Daily Archives: 01/12/2013

Montanhas RN – Recordações e imagens inesquecíveis

prefeitura montanhasAntigo prédio da Prefeitura de Montanhas na Rua São João, hoje residência particular de frente ao bar  do Elson nas mediações do Lagu’s Club.

********************x*************************x*************************

professora marlindaAs Professoras Marlinda e Dona Damares Mãe do atual blogueiro Iraktam Moreira, recordações inesquecíveis

*********************x*************************x**************************

fotos 69Aniversário do nosso amigo Ausimar Tiago (5 anos) em 17 de fevereiro de 1969, hoje Tenente da Marinha do Brasil. Pessoas que consigo identificar nas fotos em pé a esquerda de sua visão minha Mãe Maria Alice, sentado Nego de Guilherme, em pé Sr. Arnilo Tiago, o Aniversariante Ausimar tiago e Dona Berta sua mãe, mais ao lado Nice badé e Francimar Rodrigues e sentados na direita Antonio Januário e o Ex-prefeito José Pilão. Os demais não  consegui identificá-los. Mas mesmo assim olha só o rádio!!! não se encontra mais.

********************x******************x************************

professoras

Foto de campanha em Montanhas na  época da candidatura do Monsenhor, local desta foto é exatamente onde hoje é a Praça 20 de Julho, na época o mercado público funcionava neste local conforme  podemos conferir com a imagem. pessoas que consigo identificar são: Nininha Galvão que está com uma saia quadriculada , mais no centro Professora Marlinda e a Professora Maria Alice de pé em cima da caminhoneta próxima a faixa.

Bela foto e bela recordação.

Olha só que slogan da época: “QUEREMOS O MONSENHOR E NÃO O FECHADOR”

*********************x**************************x***************************

campoConfira o grande craque no futebol  Dé Pancica, o campo que foi local para esta foto, hoje é o Conjunto Habitacional denominado Bandeirantes. Mas analisando direitinho olha só a moral do menino! Será que era bom de bola mesmo? rsrsrsr faça as suas próprias conclusões. Aqui apresentamos apenas recordações de Montanhas.

*********************x************************x*********************

DOMINGO TEM MAIS!

Se alguem tiver fotos em Montanhas ou de Montanhas e queira compartilhar conosco, ficaremos muito agradecidos. Escanearemos as mesmas e teremos o cuidado de devolver o mais breve possível. Vamos manter sempre vivo este acervo cultural de nossa Cidade Montanhas.

Obrigado.

Última etapa do Festival Pernambuco Nação Cultural celebra o Rei do Baião

Forró, tradição, celebração, homenagens, símbolos de um Nordeste que ficou cristalizado na obra do pernambucano do século, Luiz Gonzaga. Todos os anos, 13 de dezembro é data mais que especial no Sertão do Araripe, especialmente em Exu, data de Santa Luzia e do nascimento do rei do baião.

festa de Gonzagão

A semana onde mais se revive o legado do Mestre Lua acontece de seis a 15 de dezembro, na Festa Viva Gonzagão. O evento marca a última edição do Festival Pernambuco Nação Cultural (FPNC) em 2013 e é uma realização do Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura e Fundarpe, em parceria com a Prefeitura do Exu e da ONG Parque Aza Branca.

O Parque Aza Branca, construído por Gonzaga, e a Fazenda Araripe, local onde ele morou, serão mais uma vez palco para uma maratona de forró. Na cidade, também acontecerão mostras de audiovisual, artes cênicas, cultura popular e ainda ações de formação cultural. Nomes como Nando Cordel, Flávio Leandro, Waldonys, Daniel Gonzaga, Targino Gondim, Marina Elali e Joquinha Gonzaga integram a grade de shows do Palco Nação Cultural, localizado no Parque Aza Branca, na sexta-feira (13), data em que o Rei do Baião nasceu, e no sábado (14).

Local onde Gonzaga viveu quando jovem, a Fazenda Araripe, que ainda mantém preservada a “Casa de Januário”, será palco para uma grande festa com diversos artistas da região do Araripe, valorizando aqueles que têm em Gonzaga uma fonte infinita de inspiração. “Essa festa é uma tradição que faz parte do calendário cultural, não é apenas de Exu, mas de todo Pernambuco. O município, nessa época do ano, recebe gente de todas as regiões e também dos estados vizinhos. Nossa missão é garantir que durante os dias de festa esses visitantes e apreciadores da obra de Gonzaga possam vivenciar sua criação, entender a importância que ele teve e ainda tem na cultura brasileira, disse o secretário de Cultura Marcelo Canuto.

Um dos pontos altos da festa é sempre o domingo posterior ao sábado, 13. Aos pés do famoso Juazeiro, tão cantado por Luiz Gonzaga, acontece uma missa cantada em homenagem ao aniversário do Mestre. Depois, centenas de pessoas se juntam para celebrar a data do jeito que Gonzagão gostava: com muito forró. “O Festival conta com uma programação oficial de shows, mas amigos e seguidores do rei sempre aparecem para improvisar versos e não deixar o fole parar. Tudo isso, na verdade, é uma grande celebração. Uma grande festa!”, finalizou Leo Antunes, coordenador do FPNC.

Por Jornal de Caruaru

Ator de ‘Velozes e furiosos’ morre em acidente de carro nos EUA

paul_walker

Do G1 – O ator Paul Walker, astro da franquia “Velozes e furiosos” ao lado de Vin Diesel, morreu na tarde deste sábado (30), aos 40 anos, em um acidente de carro na cidade de Santa Clarita, no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, informou seu publicitário na conta oficial do ator no Twitter e no Facebook. Ele deixa uma filha, Meadow, de 15 anos.

“Lamentamos confirmar que Paul morreu em um trágico acidente de carro durante um evento beneficente para sua organização Reach Out Worldwide. Era o passageiro no carro de um amigo, no qual ambos perderam a vida”, disseram seus publicitários no Facebook. Fontes ligadas a Paul Walker disseram ao site que ele estava em um Porsche que bateu em um poste e pegou fogo. Segundo o departamento de Polícia do condado de Los Angeles, o acidente aconteceu por volta das 15h30, no horário local.

“A velocidade foi um fator no acidente”, informou o gabinete do xerife do condado de Los Angeles à CNN. Segundo comunicado das autoridades, o resgate chegou quando o veículo ainda estava pegando fogo. Após apagarem as chamas, os bombeiros encontraram dois ocupantes, que foram declarados mortos no local.

O site da organização afirma que o evento de sábado foi destinado a beneficiar as vítimas do tufão Haiyan nas Filipinas. A notícia foi publicada inicialmente pelo site especializado em notícias sobre celebridades TMZ. A agência Associated Press divulgou fotos de acidente envolvendo um Porsche vermelho na comunidade de Valência, em Santa Clarita, na Califórnia, que ocorreu na tarde deste sábado (30).

Traficante contratou Roberto Carlos para fazer show particular, diz irmão

Sem limites para extravagâncias, Pablo Escobar enviou o seu avião particular ao Rio apenas para buscar mulheres e, segundo o irmão, contratou Roberto Carlos para cantar em Medellín.

“Roberto Carlos veio a Medellín para um show trazido por nós, mas em uma discoteca”, disse Roberto Escobar, irmão mais velho do traficante, à reportagem da Folha.

Foi numa rápida conversa durante o tour em sua casa –em troca de uma entrevista exclusiva, seu guia de turismo havia pedido US$ 5.000.

Fanático por Roberto Carlos, Escobar tinha em sua fazenda uma jukebox apenas com canções do brasileiro, conforme relatado no livro “Killing Pablo” (matando Pablo), de Mark Bowden.

O Rei fez dois shows em Medellín em fevereiro de 1988. O primeiro ocorreu no luxuoso hotel Intercontinental, alvo de um carro-bomba dois anos depois.

Procurada pela Folha, a assessoria de imprensa de Roberto informou que ele “está em turnê pelo Nordeste e, por esse motivo, não será possível fazer esta consulta”.

A reportagem também perguntou a Roberto Escobar sobre uma passagem do seu livro, “Mi Hermano, el Patrón Escobar”. Ali, descreve uma festa com “cinco hermosas garotas”, escolhidas “por meio de um amigo no Brasil”.

“É um famoso cirurgião plástico brasileiro”, disse.

A fascinação com as brasileiras começou em 1982, quando Escobar e outros dez integrantes da cúpula do Cartel de Medellín passaram o Carnaval no Rio.

Segundo o livro “La Parábola de Pablo”, de Alonso Salazar, o grupo gastou US$ 500 mil durante a estadia.

De volta, Escobar ordenou que o seu piloto fosse ao Rio buscar “garotas”. A ordem foi cumprida em 15 horas.

Mas surgiu um problema: a mulher de Escobar, Victoria, estava chegando de helicóptero à fazenda.

“Quando a sua mulher chegou, tudo estava em ordem. E quando finalmente partiu, Pablo ordenou que o avião, que havia dado voltas por três horas sobre os céus da [fazenda] Nápoles com as cabareteiras, aterrissasse de novo”.

Aprovação de Dilma sobe para 41%, mas 66% pedem mudança

Logo após a queda abrupta de popularidade em junho, Dilma Rousseff teve uma pequena recuperação.

Em seguida, de agosto a outubro, parecia ter estacionado: oscilava dentro da margem de erro da pesquisa. Agora, fica claro que a trajetória da curva de aprovação do governo é mesmo gradual e ascendente.

Segundo o Datafolha, o governo federal era aprovado em agosto por 36% dos entrevistados. Foi a 38% em outubro. E agora está em 41%.

Dilma cresce e oposição encolhe, aponta Datafolha
Análise: Presidente termina 2013 em alta graças à oposição ineficiente
Cresce otimismo sobre poder de compra, mas inflação preocupa

Já os que acham a administração petista ruim ou péssima eram 22% em agosto. Recuaram em outubro para 19%. E, na pesquisa da semana passada, 17%. A taxa de regular está mais estável, em 40% –só tem oscilado na margem de erro da pesquisa.

Dilma melhorou de maneira mais robusta sua imagem entre os menos escolarizados (a aprovação foi de 44% a 50%) e nas regiões Nordeste (de 46% a 52%) e Norte/Centro-Oeste (de 39% a 48%).

Apesar desse aspecto positivo, a pesquisa traz duas notícias desagradáveis para a petista. A primeira é que Dilma continua muito longe do seu pico de popularidade, em março passado, quando tinha 65% de aprovação.

A outra descoberta do Datafolha é um tanto paradoxal. Embora os eleitores tenham melhorado sua percepção sobre o governo e dado a Dilma uma pontuação mais confortável na pesquisa, cerca de dois terços dos entrevistados diz esperar mudanças na próxima administração.

O Datafolha perguntou aos entrevistados se preferem que a maior parte das ações do próximo presidente seja “igual às ações da presidente Dilma Rousseff ou que a maior parte dessas ações seja diferente da atual presidente”.

Para 66% dos pesquisados é melhor que o próximo presidente adote ações na maior parte diferentes de Dilma. Só 28% querem ações iguais.

O Datafolha fez a mesma pergunta em pesquisa de setembro de 2002, a um mês da eleição presidencial. O ocupante do Planalto era Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

São momentos diferentes. Ainda assim, o resultado daquela época é parecido com o atual. Em 2002, para 76% era necessário que o sucessor de FHC adotasse ações diferentes do tucano. O candidato governista era José Serra, que perdeu a disputa para Lula.

Após empate, torcedores do Flu tentam invadir vestiário no Maracanã

Um grupo de torcedores do Fluminense tentou invadir o vestiário do clube após o empate diante do Atlético-MG, por 2 a 2, neste sábado, no Maracanã. Ao menos quatro deles foram detidos pela Polícia Militar, com auxílio da segurança privada do estádio.

Parte da torcida tricolor que saía do setor Oeste, sem saber o que se passava, chegou a gritar que “a PM é a vergonha do Brasil”. Também houve confusão do lado de fora do estádio. Segundo a coordenação do Jecrim, foram registradas diversas ocorrências envolvendo torcedores de Fluminense e Atlético-MG. Por conta do tumulto, funcionários do Maracanã chegaram a acorrentar o portão 11, que dá saída ao estacionamento da imprensa, temendo invasões.

O tenente-coronel João Fiorentini, comandante do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe), fez um resumo dos acontecimentos:

– Um grupo de torcedores entrou pelo portão de estacionamento, que inclusive é usado pela imprensa, para tentar invadir o vestiário do Fluminense. Quando eles chegaram próximos ao hall, não conseguiram passar. Se não fossem contidos, teriam invadido o vestiário. Um grupo foi posto para fora, e quatro foram presos. No início do jogo, houve uma briga na chegada da torcida do Atlético. Foram presos quatro torcedores de cada clube. Houve também um torcedor do Fluminense e um do Atlético presos por desacato, e três atleticanos que tentaram agredir um segurança privado também foram conduzidos ao Juizado Especial do Torcedor (antigo Jecrim, que teve ampliada a competência para apreciar causas cíveis).

Minutos após as confusões, foi montado um forte esquema de segurança no portão 2 para a saída  dos jogadores. Alguns deles não fizeram uso dos ônibus das delegações e foram embora em carros particulares ou táxis. Todos foram muito xingados pelos torcedores que estavam afastados pelo cordão de policiais.

Polícia portão saída Maracanã Fluminense (Foto: Vicente Seda)Polícia faz cordão de isolamento para garantir segurança dos jogadores na saída do estádio (Foto: Vicente Seda)

Um grupo de torcedores cercou o carro do presidente do Fluminense, Peter Siemsen, na saída do portão 2. Eles gritaram palavras de ordem, chamaram o time de sem vergonha, cobraram comprometimento e chegaram a bater no carro. Peter fez um gesto de força, cerrando e erguendo o punho dentro do carro. Quando o veículo saiu pela Avenida Radial Oeste, alguns torcedores correram atrás. Os seguranças do clube tiveram de intervir para proteger o presidente. Houve um princípio de confusão, logo debelado.

Com o tropeço deste sábado, o Flu tem grande chance de entrar no Z-4 após os jogos deste domingo. O time está à beira da zona da degola, com 43 pontos, um a mais que o Coritiba, que enfrenta o Botafogo, e dois a mais que o Vasco, que mede forças com o rebaixado Náutico. A última rodada do Brasileiro será disputada no próximo fim de semana. próximo fim de semana. O rival do Tricolor será o Bahia, em Salvador.

globoesporte