabar essa fonte, morre”, afirmou.

Ele disse que os recursos conseguidos por Henrique Alves chegam a ser maior do que todo o resto da bancada potiguar. Exemplo disso, acrescentou, foram as emendas de R$ 2 milhões liberadas nos anos de 2013 e 2014 que serão utilizadas para equipar o hospital. “Vamos adquirir novas máquinas de raio-x e autoclave, equipar a lavanderia e equipar outros setores do hospital”, informou.

Para o nefrologista José Euber Pereira Soares, ex-presidente da Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante, foi a atuação de Henrique em Brasília que garantiu a manutenção dos serviços de hemodiálise pelo SUS no Rio Grande do Norte. “Em 2009, com a saída do ministro Humberto Costa e a entrada de Saraiva Filipo, a nossa proposta de 15% foi mantida por força e prestígio do deputado Henrique Alves, e sem a qual estaríamos numa situação econômica gravíssima”, contou, referindo-se à recomposição anual dos recursos para sessões de hemodiálise.

“Henrique que nunca se negou a contribuir com seu apoio e ajuda na área da saúde. Sou prova viva da ajuda federal dada pelo deputado ao Onofre Lopes, um exemplo de gestão para os demais 46 hospitais universitários brasileiros”, testemunhou Soares, que foi vice-diretor do Hospital Universitário Onofre Lopes, mantido pela UFRN. “Não se pode fazer uma boa gestão sem recursos financeiros e humanos”, concluiu.

A Liga Norte-Riograndense Contra o Câncer é outra instituição filantrópica que conta com recursos do SUS para sobreviver. O superintendente, Ricardo Curioso, destacou o trânsito que o deputado Henrique Alves tem no Ministério da Saúde. “Ele já nos levou para conversar com o ministro e está conosco nessa luta”, disse. Para a Liga, o deputado conseguiu um convênio de R$ 1,8 milhão que será investido na aquisição de equipamentos para ampliação de 10 leitos de UTI. Além disso, Ricardo Curioso afirmou que Henrique encampou o projeto de construir mais um hospital da rede em Natal.

O diretor do Hospital Universitário Onofre Lopes, Ricardo Lagreca, diz que a participação de Henrique Alves na bancada tem sido fundamental para a manutenção da unidade. “Jamais nós alcançaríamos o que alcançamos sem a atuação do deputado”, garante. Entre as aquisições, ele destaca os equipamentos no setor de internação e do moderno setor de imagens. “Esses equipamentos são de altíssima qualidade.” (TN)

Posted on 27/05/2014, in Informativo, RN, Saúde. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: