Idoso de 74 anos leva 40 pontos no rosto após espancamento na Bahia

Sobrinha de vítima diz que ele foi agredido a
pauladas na cabeça (Foto: Arquivo Pessoal)

Um idoso de 74 anos foi espancado e teve o rosto desfigurado por criminosos que invadiram a casa dele na noite de sábado (13), na cidade de Tremedal, no interior da Bahia, segundo relatos de uma sobrinha da vitima. Aline Almeida conta que o aposentado mora sozinho em uma fazenda que fica próxima do centro da cidade e abriu a porta da residência depois que alguém teria se apresentado com o nome de um neto dele.

“Quando ele abriu a porta, já foi levando paulada. Bateram muito nele, bateram só na cabeça”, conta. A Polícia Militar de Tremedal registrou a ocorrência, mas na Delegacia de Polícia Civil a informação é de que ainda não há registro, embora os agentes tenham conhecimento da situação.

“Ele mora em uma fazenda, não tão distante. Estava em casa, tinha acabado de vender um carro e estava com o dinheiro, alguém deve ter sabido, e foi até a casa dez horas da noite. Deram o nome do neto. Ele tem mais de 40 pontos só na face, ele tem 74 anos. Daqui a um mês faz 75”, relata a sobrinnha, que já visitou o tio no Hospital Adelmário Pinheiro, em Tremedal, onde ele continua internado nesta segunda-feira (15).

Idoso de 74 anos leva 40 pontos no rosto após espancamento na Bahia (Foto: Arquivo Pessoal)
Espancamento ocorreu na noite de sábado
(Foto: Arquivo Pessoal)

Segundo informações da unidade de saúde, o idoso será transferido ao meio-dia para uma unidade de saúde particular em Vitória da Conquista, na região sudoeste da Bahia, onde deve passar por exames neurológicos, como tomografia.

“Na hora que cheguei no hospital que eu vi, tive que me segurar para não desmaiar. Você ver um ser humano naquele estado, ainda mais um tio, é muito dificil. Por mais que eu imaginasse a violência, não teria imaginado aquela situação que ele ficou. Terrível. Pra se defender, ele colocou a mão na frente. A gente achou que ele tivesse lutado, mas foi pra se defender”, conta.

Segundo Aline, o idoso morava com uma prima, mas se mudou para a fazenda. “Reviraram a casa todinha, destruíram tudo”, diz. A sobrinha diz que mesmo muito machucado, ele saiu para pedir ajuda na casa da vizinha mais próxima. “Acharam [os criminosos] que ele tivesse morrido porque ele desmaiou e largaram ele lá na casa caído, desmaiado. Mas ele sobreviveu”, finaliza.

G1

Posted on 15/07/2013, in Agressão, Brasil, Curiosidade, Informativo, Violência. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: