Daily Archives: 15/05/2014

Corpo de filho de Erasmo Carlos é enterrado na Zona Oeste do Rio

Despedida foi marcada por muita tristeza de amigos e familiares.
Alexandre Pessoal morreu após sofrer um acidente de moto.

Erasmo Carlos pega a bandeira do Vasco que cobriu o caixão do filho (Foto: Káthia Mello / G1)Erasmo Carlos pega a bandeira do Vasco que cobriu o caixão do filho (Foto: Káthia Mello / G1)

O corpo do músico Carlos Alexandre Esteves, filho do cantor e compositor Erasmo Carlos, foi enterrado pouco depois das 17h desta quinta-feira (15) no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, Zona Oeste do Rio. Erasmo, um dos mais emocionados na despedida, deu um beijo na mão e a apoiou sobre o caixão. Antes, o Tremendão distribuiu rosas e fez uma oração em frente ao túmulo de sua ex-mulher e mãe de Alexandre, Narinha, morta em 1995.

Após o sepultamento, amigos e familiares fizeram uma oração coletiva. Roberto Carlos, que era padrinho de Alexandre, acompanhou o velório e o cortejo, também emocionado.

Uma bandeira do Vasco cobriu o caixão durante o cortejo e foi entregue a Erasmo antes de o corpo ser enterrado. Carlos Alexandre que foi apresentador da TV Vasco, time do coração dos dois. O presidente do clube, Roberto Dinamite, foi à cerimônia prestar solidariedade.

A área da capela durante o velório foi isolada com grades para garantir privacidade a família durante a despedida. Fãs dos ídolos da jovem guarda, se aglomeravam para ver os artistas durante o funeral. A cantora Wanderléa, foi a primeira a chegar, pouco antes das 15h.

O cantor Roberto Carlos, durante enterro do corpo de Alexandre Pessoal, filho do cantor Erasmo Carlos, no cemitério Jardim da Saudade, Zona Oeste do Rio de Janeiro (Foto: Arion Marinho/Futura Press/Estadão Conteúdo)Roberto Carlos foi se despedir do afilhado (Foto: Arion Marinho/Futura Press/Estadão Conteúdo)

“Os filhos de Erasmo são como se fossem filhos meus, é uma tristeza muito grande. Foi uma partida tão brutal. A gente tem que saber aceitar, mas um momento desse é muito difícil”, disse a ela.

Erasmo Carlos, seus outros filho e amigos se abraçam no enterro (Foto: Káthia Mello / G1)Erasmo Carlos, seus outros filho e amigos se abraçam no enterro (Foto: Káthia Mello / G1)
Corpo de Alexandre é velado em Sulacap (Foto: Arion Marinho / Futura Press / Estadão Conteúdo)Corpo de Alexandre é velado em Sulacap (Foto: Arion Marinho / Futura Press / Estadão Conteúdo)
Alexandre Pessoal cantou ao lado do pai, Erasmo Carlos, no Som Brasil em setembro de 2008 (Foto: TV Globo / Frederico Rozario)Alexandre Pessoal cantou ao lado do pai, Erasmo
Carlos, no Som Brasil em setembro de 2008
(Foto: TV Globo / Frederico Rozario)

‘Nosso amor é invencível’
Antes mesmo da chegada do carro funerário, o clima era de muita comoção. Os amigos de Gugu, como era conhecido, se abraçavam em silêncio e choravam discretamente. Amigos da banda Fica Comigo vestiam uma camiseta branca com um coração vermelho com os dizeres “O nosso amor é invencível”. A frase que estampava a roupa dos presentes era uma das preferidas de Alexandre.

“O Gugu estava sempre fazendo umas frases estimulando a todos os fãs do Fica Comigo, que era o maior projeto dele e com o qual ele conseguia transmitir para o público todo amor. A frase que ele mais amava dizer, durante o show, era ‘O mundo precisa de homens mais gentis e mulheres mais acessíveis’, contou André Henrique, produtor da banda.

Ex-prefeito de Pendências é condenado por desvio de R$ 3 milhões em verbas públicas

Ação do Ministério Público Federal apontou que Jailton Freitas simulava contratos com empresas “laranjas” e executava serviços com equipes da Prefeitura e cidadãos

 O ex-prefeito não só coordenava o esquema, como ainda escolhia a empresa a ser usada na fraude e autorizava as ordens de pagamento. Foto: Divulgação
O ex-prefeito não só coordenava o esquema, como ainda escolhia a empresa a ser usada na fraude e autorizava as ordens de pagamento. Foto: Divulgação

O ex-prefeito de Pendências, Jailton Barros de Freitas, e outros 13 envolvidos em um esquema de desvio de recursos públicos foram condenados por improbidade e terão de devolver quase R$ 3 milhões, além de pagar multas e cumprir outras penalidades. A condenação é resultado de uma ação do Ministério Público Federal (MPF), que apontou diversas irregularidades cometidas pelo grupo, entre os anos de 2001 e 2004.

A prática incluía assinar convênios da Prefeitura com órgãos federais para construção e reconstrução de casas, praças, unidades de saúde, pavimentação de ruas, entre outras obras. Posteriormente, as licitações e os contratos com empreiteiras eram simulados. As empresas agiam como “laranjas” e “vendiam” notas fiscais e recibos à Prefeitura, como forma de justificar a aplicação dos recursos. “(…) de forma que o dinheiro acabava por voltar ao próprio Prefeito Municipal e seus colaboradores”, descreve a ação do Ministério Público Federal.

Após o desvio das verbas, as obras eram executadas sem qualquer acompanhamento técnico, utilizando mão de obra barata ou gratuita (até dos próprios beneficiários dos serviços), com apoio de pessoal e maquinário da Prefeitura. Eram empregados ainda materiais de baixíssimo custo, razão pela qual muitas foram entregues com péssima qualidade e, em alguns casos, sem sequer estarem concluídas.

A sentença, de autoria do juiz federal da 11ª Vara, Fábio Luiz de Oliveira Bezerra, acompanhou na íntegra as razões finais apresentadas em setembro de 2013 pelo representante do MPF, o procurador da República Emanuel de Melo Ferreira, titular da Procuradoria da República no Município de Assu. Os condenados ainda poderão recorrer da decisão.

Condenações

Dentre os envolvidos, foram condenados por atos de improbidade administrativa que importam enriquecimento ilícito e dano ao erário (artigos 9º, “caput”, XI; e 10, “caput”, da Lei 8.429/92) Jailton Freitas, Ezequias Nogueira da Silva (que executava as obras para a Prefeitura), cinco representantes das empresas “laranjas” (Gilvan Augusto de Lima, Antônio Antomar de Castro Carvalho, Carlos Antônio Ferreira de Lima, Gerlândia do Nascimento Dantas, Josafá Augusto de Lima) e ainda João Carlos da Silva, em nome de quem o ex-prefeito colocava os imóveis comprados com os recursos desviados.

Os ex-integrantes da comissão de licitação do Município José Maria de Melo Inácio, Ione Freire Bezerra, Luiz Rodrigues Fernandes Filho, Cecília Maria de França e Eloilde Lopes do Nascimento foram condenados por atos de improbidade administrativa que causam dano ao erário (artigo 10, “caput”, I, VIII e XII, da Lei 8.429/92). José Maria de Souza, representante da única empresa que realizou a obra, mas que foi escolhida em licitação direcionada, foi condenado apenas pelo ato de improbidade descrito no caput do artigo 10 da mesma lei.

Penas

Todos foram sentenciados à suspensão dos direitos políticos por prazos que variam de cinco a dez anos. Com exceção de José Maria de Souza, os demais foram condenados também à perda das funções públicas ocupadas (com exceção dos ex-integrantes da comissão de licitação que exerçam cargos efetivos) e à proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios (por prazos de cinco a dez anos).

Jailton Freitas recebeu ainda uma multa de R$ 200 mil e terá de ressarcir o dano aos cofres públicos no valor de R$ 2.952.282,56 (a ser atualizado monetariamente), junto com João Carlos da Silva e Ezequias Nogueira da Silva. Esses dois terão de pagar multa de R$ 50 mil, cada. O juiz decretou também a perda de bens que estão em nome de João Carlos, mas que pertencem de fato ao ex-prefeito, incluindo nove terrenos, dois imóveis residenciais, dois comerciais e nove salas na avenida Ayrton Senna, todos em Parnamirim.

Gilvan Augusto, Antônio Antomar, Carlos Antônio, Gerlândia do Nascimento e Josafá Augusto, que atuaram como representantes das empresas “laranjas”, terão de pagar R$ 60 mil em multa cada um e ressarcir, em solidariedade com Jailton Freitas e João Carlos, os valores supostamente repassados às suas respectivas empresas. José Maria de Souza, responsável pela L. A. Construções, cuja contratação foi direcionada, embora a obra tenha sido efetivamente executada, terá de arcar com multa de R$ 5 mil.

José Maria de Melo, Ione Freire, Luiz Rodrigues Filho, Cecília Maria de França e Eloilde Lopes, que atuaram no esquema como membros da Comissão de Licitação, assinando documentos fraudados, foram sentenciados também ao pagamento de multa de R$ 3 mil.

Participação

O ex-prefeito não só coordenava o esquema, como ainda escolhia a empresa a ser usada na fraude e autorizava as ordens de pagamento. Já Ezequias Nogueira , homem de confiança de Jailton Freitas, contratava a mão de obra, os equipamentos e adquiria o material. João Carlos, por sua vez, “emprestou” seu nome para figurar como proprietário de imóveis comprados por Jailton Freitas, com o dinheiro desviado.

Os representantes das empresas, além de concordar com as ilegalidades, contribuíam para o desvio dos valores apresentado documentos falsos para comprovar as supostas despesas do Município. “(…) resta patente que as empresas Esfera Construção Civil Ltda., A. A. Carvalho Construção e Empreendimentos Ltda., Construtora Augusto Ltda., G. G. Construções Ltda, J. L. Construções e Instalações Ltda. e Construtora Primavera Ltda. não prestaram, efetivamente os serviços contratados pela Prefeitura de Pendências e atuaram apenas fornecendo notas fiscais que possibilitassem a retirada da verba federal dos cofres da Caixa Econômica”, relata a sentença.

Convênios

As obras que deveriam ter sido realizadas pelas empresas abrangiam nove convênios e incluíam a construção de um centro de convivência de idosos (R$ 98.010); de um centro de múltiplo uso (R$ 100.188); reconstrução de 94 unidades habitacionais (R$ 443.360,16); reforma de unidades de saúde (R$ 222.945,43); construção de 95 módulos sanitários (R$ 129.770); construção e/ou reforma de quatro praças (R$ 208.421,15); reforma de 356 unidades habitacionais (R$ 518.669,17); pavimentação de vias urbanas (R$ 678.408,90); e reconstrução de 80 unidades habitacionais (R$ 574.670,40).

Hermano Morais será relator de processo de impeachment contra Rosalba

Os membros da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa designaram o deputado Hermano Morais (PMDB) como relator do pedido de impeachment contra a governadora Rosalba Ciarlini. A matéria chegou à casa no fim de abril, encaminhado por representantes do Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO/RN).

adriano abreuDeputado foi escolhido por membros do CCJDeputado foi escolhido por membros do CCJ

De acordo com o deputado, o processo possui 30 volumes, com cerca de 2.500 páginas. Dessa forma, ainda não existe data definida para a entrega do parecer do Projeto.

“Não vou determinar os dias, tendo em vista os volumes do processo, mas vou me debruçar sobre esse assunto para que possa oferecer nossa contribuição, contando com a ajuda da assessoria jurídica desta Casa”, declarou.

Senado da Bélgica aprova punição a quem fizer cantadas grosseiras nas ruas

Senado da Bélgica aprova punição a quem fizer cantadas grosseiras nas ruas
O Senado da Bélgica aprovou uma lei que multa as pessoas que façam cantadas agressivas a mulheres em vias públicas. A norma ainda prevê prisão de um ano para quem comete a importunação e punição para quem pratica o assédio nas redes sociais. A Bélgica é o primeiro país europeu a considerar as intimidações sexuais como forma de assédio. O projeto ganhou apoio dos parlamentares depois que a estudante Sophie Peeters gravou um documentário chamado “Femme de la Rue” (A Mulher da Rua) que mostra os assédios que sofre uma mulher ao caminhar nas vias públicas do país. Com uma câmera caseira, durante meses, ela filmou as cantadas e insultos que ouvia de homens na rua. A lei entrará em vigor em junho. De acordo com a ministra federal da Igualdade de Oportunidades, Joelle Milquet, a nova regra encarará como ofensa criminal as intimidações sexuais em via pública. As multas variam entre 50 euros e mil euros. Parte da população belga ainda não sabe como serão feitas as repressões.

Dilma vem inaugurar aeroporto de São Gonçalo dia 6 de junho

Índice

 O presidente da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves, do PMDB, disse ontem que a presidente Dilma Rousseff vem ao município de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, inaugurar junto com a governadora Rosalba Ciarlini, o Aeroporto Internacional Aluísio Alves. A data agendada para a visita presidencial ao Rio Grande do Norte é 6 de junho.

O novo Aeroporto do Rio Grande do Norte, que vai fazer desativar a unidade de Parnamirim, ocupa uma área de 15 milhões de metros quadrados, distante 40 km da área urbana de Natal, capital. O decretou presidencial para construir este aeroporto é de 1995. Serão duas pistas de pousos/decolagens medindo 3 mil de extensão com 60 de largura, que tem estrutura para suportar operações de grandes aeronaves de passageiros e também de carga. Mais informações:http://www.infraero.gov.br/obras

A obra é público e privada. Os acessos foram licitados em 2009, mas somente em agosto de 2013 é que começaram. Orçadas em R$ 73 milhões, a estrutura prevê a construção de 33,7 km de estrada duplicada, interligando o aeroporto a BR 406 pelos acesso norte e às BR 304 e 226 pelos acessos Sul. Coube a Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante, a grande beneficiada com a estrutura do aeroporto, a iluminação e sinalização dos acessos. Ao todo já foram investidos 1,9 milhão. O governo do Estado garante que os acessos vão está prontos até o dia da inauguração.

Orçamento

Custo: R$ 792,55 milhões (Infraero: R$ 174,44; Concessionária: R$ 618,11 milhões)
Contrato: público-privado

Inauguração

Em 2013, o presidente da Empresa de Infraestrutura Aeroportuário havia previsto o início de operações do Aeroporto Aluísio Alves de São Gonçalo do Amarante para o mês de abril passado. Nâo deu certo. Depois ficou para maio e também não deu certo. Desta vez, Gustavo Vale, da Infraero, acredita que haverá a inauguração e, segundo o presidente da Câmara dos Deputados, com a presença da presidenta Dilma Rousseff e a governadora Rosalba Ciarlini.

Enem: Travestis e transexuais poderão ser identificados pelo nome social

Neste ano, há novidades no processo de inscrição. Travestis e transexuais poderão ser identificados pelo nome social nos dias e locais de realização das provas. Para isso, é preciso fazer o pedido, pelo telefone 0800-616161. Para evitar ausências, o Inep vai enviar uma mensagem aos inscritos no ano passado que não fizeram a prova. Eles serão alertados de que não fazer o Enem leva ao desperdício de recursos públicos.

Para se preparar, o aluno pode acessar o aplicativo Questões Enem, um banco de questões da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) que reúne as provas de 2009 a 2013. O acesso é gratuito.

FOTO: Ex-ABC, Edson é apresentado no Fluminense e é comparado a Paulinho, da Seleção

Fabricio-e-Edson-Apresentação-NP-15mai2014-616x345O Fluminense apresentou na manhã desta quinta-feira, 15, dois reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro, o zagueiro Fabrício e o volante Edson. Ambos receberam a camisa 27 e 19, respectivamente, do vice-presidente de futebol, Mário Bittencourt. Enquanto o primeiro, de 24 anos, chega com vínculo até o fim do ano, o segundo, de 22 anos, assinou contrato até 31 de maio de 2015.

Com passagens por clubes como Cruzeiro, Palmeiras, Atlético-PR, Vitória, Vasco e Flamengo, Fabrício acredita que pode fazer um bom trabalho nas Laranjeiras.

– Estou muito feliz. É um clube que sempre tive vontade de jogar e espero corresponder a expectativa. Sei que temos jogadores muito bons no elenco. Espero trabalhar com paciência, sem ansiedade e estar preparado para corresponder. A minha expectativa é a de somar ao máximo para o grupo – avisou Fabrício, que aproveitou para elogiar os companheiros de setor.

– É complicado falar que o time do Fluminense não tem uma zaga boa, eu não concordo. O futebol brasileiro é muito nivelado. O elenco do Fluminense é muito bom e espero ter minha oportunidade, estar 100% e agradar todo mundo.

Já o volante Edson deve demorar um pouco mais para estrear pelo clube das três cores que traduzem tradição. Logo depois da participação do São Bernardo – antigo clube dele – pelo Campeonato Paulista, o jogador passou por uma cirurgia no ombro esquerdo. Ele continuará a fazer tratamento no clube e deve estar apto para atuar após a Copa do Mundo.

– O Fluminense é um clube gigantesco, estou bem feliz de estar aqui. Sobre meu ombro, estou dando seguimento à preparação. Rompi os ligamentos do ombro esquerdo e agora é recuperar bem para, quando voltar, jogar bem e ajudar. Comecei a trabalhar na fisioterapia há pouco tempo. Depois da Copa espero estar 100% para jogar – adiantou o volante.

Ao ser perguntado sobre ter o estilo de jogo parecido com o do volante Paulinho, do Tottenham-ING e Seleção Brasileira, Edson preferiu não fazer comparações. E também avisou que pode fazer mais de uma função na cabeça de área.

– Não tenho dificuldade em jogar em nenhuma das duas posições. Ano passado joguei de primeiro volante. Este ano atuei de segundo. Na função que o Cristóvão precisar de mim estarei pronto para ajudar. Sou um cara que marca bastante, que sai para o jogo e tenho uma boa qualidade no passe – apresentou-se Edson.

Comunicação Institucional FFC

FOTOS: Bandeira musa cogita processar cartola do Cruzeiro: ‘Fui crucificada por ser bonita’

ok_fernanda-110305060_625997560828552_2741906533469615595_nHá duas semanas, Fernanda Colombo Uliana viu sua rotina se transformar completamente. A bandeirinha de 23 anos virou sucesso na web após auxiliar a arbitragem no jogo entre São Paulo e CRB, pela Copa do Brasil, no dia 8 de maio. A beleza e os erros cometidos pela catarinense chamaram atenção até da imprensa internacional. No último domingo (11), depois de marcar um impedimento de um gol legítimo do Cruzeiro, em uma partida contra o Atlético-MG pelo Campeonato Brasileiro, Fernanda foi alvo de uma declaração polêmica do diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos: “’Vá posar para a Playboy, não trabalhar com futebol”, disse durante uma entrevista coletiva.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou o afastamento da auxiliar de arbitragem por duas rodadas da série A do Campeonato Brasileiro. De acordo com o assessor de imprensa dela, o objetivo não seria punir Fernanda, mas sim preservá-la.

Abalada com a repercussão do caso, Fernanda até cogita entrar com um processo por injúria contra o dirigente do time mineiro. “O advogado da minha assessoria me informou que é cabível uma ação indenizatória, bem como um procedimento criminal por injúria”, disse em entrevista exclusiva por e-mail à Marie Claire.

“ERROS ACONTECEM TODO O TEMPO”

Durante a conversa, Fernanda não nega que tenha feito interpretações errôneas em suas arbitragens. “Erros como esses acontecem todo o tempo com muitos profissionais. Somos humanos. No entanto, nunca vi tanta repercussão”, afirma.

A bandeirinha credita muito da polêmica a sua beleza. “Fui crucificada por ser bonita”. Ela conta que nunca tinha sentido o machismo no futebol, mas percebeu que ele realmente acontece. “Sempre me respeitaram muito, mas existe preconceito sim”. Ela gostaria que seu caso servisse de forma positiva para outras mulheres que também se sentem prejudicadas no trabalho por causa do machismo. “Tudo pode ser um exemplo para que as coisas se tornem boas”, diz. Carreira artística como sugerida pelo diretor mineiro não faz parte dos planos de Fernanda. “Não penso nisso agora. Sou bandeirinha, amo minha profissão”.

REPERCUSSÃO

Segundo a assessoria da auxiliar de arbitragem, a Televisão Estatal na China transformou Fernanda em um ícone feminino no país: “É engraçado isso acontecer em um lugar que teve uma ditadura por um longo período. Quem sabe isso não seja o início de uma atitude contra o machismo por lá”, diz a bandeirinha.

Em sua página no Facebook, o deputado federal Romário se pronunciou a favor do afastamento de Fernanda e contra atitudes machistas como a do dirigente. “Parece que ele ainda vive na idade das cavernas. É um pensamento retrógado que não cabe”, afirmou o ex-jogador também em entrevista à Marie Claire. Sobre uma possível punição a Alexandre, Romário é enfático. “Ele vem sendo muito criticado, então duvido que volte a repetir essas palavras. Deve ter aprendido a lição. Pelo menos, espero”.

Para o deputado, o fato de o futebol ainda ser um espaço pequeno para as mulheres é resultado da falta de coragem delas em buscar mais oportunidades: ”Com certeza, este tipo de atitude acaba afastando-as ainda. É uma pena”.

Romário ainda aproveitou para mandar uma mensagem de apoio a Fernanda: “Continue em sua carreira profissional e não se abata por este tipo de crítica. A boca foi feita para falar, tem gente que fala besteira mesmo”, finaliza.

Marie Claire – Globo

Protesto contra Copa em São Paulo tem confronto com PM e depredação

Protesto contra Copa em São Paulo tem confronto com PM e depredação

Foto: Reprodução/ G1

Manifestantes entraram em confronto com a Polícia Militar na cidade de São Paulo, na Rua da Consolação, na noite desta quinta-feira (15). Um grupo de integrantes do protesto tentou furar o bloqueio dos PMs que acompanham o ato e o tumulto começou. A polícia reagiu com bombas de efeito moral. Uma pessoa ficou ferida durante a ação. A Concessionária da Hyundai na mesma rua foi depredada. Vidros foram destruídos e alguns veículos, pichados e quebrados. Na Rua Bela Cintra, manifestantes depredaram lixeiras e atearam fogo em sacos de lixo. A Tropa de Choque da Polícia Militar está no local.