Daily Archives: 14/06/2013

NOVO MARKETING MULTINÍVEL NA PRAÇA

Índice

–  AGORA É O  BeBIM   –

Esqueçam BBom, Telexfree, NNEX, Multclick e afins…Conheçam o novo marketing multinível para você que quer recuperar seu investimento em 2 meses e ter os outros 10 meses de lucro líquido (LITERALMENTE):  BeBIM 

É muito fácil,

Veja:
1. Você tem que convencer 11 amigos a entrar no   BeBIM  .

2. O investimento inicial é de 2…”2 grades de cerveja”.

3. Chama os 11 amigos filiados no BeBIM para beber com você.

4. No outro mês, um dos seus 11 amigos vai pagar essas 2 grades e chamar os outros 10 amigos de sua rede + VOCÊ.

5. Você irá beber 24 grades de cervejas (2 em cada mês) e seu investimento será apenas de 2 grades.

images ddE ai está o final.

GOLPE OU NEGÓCIO? Site de reclamações registra 7 mil queixas contra Telexfree em 1 mês

Em março de 2013, a Telexfree, empresa com sede no Espírito Santo que atua com prestação de serviços de telefonia VoIP (por meio da internet), registrou 7.234 reclamações no site Reclame Aqui. De acordo com a direção do portal, em 12 anos de existência, esta é a empresa que mais gerou reclamações em apenas 30 dias. Somente em um dia a Telexfree teve 293 queixas. O advogado da empresa disse ao G1 que não leva em consideração os comentários no Reclame Aqui porque o site não usa critérios de confiabilidade.

A suspeita de golpes financeiros disfarçados de investimentos é investigada na empresa Telexfree, com sede no Espírito Santo, pela Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor (Senacon), órgão vinculado ao Ministério da Justiça (MJ), pelo Ministério Público Estadual (MP-ES) e pela Polícia Civil. A firma vende um programa de computador chamado VoiP, que permite ligações locais, de DDD e DDI ilimitadas e, para tornar o serviço conhecido, oferece dinheiro para internautas criarem anúncios gratuitos na web.

ENTENDA O CASO TELEXFREE

Os Ministérios Públicos de pelo menos sete estados investigam a empresa Ympactus Comercial Ltda. ME, conhecida pelo nome fantasia Telexfree, por suspeita de prática de pirâmide financeira, com “investimentos” estimulados por meio de um sistema chamado de “marketing multinível”. Segundo as investigações, a empresa teria montado um esquema de pirâmide, em que cada novo membro compra um “pacote” que remunera os membros acima na cadeia. Esse novo membro, por sua vez, ganha dinheiro recrutando outras pessoas para o sistema.

Reclamações

De acordo com o ranking divulgado pelo site Reclame Aqui, a Telexfree é a empresa em primeiro lugar no número de reclamações, sendo 1.715 em uma semana – de 9 a 15 de abril – e 7.316 em 12 meses – de 1º de abril de 2012 a 31 de março de 2013.

“Sumiu dinheiro da minha conta e depois as contas para recompra não apareceram. Eles não me respondem e nem me atendem”. Essa é parte da reclamação feita no site Reclame Aqui, por parte de um dos divulgadores da Telexfree em Vila Velha, no Espírito Santo, que alegou estar com prejuízos e não receber ajuda da empresa.

Um morador de Marataízes, no litoral Sul do Espírito Santo, fez a seguinte reclamação nesta terça-feira. “Sou team builder desde 14 de fevereiro de 2013, e ainda não recebi nenhum ganho nessa posição. Por favor, Telexfree, regularize esta situação. Confio nesta empresa e sei que o sistema pode falhar, mas ela não nos deixará sem nossos ganhos que ela mesma prometeu cumprir”, relatou.

Já uma moradora de Vitória reclamou, também nesta terça, de um desconto indevido em sua conta, no valor de U$ 1938,10. “Sou divulgadora da empresa e abri um ticket no dia 10 de março para reclamar de um desconto indevido que ocorreu em minha conta, devido a uma transferência de saldo para outro login. Saliento ainda, que até no presente momento, não resolveram o meu problema.”

Outro lado

O advogado da empresa Telexfree, Horst Fouchs, explicou que o site Reclame Aqui não possui critérios de confiabilidade para a aceitar as reclamações de clientes. “O site não exige provas dessas pessoas ditas como clientes, de que elas realmente têm motivos para reclamar, como faz o Procon. Tivemos um grande problema com esse portal porque a nossa empresa já possui um canal de comunicação interno com os clientes, mas as pessoas começaram a reclamar também no Reclame Aqui, o que dobrou o trabalho da equipe designada para esse serviço de resposta. Aconselhamos que só entre em contato através da comunicação interna”, disse Fouchs.

Uma das principais reclamações desta terça-feira, de pessoas de todo o Brasil, foi com relação ao atraso na chamada recompra, uma quantia em dinheiro que entra na conta dos clientes ativos. “Esse pagamento não costuma atrasar, mas pode ser que ocorreu algum problema de processamento de dados da empresa e talvez tenha atrasado mesmo. Mas garanto que eles vão acabar recebendo”, frisou o advogado.

O diretor de operações do site Reclame Aqui, Diego Campos, disse em entrevista ao G1 por telefone, na noite desta terça-feira (16), que as explicações da Telexfree em relação ao trabalho do portal é caluniosa.

“O posicionamento da Telexfree é fantasiosa, caluniosa e difamatória. Eles não conseguem responder as reclamações e querem nos culpar por transmitir todas as insatisfações. É mais fácil fazer isso do que reconhecer as falhas. Em 12 anos de trabalho idôneo que temos, onde corporações respeitadas aferem o trabalho pelo nosso site, esta é a empresa que mais registrou reclamações em apenas um mês. O Reclame Aqui é aberto ao público e cada um pode se cadastro por meio do CPF”, explicou Campos.

G1

SÃO JOÃO EM CURRAIS NOVOS

 

A Prefeitura Municipal de Currais Novos anuncia a Programação do Forronovos 2013

Confira a programação completa:

 

Dia 13 – Quinta

Local: Arena do Forró (Avenida Cel. José Bezerra)
Horário: 18h

– Escolha da Rainha e do Rei do Sabugo;

– Apresentação da Rainha Mirim;

– Apresentação do CCI e APAE;

– Apresentação do Baú Nordestino.

Atrações Musicais: Giulian Monte, Deixe de Brincadeira e Luizinho Dantas

Dia 14 – Sexta

– Apresentações especiais: Instituto Vivaldo Pereira e Programa social de Tenente Laurentino;

– Apresentação do Clube de Idosos de Lagoa Nova;

– Quadrilha Junina Explosão Jovem de Bodó;

– Concurso Quadrilha Junina Escolar

Atrações musicais: Mistura Nordestina e Toalha Rendada

Dia 15 – Sábado

– Apresentação da Orquestra Sanfônica do Casarão de Poesia;

– Concurso de quadrilhas juninas Tradicionais, com resultado e premiação na mesma noite.

Atrações musicais: Complexo do Forró, Dedé do Forró e Forró de Verdade

CD DEDÉ

É pra onde a gente vai neste sábado. que legal!!!  kkkkkkkkkk vamos curtir a noite. O Blog Montanhas em Ação vai estar presente.

Dia 16 – Domingo

– Reapresentação do Baú Nordestino;

– Apresentação especial da Quadrilha local Nordeste Brasileiro;

– Concurso de quadrilhas juninas Estilizadas, com resultado e premiação na mesma noite.

DO 100%BOMJESUS

Em quatro dias, mais de 8 mil pessoas se inscrevem em concurso da Assembleia Legislativa

Governo vai cortar ponto dos Grevistas do Detran/RN

Índice

O Governo do Rio Grande do Norte enviou nota ontem informando que cortará o ponto dos grevistas do Detran/RN caso os funcionários não voltem imediatamente ao trabalho. Segue a nota:

O Governo do Rio Grande do Norte sempre esteve aberto à negociação, mas só voltará a conversar com os grevistas quando retornarem às suas atividades, conforme já conversado em reunião realizada na tarde de quarta-feira com os representantes da categoria.

A Secretaria de Administração informa que  a maior parte dos funcionários do Detran já voltou ao trabalho. Apenas 25% do quadro permanecem em greve. Por determinação do governo, os grevistas terão o ponto cortado e os dias parados serão descontados do salário.

Professores que participam da parada do sindicato terão que repor dias letivos

amancio-300x225

Em virtude da paralisação de dois dias (13 e 14 de junho) anunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação – SINTE/RN, a Secretaria de Estado da Educação informa que os diretores das escolas não estão autorizados a fechar as unidades, mesmo que os professores não compareçam para dar suas aulas. A decisão pela participação na paralisação é única e exclusiva dos professores e não conta com o apoio da secretaria, que tem cumprido seu compromisso de valorizar os educadores, como nunca antes foi feito em outras gestões.

No dia 23 de abril de 2013, uma portaria assinada pela secretária Betania Ramalho foi publicada no Diário Oficial do Estado, determinando que os dias não trabalhados no primeiro semestre, incluídas as paradas motivadas pela Política Sindical, devem ser repostos durante o RECESSO previsto no Calendário Escolar, de 12 a 26 de julho de 2013. Segundo a portaria, o calendário deve ser refeito pela Escola e enviado a DIRED da circunscrição para análise, aprovação e acompanhamento da reposição dos dias letivos.

Em ofício circular enviado aos diretores das escolas no dia 25 de abril de 2013, o Ministério Público reforçou a determinação da Secretaria de Educação, recomendando que as unidades adotassem as providências estabelecidas pela portaria. Devido às paradas da Política Sindical, no ano letivo de 2013, as atividades docentes foram suspensas nos dias 14 e 15 de março; 26 de março; 24 e 25 de abril, além da parada prevista para os dias 13 e 14 de junho.

Sindicato busca confundir a população e a imprensa com informações distorcidas

No que diz respeito à justificativa utilizada pelo sindicato para a paralisação dessa semana, a Secretaria de Educação entende que o SINTE falta com a verdade, confundindo a população e a imprensa, quando diz que o Estado está descumprindo uma decisão judicial, vez que a Procuradoria Geral do Estado entrou com recurso no Tribunal de Justiça, e ainda não houve definição sobre a complexa questão da jornada de trabalho do professor, que requer bastante atenção dos interessados, para que possam compreendê-la.

Em nota publicada no dia 6 de junho de 2013, a secretaria já havia esclarecido a população e apresentado informações sobre a jornada dos professores no Rio Grande do Norte, que é de 30 horas semanais de trabalho, segundo legislação estadual. O sindicato cobra o pagamento de quatro horas extras na justiça, mas a Procuradoria Geral do Estado entende que não há justificativa para o pagamento dessas horas, vez que os professores trabalham trinta horas semanais e estão sendo pagos pelas trinta horas trabalhadas.

A Secretaria de Educação reforça: o que está sendo questionado na justiça pelo Estado é o pagamento das horas extras e não o cumprimento do terço da hora atividade. Nesse sentido, a SEEC reconhece a Lei Federal que trata do terço da hora atividade e realiza um reordenamento na rede, para que os professores exerçam dois terços (20 horas) de sua jornada de trabalho em sala de aula e um terço (10 horas) em atividades de planejamento das aulas e correção de provas.

Assim, como a Procuradoria Geral do Estado, a SEEC entende que foram respeitados os limites legais de jornada de trabalho dos profissionais do magistério público estadual, restando apenas ajustes para que a divisão das horas de docência e das horas de atividades extraclasse seja efetivada.

Datena tenta manipular telespectador sobre protestos e se dá mal

Datena faz pergunta sem noção e não gosta da resposta. A imagem diz tudo: uma pergunta totalmente despropositada e a resposta de quem se sentiu ofendido pela desonestidade

A cada três espectadores, dois reagiram a um jornalismo que escolhe o lado antes que a história começa. Quando a derrota se mostrou flagrante, apesar dos apelos do apresentador, a Bandeirantes tirou a questão do ar.

datena manipula protesto sp

Datena tenta manipular público e não gosta do resultado (Imagem: Reprodução blog Maria Frô)

As manifestações pela redução das tarifas do transporte público em São Paulo (e que agora se estendem por outras cidades do Brasil) têm sido duramente criticadas não apenas pelo apresentador da TV Bandeirantes, mas por quase todos os grandes telejornais e programas policialescos da grande imprensa.

A propósito de coberturas jornalísticas em manifestações, o colunista Haroldo Ceravolo, da revista Samuel, traçou um paralelo entre Portugal e Brasil. “Enquanto em Portugal a mídia buscava ouvir líderes grevistas e autoridades que negociavam, no Brasil a grande preocupação é com o trânsito”, disse. “Trânsito em dia de manifestação é a menor das questões”, completou.

Jornalista espancado

Vídeo divulgado na internet flagra o momento em que o jornalista Pedro Ribeiro Nogueira, de 27 anos, é duramente espancado por um grupo de policiais durante a manifestação contra o aumento da tarifa de transporte coletivo em São Paulo. Depois da agressão, ele foi detido e levado para a 78.º Distrito Policial (DP). A prisão do jornalista é contestada pela Associação Cidade Escola Aprendiz, que mantém a página na internet.

Jornalista preso

Jornalista da CartaCapital foi preso durante protesto em São Paulo por carregar um recipiente com vinagre, usado para diminuir o ardor nos olhos provocado pelas bombas de gás lacrimogêneo.