Daily Archives: 12/10/2013

Falcões e gaviões competem pela primeira vez no RN

Encontro Nordeste de Falcoaria reúne criadores em São José de Mipibu.
Evento acontece neste sábado (12) e domingo (13) na Lagoa do Bonfim.

Falcões e gaviões competem neste final de semana; voo livre está entre as categorias (Foto: Joacil Germano)Falcões e gaviões competem neste final de semana; voo livre está entre as categorias (Foto: Joacil Germano)

Criadores de falcões e gaviões de vários estados se reúnem neste final de semana na Lagoa do Bonfim, balneário localizado em São José de Mipibu, município da Grande Natal, para a primeira temporada de competições de falcoaria realizada no país. O torneio, chamado de Encontro Nordeste de Falcoaria, começa na tarde deste sábado (12) e terá voos livres na manhã do domingo (13). Participam 15 criadores com 10 aves.

Segundo o médico veterinário Joacil Germano, que coordena a competição, o Rio Grande do Norte está sendo pioneiro ao realizar uma competição desta natureza no país. “Essa é a primeira vez que acontece uma competição propriamente dita no Brasil. Dependendo do sucesso desta, muitas outras virão nos anos seguintes”, afirmou.

As disputas entre as aves são divididas em três categorias. Ele explicou que a primeira delas é a Lure Fly, em que será avaliada a elegância de voo, se a ave domina bem a interferência do vento, se ela consegue fazer curvas e manter o foco na isca do início ao fim. A segunda é a de Tiro Direto à Presa de 100 metros para gaviões. Nesta prova, são avaliados o tempo de execução, as manobras e a persistência do rapinante. “As aves que realizarem capturas no ar com maior rapidez e melhor pegada recebem as melhores avaliações”, acrescentou Germano.

A última categoria, ainda de acordo com o coordenador, é a chamada Perseguição em Cauda para falcões. Nesta, serão observados itens como elegância e capacidade de voo, persistência no lance e a experiência do falcão na estratégia de perseguição. “O grau de perseguição será observado quando a ave fizer voos ‘por fora’, tentando cercar a presa. A banca avaliará se o falcão está tentando ganhar altura para descer em mergulho, ou se vai ‘por baixo’, na tentativa de surpreender a presa. A subida e o mergulho do falcão valerão mais pontos pela elegância do lance”, observou.

Os três primeiros lugares de cada categoria serão premiados. Ao final da competição, também será eleito o melhor dentre as equipes que mais se destacaram. Além das provas, o evento também conta com programação cultural e palestras sobre a prática da falcoaria no Brasil.

“Qualquer pessoa pode ter uma ave de rapina”, diz Joacil Germano (Foto: Joacil Germano)Veterinário  Joacil Germano: “Qualquer pessoa pode ter uma ave de rapina” (Foto: Joacil Germano)

Sobre as aves de rapina

O médico veterinário Joacil Germano conta que os gaviões são aves que caçam por espreita, surgindo de repente sobre a presa. Quando captura,  pressiona a presa no chão, tendo as garras como principal arma. Já os falcões, caçam principalmente com perseguição até a captura ou, no caso dos maiores, como o falcão peregrino, capturam presas descendo de grandes alturas, abatendo-as por impacto. “Um grupo que apresenta características semelhantes aos gaviões, porém com porte maior, são as águias. Grandes e majestosas, a maioria tem voo lento. Já as corujas, são aves com hábitos noturnos e que se utilizam da audição para localizar suas presas e surpreendê-las na escuridão”.

“Qualquer pessoa pode ter uma ave de rapina”, diz criador

Ainda de acordo com Joacil Germano, que possui um falcão, são poucas as pessoas que possuem aves de rapina legalizadas no Rio Grande do Norte. “Como é uma atividade relativamente nova, vem ganhando espeço a adeptos a cada dia. Mas, esse número tende a crescer”, disse.

Sobre a legalidade, o veterinário afirmou que qualquer pessoa pode criar uma ave de rapina, “basta adquiri-la de um criadouro legalizado. Ave apreendida na natureza é considerado crime ambiental grave, com punições severas”, observou. Para se tornar um ou uma falcoeiro, Germano esclareceu que é necessário seguir uma escala de aprendizado, onde a primeira coisa é se filiar a uma entidade relacionada a área. “A Associação Brasileira de Falcoeiros e Preservação de Aves de Rapina (ABFPAR) é uma delas, assim como a AFARN, que é a Associação de Falcoaria do Rio Grande do Norte. As duas são as promotoras da competição que estamos realizando Aqui no estado”, citou.

Mas, para se tornar um falcoeiro é preciso estar atento. “O pretendente a falcoeiro precisa de informações técnicas e de falcoeiros experientes que podem transmitir o conhecimento e indicar a literatura adequada, que vai lhe dar o aprendizado desde a biologia da ave até técnicas de manejo. Um candidato falcoeiro responsável leva em torno de dois anos para se sentir pronto a adquirir sua primeira ave”, ressaltou.

Horários da competição:

Sábado, dia 12: de 15h30 às 17h30 (competições e palestras).
Domingo, 13: de 8h às 10h (voos livres).

Rafael Motta afirma: “Com 10% do eleitorado do RN, PROS será decisivo na eleição de 2014”

ÍndiceFoto: (Divulgação)

O Partido Republicano da Ordem Social (PROS), que na semana passada passou a abrigar cinco deputados estaduais do Rio Grande do Norte e cinco vereadores de Natal, deverá ter participação decisiva nas eleições estaduais de 2014. Isso porque o PROS representa, percentualmente, 11% do eleitorado potiguar, estimado em 2,3 milhões de votantes pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ao todo, os dez parlamentares somaram 259.096 votos nas duas últimas eleições, a estadual de 2010 e a municipal de 2012.

“O partido vai ser protagonista em 2014. Um partido que tem mais de 10% do eleitorado, se não contabilizar a votação de todos que fazem parte do partido, tem condições de ser fator decisivo em 2014. Inclusive podendo indicar um nome da majoritária, um nome de vice, por exemplo”, disse o presidente estadual do PROS, vereador Rafael Motta.

Segundo Rafael Motta, o objeto do PROS, após a constituição da legenda, é interiorizar o partido, levando-o para as bases. “Estamos viajando pelo interior, conversando com lideranças que tiveram e têm história política no nosso Estado. Muitas pessoas têm nos procurado, mas damos preferência aos que são indicados pelos deputados estaduais, já que eles têm grande penetração no interior.

Quanto às filiações, damos preferência a quem tem expressão maior. Por exemplo, em São Miguel é Raimundo Fernandes; em Caicó é Vivaldo Costa; na região do Potengi, Gustavo Carvalho. Gilson Moura na Grande Natal”, explicou o vereador, se referindo a três dos cinco deputados estaduais da legenda.

A meta do PROS para 2014, segundo Rafael Motta, é ampliar o partido, buscando se tornar um dos maiores do Estado. “Temos o objetivo de ampliar nossa presença na Assembleia, subindo para seis deputados estaduais, e conquistar um mandato na Câmara Federal. E quem sabe indicar um nome para vice ou suplente de senador. O partido tem peso, musculatura e calibre, para reivindicar esse espaço”, afirmou.

PESO

A votação dos cinco deputados estaduais da nova sigla somou 224.886 votos na eleição de 2010. O presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta (PROS), chegou a 49.881 votos, enquanto Gustavo Carvalho (PROS) atingiu 49.850 e Gilson Moura (PROS) foi escolhido por 49.494 eleitores. Os ex-presidentes do Legislativo potiguar, deputados Vivaldo Costa (PROS) e Raimundo Fernandes (PROS) obtiveram, respectivamente, 38. 463 e 37. 158 votos.

Já em 2012, os cinco vereadores do PROS atingiram boa votação em Natal. Um total de 34. 250 votos. Rafael Motta (PROS), o segundo colocado na disputa, alcançou 9.460. Chagas Catarino (PROS) foi reeleito 8.063 votos. O presidente da Câmara Municipal, Albert Dickson (PROS), somou 7.344, Ary Gomes (PROS) conseguiu seu primeiro mandato com 4.723 votos e o ex-presidente da Câmara, Paulinho Freire (PROS), voltou ao Palácio Felipe Camarão com 4.600 votos. (JH)

Professor que assumiu homossexualidade é apedrejado até a morte

A hipótese de crime homofóbico está sendo investigada pela polícia. Aluna contou que o professor era uma pessoa divertida e que amava o que fazia. “Ontem, durante a aula, ele estava tão alegre; falou que iria viajar, é inacreditável”

Foi encontrado morto no começo da manhã desta sexta-feira, 11, no fundo da Escola de Tempo Integral (ETI) Eurídice de Melo, no Jardim Aureny III, em Palmas, o professor Arione Pereira Leite, de 56 anos. Ele foi apedrejado na cabeça, sofreu afundamento craniano e morreu no local.

O corpo estava próximo ao carro da vítima, na Rua 26. Uma das três filhas de Arione foi até o local e fez a identificação do cadáver, uma vez que não foram encontrados documentos pessoais com o professor. De acordo com a Polícia Militar (PM), a pedra usada no crime tinha cerca de 15 cm de diâmetro.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e após a confirmação da morte do professor, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da capital. A lideração deve ocorrer nas próximas horas.

Natural da cidade de Novo Acordo, Arione morava na quadra 1.104 sul e dava aulas de português na Escola Municipal Aurélio Buarque, onde trabalhava há 5 anos. Segundo amigos, ele havia assumido a homossexualidade recentemente. A hipótese de crime homofóbico está sendo investigada pela Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Abalada, Bethânya Gabrielle, que era aluna da vítima, contou, em entrevista à REDE TO, que Arione era uma pessoa divertida que amava o que fazia. “Ontem durante a aula, ele estava tão alegre; falou que iria viajar, é inacreditável”, disse.

professor homossexual apedrejado tocatins
Professor que havia assumido a homossexualidade recentemente é apedrejado até a morte (Foto: Dermival Pereira, Rede TO)

O presidente do Grupo Ipê Amarelo pela Livre Orientação Sexual, Henrique Ávila, afirmou que só este ano, foram três homicídios motivados por razões homofóbicas na capital tocantinense. “Estamos entristecidos com a notícia e isso só reforça a necessidade do governo em criar medidas emergenciais para o fim da homofobia em nosso estado, pois os crimes de ódio só estão aumentando e o governo não toma uma postura diante de tudo”, afirmou.

com Maria da Penha Neles

Eduardo Campos se lança ao Brasil: mais do mesmo

Abordagem malandra de Eduardo Campos diz que no Brasil há coisas boas, mas “muita coisa ruim”, ignorando o fato de que seu partido esteve durante 10 anos no atual governo e é co-responsável pelos erros que este governo cometeu

eduardo campos psb eleições 2014
PSB apresentou Eduardo Campos ao Brasil na noite de ontem. Vendido como “novo”, mostrou
habilidade na arte da velhacaria política (Divulgação)

Blog do Rovai

O programa partidário do PSB apresentou na noite de ontem ao país em rede nacional de rádio e TV, Eduardo Campos. Ele que foi ministro da Ciência e Tecnologia no primeiro governo de Lula, que se elegeu governador de Pernambuco em 2006 com o apoio de Lula e cujo partido apoiou o governo Dilma até o mês passado simplesmente fez de conta que isso não existiu na sua trajetória.

Porque na estratégia de campanha de Eduardo Campos, que será candidato a presidente da República com um discurso de oposição moderada, isso não interessa.

Nas sociedades democráticas pode até se dizer que isso é natural. Mas também deveria ser natural que antes de fazer a inflexão, o político honesto fizesse uma reflexão pública sobre a mudança de rota.

O fato é que os que têm se vendido como novo tem demonstrado grande habilidade na arte da velhacaria política.

A publicidade de Campos usou como principal peça do seu espaço na TV, um jogral em que uma pessoa fala de algo bom no Brasil e outra de algo ruim. Sendo que o assunto é o mesmo. Uma diz, por exemplo, que no Brasil todo mundo que quiser pode ir a escola. Outra que muita gente não vai a escola. Uma diz que no Brasil o governo criou o mais médicos. Outra que faltam medicamentos nos postos de saúde.

Ou seja, tem coisa boa no país. Mas tem muita coisa ruim também. Como se isso não acontecesse em todos os cantos do mundo. E na vida de cada um de nós.

Parece coisa boba, mas eficiente.

Porque Eduardo ao fazer essa abordagem malandra, consegue fazer ignorar que seu partido esteve durante 10 anos no governo até há menos de um mês e não fosse também co-responsável pelos erros que este governo cometeu. Sendo apenas credor dos acertos.

O discurso com características esquizofrênicas, porém, tem seus atrativos. É bom para quem quer votar num opositor com jeitinho mais manso. E provavelmente vai lhe trazer dividendos nas próximas pesquisas.

Ou seja, Eduardo Campos e Marina lançaram sua chapa hoje. E o fizeram de forma despolitizada, mas bem conduzida do ponto de vista do marketing. Ponto para o marqueteiro.

Mas o que o Brasil ganha com isso? Mais uma opção eleitoral e não um outro jeito de fazer política, como a dupla tem vendido. Aliás, muito pelo contrário, o programa foi repleto de velhas matreiragens. E a principal delas é a de fazer de conta que não se é isso nem aquilo, para não se comprometer com nada. O que é o pior dos caminhos para se construir um debate político sério.

Nasceu a oposição que Sarney havia previsto há algum tempo. Segundo ele, a oposição que ameaçaria a hegemonia petista sairia do próprio governo. Naquele momento, Marina e Eduardo Campos ainda estavam na base. Se vai dar certo é outra história. Mas agora setores que não querem mais o PT tem algo mais do que o PSDB.

Esse algo mais pode ter até um discurso errático e pouco construtivo do ponto de vista político, mas veio com uma boa embalagem de marketing.

Jamie Foxx será Martin Luther King em filme de Oliver Stone

O ator Jamie Foxx vai protagonizar a cinebiografia de Martin Luther King Jr. que Oliver Stone dirigirá para a DreamWorks e a Warner, segundo o The Wrap.

Kario Salem (A Cartada Final) escreveu o roteiro sobre a vida do pastor ativista pelo direitos dos negros nos EUA, assassinado em 1968.

Os direitos sobre a vida de King foram adquiridos pela DreamWorks em maio de 2009 – e incluem o famoso discurso “Eu Tenho Um Sonho”, de 1963. Em 2011, o estúdio uniu forças com a WB, que desenvolvia sua própria cinebiografia de MLK com Salem.

Por enquanto não há previsão de filmagens. O filme tem entre seus produtores três filhos de King, Dexter King, Bernice King e Martin Luther King II.

Mais de dois mil políticos são flagrados recebendo benefício do Bolsa Família

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) flagrou, por meio de um levantamento, 2.168 políticos eleitos que teriam recebido dinheiro do Bolsa Família, do governo federal.

De acordo com a pasta, o motivo do cruzamento de dados foi “garantir a qualidade das informações cadastrais e, consequentemente, a focalização do Bolsa Família”. Para isso, foi feito o cruzamento da folha de pagamento do programa de transferência de renda com a base de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Um decreto de 2004, proíbe qualquer político eleito e empossado de receber os benefícios do Bolsa Família. Quem foi flagrado neste ato, teve o benefício bloqueado em fevereiro de 2013. Após o bloqueio, o ministério enviou às prefeituras um questionário com perguntas relativas à situação dos políticos identificados.

A lei que versa sobre o tema diz que “será obrigado a efetuar o ressarcimento da importância recebida o beneficiário que dolosamente tenha prestado informações falsas ou utilizado qualquer outro meio ilícito, a fim de indevidamente ingressar ou se manter como beneficiário do Programa Bolsa Família”.

Como o bloqueio do pagamento do Bolsa Família dos 2.168 beneficiários que foram confirmados como políticos eleitos ocorreu no mês de fevereiro de 2013, o único pagamento recebido foi em janeiro deste ano.

Fonte: Com informações do Terra