Monthly Archives: Dezembro 2013

virada-do-ano

 

Anúncios

A genial receita de Ano Novo de Drummond

O Bacharel em Farmácia, funcionário público, escritor e poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) é um dos mestres da poesia brasileira. O significado principal do poema “Receita de Ano Novo” está em olhar para dentro de si mesmo e sentir-se, realmente, apto para ganhar uma belíssima passagem de ano.

RECEITA DE ANO NOVO
Carlos Drummond de Andrade

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

site Poemas & Canções

2013 em 22 frases imortais

armstrong doping

Kiko Nogueira, DCM

Eles falaram. Eles foram ouvidos. Eles nos fizeram rir, chorar ou conter espasmos. 22 frases de 2013 que ficarão para a história, pelos motivos certos ou errados.

1. “Eu usava um pouco de EPO, transfusões de sangue e testosterona”. Lance Armstrong

2. “‘Depois da união civil virá a adoção de crianças por parceiros gays, a extinção das palavras pai e mãe, a destruição da família”. Marco Feliciano

3. “Já vi muitos se regenerarem. Conheço muitas mães que sofrem por terem filhos gays. É como um drogado tentando se recuperar”. Joelma, da banda Calypso, provando os efeitos daquela sua jogada de cabeça para adiante.

4. “A PEC pegou todo mundo desprevenido. Adeus, chazinho na hora de dormir; adeus, vestido passado às 10 da noite; adeus, suquinho no meio da tarde”. Danuza Leão, chateada com a aprovação da PEC das domésticas.

5. “Continuem noite a dentro (sic) debatendo enquanto eu e o pessoal do Pânico rimos de tudo e nos divertimos. Ganhamos: cheque-mate (sic)”. Gerald Thomas, depois de enfiar a mão na saia da apresentadora Nicole Bahls.

ei galvão tomar no cu

6. “E a torcida grita: ‘Ei, Galvão, vai tomar no c…’”. Galvão Bueno, narrando a própria aclamação na final da Copa das Confederações entre Brasil e Espanha.

7. “Gostaria de dizer que não gosto de políticos. Eu gosto de Ramones”. Mayara Vivian, do Movimento Passe Livre.

8. “Não nos responsabilizamos mais pelo que vai acontecer”. Major Lídio Costa Junior, da PM de São Paulo.

pelé ronaldo copa 2014

9. “Vamos esquecer essa confusão toda, todas essas manifestações, e vamos pensar que a Seleção Brasileira é o nosso país”. Pelé, mais Pelé do que nunca.

10. “Foi bom tocar nesse assunto, porque eu realmente estava machucado”. Anderson Silva, tentando explicar o nocaute patético para Chris Weidman que lhe custou o cinturão.

11. “Que monte de besteira”. Espectador da BBC sobre a cobertura ridícula do nascimento do bebê real.

12. “Para não ficar cansativo vou ensinar agora a fazer um belo miojo”. Carlos Guilherme Custódio Ferreira, estudante, autor da redação mais famosa do Enem em todos os tempos.

13. “Eu tenho muito respeito pelo ET de Varginha”. Dilma Rousseff.

14. “Barbara, você é gay assumida, né? Qual o nome da sua namorada?”. Paula Lavigne, cheia de classe, então porta-voz do grupo Procure Saber, para a jornalista Bárbara Gancia no programa “Saia Justa”.

15. “Mesmo já sendo um partido programático, e mesmo já tendo a chancela da sociedade, nos foi cassado o direito de nos constituirmos”. Marina Silva, pragmática, assinando a filiação com o PSB.

16. “Na medida em que ele utilizou o termo descalabro, sou obrigado a devolver na mesma moeda. É difícil aceitar essa referência sobre o final da nossa gestão”. Gilberto Kassab, ex-prefeito de São Paulo, em cuja gestão uma máfia de fiscais roubou R$ 500 milhões, respondendo a Fernando Haddad.

tati justin bieber

17. “Sou uma pessoa muito usada por Deus”. Tati Neves, garota de programa que dormiu com Justin Bieber e fez um vídeo fofo do menino nanando.

18. “Só porque eu sou branquinha?”. Fernanda Lima no sorteio da Copa do Mundo.

19. “É um velho careta”. José Mujica, respondendo a dirigente da ONU que condenou a legalização da maconha no Uruguai.

20. “Eu estou comendo vidro”. Eike Batista.

21. “Sim, eu fumei crack. Quando fiz isso? Provavelmente num dos meus momentos de bebedeira”. Rob Ford, prefeito de Toronto, doidão.

22. “É possível fazer mais com menos, sem comprometer o funcionamento da casa. Leis modernas para transformar o Brasil no país que os brasileiros querem”. Renan Calheiros, dias depois de pegar um avião da FAB para fazer implante de cabelo.

Tom Zé devolve cachê da Coca-Cola após chantagem de ‘fãs’

O erro de Tom Zé ao devolver cachê da Coca-Cola após chantagem de ‘fãs’. Com um público que exige esse tipo de coisa, que artista precisa de inimigos?

tom zé coca cola cachê
Tom Zé devolve cachê da Coca-Cola após chantagem de ‘fãs’

Tom Zé, um tropicalista original que foi esquecido pelos demais tropicalistas originais, dá um duro para se manter. Além dos shows e discos, trabalha como jardineiro (é muito querido, aliás, pelos moradores de um prédio nas Perdizes, em São Paulo). A indústria fonográfica sofre e, você sabe, ele não é um sertanejo universitário.

Recentemente, faturou 80 mil reais da Coca-Cola pela narração de um comercial da Copa do Mundo. Mas avisou que vai doar o dinheiro para a Sociedade Lítero-Musical 25 de Dezembro de Irará, sua cidade natal, na Bahia. A razão é que seus fãs o acusaram de vendido. Foi xingado nas redes sociais de “mané”, “velho babão”, “bundão”, “príncipe que virou sapo”, “corrompido”, “garotinha ex-tropicalista”, “mentiroso”. Compôs uma canção a respeito desse episódio chamada Tribunal do Feicebuqui.

Quem precisa de inimigos com um público desses? “Eu sou pobre, continuo pobre”, disse ao UOL. “Esse dinheiro estava me atrapalhando, me incomodando, resolvi doar. Estava agora com a minha mulher fazendo as contas e está um aperto ‘fela da puta’”.

Leia também

A chantagem de seus “admiradores” é absurda, desumana e indesculpável. Agora, por que Tom Zé se submeteu a isso é um mistério. Não foi, ao que se depreende, uma decisão fácil. Se tivesse sido, ele não teria feito uma música.

Por que um artista com 40 anos de carreira deveria baixar a cabeça para pessoas que, aparentemente, só lhe dão valor se ele não sair do, como ele mesmo diz, “aperto”? A pureza de Tom Zé é genuína. O cachê ganho foi legítimo, merecido e fruto de décadas de música. Em que conspurcaria sua imagem? Em que isso mancharia sua reputação de, vamos lá, iconoclasta? Em nada, nada, nada. Ao contrário, lhe daria fôlego para produzir mais — e viver melhor.

Por que ele concordou?

Em 1965, Bob Dylan desafiou a patrulha de seguidores que o acusavam de traidor por ter “eletrificado” seu som. Levou o grupo de rock que o acompanhava ao festival de folk de Newport. Adeus, violão. Tocou guitarra, foi vaiado e quase agredido fisicamente. Num show no Albert Hall, em Londres, no mesmo ano, um fulano gritou da plateia: “Judas!”. Ele respondeu no microfone: “Eu não acredito em você. Você é um mentiroso”. E então se vira para a banda e diz: “Play it fucking loud”. E entra Like a Rolling Stone.

Ok, ok, Tom Zé não é Bob Dylan, os tempos são outros etc etc. Mas isso é independência. Ao aceitar a trolagem de seus “fãs”, Tom Zé foi conivente com ela – e cúmplice.

Assista ao vídeo:

Governo do Estado paga salários de 93,13% dos servidores no dia 30

Índice

As secretarias estaduais de Planejamento e Finanças e Administração informam que o pagamento do mês de dezembro do funcionalismo estadual seguirá o seguinte escalonamento:

Servidores das pastas da Educação, Saúde, Segurança, UERN e demais instituições com receita própria, independente do valor do contra-cheque, e demais funcionários de outras pastas que recebem salário líquido de até R$ 3.000,00 (três mil reais) terão seus vencimentos depositados em conta a partir do meio dia da próxima segunda-feira (30).

Isso corresponde a 93,13% (99.162) do total dos servidores estaduais e perfaz uma soma líquida de R$ 174.540.777,76. Os demais 6,87% (7.317 servidores) receberão seus salários no dia 10 de janeiro (sexta-feira). Isso corresponde a um montante de R$ 67.025.326,92.

Garibaldi defende nome de Fernando Bezerra mas deixa decisão nas mãos de Henrique Alves

“Se pudesse lançar um candidato, eu sinceramente fazia um apelo aos correligionários e lançaria Fernando Bezerra”

Garibaldi Filho: “Fernando Bezerra é nome bem cotado no cenário nacional”. Foto: Divulgação
Garibaldi Filho: “Fernando Bezerra é nome bem cotado no cenário nacional”. Foto: Divulgação

O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, não tem dúvidas: o empresário Fernando Bezerra pode tirar o Estado dessa crise financeira e, por isso, pode ser o novo governador do Estado, sendo candidato o candidato do PMDB. A declaração, dada durante entrevista nesta semana, deixa nas mãos do presidente da sigla no RN, Henrique Eduardo Alves, a decisão sobre lançar ou não Bezerra para o Governo do Estado em 2014.

“A minha (preferência)? É (Fernando Bezerra), mas não decido sozinho. Se pudesse lançar um candidato, eu sinceramente fazia um apelo aos correligionários e lançaria o nome de Fernando Bezerra. Ele ainda disse que está estudante, pensando, examinando o quadro. Mas eu diria que ele é um nome viável do meu ponto de vista”, respondeu Garibaldi Filho quando questionado no programa Jornal do Dia, da TV Ponta Negra, se a preferência dele para ser o candidato do PMDB no próximo ano era mesmo o empresário potiguar.

Fernando Bezerra seria o nome certo para resolver a crise financeira pela qual o Governo atravessa pela experiência que tem em administração. “Temos um nome, que é um nome bem cotado no plano nacional, porque já foi ministro, e é um nome para enfrentar as dificuldades do estado atravessa, onde o governante é um mero pagador da folha de pagamento, porque o Estado perdeu a capacidade de investimento”, justificou Garibaldi.

É bem verdade que, apesar da defesa do nome de Fernando Bezerra, a definição não cabe a Garibaldi, segundo o próprio, “porque o presidente do partido é Henrique”. Além disso, como o próprio ministro da Previdência ressaltou: Fernando Bezerra ainda não aceitou o convite oficialmente, até por não ter a confiança nem mesmo de todos os correligionários. “Eleitoralmente, há quem diga que tendo se afastado da política ele teria algumas dificuldades, mas eu acredito que (o PMDB) haveria de ter um nome de candidato forte com ele”, defendeu Garibaldi.

O afastamento político de Fernando Bezerra ocorreu em 2002, depois que ele foi candidato ao Governo do Estado e acabou sendo derrotado por Wilma de Faria, do PSB. Ela, por sinal, seria o principal “obstáculo” para a confirmação dele como candidato do PMDB: se ela apóia-lo, compondo a chapa com candidata ao Senado, ele vai para a disputa; se não for assim, o PMDB talvez tenha que pensar em outro nome nos seus quadros ou, até mesmo, desistir da candidatura própria.

Diante da possibilidade de não ser Fernando Bezerra o candidato, inclusive, Garibaldi Filho ressaltou que não será opção, contudo, deixou o nome de Henrique “em jogo”. “Acredito que ainda temos o nome de Henrique, apesar dele ter dito que tem o projeto de ser reeleito presidente da Câmara”, afirmou Garibaldi.

“O PMDB não pode decidir antes de março. Você sabe muito bem, divergimos na última eleição, mas eu creio que nos vamos convergir para a do próximo ano”, acrescentou Garibaldi Filho, ressaltando a situação vivida pelo partido em 2010, quando ele apoiou Rosalba Ciarlini e Henrique foi para a equipe de Iberê Ferreira, nome apoiado por Wilma de Faria e que acabou sendo derrotado.

Uma canção com jeito de mato

ÍndiceEm parceria com Maurício Santini, a arranjadora, cantora e compositora mineira Paula Fernandes de Souza retrata, peculiarmente, na letra da música “Jeito de Mato”, o universo paralelo que existe dentro de cada ser. A música faz parte do CD Paula Fernandes – Ao Vivo gravado, em 2011, pela Universal Music Brasil.

JEITO DE MATO
Maurício Santini e Paula Fernandes

De onde é que vem esses olhos tão tristes?

Vem da campina onde o sol se deita.

Do regalo de terra que teu dorso ajeita.

E dorme serena, no sereno e sonha.

De onde é que salta essa voz tão risonha?
Da chuva que teima, mas o céu rejeita.
Do mato, do medo, da perda tristonha.
Mas, que o sol resgata, arde e deleita.

Há uma estrada de pedra que passa na fazenda.
É teu destino, é tua senda.
Onde nascem tuas canções.
As tempestades do tempo que marcam tua história
Fogo que queima na memória
E acende os corações.

Sim, dos teus pés na terra nascem flores.
A tua voz macia aplaca as dores
E espalha cores vivas pelo ar.
Sim, dos teus olhos saem cachoeiras.
Sete lagoas, mel e brincadeiras.
Espumas, ondas, águas do teu mar.

  site Poemas & Canções

IBGE: inscrições até dia 06

IBGE

Segue até o dia 06 de janeiro de 2014 o período de inscrição para o Processo Seletivo Simplificado do IBGE para o preenchimento de 7.825 vagas temporárias em todo o Brasil. A seleção é organizada pela Fundação Cesgranrio. Para o Rio Grande do Norte serão abertas 199 vagas, assim distribuídas: Natal: 101; Mossoró: 22; Parnamirim: 22; Açu: 16; Caicó: 15; Santa Cruz: 13; Pau dos Ferros: 10.

As vagas oferecidas são para a função de Agente de Pesquisas e Mapeamento,o salário mensal é de R$1.020,00, com carga horária de 40 horas semanais. O contratado fará jus ao Auxílio-Alimentação, no valor de R$ 373,00 (trezentos e setenta e três reais), ao Auxílio-Transporte, com base no artigo 7º da Medida Provisória nº 2.165-36, assim como a férias e ao 13º salário.O contrato possui duração de 12 meses, prorrogáveis por igual período, e é regido pela Lei 8.745/93.

As inscrições deve ser feita no site da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br).

Calendário da folha de dezembro está indefinido

Secretaria de Administração faz o gerenciamento da Folha de Pagamento do Estado

Adriano AbreuSecretaria de Administração faz o gerenciamento
da Folha de Pagamento do Estado

A secretária adjunta de Administração e dos Recursos Humanos (Searh), Suely Pimentel, afirmou que o calendário de pagamento do funcionalismo para 2014  não será feito antes do início do ano. Segundo ela,  a ideia é efetuar o pagamento nos dois últimos dias úteis, como é praxe, até que as datas oficiais sejam definidas. O Governo do Estado enfrentou problemas com o pagamento dos vencimentos dos servidores nos últimos meses de 2013. Mas surpreendeu em dezembro quando depositou antecipadamente os recursos da segunda parcela do 13º salário.

Ainda não se sabe se as remunerações do mês de dezembro, que deveriam ser pagas dias 30 e 31 de dezembro serão efetivamente repassadas pelo Governo. Mas já se sabe que o impulso nas receitas próprias, sobretudo Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) amenizaram as dificuldades que fizeram com que o executivo atrasasse o pagamento dos servidores. Ainda há problemas enfrentados por parte do funcionalismo, como é o caso do não pagamento do terço de férias. Mas a secretária adjunta da Searh garantiu que esta não é uma situação generalizada e sim pontual.

“A gente está identificando esses casos e conforme o esclarecimento está sendo colocado em folha. Não é um atraso geral”, admitiu a secretária.

Atrasos
Em outubro, o Governo do Estado anunciou pela primeira vez, desde o início da atual gestão, o atraso nos salários de parte do funcionalismo. Naquela ocasião, seis mil e seiscentos servidores, cujas remunerações somavam mais de R$ 3 mil tiveram que aguardar até o dia 10 do mês seguinte para receberem os proventos. O funcionalismo com vencimentos no importe de até R$ 3 mil e todos aqueles com atuação nas Secretarias de Educação, Saúde e Segurança, além dos lotados em órgãos da administração indireta, como Uern [Universidade do Estado do RN], Defensoria Pública, Detran [Departamento de Trânsito], Ipern [Instituto de Previdência], Idema [Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente] e Jucern [Junta Comercial] foram remunerados no dia 30, ou seja, na data normal.

A justificativa para o atraso no cumprimento da folha de pessoal foi que a receita aquém não tinha acompanhado o crescimento da despesa. Durante a coletiva, o secretário de Planejamento e das Finanças (Seplan), Obery Rodrigues, destacou que os gastos do Governo chegaram no período a superar as receitas. O balancete apresentado pelo controlador-geral do Estado, Anselmo Carvalho, na coletiva de imprensa concedida por secretários, detalhou que as despesas do mês chegaram a R$ 636,8 milhões enquanto que a receita havia apontado R$ 586,6 milhões. O déficit mensal registrado, portanto, foi de R$ 5,02 milhões.

Quase três meses se passaram e ainda não se sabe como será feito o pagamento dos vencimentos dos servidores em dezembro. E se há saldo suficiente para cobri-los. O Governo não se pronunciou. (TN)

25 anos após a morte de Chico Mendes, qual seu legado na Amazônia?

O especial de Roberto Carlos é o símbolo da ressaca do Natal e do autismo dele e da Globo

roberto carlos

Um espectro ronda o fim de ano: o espectro do especial de Roberto Carlos.

Enquanto Justin Bieber, a criança mais chata do show bis, anuncia sua aposentadoria, Roberto continua firme numa atração que, se depender dele, deve durar até o fim dos tempos.

Rumando para a edição número 40, o programa é símbolo de duas coisas, uma ancestral e outra moderna: a ressaca do dia 25; a irrelevância, hoje, dele e da Globo. No ano passado, RC marcou 28 pontos de média no Ibope, batendo em 10 nos piores momentos. Em 2000, chegou a mais de 40.

É como assistir a um funeral em praça pública. Um cantor de 72 anos fazendo o mesmo de sempre, cantando as mesmas coisas de sempre, para um público que diminui e diminui. E ainda com a exposição de suas manias e do TOC.

De acordo com a Folha, ele queria um clima de Oscar. Encanou com a cacofonia do nome do lugar onde haverá a gravação, a Cidade das Artes (“das ar”, “azar”). Queria entrar de carro no palco, como acontece em alguns de seus shows, o que não foi possível porque não há acesso no teatro.

Erasmo Carlos apareceu de preto, com seu figurino tiozinho Harley Davidson. Roberto, como se sabe, só admite o azul ou o branco. Erasmo explicou que não tinha outra roupa. Ganha uma calça Tremendão quem acreditar nisso. Erasmo deu uma trolada bonita no amigo.

Ele receberá convidados como Lulu Santos, Tiago Abravanel, Anitta e a atriz Tatá Werneck, além dos DJs que fizeram “Remixed”, uma coletânea de versões emasculantes de hits de RC, pretensamente lançada para uma audiência mais jovem.

Todo artista tenta se rejuvenescer. É uma questão de sobrevivência.  RC já tem mais de 50 anos de estrada e, se ainda dependesse somente das ex-adolescentes dos anos 60, estaria frito. Mas o que seu programa mostra, vivamente, é um artista caquético de corpo e espírito. Uma espécie de Norma Desmond, a ex-estrela do cinema mudo de “Crepúsculo dos Deuses”, que tinha um chimpanzé para lhe fazer companhia e vivia num mundo à parte. “Eu sou grande. Os filmes é que ficaram pequenos”, dizia ela, em sua piração decadente.

A única razão para ver o especial de Natal de RC é testemunhar o fim de um mundo. Agora, mesmo para isso, teria de ser um final apoteótico, algo que valesse a pena. Não é. Uma sugestão seria ele anunciar sua aposentadoria. Como isso não vai ocorrer, o programa vai minguar lentamente até que o último chimpanzé se lembre de que tem mais o que fazer e desligue a televisão.

Bancos funcionam normalmente a partir de hoje

logos-bancos

Os bancos voltam a funcionar normalmente nesta quinta-feira (26), mas fecham no último dia útil do ano, 31 de dezembro, assim como em 1º de janeiro, segundo informou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Durante o feriado de Natal, não houve expediente. A Febraban lembra que, nos dias em que as agências estiverem fechadas, os clientes poderão utilizar os canais alternativos de atendimento para realizar operações bancárias, como caixas eletrônicos, Internet Banking, Mobile Banking, banco por telefone e correspondentes (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados).

As contas de consumo (água, luz, telefone e TV por assinatura, por exemplo) e os carnês que vencerem nessas datas poderão ser pagas no próximo dia útil (2 de janeiro), sem a incidência de multa. Os tributos, normalmente, já estão com a data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais). Os clientes também podem agendar nos bancos os pagamentos das contas de consumo ou pagá-las (as que têm código de barras) nos próprios caixas automáticos, ou em correspondentes. Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do Débito Direto Autorizado (DDA).

A genialidade do compositor Assis Valente, inspirada no Natal

O compositor baiano José de Assis Valente (1911-1958), na marchinha “Boas-Festas”, criou uma das mais melancólicas letras da MPB, porque revela sua preocupação com a causa da criança pobre e infeliz, provavelmente, devido a sua própria infância. Composta em 1932 e gravada no ano seguinte por Carlos Galhardo, pela RCA Victor, esta marchinha tornou-se o “hino” do Natal brasileiro.

BOAS-FESTAS
Assis Valente

Anoiteceu
O sino gemeu
A gente ficou
Feliz a cantar

Papai Noel
Vê se você tem
A felicidade
Pra você me dar.

Eu pensei que todo mundo
Fosse filho de Papai Noel
Bem assim felicidade
Eu pensei que fosse uma
Brincadeira de papel

Já faz tempo que eu pedi
Mas o meu Papai Noel
Não vem
Com certeza já morreu
Ou então felicidade
É brinquedo que não tem

 Site Poemas & Canções

Francisco visita Bento na antevéspera do Natal

Cidade do Vaticano (AE) – O papa Francisco visitou ontem seu antecessor, o papa emérito Bento XVI, para trocarem presentes de Natal. Imagens distribuídas pelo jornal do Vaticano mostraram os dois pontífices vestidos de branco em uma sala da residência no monastério onde Bento XVI vive desde que renunciou ao papado em fevereiro. Francisco e Bento XVI também rezaram juntos em uma capela adjunta à casa, situada nos jardins do Vaticano. Esta é a primeira vez que o Vaticano divulga imagens do interior da residência do papa emérito.

observatore romano/divulgaçãoBento 16 recebe Francisco no monastério onde está enclausurado para a celebração do NatalBento 16 recebe Francisco no monastério onde está enclausurado para a celebração do Natal

A visita faz parte da programação do primeiro Natal do argentino Jorge Mario Bergoglio no comando da Igreja Católica. Em pouco mais de nove meses de papado, Francisco impôs um novo ritmo ao Vaticano, se aproximando mais do povo e condenado o estilo elitista que vinha dominando a Cúria Romana.

Depois de comemorar o aniversário com moradores de rua, de pedir desculpas pelos atos de pedofilia praticados por trás dos muros dos templos, Francisco deu mais um passo adiante. No sábado, alertou os administradores do Vaticano que o trabalho deles pode entrar em uma espiral que levaria à mediocridade, fofocas e disputas burocráticas, se eles esquecerem que sua vocação profissional é servir à Igreja.

Francisco fez os comentários durante discurso de Natal para a cúria do Vaticano. Eleito em março para reformular a antiquada e muitas vezes disfuncional administração da Igreja Católica, o novo papa já promoveu diversas mudanças na cúpula da instituição Na semana passada ele mudou o conselho consultivo da Congregação dos Bispos, o escritório que analisa todas as nomeações de bispos no mundo. O pontífice removeu o ultraconservador cardeal norte-americano Raymond Burke e o cardeal italiano também linha-dura Mauro Piacenza.

Outras mudanças estão no horizonte: nas próximas semanas Francisco vai nomear sua primeira leva de cardeais e, em fevereiro, vai presidir o terceiro encontro do seu chamado “Grupo dos Oito”, encarregado de apresentar propostas para reformular a administração da Santa Sé.

Apesar do alerta, o papa agradeceu os cardeais, bispos e padres que estavam reunidos na Capela Clementina por seu trabalho, diligência e criatividade. Fugindo do discurso preparado, ele comentou: “existem santos na Cúria!”. Mesmo assim, Francisco lembrou que os membros da cúpula da Igreja devem mostrar profissionalismo e competência, além de santidade.

“Quando falta profissionalismo, há uma lenta caminhada em direção à mediocridade. Quando a atitude não é mais aquela de servir às suas igrejas específicas e seus bispos, a estrutura da Cúria se torna uma administração pesada e burocrática, constantemente inspecionando e questionando, dificultando o trabalho do Espírito Santo e o crescimento do povo de Deus”, afirmou o papa.

Ele também alertou contra a fofoca, que domina o recluso mundo do Vaticano. Segundo o pontífice, as autoridades da Igreja precisam se opor conscientemente à fofoca. “Sejamos todos opositores conscientes, e lembrem-se que eu não estou simplesmente moralizando. A fofoca é prejudicial para as pessoas, nosso trabalho e nosso ambiente.”

Com: Tribuna do Norte

Família do ex-senador Carlos Alberto vendeu controle da TV Ponta Negra

Já é dada como certa a venda de grande parte do controle acionário da TV Ponta Negra para um grupo Cearense.

Nos corredores da emissora falam num percentual entre 50 a 60%, nos meios empresariais falam em 70%.

Mas o certo mesmo é que depois de vários meses de negociação com vários grupos interessados, a família do ex-senador Carlos Alberto realmente negociou o controle da primeira TV comercial do RN.

Um parte do percentual vendido, vai para o próprio SBT.

A TV Ponta Negra passa por uma grave crise financeira, crise essa que tem afetado pagamento de fornecedores e até profissionais que trabalham na empresa.

Todas as vezes que se especulou a venda da emissora, a família hoje comandada por Dona Miriam negou a venda. Vamos aguardar como será o posicionamento desta vez.

Via Blog do BG

Rainha perdoa gênio matemático condenado por ser gay, 59 anos após morte

O matemático britânico Alan Turing (1912-1954), recebeu o perdão real 59 anos depois de morrer intoxicado por cianeto o que resultou da castração química a que foi sujeito, no Reino Unido, em 1952, por ser assumidamente homossexual, o que era proibido na época.

Alan Turing foi condenado por «atentado contra a moral pública» devido à sua orientação sexual.

Este matemático é considerado o pai da computação e teve um papel fundamental na vitória na II Guerra Mundial ao decifrar códigos nazis.

A morte de Turing considerada na época suicídio, mas estudiosos e biógrafos concluíram que o matemático faleceu de intoxicação devido aos medicamentos que tomava para cumprir a pena a que foi submetido.

TSF

Silvio Santos diz a funcionários que não sabe o que se passa no SBT

Silvio repetiu o que declarou em 2010, à época da quebra do banco Panamericano.

Em discurso aos funcionários, feito no pátio do SBT, durante uma festa de confraternização de fim de ano, Silvio Santos se declarou “colega” e não “dono” da emissora.

No vídeo que vazou na internet, o empresário surge no palco da festa, ao lado de Lívia Andrade, e diz:

“Eu sou o dono do SBT de direito. Mas de fato não me sinto dono. Me sinto colega de vocês. Eu chego aqui, faço os meus programas, eu vou embora… Eu não tenho conhecimento do que se passa nos bastidores, eu não tenho conhecimento do que se passa no escritório”.

Diante dos funcionários da emissora, Silvio repetiu o que declarou em 2010, à época da quebra do banco Panamericano, de sua propriedade. “Porque o meu método de trabalho sempre foi: contratar pessoas boas, competentes, e são essas pessoas que levam minhas empresas para frente.”

A certa altura, Silvio fez um comentário que pode ser entendido como uma “indireta” à Rede Record, que não distribuiu cesta de Natal a seus funcionários este ano: “Eu tomei conhecimento aqui nos bastidores que o SBT, ao inverso de outras empresas, tem tratado vocês com muita dignidade, com muito carinho. E até me disseram que cada um de vocês recebeu uma cesta… Fico muito contente de saber que vocês são bem tratados.”

silviosantosfestaDOFIM2013.jpg

Um pouco depois, lembrou: “Todo mundo tomou conhecimento do que aconteceu no Banco Panamericano. Mas no banco Panamericano eu fui uma única vez. No Jequiti, que é aqui pertinho, eu fui uma vez. Porque eu considero essas empresas investimento meu para que meu dinheiro possa trazer mais emprego, mais progresso. Aqui no SBT, não. Aqui no SBT sou um colega de vocês.”

Ao final, num momento cômico, Silvio disse a Livia Andrade: “Li que você daria cinco anos de sua vida para mim”. “Daria”, ela confirmou. “Me dá só uma noite”, ele pediu, provocando gargalhadas.

Fonte: Com informações do UOL
Publicado Por: Ricardo Caetano

Ricardo Motta: “Não nos aflige apreciar processo contra Rosalba”

Pelo Twitter, Dilma confirma salário mínimo de R$ 724

SALÁRIO ÓOO-ok

A presidenta Dilma Rousseff confirmou hoje (23) o aumento do salário mínimo para R$ 724 em 2014, 6,78% a mais do que os R$ 678 atuais. Em uma publicação na rede social Twitter no final da tarde desta terça-feira, a presidenta informou que assinou o decreto que viabiliza o ajuste.

Esse valor estava previsto no orçamento da União, aprovado pelo Congresso na semana passada. Ao comemorar a aprovação, Dilma disse que Executivo e Legislativo têm estabelecido uma relação “muito construtiva” e que o Congresso tem sido um “grande parceiro” do governo.

400x218xdilma,281,29.jpg.pagespeed.ic.PaiXeLgifn

Agência Brasil

Bancos terão duas horas de atendimento ao público amanhã

Índice

Os serviços bancários para o cliente terão duração de duas horas nesta terça-feira (24), véspera de Natal, das 8h às 10h. De acordo com o Sindicato dos Bancários do Rio Grande do Norte, os serviços serão suspensos no feriado do dia 25 de dezembro, assim como no dia 31 e no dia 1º de janeiro de 2014.

Os bancários lembram que, assim como nos demais feriados do ano, os prazos que caírem nesse dia serão prorrogados para o próximo dia útil do mês.

Além dos bancos, os órgãos e secretarias da Prefeitura do Natal também funcionam com horário diferenciado no período natalino. Segundo o decreto nº 9.873, publicado no dia 9 de janeiro deste ano contendo os feriados e pontos facultativos do ano, os serviços nessas repartições estarão disponíveis nas vésperas dos feriados, dias 24 e 31, com ponto facultativo a partir das 14h.

Pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, foi decretado ponto facultativo nos órgãos para hoje (23), amanhã (24) e para o dia 31 de dezembro. Os dias 25 e 1º são feriados nacional e mundial, respectivamente.

Outros órgãos como os Correios, o Ministério Público Federal do RN (MPF-RN), o Ministério Público Estadual (MPE), o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RN) e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) e o Tribunal de Justiça do Estado (Tj-RN) já anunciaram sua forma de funcionamento durante este período de fim de ano.

Diferente do que foi publicado pela TRIBUNA DO NORTE na sexta-feira passada (20) com informações oficiais da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Natal (CDL-Natal), os supermercados funcionam nos dias 24 e 31 de dezembro até as 19h, e não até as 21h e 20h, nos dias 24 e 31 respectivamente.

Montanhas RN – Fotos de Dezembro de 1984

Momento para reflexão gerada pelas crianças de Montanhas na Primeira Comunhão bem antes da Igreja Matriz ser reformada.

1483726_3727006310260_157594979_n 05Vamos tentar identificar quem são essas crianças, certamente hoje fazem história em algum lugar.

***********x*******************x*******************

1502140_3729504452712_1518887367_n 03Da direita para a esquerda: Padre Teixeira, minha irmã Josemary, Maria Conceição e a próxima não recordo o nome, mas deve ser uma freira que conviveu conosco em Montanhas.

**************x******************x**********************

1472154_3729503852697_626718539_n 02Lembrem deste grande amigo ao vilão Edilson, mais atrás sou eu, Ubiratan de camisa de mangas compridas e este de braços cruzados  com um objeto na mão, acredito ser Eliziel Barbosa, era Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais na época, mas não tenho muita certeza devido a foto ser um pouco antiga e sem grande resolução.

***************x***********************x******************

1472154_3729503852697_626718539_n 01Altar da Igreja são João Batista, centro de Montanhas, novamente Edilson, Conceição e as crianças que neste momento não consigo reconhecer, mas fica a critério de sua dedicação.

*************x*******************x******************

1457598_167098790167927_2041060517_n 04Aqui temos uma visão geral da praça da matriz antes de sua reforma e uma visão da Igreja na época. (foto reprodução internet) e nesta bela pose o nosso amigo Aroldo irmão do Professor Geroldo.

*************x***********************x******************

Como estamos em Dezembro mês de confraternização e reflexão, deixamos esta foto a seguir, propositalmente, até pela mensagem da nossa eterna Professora Damares. Reflitam sobre a mensagem que ela nos passa através do arquivo de sua Família ao qual obtivemos acesso.

damares 06

Obrigado a todos. Feliz Domingo, um abraço afetuoso de Bira de Montanhas.

natal-presepio11CLIQUE AQUI OU NA IMAGEM E OUÇA ESSA BELA MÚSICA NATAL TODO DIA

Montanhas RN – Outro assalto neste Domingo (22)

ladrc3a3o-de-motoImagem apenas ilustrativa (internet)

Neste domingo (22) mais um assalto, agora praticamente é um por dia, desta vez foi o comerciante no ramo de gado, Paulo Boiadeiro.

Nesta madrugada por volta das 04:00 horas da manhã, Paulo foi surpreendido por dois elementos em uma moto, características dos últimos assaltos na cidade e com arma em punho, conseguiu surpreender a vítima levando dinheiro que não sabe-se ainda o valor e alguns pertences pessoais.

Informações que recebemos apontam que um dos elementos chegou na porteira da propriedade de Paulo Boiadeiro, localizada na beira da pista que dá acesso a cidade de Nova Cruz, bem próximo ao posto de gasolina, na saída de Montanhas e adentrou fazendo-o de vítima, enquanto que o outro permaneceu na moto na pista e por alguns minutos levaram o que puderam naquele momento.

A situação tá complicando.  É gritante ou não é?

Providências!!!

O drama do retirante, na visão de Patativa do Assaré

Patativa do Assaré, nome artístico de Antônio Gonçalves da Silva (1909-2002), por ser natural da cidade de Assaré, no Ceará, foi um dos mais importantes representantes da cultura popular nordestina. Com uma linguagem simples e poética, destacou-se como compositor, improvisador, cordelista, poeta e letrista, conforme podemos perceber na letra de “Triste Partida”, que relata fielmente a história do sertanejo nordestino, que por falta de condições para sobreviver em meio à seca, migra para o Sudeste à procura de melhores condições de vida.

Em 1964, pela RCA Victor, Luiz Gonzaga lançou o LP que se tornaria clássico, com a toada “A Triste Partida”, que deu nome ao disco, verdadeiro manifesto sertanejo.

A TRISTE PARTIDA
Patativa do Assaré

Meu Deus, meu Deus. . .Setembro passou
Outubro e Novembro
Já tamo em Dezembro
Meu Deus, que é de nós,
Meu Deus, meu Deus
Assim fala o pobre
Do seco Nordeste
Com medo da peste
Da fome feroz
Ai, ai, ai, aiA treze do mês
Ele fez experiência
Perdeu sua crença
Nas pedras de sal,
Meu Deus, meu Deus
Mas noutra esperança
Com gosto se agarra
Pensando na barra
Do alegre Natal
Ai, ai, ai, aiRompeu-se o Natal
Porém barra não veio
O sol bem vermeio
Nasceu muito além
Meu Deus, meu Deus
Na copa da mata
Buzina a cigarra
Ninguém vê a barra
Pois a barra não tem
Ai, ai, ai, ai

Sem chuva na terra
Descamba Janeiro,
Depois fevereiro
E o mesmo verão
Meu Deus, meu Deus
Entonce o nortista
Pensando consigo
Diz: “isso é castigo
não chove mais não”
Ai, ai, ai, ai

Apela pra Março
Que é o mês preferido
Do santo querido
Senhor São José
Meu Deus, meu Deus
Mas nada de chuva
Tá tudo sem jeito
Lhe foge do peito
O resto da fé
Ai, ai, ai, ai

Agora pensando
Ele segue outra tria
Chamando a famia
Começa a dizer
Meu Deus, meu Deus
Eu vendo meu burro
Meu jegue e o cavalo
Nós vamos a São Paulo
Viver ou morrer
Ai, ai, ai, ai

Nós vamos a São Paulo
Que a coisa tá feia
Por terras alheia
Nós vamos vagar
Meu Deus, meu Deus
Se o nosso destino
Não for tão mesquinho
Cá e pro mesmo cantinho
Nós torna a voltar
Ai, ai, ai, ai

E vende seu burro
Jumento e o cavalo
Inté mesmo o galo
Venderam também
Meu Deus, meu Deus
Pois logo aparece
Feliz fazendeiro
Por pouco dinheiro
Lhe compra o que tem
Ai, ai, ai, ai

Em um caminhão
Ele joga a famia
Chegou o triste dia
Já vai viajar
Meu Deus, meu Deus
A seca terrível
Que tudo devora
Lhe bota pra fora
Da terra natá
Ai, ai, ai, ai

O carro já corre
No topo da serra
Oiando pra terra
Seu berço, seu lar
Meu Deus, meu Deus
Aquele nortista
Partido de pena
De longe acena
Adeus meu lugar
Ai, ai, ai, ai

No dia seguinte
Já tudo enfadado
E o carro embalado
Veloz a correr
Meu Deus, meu Deus
Tão triste, coitado
Falando saudoso
Seu filho choroso
Exclama a dizer
Ai, ai, ai, ai

De pena e saudade
Papai sei que morro
Meu pobre cachorro
Quem dá de comer?
Meu Deus, meu Deus
Já outro pergunta
Mãezinha, e meu gato?
Com fome, sem trato
Mimi vai morrer
Ai, ai, ai, ai

E a linda pequena
Tremendo de medo
“Mamãe, meus brinquedo
Meu pé de fulô?”
Meu Deus, meu Deus
Meu pé de roseira
Coitado, ele seca
E minha boneca
Também lá ficou
Ai, ai, ai, ai

E assim vão deixando
Com choro e gemido
Do berço querido
Céu lindo azul
Meu Deus, meu Deus
O pai, pesaroso
Nos filho pensando
E o carro rodando
Na estrada do Sul
Ai, ai, ai, ai

Chegaram em São Paulo
Sem cobre quebrado
E o pobre acanhado
Procura um patrão
Meu Deus, meu Deus
Só vê cara estranha
De estranha gente
Tudo é diferente
Do caro torrão
Ai, ai, ai, ai

Trabaia dois ano,
Três ano e mais ano
E sempre nos prano
De um dia vortar
Meu Deus, meu Deus
Mas nunca ele pode
Só vive devendo
E assim vai sofrendo
É sofrer sem parar
Ai, ai, ai, ai

Se arguma notícia
Das banda do norte
Tem ele por sorte
O gosto de ouvir
Meu Deus, meu Deus
Lhe bate no peito
Saudade lhe molho
E as água nos óio
Começa a cair
Ai, ai, ai, ai

Do mundo afastado
Ali vive preso
Sofrendo desprezo
Devendo ao patrão
Meu Deus, meu Deus
O tempo rolando
Vai dia e vem dia
E aquela famia
Não vorta mais não
Ai, ai, ai, ai

Distante da terra
Tão seca mas boa
Exposto à garoa
À lama e o paul
Meu Deus, meu Deus
Faz pena o nortista
Tão forte, tão bravo
Viver como escravo

 Site Poemas & Canções

Mulher vai a Africa e diz não esperar pegar AIDS: ‘Brincadeira, sou branca’

A americana Justine Sacco, diretora de comunicação da IAC — empresa que controla serviços e sites como Vimeo, Tinder, CollegeHumor e Dictionary.com — foi acusada de racismo por internautas após publicar, no Twitter, uma mensagem em que anunciava uma viagem.

“Indo para a África. Tomara que eu não pegue Aids. Brincadeira, sou branca!”, escreveu a relações públicas nesta sexta-feira.

A mensagem repercutiu rapidamente nas redes sociais. O post foi replicado mais de três mil vezes. Quando Sacco chegou ao continente, o caso já tinha sido noticiado em diversos veículos de comunicação. Após a repercussão, o perfil de Sacco foi apagado no microblog. Mas a empresa que a contratou não ficou em silêncio. “É um comentário escandaloso e ofensivo que não reflete a visão e os valores da IAC. Infelizmente, a funcionária em questão está inacessível em um voo internacional, mas essa é uma questão muito grave e vamos tomar as medidas apropriadas”, afirmou um porta-voz da empresa ao “Internacional Business Times”.

O assunto se tornou um dos mais comentados no Twitter no dia. No histórico de publicações de Sacco, há outras mensagens polêmicas. “Eu gosto de animais, mas quando está frio eu recorro aos pelos”, diz uma, direcionada à PETA, organização que luta pelos direitos dos animais.

Sacco não comentou o assunto. O “The Mail Online” tentou entrar em contato com a assessoria da IAC, mas como a funcionária é responsável pela área, não havia ninguém disponível para responder.

Cerca de 69% dos portadores do vírus HIV vivem na África subsariana, segundo a organização Do Something. A estimativa é que 23,8 milhões de africanos tenham Aids.

Globo.com

Clero da Arquidiocese debate Campanha da Fraternidade 2014

A reunião mensal do clero da Arquidiocese de Natal, realizada no último dia 19 de dezembro, teve como foco, o tema da Campanha da Fraternidade em 2014, que será “Fraternidade e Tráfico Humano”. O encontro contou com explanações dos órgãos de proteção aos direitos humanos, no estado do Rio Grande do Norte, além da Polícia Federal, que trata da investigação do tráfico de pessoas. Quem realizou a assessoria foi a coordenadora da Coordenadoria de direitos humanos, ligada à Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SEJUC), Adna Martins e a delegada da Polícia Federal no RN, Dra. Poliana Pimenta.

De acordo com Adna, atualmente não existe uma legislação específica na constituição brasileira, que trate sobre o tráfico de pessoas. “Só existe na constituição o artigo 231a, que fala sobre a exploração sexual, mas, não existe uma legislação específica para tal realidade. Acreditamos que o debate deste tema por parte da Igreja, possa gerar um marco regulatório mais específico para esta situação”, frisa.

Durante a sua fala, Adna recordou alguns dados com relação ao tráfico de pessoas no estado. “Os casos mais comuns que vemos na coordenadoria, são de casos de violência na área da saúde e também, o tráfico de pessoas com deficiência, que são traficadas para o trabalho. Um caso que não podemos esquecer é aquele que aconteceu com as crianças do Planalto, que até hoje não temos resolução. Agora com a chegada da Copa do Mundo, acreditamos que o tráfico sexual e para o trabalho vai ser crescente. Para isso, estamos planejando uma ação para o combate desta prática”, pontua.

Segundo a delegada Poliana Pimenta, o tráfico humano ainda é pouco debatido dentro da Polícia, em virtude de serem ainda poucas as denúncias que chegam ao órgão. “Pouco se relata à Polícia sobre o tráfico humano. Tudo ainda é muito mascarado. Acreditamos que as pessoas têm receio em denunciar, por isso, um apelo que fazemos e acreditamos que a CF vai contribuir com isso, é o de denunciar, pois somente desta forma será possível mudarmos essa realidade, que a cada dia cresce em nossa cidade e no país como um todo”, ressalta.

Ela também destaca que em virtude do próximo ano ser um ano de Copa do Mundo, a Campanha da Fraternidade vai ter um papel fundamental, atuando na conscientização das pessoas, de que esta atitude se configura como crime. “Acreditamos que este tema vai ser o maior incentivo para ação do poder público, no combate a estas práticas”, reforça.

Texto-base

Além de abordar aspectos do tráfico humano, a reunião do clero contou com um momento para aprofundamento do texto-base, com assessoria do padre José Adalberto Vanzella, da diocese de Taubaté (SP).

Segundo o padre, a Campanha da Fraternidade de 2014 deve ser sensível às situações que atentam contra a dignidade humana e seus direitos fundamentais, uma vez que ainda não existe uma lei complementar na constituição brasileira, que esteja voltada para este quesito. “O Brasil, após a assinatura do Protocolo de Palermo, lançou em 2006, a Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de pessoas, e, em 2008, o Plano Nacional de Enfretamento ao Tráfico de Pessoas (PNETP), mas, ainda não existe essa diretriz na constituição. Cabe à Igreja, portanto, identificar as práticas do tráfico humano e denunciar as estruturas e situações causadoras deste problema social. Acreditamos que a partir daí, o poder público possa voltar o olhar para esta questão e tomar medidas mais concretas”, denuncia.

Foto: Luiza Gualberto
CF 2014 abordada no encontro do clero com representantes dos Direitos Humanos e da polícia FederalFonte: arquidiocesedenatal.org.br