Daily Archives: 14/01/2014

Viagra para mulheres: a pílula do prazer é a novidade para 2015

viagraA ‘pílula do prazer’, em breve, também estará disponível para elas. Até o final de 2015, a versão feminina do Viagra deverá chegar às prateleiras. A droga, ainda na fase de testes, atua, inclusive, na perda de peso, reclamação típica das mulheres. O remédio é desenvolvido pela empresa britânica Orlibid, com a ajuda dos criadores do Viagra masculino. Ingerida 15 minutos antes do sexo, a pílula aumenta o desejo por mais de duas horas. “O remédio servirá para todas as mulheres. Desde as que têm disfunções sexuais que comprometem o relacionamento até aquelas que querem apenas apimentar a relação”, disse, ao ‘Daily Mail’, Mike Wyllie, membro da equipe que criou o Viagra e que está trabalhando na empresa britânica.

A fórmula utiliza uma versão sintética do hormônio melatonina, também associado à regulação do sono e à reconstrução das células da pele. As pílulas atuariam no cérebro feminino e seriam capazes de aumentar o desejo pelo sexo. O desafio é desenvolver o remédio em forma de comprimido em vez de injeção. Serão feitos ainda três estudos para medir o efeito do viagra feminino, que também pode ter resultados positivos em homens. Surgimento de enjoo seria um dos efeitos colaterais.

Para Jorge José Serapião, especialista em terapia sexual e membro da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro, caso o remédio se mostre eficiente, um dos pontos positivos é o fato de não utilizar testosterona na composição. O hormônio tem efeitos colaterais nas mulheres, como crescimento de pelos e voz grossa. “O medicamento atua nos neurotransmissores cerebrais e melhora aspectos físicos nas mulheres. Não tem efeito em questões emocionais, como baixa autoestima e problemas com o parceiro”, alerta, acrescentando que o viagra masculino atua diretamente nos vasos sanguíneos do pênis.Segundo Serapião, no Brasil, só está disponível a injeção de testosterona, que repõe o hormônio vinculado ao desejo sexual. A técnica é indicada, principalmente, a mulheres que tiveram que retirar os ovários.

Após Lei Antibaixaria, deputada quer vetar ‘sexualização’ da mulher na publicidade

por Carol Prado

Após Lei Antibaixaria, deputada quer vetar ‘sexualização’ da mulher na publicidade

Foto: Reprodução

Um projeto de lei que pretende tirar de circulação na Bahia peças publicitárias que contenham “teor sexual” com apelo ao corpo feminino, seja ele direto, indireto ou subliminar, foi apresentado, em dezembro de 2013, na Assembleia Legislativa (AL-BA).

De autoria da deputada estadual Luiza Maia (PT), a mesma criadora da Lei Antibaixaria, aprovada em março de 2012, a proposta tem por objetivo vetar a veiculação de periódicos, cartazes, outdoors e vídeos que mostrem a mulher como atrativo para o consumo de quaisquer produtos. Em entrevista ao Bahia Notícias, a parlamentar explicou que a sua principal preocupação é a recepção da categoria de imagens por crianças e adolescentes. “Para quem já é adulto e tem sua cabeça formada, tudo bem. Mas nos menores, que são o principal alvo da mídia, isso cria uma falsa expectativa a respeito das relações que irão experimentar ao longo da vida”, defendeu.

Segundo ela, a população feminina já é “constantemente desmoralizada nas músicas, novelas e programas de humor” e “não precisa ser utilizada como chamariz de carros, festas ou cervejas”.

Se aprovada, a matéria, que está “encalhada” – de acordo com a legisladora – na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da AL-BA, sem previsão para ser votada, determinará aplicação de multa de até R$ 100 mil às empresas que desrespeitarem a regra. Questionada sobre quem decidirá o que realmente são as tais “imagens sexuais”, a deputada disse “não ser esse o problema”. “Quando apresentei a Lei Antibaixaria, a polêmica foi essa. Todo mundo me perguntou quem decidiria o que é, ou não, baixaria. Na realidade, todo mundo sabe muito bem o que é”, supôs.

Obra-prima do cristianismo, “O Evangelho Segundo o Espiritismo” completa 150 anos

image

José Reis Chaves

Dedico esta matéria à comemoração dos 150 anos do lançamento, em 1864, da fantástica obra de Kardec, “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, de que fiz uma nova tradução lançada pela Ed. Chico Xavier.

No início do quinto século, santo Agostinho disse que, debaixo da lama dos apócrifos, há ouro a ser garimpado. Com razão, também a Igreja tem afirmado que os apócrifos nos ajudam a entender melhor os evangelhos. E “O Evangelho Segundo o Espiritismo” não é um livro apócrifo, mas uma coletânea de textos dos próprios quatro Evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João, com destaque, principalmente para a filosofia das máximas do Sermão da Montanha, a nata da mensagem evangélica.

Conheço muitos padres, pastores e bispos que o têm como um livro de cabeceira. Ele é rico de comentários racionais e convincentes de Kardec e de espíritos de renomados vultos da história do cristianismo, entre eles o apóstolo Paulo, são João Evangelista, santo Agostinho, são Francisco Xavier, são Vicente de Paulo, são Cura d’Ars, Pascal, Erasto, o arcebispo Fénelon e são Luís.

E quem não crê na manifestação dos espíritos, eu recomendo que estude o assunto, não só do ponto de vista bíblico, mas também científico. Eu estudei para padre redentorista e não acreditava também no espiritismo. Mas depois que o estudei, não pude mais deixar de aceitar as suas grandes verdades inquestionáveis, como os fenômenos da reencarnação e da manifestação dos espíritos através dos médiuns (profetas) de que a Bíblia está cheia. Ademais, esses fatos são, hoje, comprovados pela ciência não materialista.

ACUSAÇÕES FALSAS

Diante do avanço do espiritismo, muitos teólogos até se desistiram de acusar os espíritas de macumbeiros, feiticeiros e de falarem com os “diabos”. Inventaram outra tática: os espíritas não são cristãos. Mas foi o próprio Jesus quem ensinou que seus discípulos seriam conhecidos por se amarem uns aos outros. O cristão, pois, não é aquele que crê ou não crê em determinadas doutrinas.

E, com o devido respeito aos dogmas cristãos, afirmo que são eles os culpados pelas difamações e calúnias feitas pelos seus seguidores não só contra o espiritismo, mas também contra todos os outros credos. Eles, os dogmas, são a causa da crise do cristianismo cuja base é dogmática, e não bem evangélica. E, assim, pois, de uma fé muito fraca. Há muitos teólogos que querem mudar as coisas, mas têm que obedecer aos seus superiores hierárquicos para não terem sérios problemas. Então, preferem o silêncio. E o resultado é que o cristianismo, por causa das suas doutrinas dogmáticas, está se afundando, cada vez mais, o que é lamentável, pois, em que pesem seus erros, ele é uma poderosa arma contra o materialismo.

E, usando uma metáfora de Jesus, “O Evangelho Segundo o Espiritismo” não é odre velho, mas odre novo, ou seja, uma visão mais real do Evangelho do excelso Mestre para o Terceiro Milênio! (transcrito de O Tempo)

A vida do matuto, na visão do cantador Rolando Boldrin

ÍndiceO ator, cantor, poeta, contador de causos, radialista, apresentador de televisão e compositor paulista Rolando Boldrin, na letra de “Vide Vida Marvada”, descreve os boatos que correm aonde ele mora,que na verdade, é a descrição da vida calma e mansa de todo matuto.

Quanto ao verso“a baba sempre foi santa e purificada”, trata-se de uma alusão ao fato de que o matuto fica lá “sem fazer nada”, tocando a sua violinha e a baba deixada no capim pelo boi quando ele pasta, faz com que o capim nasça de novo sem que o matuto tenha que fazer muito esforço, segundo o boato que corre por lá.

Essa música foi gravada pelo próprio Rolando Boldrin no LP Caipira, em 1981, pela Som Brasil.

VIDE VIDA MARVADA
Rolando Boldrin

Corre um boato aqui donde eu moro
Que as mágoas que eu choro
São mal ponteadas
Que no capim mascado do meu boi
A baba sempre foi
Santa e purificada

Diz que eu rumino desde menininho
Fraco e mirradinho
A ração da estrada
Vou mastigando o mundo e ruminando
E assim vou tocando
Essa vida marvada

É que a viola fala alto no meu peito humano
E toda moda é um remedio pro meu desengano
É que a viola fala alto no meu peito humano
E toda magoa é um misterio fora desse plano
Pra todo aquele que só fala que eu não sei viver
Chega lá em casa pra uma visitinha
Que no verso ou no reverso da vida inteirinha
Há de encontrar-me num cateretê

Tem um ditado tido como certo
Que cavalo esperto
Não espanta boiada
E quem refuga o mundo resmungando
Passará berrando
Essa vida marvada

Cumpade meu que envelheceu cantando
Diz que ruminando
Dá pra ser feliz
Por isso eu vagueio ponteando
e assim procurando
Minha flor de lis

É que a viola fala alto no meu peito humano
E toda moda é um remedio pro meu desengano
E toda magoa é um misterio fora desses planos
Pra todo aquele que só fala que eu não sei viver
Chega lá em casa pra uma visitinha
Que no verso ou no reverso da vida inteirinha
Há de encontrar-me num cateretê

  site Poemas & Canções

Prazo para eleitor tirar ou transferir título termina em maio

T_TULO

O prazo para o eleitor pedir à Justiça Eleitoral a emissão do título ou a transferência de domicílio termina no dia 7 de maio. Para resolver a pendência, basta procurar o Cartório Eleitoral mais próximo. O primeiro turno das eleições ocorrerá no dia 5 de outubro.

No site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também é possível fazer o pré-atendimento antes de procurar os cartórios. O eleitor pode acessar o site Título Net, do TSE, ferramenta disponível para agilizar atendimento final, feito nos cartórios eleitorais. Após preencher os campos de identificação, o usuário deve comparecer ao cartório com a documentação exigida para concluir o atendimento e receber o documento.

Para transferir o título de eleitor, nos casos de mudança de cidade ou de país, o cidadão deve comparecer ao cartório com documento de identificação com foto, título de eleitor e comprovante de residência. Quem mora no exterior, deve procurar as embaixadas do Brasil.

Dilma se recusa a dar Ministério ao PMDB e frustra nomeação de Vital do Rego para a Integração Nacional

A presidente Dilma Rousseff (PT) frustrou as expectativas do senador paraibano Vital do Rego, indicado pelo PMDB para ocupar a titularidade do Ministério da Integração Nacional.

De acordo com o jornal ‘Folha de S,Paulo’, em conversa que durou mais de duas com o vice-presidente Michel Temer (PMDB), a petista confidenciou que precisa contemplar com cargos outros partidos da coalizão que estariam hoje sub-representados no Executivo, caso do PTB e do recém-criado Pros.

No PMDB, legenda conhecida pelo apetite por cargos, o aceno pessimista da presidente não deve ficar sem resposta.

Ao saber do resultado da conversa preliminar, o líder da bancada peemedebista na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), propôs a convocação de uma reunião da cúpula do partido para a noite de quarta-feira com o objetivo de discutir como se posicionar.