Última etapa do Festival Pernambuco Nação Cultural celebra o Rei do Baião

Forró, tradição, celebração, homenagens, símbolos de um Nordeste que ficou cristalizado na obra do pernambucano do século, Luiz Gonzaga. Todos os anos, 13 de dezembro é data mais que especial no Sertão do Araripe, especialmente em Exu, data de Santa Luzia e do nascimento do rei do baião.

festa de Gonzagão

A semana onde mais se revive o legado do Mestre Lua acontece de seis a 15 de dezembro, na Festa Viva Gonzagão. O evento marca a última edição do Festival Pernambuco Nação Cultural (FPNC) em 2013 e é uma realização do Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura e Fundarpe, em parceria com a Prefeitura do Exu e da ONG Parque Aza Branca.

O Parque Aza Branca, construído por Gonzaga, e a Fazenda Araripe, local onde ele morou, serão mais uma vez palco para uma maratona de forró. Na cidade, também acontecerão mostras de audiovisual, artes cênicas, cultura popular e ainda ações de formação cultural. Nomes como Nando Cordel, Flávio Leandro, Waldonys, Daniel Gonzaga, Targino Gondim, Marina Elali e Joquinha Gonzaga integram a grade de shows do Palco Nação Cultural, localizado no Parque Aza Branca, na sexta-feira (13), data em que o Rei do Baião nasceu, e no sábado (14).

Local onde Gonzaga viveu quando jovem, a Fazenda Araripe, que ainda mantém preservada a “Casa de Januário”, será palco para uma grande festa com diversos artistas da região do Araripe, valorizando aqueles que têm em Gonzaga uma fonte infinita de inspiração. “Essa festa é uma tradição que faz parte do calendário cultural, não é apenas de Exu, mas de todo Pernambuco. O município, nessa época do ano, recebe gente de todas as regiões e também dos estados vizinhos. Nossa missão é garantir que durante os dias de festa esses visitantes e apreciadores da obra de Gonzaga possam vivenciar sua criação, entender a importância que ele teve e ainda tem na cultura brasileira, disse o secretário de Cultura Marcelo Canuto.

Um dos pontos altos da festa é sempre o domingo posterior ao sábado, 13. Aos pés do famoso Juazeiro, tão cantado por Luiz Gonzaga, acontece uma missa cantada em homenagem ao aniversário do Mestre. Depois, centenas de pessoas se juntam para celebrar a data do jeito que Gonzagão gostava: com muito forró. “O Festival conta com uma programação oficial de shows, mas amigos e seguidores do rei sempre aparecem para improvisar versos e não deixar o fole parar. Tudo isso, na verdade, é uma grande celebração. Uma grande festa!”, finalizou Leo Antunes, coordenador do FPNC.

Por Jornal de Caruaru

Posted on 01/12/2013, in Brasil, Entretenimento, Música. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: