Viatura trava durante perseguição

Mais uma ação criminosa contra agências bancárias no Estado do Rio Grande do Norte terminou sem presos, desta vez devido ao atraso de pagamento do aluguel de caminhonetes da Polícia Militar. Policiais de São Miguel do Gostoso participavam de diligência contra o grupo de seis homens que arrombou caixas eletrônicos na cidade quando, através de um sistema controlado via satélite, a viatura parou. Pela segunda vez neste ano, PM’s  ficaram, repentinamente, sem movimento no carro, tendo que abandoná-lo onde estava.

júnior santosSão Miguel do Gostoso: viatura da PM fica no meio do caminhoSão Miguel do Gostoso: viatura da PM fica no meio do caminho

Segundo o comandante-geral da Polícia Militar no Estado, coronel Francisco Canindé Araújo Silva, o atraso de pagamento ocorreu com uma das cinco empresas do consórcio que aluga caminhonetes à PM. “Esse atraso ocorreu com uma empresa e outras três caminhonetes também foram travadas por esse motivo. A liberação do pagamento já foi solicitada e deve sair até sexta-feira”, disse. De acordo com coronel Araújo, o valor a ser pago é em torno de R$ 60 mil e R$ 80 mil. Das 1.200 viaturas da PM, 20 são caminhonetes.

O mesmo problema – de travamento de viaturas – aconteceu na terça-feira (3) no município de Santa Cruz. Porém, ao contrário de São Miguel do Gostoso, a viatura não estava em serviço e não causou grandes prejuízos à população. De acordo com a delegacia local, o veículo utilizado pela Força Tática foi guinchado e trazido para Natal sem que fossem dadas maiores explicações aos policiais.

andré fotosSanta Cruz: viatura foi rebocada para Natal na última terça-feiraSanta Cruz: viatura foi rebocada para Natal na última terça-feira

No caso de São Miguel, coronel Araújo afirma que um Sandero e um Gol completam a frota de veículos da PM na cidade. No posto policial, a reportagem constatou a presença de um Gol da Polícia Civil e uma segunda caminhonete, que está parada nos fundos da base policial, precisando de reparos desde janeiro. Policiais afirmam que esses veículos constituem a frota local, além de um outro carro que estava na oficina.

O bloqueio foi alvo de protestos em São Miguel do Gostoso, onde um grupo de seis homens armados explodiram uma agência do Banco do Brasil na madrugada dessa quarta-feira (4). Ao encontrar os caixas vazios, o bando saiu em fuga e disparou contra dois comércios próximos ao local da explosão. Não houve mortos nem feridos.

Além da agência bancária, a unidade mista de saúde Doutor Ricardo Simioni e uma casa lotérica vizinhos ao banco tiveram danos estruturais. No posto de saúde toda a recepção foi danificada pela explosão e três paredes tiveram alguma parte quebrada. A área foi interditada pela coordenadora Simone Meireles, que acionou a Prefeitura para elaboração de um laudo técnico para reabertura do prédio.

Na casa lotérica, o impacto da explosão fez um buraco na parede, derrubou partes do roda teto, além de deixar rachaduras. Uma câmera de segurança da lotérica filmou toda a ação dos bandidos. O delegado Cláudio Henrique, de João Câmara, responsável provisoriamente pela região de Touros e São Miguel do Gostoso, foi ao local para colher as primeiras informações, mas a Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) ficará à frente do caso. Sheila Freitas, titular da Deicor, disse que já abriu as investigações. (TN)

Posted on 05/12/2013, in Curiosidade, Informativo, Polícia, Política, Reflexão, RN. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: