Daily Archives: 12/07/2013

Montanhas RN – Veículo da Prefeitura de Montanhas é flagrado transportando bebida alcoólica

115 Post B
Deu no Blog Montanhas Verdade

Por: André Balduino Bispo

Em meio a tantos protestos no Brasil em luta contra a CORRUPÇÃO, principalmente praticada por maus políticos, em Montanhas, o Prefeito, senhor Algacir Antonio de Lima Januário, resolveu usar o bem público, para fins particulares.

A caminhonete FORD RANGER, placa NOB-6129, pertencente a PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTANHAS, foi flagrada, em frente a um comércio de bebidas na Rua Camilo de Lira, proximidades da Escola Municipal Fátima Aranha, sendo carregada em sua caçamba, com CERVEJA NOVA SCHIN.

Em um ato de total desrespeito ao povo, usando um veículo oficial e o combustível da Prefeitura de Montanhas, para transportar bebida alcoólica para o seu próprio e particular consumo. Que FUTURO!

A caminhonete de placa NOB-6129, pertence a Prefeitura Municipal de Montanhas, adquirida com recursos da Saúde, pelo Programa Saúde na Escola – PSE. Deveria está sendo utilizada para melhorar os serviços de saúde pública, principalmente no transporte das equipes de saúde da família em visitas as Escolas Municipais.

115 Post D

Esse flagrante é um exemplo prático da administração descompromissada do Senhor Algacir Antonio de Lima Januário, em uma demonstração de mau uso dos bens públicos, desrespeito ao povo e desafio a fiscalização pelos órgãos competentes.

OBS: O fato já foi devidamente encaminhado, junto com as provas, ao Ministério Público Estadual para providências e possível abertura de inquérito. 

115 Post B

115 Post C

Garoto de 8 anos cria aplicativo e impressiona Obama

Um garoto de 8 anos impressionou o presidente Barack Obama durante visita à Casa Branca na terça-feira, 9. Nicolas Come é um jovem empreendedor e desenvolveu um aplicativo que incentiva a adoção de hábitos saudáveis de alimentação.

Após entregar seu cartão de visitas a Obama, Nicolas o entrevistou rapidamente e apresentou seu aplicativo, chamado Nicolas Garden’s. A iniciativa foi bem aceita, e segundo o site News 10, da rede de televisão norte-americana ABC, os chefs da Casa Branca vão contribuir com receitas saudáveis, que ficarão disponíveis no app.

Além do presidente norte-americano, o garoto conversou com outros membros do Congresso dos Estados Unidos. Nicolas Come esteve na Casa Branca com mais 50 crianças para um jantar em defesa da alimentação saudável, promovido pela primeira-dama Michelle Obama.

Estadão

Banco Central lança edital com 515 vagas e salários de até R$ 16 mil

O Banco Central (BC) deverá divulgar até o próximo dia 19, segundo fonte ligada à autarquia, o edital do concurso para 515 vagas, autorizado em março deste ano. Serão 100 vagas de técnico (remuneração inicial de R$5.531,23), de nível médio, 400 de analista (R$13.968,85) e 15 de procurador (R$16.092,13), ambos de nível superior. A seleção será organizada pelo Cespe/UnB e as provas deverão ser aplicadas em setembro. Independentemente das áreas de atuação (há duas para técnico e várias para analista), as vagas de técnico deverão ser abertas a quem possui o ensino médio completo e as de analista, aos graduados em qualquer área. No caso de procurador, será exigido o bacharelado em Direito e pelo menos dois anos de prática forense. Em todos os casos as contratações serão pelo regime estatutário (estabilidade) e carga de trabalho será de 40 horas semanais.

As vagas do concurso deverão ser distribuídas pelas capitais com unidades do BC, sendo necessário o candidato indicar, no ato da inscrição, em qual delas deseja trabalhar, segundo o presidente do Sindicato Nacional dos Servidores do Banco Central no Rio de Janeiro (Sinal-RJ), Sérgio Belsito. A FOLHA DIRIGIDA tentou confirmar a informação junto ao Banco Central, mas não obteve retorno. Por sua vez, o presidente nacional do Sinal, Daro Marcos Piffer, afirma que a tendência é que haja vagas para todas as dez capitais com representação do BC: Brasília (onde fica a sede), São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Fortaleza, Recife, Salvador e Belém. No caso de procurador, a seleção será nacional, com os aprovados sendo lotados nas cidades onde houver vagas no momento da nomeação, de acordo com o procurador-geral do Banco Central, Isaac Sidney Menezes Ferreira. A intenção, segundo ele, é nomear os classificados para as 15 vagas iniciais de procurador no final do primeiro semestre de 2014. O procurador-geral ressaltou também que poderão ser contratados até 48 aprovados para o cargo, desde que haja autorização do Ministério do Planejamento.

Etapas – Caso seja mantida a estrutura do último concurso realizado para técnico e analista, de 2009, a seleção será composta por provas objetivas, prova discursiva (apenas para analista), avaliação de títulos (dependendo da área de atuação), sindicância de vida pregressa e programa de capacitação. Uma portaria publicada em abril deste ano já determinou que para procurador haverá prova objetiva, três provas discursivas, prova oral e avaliação de títulos, sindicância de vida pregressa e curso de formação e que as provas serão aplicados ao menos nas dez capitais que possuem unidades do banco. Ainda não se sabe se o mesmo valerá para técnico e analista.

Folha Dirigida

EXCLUSIVO – Municípios da Paraíba e do RN já receberam mais de 10 milhões do Governo Federal este ano – confira os valores de Montanhas RN

 Índice

De acordo com informações disponíveis no site do Governo Federal “transparencia.gov.br”, municípios da Paraíba e do Rio Grande do Norte, já receberam, somente este ano, mais de 10 milhões de repasses do Governo Federal. Para alguns municípios, a bagatela é significativa.

Veja alguns valores que chegaram á municípios da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

PARAÍBA

BANANEIRAS-PB. R$ 11.737.092,17

SOLÂNEA-PB. R$ 11.528.664,90

ARARUNA-PB. R$ 10.088.988,09

CACIMBA DE DENTRO-PB. R$ 9.869.883,86

BELÉM-PB. R$ 8.686.749,98

JACARAÚ-PB. R$ 8.438.345,52

DONA INÊS-PB. R$ 7.142.814,91

TACIMA-PB. R$ 5.752.212,04

CAIÇARA-PB. R$ 4.840.784,59

RIACHÃO-PB. R$ 3.343.359,03

LOGRADOURO-PB. R$ 3.819.668,20

PEDRO REGIS-PB. R$ 3.862.693,11

RIO GRANDE DO NORTE

CANGUARETAMA-RN. R$ 17.487.525,05

NOVA CRUZ-PB. R$ 15.910.239,57

SANTO ANTÔNIO-RN. R$ 10.255.845,82

PEDRO VELHO-RN. R$ 7.539.559,49

PASSA E FICA-RN. R$ 6.531.168,89

MONTANHAS-RN. R$ 6.702.516,19

LAGOA D´ANTA-RN. R$ 4.046.707,03

SERRA DE SÃO BENTO-RN. R$ 3.875.389,10

Repasses do Governo Federal para o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, acumulado em 2013, são de R$ 1.331.223.967,56. Já para o estado da Paraíba são de R$ 1.445.143.126,01.

Os valores são referentes a repasses do Governo Federal para os estados e municípios acumulados em 2013.

Para saber mais sobre os repasses do Governo Federal no seu município, acesse:   Clique aqui  ou no site que segue:

(www.Sigladoestado.transparencia.gov.br/Nome_do_Município).

A aplicação desses recursos deve ser esclarecida através da transparência de cada município e estado. Verifique se o seu município já dispõe de uma página de transparência e acompanhe os gastos dessas receitas. 

Por Júnior Campos
Informações colhidas entre os dias 9 e 10 de Julho/2013.

Policiais civis realizam o “cortejo fúnebre” em Natal

Os policiais civis do Rio Grande do Norte realizaram um “cortejo fúnebre”, partindo da Sede do Sinpol até a Governadoria na manhã desta sexta-feira (12).

A mobilização contou com um caixão simbólico da Polícia Civil demonstrando o falecimento da instituição. Segundo o Sinpol, a ação foi para chamar atenção da sociedade e governo para sua pauta de reivindicações que inclui, entre outras solicitações, melhoria nas condições de trabalho dos policiais.

Foto: Sinpol/RN

sinpol.

Empresa BBOM é alvo de ação no Procon/RN

m04UO5Dkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deu na Tribuna do Norte

O BBOM, pertencente ao Grupo Embrasystem, está sendo investigado por suposto descumprimento de acordo com um natalense. A queixa é que o investidor teve R$ 1.400,00 deduzidos de sua conta na empresa sem que o dinheiro fosse repassado à conta bancária do beneficiário. Segundo o Procon, a empresa já foi notificada.

O investidor relatou o problema à Tribuna do Norte e afirmou ao jornal que entrou na empresa com quatro contas, entendendo que os valores investidos por ele seriam utilizados na produção de rastreadores supostamente locados pelo BBOM.

Do valor arrecadado com os alugueis, o investidor ficaria com a metade, enquanto a empresa ficaria com a outra parte. O acordo vinha sendo cumprido e os recursos eram repassados a ele através do site da empresa, onde o próprio beneficiário indicava o valor que queria que fosse repassado à conta corrente.

Os problemas aconteceram nos dias 2 e 20 de junho, quando tentou realizar dois saques no valor de R$ 700 cada. Na conta no site da empresa ficou constatado que ele retirou o dinheiro, mas os R$ 1.400,00 não foram repassados à conta corrente indicada.

De acordo com a Tribuna, o coordenador do Procon, Arakén Farias, o Ministério da Justiça recomendou que todas as denúncias encaminhadas à instituição fossem recebidas e averiguadas, apesar do entendimento do órgão ser que não são todos os casos de marketing multinível que caracterizam relação de consumo.

O Procon já encaminhou notificação para o BBOM, que tem sede em São Paulo, para que sejam encaminhadas informações sobre o caso e, em seguida, seja marcada uma audiência. A empresa pode ser multada e obrigada a ressarcir o investidor.

Funcern divulga resultado das provas de títulos do concurso da Caern

Índice

A Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (Funcern) divulgou na noite desta quinta-feira (11), a análise dos recursos interpostos contra o resultado parcial das provas de Títulos e Experiência na Profissão para os cargos de Níveis Médio e Superior do concurso 2013 da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern).

Juntamente com o julgamento dos recursos, foram publicadas as notas finais de cada candidato nas provas de Títulos e Experiência na Profissão. A listagem completa está disponível no site http://www.funcern.br. O resultado final para os cargos de níveis médio e superior está previsto para o dia 19 de julho, no mesmo endereço eletrônico.

Especificamente para o cargo de sondador, o resultado do Teste Prático para Auxiliar/Sondador está previsto para o dia 23 de julho. Para os cargos de auxiliar, o resultado parcial está previsto para 13 de agosto, no sita da Funcern, com o final pós-recursos dia 16 do mesmo mês.

Dúvidas e outras informações devem ser tratadas exclusivamente pelo e-mail atendimentoconcursocaern@funcern.br.

Empresa de Edward Snowden foi consultora do governo FHC

snowden-moscou-efeSnowden durante pronunciamento no aeroporto de Moscou (Foto:Tanya Lokshina/Efe)

No governo FHC, a Booz-Allen, na qual trabalhava Edward Snowden, foi responsável por consultorias estratégicas. Incluem-se aí o “Brasil em Ação” e o “Avança Brasil”, entre outras, como as dos programas de privatização e a da reestruturação do sistema financeiro nacional

A rápida reação do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso às denúncias de que os EUA mantiveram uma base de espionagem no país, durante o seu governo, suscita interrogações e recomenda providências.

Dificilmente elas serão contempladas sem uma decisão soberana do Legislativo brasileiro, para instalação de uma CPI que vasculhe o socavão de sigilo e dissimulação no qual o assunto pode morrer.

Entre as inúmeras qualidades do ex-presidente, uma não é o amor à soberania nacional.

Avulta, assim, a marca defensiva da nota emitida por ele no Facebook, dia 8, horas depois de o jornal “O Globo” ter divulgado que, pelo menos até 2002, Brasília sediou uma das estações de espionagem nas quais funcionários da NSA e agentes da CIA trabalharam em conjunto.

‘Nunca soube de espionagem da CIA em meu governo, mesmo porque só poderia saber se ela fosse feita com o conhecimento do próprio governo, o que não foi o caso. De outro modo, se atividades deste tipo existiram, foram feitas, como em toda espionagem, à margem da lei. Cabe ao governo brasileiro, apurada a denúncia, protestar formalmente pela invasão de soberania e impedir que a violação de direitos ocorra…”, defendeu-se Fernando Henrique.

fhc espionagem brasil eua

FHC contratou empresa que participa de programa-espião dos EUA para mapear o Brasil (Divulgação)

O jornal afirma ter tido acesso a documentos da NSA, vazados pelo ex-agente Edward Snowden, que trabalhou como especialista em informática para a CIA durante quatro anos, nos quais fica evidenciado que a capital federal integrava um pool formado por 16 bases da espionagem para coleta de dados de uma rede mundial.

Outro conjunto de documentos, segundo o mesmo jornal, com data mais recente (setembro de 2010), traria indícios de que a embaixada brasileira em Washington e a missão do país junto às Nações Unidas, em Nova York, teriam sido grampeadas em algum momento.

Espionagem e grampos não constituíram propriamente um ponto fora da curva na gestão do ex-presidente.

Durante a privatização do sistema Telebrás, grampos no BNDES flagraram conversas de Luiz Carlos Mendonça de Barros, então ministro das Comunicações, e André Lara Resende, então presidente do BNDES, articulando o apoio da Previ para beneficiar o consórcio do banco Opportunity – que tinha como um dos donos o economista Pérsio Arida, amigo de Mendonça de Barros e de Lara Resende.

O próprio FHC foi gravado , autorizando o uso de seu nome para pressionar o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil.

Em outro emaranhado de fios, em 1997, gravações revelaram que os deputados Ronivon Santiago e João Maia, do PFL do Acre, ganharam R$ 200 mil para votar a favor da emenda da reeleição, que permitiria o segundo mandato a FHC.

Então, como agora, o tucano assegurou que desconhecia totalmente o caso, que ficou conhecido como ‘a compra da reeleição’.

As sombras do passado e as do presente recomendam a instalação de uma CPI como a medida cautelar mais adequada para enfrentar o jogo pesado de interesses que tentará blindar o acesso do país ao que existe do lado de dentro da porta entreaberta pelo espião Snowden.

O PT tem a obrigação de tomar a iniciativa de convoca-la.

Mas, sobretudo, o PSDB deveria manifestar integral interesse em sua instalação.

Soaria no mínimo estranho se não o fizesse diante daquilo que o ex-presidente Fernando Henrique definiu como exclamativa ilegalidade: “Se atividades deste tipo existiram, foram feitas, como em toda espionagem, à margem da lei…”

O Congresso não pode tergiversar diante do incontornável: uma base de espionagem da CIA operou em território brasileiro pelo menos até 2002.

A sociedade tem direito de saber o que ela monitorou e com que objetivos.

Há outras perguntas de vivo interesse nacional que reclamam uma resposta.

O pool de espionagem apenas coletou dados no país ou se desdobrou em processar, manipular e distribuir informações, reais ou falsas, cuja divulgação obedecia a interesses que não os da soberania nacional?

Fez o que fez de forma totalmente clandestina e ilegal? Ou teve o apoio interno de braços privados ou oficiais, ou mesmo de autoridades avulsas?

Quem, a não ser uma Comissão Parlamentar, teria acesso e autoridade para responder a essas indagações de evidente relevância política nos dias que correm?

Toda a mídia progressista deveria contribuir para as investigações dessa natureza, de interesse suprapartidário, com a qual o Congresso daria uma satisfação ao país depois da lenta e hesitante reação inicial do Planalto e do Itamaraty, cobrada até por FHC.

O repórter Geneton Moraes Neto acaba de publicar no G1 (um site do sistema Globo) um relato com o seguinte título: “O dia em que o ministro Fernando Henrique Cardoso descobriu o que é “espionagem”: secretário de Estado americano sabia mais sobre segredo militar brasileiro do que ele” (http://g1.globo.com/platb/geneton/).

A reportagem, que vale a pena ler, remete a uma entrevista anterior, na qual FHC comenta seu desconhecimento sobre informações sigilosas do país dominadas por um graduado integrante do governo norte-americano.

O tucano manifesta naturalidade desconcertante diante do descabido.

A mesma naturalidade com a qual comenta agora seu esférico desconhecimento em relação às operações da CIA durante o seu governo.

Ter sido o último a saber, no caso citado por Geneton, talvez seja menos grave do que não procurar, a partir de agora, informar-se sobre certas coincidências, digamos por enquanto assim.

Há questões que gritam por elucidação.

A empresa que coordenava o trabalho de grampos da CIA, a Booz-Allen, na qual trabalhava Snowden, é uma das grandes empresas de consultoria mundial.

No governo FHC, ela foi responsável por consultorias estratégicas contratadas pela esfera federal.

Inclua-se aí desde o “Brasil em Ação” (primeiro governo FHC) até o “Avança Brasil” (segundo governo FHC) e outras, como as dos programas de privatização (saneamento foi uma delas) e a da reestruturação do sistema financeiro nacional.

Todos os trabalhos financiados pelo BNDES. Alguns exemplos:

– Caracterização dos Eixos Nacionais de Desenvolvimento. Programa Brasil em Ação. BNDES. Consórcio FIPE/BOOZ-ALLEN. 1998;

– Alternativas para a Reorientação Estratégica do Conjunto das Instituições Financeiras Públicas Federais.

– Relatório Saneamento Básico e Transporte Urbano. Consórcio FIPE/BOOZ-ALLEN & Hamilton. BNDES/Ministério da Fazenda. São Paulo. 2000

Vale repetir: a mesma empresa guarda-chuva do sistema de espionagem que operou no Brasil até 2002, a Booz Allen, foi a mentora intelectual de uma série de estudos e pareceres, contratados pelo governo do PSDB, para abastecer uma estratégia de alinhamento (‘carnal’, diria Menen) do Brasil com a economia dos EUA.

Mais detalhes desse ‘impulso interativo’ podem ser obtidos aqui:

http://www.uff.br/geographia/ojs/index.php/geographia/article/viewArticle/267

Na aparência, sempre, a perfeita identidade com os inoxidáveis interesses nacionais.

O estudo dos Eixos Nacionais de Integração e Desenvolvimento, por exemplo, foi realizado por um consórcio sugestivamente abrigado sob o nome fantasia de “Brasiliana”.

Por trás, o comando a cargo da Booz-Allen & Hamilton do Brasil Consultores, com suporte da Bechtel International Incorporation e Banco ABN Amro.

O ‘mutirão’ (até a consultoria do banco) foi pago com dinheiro público pelo governo federal, sob a supervisão das equipes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Os resultados do trabalho levaram a dois eixos centrais da concepção tucana de desenvolvimento: o “Brasil em Ação” e o “Avança Brasil”.

Reconheça-se, tudo feito às claras, em perfeita sintonia entre o Estado brasileiro e a empresa guarda-chuva do sistema de espionagem em operação dupla no país.

Na pág. 166 de uma publicação do BNDES, a “contribuição” da Booz-Allen está explicitamente citada:

http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/conhecimento/revista/rev1406.pdf

Uma análise de como a turma da versátil Booz-Allen teve robusta influência na modelagem do sistema financeiro nacional (leia-se, menos bancos públicos, conforme o cânone da concepção de Estado mínimo) pode ser avaliada e aqui:

http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/3391/000337454.pdf?sequence=1

Um fato curioso e que não pode ser desconsiderado na avaliação criteriosa de uma incontornável CPI sobre o assunto: a ex-embaixadora dos Estados Unidos no Brasil Donna Hrinack, tão logo se despediu do cargo no país, sentou-se na cadeira de assessora qualificada da Kroll.

A Kroll, como se sabe, é uma empresa internacional de espionagem que operou a serviço de Daniel Dantas e de seu fundo, o Opportunity.

Trata-se, coincidentemente, de um dos braços financeiros mais importantes do processo de privatização no Brasil, estreitamente associado ao Citybank e, claro, a toda a “carteira” de acionistas que injetou dinheiro na farra neoliberal dos anos 90.

A Kroll foi usada para bisbilhotar autoridades e chegou a espionar ministros do governo Lula, como ficou evidente com a Operação Chacal, da Polícia Federal, deflagrada em 2004.

Como se vê, as revelações de Snowden, ao contrário do que sugere a nota de FHC, definitivamente, não deveriam soar como algo inusitado aos círculos do poder, em Brasília. Se assim são tratadas, há razões adicionais para suspeitar que um imenso pano quente será providenciado para evitar que as sombras fiquem expostas à luz.

A questão, repita-se, não se esgota em manifestar a indignação nacional pelo que Snowden denunciou.

O que verdadeiramente não se pode mais adiar é a investigação pública do que foi espionado, com que finalidade e a mando de quem.

Isso quem faz é uma Comissão Parlamentar de Inquérito.

Carta Maior

Bebê sobrevive a 90 tesouradas da própria mãe

Uma chocante história de violência de uma mãe contra o próprio filho. Bebê leva 90 tesouradas por mordida e precisou receber mais de 100 pontos no rosto

bebê china 90 tesouradas

Bebê leva 90 tesouradas da mãe porque mordeu seu seio enquanto mamava. O menino chinês de apenas oito meses foi descoberto por um tio em uma poça de sangue (Daily Mail)

Uma história de violência de uma mãe contra o próprio filho chocou e comoveu a China na última semana. O bebê, de apenas oito meses de idade, sobreviveu após ter recebido 90 tesouradas, a maior parte delas no rosto, por ter mordido o seio da mãe enquanto mamava.

O crime aconteceu em Zuzhou, na Província de Jiangsu. Xiao Bao mora com a mãe e dois tios, que trabalham coletando lixo para reciclagem. Foi um dos tios quem descobriu o bebê ferido, deitado em uma poça de sangue, no quintal de casa, e o levou ao hospital. As informações são do tabloide britânico Daily Mail.

bebê china 90 tesouradas

O bebê recebeu mais de 100 pontos no rosto, região mais atingida pelos golpes, e se recupera no Hospital de Zuzhou, na província de Jiangsu (Foto: Daily Mail)

A mãe confessou que atacou Xiao porque ele a mordeu durante a amamentação. O bebê precisou receber cem pontos depois do incidente e ainda está se recuperando no hospital.

Vizinhos pediram que o governo tirasse o menino da família, mas o pedido foi negado, porque, aparentemente, a mãe não sofre de doenças mentais e o bebê está protegido pela presença dos tios.

com informações do jornal Daily Mail

Hotel em construção na China fica dentro de pedreira abandonada

Hotel ficará ‘encaixado’ parede rochosa (Foto: Atkins Global/Divulgação)

Está em construção num distrito de Shanghai, na China, um resort incorporado à parede de rocha de uma pedreira abandonada. Segundo a construtora inglesa Atkins, que trabalha no projeto, o hotel 5 estrelas terá alguns andares subaquáticos e usará a energia geotérmica disponível no local para gerar eletricidade e aquecer o ambiente. O átrio interno terá iluminação natural e o teto será “verde”, com vegetação.

O site do diário britânico britânico “Daily Mail” afirma que o custo da construção é de R$ 1,2 bilhão.

O Songjiang Shimao Hotel terá 380 quartos e deve ser inaugurado em 2015, informa a página.

Os hóspedes poderão fazer esportes náuticos no lago da pedreira, além de usar a parece rochosa para esportes radicais, como bungee jumping e escaladas.

‘Tem político ‘cabra safado’, diz Eduardo Campos comentando políticos nas manifestações


O governador de Pernambuco e potencial candidato à presidência pelo PSB, Eduardo Campos, foi enfático ao comentar o momento político atual do Brasil e as manifestações que cobram ética e melhorias nos serviços públicos prestados à população. De acordo com o site Brasil 247, para ele, “tem muito político cabra safado” que se valeu da inocência da população para se beneficiar, deixando de lado os pleitos da sociedade.

As declarações foram dadas em entrevista às rádios do interior pernambucano. Na mesma ocasião, Campos afirmou que tratará da sua possível candidatura à Presidência da República “na hora certa”.

De acordo com o Brasil 247, para o governador, as manifestações registradas pelo país são boas para “dar um freio de arrumação” e fazer com que a população separe o joio do trigo. “Tem muito ‘cabra’ que está morrendo de medo porque sabe que tem um encontro marcado com o destino”, afirmou.

Sobre este ponto, momentos antes, Campos havia declarado que “os que querem usurpar este movimento não vão conseguir. Nós queremos um Brasil novo, não queremos vigaristas se aproveitando do voto do povo e nem pessoas protegendo bandidagem. O povo não quer isso. Tem muito político cabra safado que se aproveitou da boa vontade do povo”, disparou.

Sobre as eleições 2014, o governador disse que pretende chegar no último dia do seu mandato, 31 de dezembro de 2014, de forma tranquila no que diz respeito à sua postura política. “Não quero tomar uma decisão certa no tempo errado certo e nem uma decisão errada no tempo certo”, declarou mantendo o discurso de que 2014 somente será discutido efetivamente por ele no ano eleitoral.

Jornal do Brasil