Daily Archives: 28/08/2013

Mulher cristã é sentenciada à morte por causa de um gole de água

A PARÁBOLA DO DIA – Apenas para reflexão

e-em-alto-mar-o-marinheiro-desesperado-sentiu-uma-imensa-vontade-de-chorar-entao-lancou-rodrigo-veninno-frase-1474-2839

– PARA PENSAR –

Navegavam há meses e os marujos não tomavam banho nem trocavam de roupa.

O que não era novidade na Marinha Mercante Britânica,  mas o navio fedia!
O Capitão chama o Imediato:
– Mister Simpson, o navio fede, mande os homens trocarem de roupa!
Responde o Imediato:
– Yes Sir…
O Imediato parte para reunir os seus homens e diz:

– Marinheiros, o Capitão está se queixando do fedor a bordo e manda todos, eu disse todos, trocarem de roupa.
David troque a camisa com John, John troque a sua com Peter,  Peter troque a sua com Alfred, Alfred troque a sua com Jonathan … e assim prosseguiu.

Quando todos tinham feito as devidas trocas, volta ao Capitão e diz:

Sir, todos já trocaram de roupa.

O Capitão, visivelmente aliviado, manda então prosseguir a viagem…

MORAL DA HISTÓRIA

É MAIS OU MENOS ISSO QUE VAI ACONTECER NO BRASIL NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES! AFINAL OS POLÍTICOS QUE SE ANUNCIAM SÃO OS MESMOS.

Com: o Blog Bira Viegas

Falha em linhas de transmissão particular causou apagão no Nordeste

a-charge-do-apagão

O apagão “[que atingiu todos os Estados do Nordeste na tarde desta quarta-feira (28) foi causado pelo desligamento de duas linhas de transmissão no Piauí, que fazem a interligação entre o Norte e o Nordeste do país.

O governo está investigando as causas das falhas nessas duas linhas, operadas por empresas privadas.

Há suspeitas de que o problema tenha começado com uma queimada nas proximidades dessas linhas.

“A falta de energia não ocorreu no sistema da Chesf, mas por uma empresa particular durante o pico de alto intercâmbio de energia para o Nordeste”, afirmou o gerente da Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco) no Piauí, Airton Feitosa.

O gerente comparou o problema a uma “freada brusca” em um carro. “É como você estar acelerando a 110 km/h e dar uma freada brusca. Duas linhas de transmissão de 500 kV apresentaram problemas”, afirmou.

Segundo ele, a energia já estava voltando em todos os bairros de Teresina por volta das 17h.

A direção da Eletrobras no Piauí divulgou nota se eximindo de responsabilidade pela interrupção do fornecimento de energia.

“A causa está sendo diagnosticada pela Chesf, que deverá se posicionar sobre essa falta de energia”, diz a nota da Eletrobras, que tem mais de um milhão de clientes no Piauí.

O apagão começou por volta das 15h e afetou os nove Estados do Nordeste.

Aos poucos estava sendo retomada também em Salvador (BA), Fortaleza (CE), Recife (PE), João Pessoa (PB) Maceió (AL). Em Natal (RN), a luz voltou por volta das 16h50, mas dez minutos depois caiu de novo. Na capital da Paraíba, a Polícia Militar pede para as pessoas permanecerem em suas casas.

Segundo as distribuidoras de energia nos Estados, a luz está sendo reestabelecida aos poucos, para que a rede não fique sobrecarregada e ocorra um novo apagão nas cidades.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) informou que foi comunicada da falha, considerada internamente como de “grandes proporções”.

A agência foi informada pelo ONS (Operador Nacional do Sistema) de que a transmissão de energia na região caiu de 10 mil megawatts para mil megawatts, ou seja 10% do nível normal.

O Ministério de Minas e Energia também está apurando as causas dos problemas.

O procedimento de investigação desse caso de falta de energia deve seguir o mesmo modelo dos anteriores, de acordo com a Aneel.

O ONS encaminhará uma carta convocando Ministério de Minas e Energia, Aneel e possíveis agentes envolvidos para discutir o problema. O grupo irá se debruçar sobre o relatório técnico do caso, chamado de “relatório de análise da perturbação”.

TRANSTORNOS

Em Salvador, em apenas uma rua no bairro da Pituba, região nobre da cidade, cinco prédios registravam pessoas presas nos elevadores.

Felipe Plessim, 27, conversou com a Folha enquanto estava preso no elevador de seu prédio. Afirmou que estava indo para a faculdade e que provavelmente perderá as aulas, mas que a situação estava tranquila porque ainda conseguia falar pelo celular.

No Piauí, o apagão afetou todos os 224 municípios no Estado, causando transtornos principalmente nos hospitais e trânsito. É a segunda vez que o Piauí sofre apagão neste ano. Em janeiro, a capital piauiense e outras 32 cidades do Estado registraram queda de energia.

Em Fortaleza, o blecaute afetou o funcionamento da sinalização de trânsito e já causa engarrafamentos pela cidade. Um hospital particular suspendeu o atendimento de emergência em casos mais simples em razão da impossibilidade de realização de exames.

HISTÓRICO

Desde setembro do ano passado, quando Dilma anunciou que haveria um corte médio de 20% nas tarifas de energia aos consumidores a partir deste ano, ocorreram seis blecautes de grandes proporções em diversos Estados brasileiros.

No ano passado, as falhas no fornecimento de energia fizeram o ministro Edison Lobão (Minas e Energia) vir a público para tranquilizar a população.

Na época, ele disse que não haveria racionamento de energia elétrica no país “nem agora, nem nunca mais”.

No último apagão de 2012, mais de 3,5 milhões de consumidores, em 12 Estados, ficaram sem luz por uma hora. (Uol)

apagao-nordeste

Montanhas RN – Acesse Portal da Transparência da Prefeitura e Câmara Municipal e faça as suas próprias conclusões – VEJA COMO PROCEDER AQUI

images

O acesso a informação pública por parte do cidadão, instituído inicialmente através da lei Federal 12527/2011 conhecida como lei da “transparência”. O portal da transparência está hospedado no site http://www.gdip.com.br/principal.xhtml

No portal da transparência o cidadão poderá acessar informações diversas, tais como; empenhos, contratos, licitações, dentre outras informações relativas à despesa pública efetuada pelo município.

Para as informações não disponíveis no Portal da Transparência, o cidadão poderá requisitar a mesma na Secretaria de Administração com a Coordenadoria de Controle e Acesso a Informação, para isso será preenchido um formulário com nome endereço e documento do cidadão conforme estabelece a lei da transparência. As informações serão disponibilizadas no prazo de 20 dias, podendo ser prorrogado por mais 10 dias, mediante justificativa expressa.

O Portal da Transparência proporcionará ao cidadão informações precisas. Deve mostrar seriedade com legibilidade de um agente administrador. O portal, sobretudo, irá garantir ainda ao cidadão a visualização dos gastos públicos e naturalmente prevalecer o compromisso de que o bem público é pra ser zelado e que toda transparência seja a verdadeira expressão de que o dever e o direito estejam sendo cumpridos.

O Blog Montanhas em Ação está proporcionando aos seus leitores este acesso na margem direita de sua página principal. Basta clicar apenas na imagem “Portal da Transparência” que o link conduzira para as informações e curiosidades que interessar posse.

Além do Portal da Prefeitura e da Câmara Municipal de Montanhas, você poderá visualizar outras Prefeituras e Câmaras Municipais de outras cidades.

Vereador Alexandre Cavalcanti deverá apoiar nas eleições de 2014 Ricardo Motta e Rafael Motta

Com a proximidade  das eleições do próximo ano, as articulações começam a ser  descobertas e as tendências de apoios a serem evidenciadas.

Existe uma forte tendência para que o vereador Alexandre Cavalcanti venha a apoiar o deputado estadual e presidente da Assembléia Ricardo Motta para a reeleição e o seu filho vereador de Natal Rafael Motta para deputado federal.

Na bancada de vereadores de São Gonçalo do Amarante existe outros edis propensos a apoiar candidatos a deputados estaduais cujos compromissos vem muito antes do processo das eleições de 2012.

Por: Max Bezerra

Rafael Motta reforça: “Há muita insatisfação com a gestão do DEM”

Por: Ciro Marques JH

O presidente da Câmara Federal e líder estadual do PMDB, Henrique Eduardo Alves, afirmou que não poderia ficar sozinho apoiando o Governo do Estado se os correligionários dele demonstram insatisfação e querem o rompimento. E situação parecida vive o presidente estadual do Partido Progressista (PP) e vereador de Natal, Rafael Motta. Mesmo se fosse o caso dele querer continuar apoiando a gestão estadual do DEM, a insatisfação dos pepistas no interior do Estado também está caminhando para o rompimento com a administração estadual.

RafaelMotta

Foto: Rafael Motta (Presidente PP)

“Precisamos ouvir os correligionários para tomar qualquer decisão e faremos isso no momento certo. As eleições ainda estão distantes. O que sabemos hoje é que há muita insatisfação no interior do Estado com a gestão do DEM”, afirmou Rafael Motta, que desde que assumiu a presidência do PP tem percorrido várias cidades do interior do Estado, se reunindo com os diretórios municipais do PP e acumulando críticas tanto a gestão estadual.

As críticas seriam provenientes, sobretudo, das cidades que Rafael Motta visitou no mês passado, localizadas no Seridó, no Alto e no Médio Oeste – regiões que o DEM, tradicionalmente, tem grande influência eleitoral. “Os municípios têm reclamado de falta de autonomia provocada pela dependência dos recursos federais e estaduais”, comentou o presidente pepista.

Contudo, é importante ressaltar que, diferente do PMDB, o PP não tem tanto espaço no primeiro escalão do Governo do Estado. Não indicou nenhum secretário, por exemplo, nem conta com diretores/presidentes de fundações/instituições ligadas a gestão da governadora Rosalba Ciarlini. Então, porque a administração estadual estaria “preocupada” com o fato do PP apoiar ou não o Governo? Pela influência que o partido está conseguindo na Assembleia Legislativa.

É para o PP que o atual presidente da Assembleia, o deputado estadual Ricardo Motta (PMN), deve ir caso consiga a desfiliação partidária na Justiça Eleitoral – já deu entrada no pedido e tem, a favor dele, a permissão do deputado presidente estadual do PMN, Antônio Jácome. E só com a ida de Ricardo Motta para um partido que está caminhando para o rompimento, significaria a perda, para o Governo, de um de seus principais apoiadores políticos. Afinal, foi Ricardo Motta que, por diversas vezes, conseguiu amenizar crises políticas enfrentadas pelo Governo no Legislativo Estadual.

Amenizou crises, mas não conseguiu evitar que a última, referente ao pagamento integral do duodécimo à Assembleia Legislativa, provocasse uma crise entre poderes. Assumiu um tom crítico raro e condenou o corte percentual feito pelo Executivo, sendo apoiado por muitos outros parlamentares da Casa Legislativa.

Por sinal, nessa mudança de partido de Ricardo Motta, que pode configurar também uma mudança de lado – de aliado para oposição ou, no mínimo, independência – ele não estará sozinho. Deverá ser acompanhado pelos colegas Raimundo Fernandes (PMN) e Vivaldo Costa (PR). O primeiro até já pediu desfiliação do PMN junto com Ricardo Motta. Ambos já teriam conversas – e convites – para ir para o PP.

No entanto, o primeiro parlamentar a chegar ao PP não deve ser nem Raimundo Fernandes, nem Ricardo Motta, mas sim Kelps Lima. O deputado, que já conseguiu a desfiliação na Justiça Eleitoral do PR, tem convite de vários partidos, inclusive, um oficial do PP. Entre as “exigências” do parlamentar para o novo partido, estão o fórum permanente de debate sobre o Estado e que a sigla não seja da base aliada do governo Rosalba Ciarlini. Ou seja: indo para o PP, Kelps Lima praticamente confirma o perfil oposicionista da sigla dirigida por Rafael Motta.

ELEIÇÃO 2014

Com relação ao pleito de 2014, Rafael Motta evita falar mais claramente sobre conjeturas eleitorais ou apoio a candidatura de alguns dos partidos que devem ter candidatos a governador – como o PSD, PMDB e PSB. “Ainda está distante”, afirmou ele, ressaltando que o PP não tem pensado muito nisso, até porque, não é interesse do partido disputar a eleição majoritária.

“A Executiva Nacional do PP tem diretrizes muito claras para a eleição de 2014, que é aumentar os espaços tanto no legislativo estadual, quanto no federal”, afirmou Rafael Motta, explicando o porquê de buscar contato com atuais deputados estaduais – que podem trabalhar para tentar a reeleição – no próximo ano.

“Estamos tentando agregar deputados com mandato e lideranças políticas de vários municípios. No interior, há muitos bons nomes com grande potencial para ser candidato em 2014”, acrescentou ele, que pode ser um dos candidatos do partido a deputado federal, na busca de atender a outra parte da diretriz da Executiva Nacional. “Ainda falta muito tempo para isso”, despistou.

Candidatas do ‘Miss Bumbum 2013’ fazem 2º ensaio; bem mais ousado, veja fotos

Professores do Estado permanecem em greve

 Portal JH

Mesmo após reabertura do diálogo com Seec, categoria decidiu por continuar greve. Foto: Caninde Santos

A esperança de que o diálogo entre a Secretaria de Estado da Educação (Seec) e Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte) refletiria de modo positivo para o fim da greve dos professores foi em vão. Ontem, representantes da Secretaria e interlocutores dos profissionais em Educação passaram a manhã reunidos para discutir a renegociação das pautas. Entretanto, em assembleia realizada hoje com os professores, a categoria decidiu manter a greve.

“Chegamos à conclusão de que as negociações com o governo foram insuficientes para que finalizássemos a greve. Os professores votaram pela continuidade da paralisação e aguardaremos por novas discussões”, informou a coordenadora geral do Sinte, Fátima Cardoso.

Segundo ela, no documento criado pela Seec apresentado ao Sindicato constam pontos de reivindicações ainda em abertos. “O Plano de Cargos dos funcionários não chegou a ser discutido, o cumprimento da hora atividade não ficou devidamente estabelecido e também queremos mais professores convocados. A Secretaria indicou a convocação de 116 profissionais, mais ainda é insuficiente. Queremos um calendário estabelecendo mais convocações”, explicou Fátima.

A categoria voltará a se reunir em assembleia nesta quinta-feira (29), às 14h30 no Churchil. Para a Seec, apesar da “pequena adesão de professores à greve e do mérito da ilegalidade ainda não ter sido julgado pela Justiça”, a secretária Betânia Ramalho preferiu dar continuidade às conversas que vinham ocorrendo antes mesmo da paralisação geral, para que houvesse um entendimento.

“Mesmo sendo um grupo pequeno, segundo os nossos relatórios, a ausência desses professores grevistas não deixa de causar prejuízos para os alunos das escolas a que eles pertencem. Por esse motivo, resolvemos conversar, até porque reconhecemos a importância do diálogo com o sindicato para as conquistas de uma categoria”, ressaltou Betânia.

A Seec informou que, durante a reunião de ontem, foi anunciado que até outubro o governo encaminhará para a Assembleia Legislativa o projeto de lei que altera o porte das escolas, aumentando o valor da gratificação dos diretores e vice-diretores, assim como o projeto de lei das promoções horizontais, que autoriza o governo a conceder uma letra aos professores.

Outro ponto discutido foi a alteração de dois artigos do Plano de Cargos, Carreiras e Salários do Magistério Estadual. Esses artigos tratam de regras para promoção e mudanças na jornada de trabalho, devido à implantação do terço da hora atividade para planejamento. A proposta de alteração também deve ser enviada para a Assembleia. A expectativa era de que o fim da greve fosse oficializada na assembleia sindical de hoje.

Casal é flagrado fazendo sexo em estádio após jogo na Dinamarca

Um casal foi flagrado fazendo sexo no centro do gramado do Brondby Stadium, em Copenhague. O ato protagonizado por dois jovens ocorreu no último domingo, após o empate por 0 a 0 entre Brondby e Randers, pelo Campeonato Dinamarquês.

Os jovens esperaram escondidos que o estádio ficasse completamente vazio, entraram no gramado e começaram a fazer sexo. Acabaram sendo surpreendidos por um segurança, que os colocou para fora do recinto.

Uma foto do episódio foi postada no Twitter pelo assessor de imprensa do Brondby, Mikkel Davidsen.

Terra.com

Ator Reginaldo Faria passa mal e é internado em um hospital no Rio de Janeiro

 

O ator carioca Reginaldo Faria, hoje com 76 anos, está internado em um hospital na zona sul do Rio de Janeiro. O quadro, apesar de não ser grave, requer cuidado mais pela idade do artista. De acordo com o boletim liberado pelo hospital, Reginaldo está com uma leve pneumonia.

A assessoria do hospital confirmou que o ator ficará internado por tempo indeterminado para cuidar da pneumonia, e que realizará outros exames mais completos ao decorrer desta quarta-feira (28).

Um dos filhos do ator, disse ao site Ego, que o estado de saúde do seu pai é estável mas não poderia dar outros detalhes: “Ele passou mal, mas já está medicado, já está bem melhor. Ele ficará em observação mais alguns dias.”, disse o filho.

Reginaldo Faria está confirmado na nova novela das 18h da Globo “Joia Rara”, o ator dará vida à um viciado em jogos.

Além de ser um dos atores de maior sucesso nas telinhas, Reginal já estrelou diversos filmes, entre os maiores sucesso estão: “Cazuza –  O Tempo Não Pára”, “Aguenta, Coração” e “Roberto Carlos a 300 quilômetros por hora”. Faria iniciou sua carreira ainda nos anos 60, na primeira telenovela da rede Globo, “Ilusões Perdidas”.

Filiado ao PR, Marcelo Alecrim continua sendo nome cotado para disputar o Governo

119831

por annaruth

O empresário Marcelo Alecrim, diretor da Ale, continua tendo o seu nome cotado para disputar o Governo do Estado. Filiado ao PR, Marcelo conta com toda simpatia de líderes do PMDB.

O empresário, no entanto, já afirmou que deixará para decidir mais adiante. Pelo lado do PR, o partido mantém a filiação do empresário. Ou seja, se Alecrim for candidato ao Governo será com a filiação do PR.

EUA estão muito perto de atacar a Síria

Neste momento, dentro da Sala Oval, Obama enfrenta a possibilidade de envolver os Estados Unidos em outro conflito no Oriente Médio de dimensões imprevistas e a pergunta é quando

Com movimentos navais próximos ao litoral da Síria, mísseis de cruzeiro prontos no Mar Mediterrâneo e uma retórica que sobe de tom, os Estados Unidos se aproximam cada vez mais de uma possível ação militar contra esse país do Oriente Médio.

obama eua ataque síria

Ataque dos EUA à Síria só depende de aval de Obama, diz secretário de Defesa (Imagem: NBC)

O governo do presidente Barack Obama reiterou que continua estudando a resposta às autoridades de Damasco, que acusa de terem utilizado armas químicas contra a população civil em 21 de agosto último, o que o governo de Bashar al-Assad nega peremptoriamente.

Jay Carney, porta-voz da Casa Blanca, disse na segunda-feira (26) em coletiva de imprensa que ainda não há uma decisão sobre a ação militar, embora o Pentágono tenha apresentado uma variedade de opções militares ao mandatário democrata, incluindo o estabelecimento de uma zona de exclusão aérea.

Contudo, especialistas militares, membros do Congresso e outros que acompanham o tema opinam que a variante mais provável seria a utilização de mísseis de cruzeiro para atacar alvos sírios.

A eventual ação envolveria disparar esse tipo de armas a partir de navios ancorados no Mediterrâneo e fora do espaço aéreo sírio para, segundo observadores, proporcionar a opção mais segura para as forças que atacarem, destacou uma reportagem do diário USA Today.

O secretário de Estado, John Kerry, em linha com o argumento do suposto uso de armas químicas pelo governo de Assad, fez na segunda-feira uma imprevista declaração na qual disse que a “evidência é irrefutável”, mas sem apresentar provas.

Nesse sentido, pediu a todas as nações que se unam para esclarecer sobre a responsabilidade da Síria pelo emprego de gases venenosos contra sua população civil, e sublinhou: “o que está diante de nós hoje é real e convincente”.

Há meses Obama apontou como advertência que a utilização desse tipo de armas seria a chamada linha vermelha estabelecida para decidir una resposta mais dura contra Damasco, que implicaria um ataque armado direto.

Alguns legisladores consideram que a agressão à Síria poderia ser iminente e que o presidente Obama não necessitaria da aprovação do Congresso para isso (como ocorreu na Líbia em 2011).

Líderes do Capitólio, inclusive o presidente da Câmara de Representantes, o republicano de Ohio John Boehner, esclareceu que antes de qualquer ação teria que fazer uma consulta significativa com os legisladores, assinalou seu porta-voz, Brendan Buck.

Este explicou que o primeiro passo de Obama e sua equipe deve ser informar, consultar o Congresso sobre o que considera opções viáveis e “isto anda não ocorreu”.

Grupos da chamada oposição armada acusaram o Exército Árabe Sírio de efetuar um eventual ataque com gases tóxicos, o que foi tomado como argumento para o incremento das tensões.

Damasco, entretanto, apresentou mais provas sobre a utilização desses artefatos pelas forças irregulares que tentam derrocar Al-Assad, as quais contam com o apoio político e logístico de Washington e alguns de seus aliados europeus e do Oriente Médio.

O aumento da retórica coincide também com a visita de uma missão da Organização das Nações Unidas a uma região nas redondezas da capital síria, agredida nesta segunda-feira por franco-atiradores das forças oposicionistas.

O curso dos acontecimentos recorda o roteiro utilizado durante a invasão e ocupação do Iraque, em março de 2003.

Naquele momento, o então presidente George W. Bush, o vice-presidente Richard Chenney, o chefe do Pentágono, Donald Rumsfeld, e o secretário de Estado, Colin Powell, asseguraram que Bagdá tinha armas de destruição em massa, que jamais apareceram.

Agora, meios de imprensa recordam igualmente que um dos momentos chave da carreira política do atual mandatário foi um discurso pronunciado por ele em outubro de 2002 quando, desafiando a maré da opinião pública, se opôs à guerra contra o Iraque. Esta postura o ajudou a ganhar a indicação do Partido Democrata como candidato em 2008 e em seguida vencer as eleições para presidente da República.

Neste momento, dentro da Sala Oval, Obama enfrenta a possibilidade de envolver os Estados Unidos em outro conflito no Oriente Médio de dimensões imprevistas e a pergunta é quando.

Prensa Latina

Os “escravos cubanos” perturbam os médicos brasileiros

Imprensa internacional ironiza o comportamento vergonhoso de opositores e de médicos brasileiros com a chegada de médicos cubanos no Brasil

médicos cubanos brasil

Médicos cubanos desembarcaram essa semana no Brasil (Foto: ABr)

O jornal Público, da Espanha, ironiza o comportamento da oposição, da mídia e das entidades médicas brasileiras com a chegada dos médicos cubanos.

O deboche já começa pelo título, Os “escravos” cubanos deixam nervosos os médicos brasileiros.

Diz que setores da oposição afirmam que “Brasília e Havana sujeitam os médicos ao ‘trabalho escravo’”.

Mas lembra que os US$ 1.600 que os cubanos receberão de seu Governo, são “um monte de dinheiro” numa país onde a cesta básica de uma família anda em tono de US$ 100.

“O Conselho Federal de Medicina do Brasil afirma que a chegada dos médicos cubanos “expõe a saúde da população a risco.” No entanto, apenas mil médicos brasileiros concordaram em trabalhar em algumas das centenas de vilarejos em que nunca houve um médico. Parece estranho dizer que para quem sofre dessas regiões é melhor viver sem cuidados de saúde de que a presença de médicos cubanos.”

A publicação espanhola critica ainda as entidades brasileiras por dizerem que “a formação de seus colegas da ilha é pobre”.

“No entanto, são os médicos “pau pra toda obra”, dispostos a morarem nas áreas mais inóspitas, capazes de trabalhar com o mínimo de recursos, prontos para campanhas preventivas de saúde, e muito experiente no diagnóstico clínico, indispensáveis ​​em locais onde não há ou equipamento de laboratório”.

E conta que em muitos países “as faculdades de medicina dificultam a validação dos títulos de escolas médicas cubanas”, embora aos poucos venham tendo de que ceder.

“Durante sua visita a Cuba, o presidente uruguaio, Pepe Mujica, disse-nos (ao jornal) que em seu país já reconhece a maioria dos títulos. A resistência só é mantida em algumas especialidades, as que dão o mais dinheiro para os médicos e que custam mais caro aos pacientes, falou com alguma amargura.”

O Público afirma que, “para além das simpatias políticas, o governo brasileiro não tinha escolha, pois seu o plano para ampliar a cobertura de saúde para todo o país precisa de 54 mil médicos”.

“Esta semana chegam 244 profissionais de Portugal, Espanha, Argentina e Uruguai, mas que escolheram de trabalhar somente nas cidades. Cuba é o único país capaz de enviar, em um tempo muito curto, um contingente de milhares de médicos nas áreas mais carentes. Um “luxo” a que a ilha pode se dar, porque tem quase 80 mil graduados em medicina, um para cada 150 habitantes, a melhor taxa do mundo.”

Uau! Naomi Campbell fica completamente nua em revista confira as fotos