Transposição do Rio São Francisco totalmente recontratada

A reestabilização de contratos tem sido o histórico entrave da Transposição. Os últimos dois anos amargaram avanços de 5% (2011) e outro sequer teve o balanço divulgado (2012). (Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press)

A obra da Transposição do Rio São Francisco está totalmente contratada e o prazo de entrega para o fim de 2015, depois de vários atrasos, promete ser atendido. A última pendência foi concluída nesta sexta-feira (27), com a assinatura da ordem de serviço da Meta 3N, no Eixo Norte do projeto. “Assinamos o contrato e demos a ordem de serviço para o último trecho que faltava ser remobilizado. Este trecho começa em Mauriti, no Ceará, e vai até São José de Piranhas, na Paraíba. Um investimento na ordem de R$ 587 milhões, que será tocado pela Queiroz Galvão SA. E vamos agora correr na execução para que a obra esteja 100% concluída até o final de 2015”, destacou o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, em seu perfil no Facebook.

A reestabilização de contratos tem sido o histórico entrave da pasta para a Transposição. Os últimos dois anos amargaram avanços de 5% (2011) e outro sequer teve o balanço divulgado (2012). A justificativa de Bezerra Coelho, no fim dos períodos, sempre foi de que contratos não cumpridos pelas construtoras e lotes relicitados causaram ônus ao andamento do projeto, atualmente com menos de 50% concluído.

A assinatura da última ordem de serviço promete intensificar a obra nos estados de Pernambuco e Paraíba, com contratações começando em pouco mais de 30 dias, inclusive priorizando mão de obra local. “Até o fim do ano, acredito que vamos ter cerca de 4 mil pessoas trabalhando no Eixo Leste, sendo mil na Paraíba e três mil em Pernambuco”, prevê.

De acordo com o último balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o custo da obra é de R$ 8,2 bilhões, depois de reajustes e aditivos realizados. O Projeto promete atender mais de 12 milhões de pessoas e já é divulgado pelo governo federal como a maior obra de infraestrutura hídrica construída no Brasil, estando inclusive entre as maiores do mundo. Atualmente, o empreendimento conta com a atuação de mais de seis mil trabalhadores.

Fonte: Diário de Pernambuco

Posted on 28/09/2013, in Brasil, Informativo. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: