Daily Archives: 07/06/2013

Bilionário oferece R$ 2 milhões a quem resolver problema matemático

Bilionário D. Andrew Bea irá premiar com R$ 2 milhões quem resolver problema de matemática

Banqueiro e autodidata matemático, D. Andrew Beal, irá premiar com US$ 1 milhão (R$ 2,1 milhões, de acordo com a cotação do Banco Central do Brasil do dia 05 de junho de 2013), a pessoa que provar um problema de matemática.

problema matemático

Bilionário oferece R$ 2 milhões a quem resolver problema matemático.

De acordo com o site Business Insider, a competição, realizada pela AMS (American Mathematical Society), acontece desde 1997. A Fórmula de Beal (a x + b y = c z) surgiu enquanto o banqueiro estava trabalhando no Teorema de Fermat; agora, ele quer que alguém prove que a sua conta está certa.

Aquele que conseguir resolver o problema deverá publicar a solução em uma revista especializada e notificar a AMS e a BPC (Beal Prize Committee), a partir do e-mail bealprize@ams.org para que a proposta seja analisada. A entrega do prêmio pode demorar até dois anos após a publicação da solução.

Pastor justifica abuso de menina de 13 anos: ‘Deus mandou’

Pastor abusa de menina de 13 anos e justifica: “Fiz a mando de Deus”. O homem, de 43 anos, foi até a casa da garota, que frequentava o templo

pastor abusa de criança deus

O pastor Rony Gonçalves, 43 anos, foi preso após abusar sexualmente de uma adolescente de 13 anos dentro da casa da vítima, em Barra do Riacho, Aracruz. A garota frequenta a Igreja Assembleia de Deus Ministério Fogo em Terra, fundada pelo acusado de cometer o crime. Ao ser preso, Rony afirmou que fez tudo a mando de Deus.

Segundo a delegada Amanda da Silva Barbosa, o pastor foi à casa da menina, às 7h40 de quarta-feira, e ligou para a mãe dela enquanto estava a caminho da residência. A mãe teria pedido para Rony não entrar no local, porque ela estava no trabalho, e que ele retornasse somente às 15h. Em depoimento o acusado disse à Policia Civil que não atendeu ao pedido da mãe, porque Deus havia dito a ele que deveria orar pela vítima e por sua irmã.

Na casa estavam a vítima, seus dois irmãos e uma prima, todos menores de idade. O pastor contou ainda à polícia que primeiro orou na sala pela irmã e depois chamou a vítima para ir ao quarto da mãe. O acusado pediu à menina que baixasse a blusa que estava amarrada ao pescoço e pôs um pano sobre ela. Ele começou a orar e colocou a mão por baixo do pano e acariciou o órgão genital da menor. Assustada, a menina começou a chorar, o homem desistiu de continuar o abuso e foi embora.

Após o abuso sexual um conhecido da família foi até a residência e a menor contou o que havia acontecido. Ele foi ao local de trabalho da mãe da menina e comunicou o fato. O padrasto da vítima acionou a Polícia Militar e quando chegaram em casa o criminoso havia retornado ao local para justificar o fato. O pastor foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável e levado para o Centro de Detenção Provisória de Aracruz.

Gazeta Online

Inscrições para o concurso público da Assembleia Legislativa começam dia 10

concursos

As inscrições para o concurso da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte começam nesta segunda-feira, 10. A Fundação Carlos Chagas, responsável pelo certame, informa aos interessados que as inscrições poderão ser feitas até às 14h do dia 8 de julho exclusivamente pelo site http://www.concursosfcc.com.br. As provas objetivas e discursivas (Redação/Estudo de Caso) serão realizadas em Natal, com previsão de aplicação para o dia primeiro de setembro, nos turnos manhã e tarde. A Fundação Carlos Chagas espera cerca de 30 mil inscritos no primeiro concurso da história da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

A ALRN está oferecendo 85 vagas distribuídas entre os níveis médio e superior, com salário inicial que varia de R$ 2.609,48 a R$ 17.025,00. Após inscrição no site da FCC, o boleto bancário estará disponível no mesmo endereço eletrônico para pagamento do valor da inscrição em qualquer banco do sistema de compensação bancária, sendo: R$ 89,00 (oitenta e nove reais) para os cargos de Analista Legislativo, todas as habilitações; R$ 98,00 (noventa e oito reais) para o cargo de Assessor Técnico do Controle Interno e R$ 68,00 (sessenta e oito reais) para os cargos de Técnico Legislativo, todas as habilitações.

As 85 vagas oferecidas estão assim distribuídas: Analista Legislativo (10 + 1 para candidato com deficiência), Arquitetura (1), Analista de Sistema (3), Biblioteconomia (2), Enfermagem (2), Engenharia Civil (1), Jornalismo (1), Medicina – Clínica Geral (2), Psicologia (2) e Assessoria Técnica de Controle Interno (1).De nível médio, os cargos são estes: Técnico Legislativo (43 + 3 para candidato com deficiência), Operador de Som (3), Programador (5+ 1 para candidato com deficiência), Taquigrafia (5+ 1 para candidato com deficiência) e Técnico em Hardware (4).

CAIÇARA-PB. Prefeito anuncia programação do São Pedro 2013

OFICIAL 2013 CAIÇARA

O prefeito do município de Caiçara anunciou na manhã desta quinta-feira (06) a programação da tradicional festa de São Pedro, realizada há anos na cidade. O evento que reúne pessoas de várias partes do país acontecerá nos dias 12, 13 e 14 de Julho.

A programação cultural estará acontecendo no dia 12, com o festival de quadrilhas juninas e um concurso de trios de forró pé de serra, com direito a uma premiação para os participantes. A ideia é valorizar a cultura nordestina que se faz tão presente nos festejos juninos.

No dia 13 a programação segue com os shows de Paroara do Acordeom, Adriano José e o forrozão Ferro na Boneca, que conta com a volta do cantor Briola.

Na última noite, dia 14, a festa ficará por conta do o forrozão Vip, TJ show e a atração nacional, Limão com Mel.

A mensagem principal dos festejos tradicionais alusivos a São Pedro do município de Caiçara é a de reunir as famílias e amigos caiçarenses para viver um momento de festa e de alegria.

É nessa tônica que o colorido das bandeiras e dos balões, comum nas festas juninas, se mistura ao colorido da diversidade política e social do município, resultando em uma festa de todos e para todos.

O convite é para a alegria, para a festa, para a dança. O convite é para sair às ruas e viver com muita intensidade, o São Pedro 2013 de Caiçara; o São Pedro de Todas as Cores.

ASCOM/PM de Caiçara-PB

Menor de 14 anos mata vaqueiro com 15 facadas e ainda come orelha da vítima – Como pode isso? como fica a menor idade ai ? Brincadeira

Um adolescente de 14 anos foi apreendido na manhã desta sexta-feira (7) e confessou à polícia que matou um vaqueiro com 15 facadas na cidade de Araçagi, a 64 km de João Pessoa. Segundo as autoridades, ele decepou a orelha da vítima e a comeu enquanto consumia bebida alcoólica.

DSC_00101-252x300Cícero Falheiros da Silva, (foto) 27 anos, mais conhecido como “Peru”, foi assassinado na noite dessa quinta-feira (6), mas o corpo dele só foi encontrado nesta sexta, numa residência em construção, no Centro daquela cidade.

De acordo com a polícia, o garoto explica com detalhes como cometeu o crime. Ele disse que o matou porque sofreu um empurrão do vaqueiro há alguns dias e como é um homem que não leva desaforo pra casa, esfaqueou o rapaz. O menino ainda revela no depoimento que qualquer um que tocar nele vai morrer.

Depois da brutalidade, as autoridades informam que o acusado será levado para o Centro Educacional do Adolescente, onde ficará à disposição da justiça.

Com Portal Correio

Fernando Pedroza: Justiça cassa mandato de prefeito e vice

Índice
por Diretoria de Comunicação

A Juíza Eleitoral da Comarca de Angicos, Gabriela Oliveira, acatou denúncia do Ministério Público Eleitoral e cassou o mandato do prefeito do município de Fernando Pedroza, José Renato da Silva, e de sua vice, Adalgiza Patrícia Bernardo Salviano de Macedo

A decisão da Magistrada tem efeito imediato e a Juíza já mandou a Presidência da Câmara de Vereadores do município empossar como novo prefeito o segundo colocado no último pleito em 2012, Daniel Pereira dos Santos, e de seu vice, Francimagno Alves Batista.

A posse do segundo colocado no pleito do ano passado nos termos do Código Eleitoral se dá pelo fato de que os votos dados ao candidato José Renato da Silva não terem representado mais de 50% dos votos válidos nas últimas eleições municipais.

O então prefeito e sua vice, José Renato e Adalgiza, foram condenados por captação ilícita de votos a perda do cargo e ao pagamento de multa.

Confira a íntegra da Decisão.

Nova Cruz: Promotoria de Justiça suspende atendimento

Índicepor Diretoria de Comunicação

O Ministério Público Estadual comunica aos integrantes da Instituição e à população em geral que, considerando o serviço de implantação do Sistema de Automação Judicial e Extrajudicial (SAJE/MP) ficará suspenso o atendimento ao público na Promotoria de Justiça da Comarca de Nova Cruz no período de 10 a 14/06/2013.

Os processos urgentes de réu preso, comunicações de prisão em flagrante ou outros documentos endereçados a referida Promotoria de Justiça, durante o período de suspensão no atendimento, deverão ser entregues ao Protocolo da referida Promotoria, na Rua Deputado Djalma Marinho, s/n, Nova Cruz, no horário das 8h às 18h, de segunda à quinta-feira, e das 8h às 14h, na sexta-feira.

A normalização das atividades será restabelecida no primeiro dia útil após o período de suspensão, ou seja, na segunda-feira, dia 17/06.

Menor confessa crime que matou a mãe para ter mais liberdade com o namorado

 

De olhos baixos, a imagem de X. na 32 DP (Taquara) contrastava, nesta quinta-feira, com a jovem que cultivou sua força nas aulas de muay thai durante quatro anos. Foi com as técnicas da luta que a menor, de 17 anos, teria conseguido matar a mãe, Adriana Rocha de Moura Machado. Fria, ela confessou o crime à polícia após ser pressionada. O assassinato aconteceu uma semana após Adriana proibir a adolescente de levar o namorado, Daniel Duarte Peixoto, à sua casa. Para ter mais liberdade com o parceiro, segundo a polícia, a jovem planejou e executou o crime com a ajuda do rapaz.

Adriana Rocha Machado foi assassinada dormindo, em casa, pela própria filha
Adriana Rocha Machado foi assassinada dormindo, em casa, pela própria filha Foto: Reprodução

X. dormia na mesma cama da mãe, em um pequeno apartamento no Cachambi. Foi da intimidade que ela tirou a oportunidade para golpear Adriana com um “mata-leão”. Já desmaiada, a vítima foi sufocada com um saco plástico. Daniel já aguardava X. do lado de fora da casa, para comprarem álcool e queimarem com o corpo. O casal levou Adriana até um terreno em Duque de Caxias, onde o corpo foi incendiado.

Um dia depois, a menor ligou para o primo, o inspetor de polícia Rafael Machado, para comunicar o desaparecimento da mãe. X. acusou uma prima, que discutiu com Adriana recentemente pela herança de outro parente.

— Ela me pedia para procurar a mãe nos hospitais, sabendo onde ela estava. Se existe um monstro nessa história, é ela — desabafa Fabiana Lopes, amiga da família.

Segundo a polícia, a jovem também tinha interesse em um seguro de vida da mãe, no valor de R$ 15 mil, do qual era a única beneficiária. Após quatro depoimentos, o casal confessou o crime. Daniel pode pegar até 30 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. X. cumprirá uma medida socioeducativa por no máximo três anos.

Três dias depois de matar a mãe, X. recebeu o EXTRA em casa para falar sobre o suposto desaparecimento da telefonista. Na ocasião, a estudante ajudou a procurar fotos de Adriana Rocha de Moura Machado nas redes sociais, contou detalhes dos últimos momentos dela e disse desconhecer seu paradeiro. Não esboçou emoção.

— Não faço ideia do que pode ter acontecido com ela — garantiu, tímida, ao lado do namorado e da tia.

— Estamos em estado de choque. Nunca imaginamos que uma menina de quem cuidei desde bebê, que sempre recebeu muito carinho, fosse capaz disso — emocionou-se a dona de casa Regina Célia Machado Matos, tia da telefonista.

Na tarde da última terça-feira, a assassina confessa chamou um parente para anunciar “uma boa notícia”. Ela falou que prentedia se casar com Daniel. De acordo com parentes, a jovem não se mostrava preocupada com o sumiço da mãe.

Segundo a polícia, no dia seguinte ao assassinato X. foi à cooperativa Ouro Táxi, onde a mãe trabalhava, e pediu dinheiro para fazer buscas por hospitais e no IML. Mas gastou tudo em compras no Norte Shopping.

Extra Online

Henrique assume a presidência da República por 3 dias a partir de amanhã sábado (08/06)

henrique-presidente-187x250O deputado federal e presidente da câmara assumirá neste sábado (8) a presidência da República. Dilma deixa um o cargo para uma viagem a Lisboa e o vice-presidente Michel Temer cumprirá agenda em Israel. Ele deixa o cargo na terça feira. Assumirá o cargo por 60 horas.

“Desempenho do cotista é superior ao do não-cotista”

Convidado do Programa Roda Viva, da Tv Cultura, o professor Luiz Cláudio Costa afirma que o Brasil avança com a presença de negros nas universidades e fala do desempenho acima da média dos alunos cotistas

professor Luiz Cláudio Costa cotista

O professor Luiz Cláudio Costa, presidente do Instituto Nacional de estudos e pesquisas educacionais Anísio Teixeira (Inep), foi o convidado desta terça feira (03) do programa Roda Viva. Costa foi nomeado em fevereiro de 2012 e é o quarto presidente do órgão responsável pela organização do Exame Nacional do Exame Médio (Enem).

A polêmica prova que dá acesso ao Ensino Superior bateu novo recorde em 2013, com mais de 7,8 milhões de estudantes inscritos. “O tamanho do Brasil dimensiona o tamanho no Enem e nos qualifica nesse desafio. O país consegue melhorar o acesso ao ensino superior e faz um diálogo com o ensino médio”, disse o entrevistado.

Com uma série de erros apresentados nas últimas edições, como problemas de furto e erros de impressão, o professor afirma que o Inep e o Ministério da Educação estão qualificando e requalificando a coordenação do processo. “Em relação aos crimes, não há o que se falar de gestão, nós precisamos responsabilizar quem fez o ato ilícito. Em nenhum momento se observa que houve uma má organização ou uma negligência. O Brasil caminha para fazer um processo cada vez mais qualificado.”

Ao ser questionado sobre as cotas raciais em universidades, o presidente do Inep espera que aumente o número de alunos de origem negra e mais pobre nas instituições de ensino superior. “O Brasil consegue avançar com a presença dos negros, mas ainda está muito abaixo do que nós poderíamos. A lei das cotas, que são reservadas 12,5% do número das vagas ofertadas, irá conseguir, em 4 anos, 150 mil jovens que vão ser de acordo com a cota. O cotista tem bom rendimento igual e superior ao não cotista.”

Assista abaixo ao Roda Viva com Luiz Cláudio Costa

Após agressão, ex-mulher de cantor sertanejo pede proteção à polícia

Vítima ficou hematomas no rosto e teve cortes na
testa e sob a sombrancelha (Foto: AgMais)

A autônoma Flávia Cristiane Melo de Morais, de 32 anos, registrou ocorrência policial em Goiânia contra o ex-marido, o cantor sertanejo Vitor, de 25 anos, da dupla Vitor e Thiago. O artista, cujo nome verdadeiro é Murilo Neves, admitiu ter batido na ex-companheira e diz estar muito arrependido. “Eu peço perdão para ela e para a família dela”, afirmou em entrevista ao G1, na noite de quinta-feira (6).

A agressão aconteceu na manhã do último domingo (2), no apartamento de Flávia, no Bairro Goiá. Com hematomas no rosto e cortes na testa e sobre a sobrancelha, ela procurou a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher da região noroeste (Deam2).

Flávia prestou depoimento na última quarta-feira (5). Com medo, ela pediu à polícia medidas protetivas: “Não quero que ele chegue perto de mim”.

Murilo e Flávia estão separados há sete meses e têm uma filha de 2 anos. O cantor diz ter “perdido a cabeça” quando chegou para ver a criança e soube que ela havia dormido no mesmo quarto onde a mãe passou a noite com o novo namorado.

Briga

Ao G1, Flávia contou que o ex-marido chegou no apartamento na manhã de domingo. Ela foi para a cozinha guardar o leite que ele havia levado e o cantor foi até o quarto levar um presente para a filha, mas a menina estava dormindo em colchão no chão, ao lado da cama da mãe.

Vitor, da dupla Vitor e Thiago, supeito de agredir a ex-mulher em Goiânia (Foto: Reprodução/Facebook)

Vitor, da dupla Vitor e Thiago, durante show no Sol Music Hall, em Goiânia  (Foto: Reprodução/Facebook)

O namorado da vítima estava no banheiro e, ao perceber a presença dele no apartamento, o sertanejo foi até a cozinha e perguntou onde ele tinha dormido. Flávia respondeu que havia sido em seu quarto. Segundo ela, nesse momento Murilo a xingou e deu soco no seu rosto. Ela o empurrou com um chute. Então, ele acertou a face da mulher com o brinquedo que trazia na mão, uma vassourinha de madeira.

Flávia relata que caiu no chão. Ao perceber o corte no rosto da ex-mulher, Murilo teria ido embora. “Ele não admite que eu coloque outro namorado dentro de casa. Mas o apartamento é meu”, reclama. Segundo a vítima, como ela não quis atender o sertanejo depois da briga, ele enviou mensagens pelo celular fazendo ameaças.

A autônoma diz que esse foi o terceiro episódio de violência envolvendo o ex-companheiro. Quando eles ainda moravam juntos, ele a teria ameaçado. “Eu cheguei a procurar a delegacia outras vezes, mas preferi não dar continuidade às denúncias”, relatou. Entre namoro e união estável, Flávia conta ter vivido com Murilo por oito anos.

Preocupação


Ao G1, Murilo disse que não deu um soco, mas sim um tapa na ex-mulher. “Aí ela me deu um chute e eu joguei o brinquedo nela”, amenizou.Questionado se agiu por ciúmes da ex-companheira, o cantor nega. “Não tenho ciúmes do novo relacionamento dela. Fui eu que quis me separar”, garante.

 Vitor, da dupla Vitor e Thiago, supeito de agredir a ex-mulher em Goiânia (Foto: Arquivo Pessoal/Murilo Neves)
Cantor diz que perdeu a cabeça por causa da
filha (Foto: Reprodução / Facebook)

Ele diz que sua única preocupação era com a filha. “Ela conheceu essa pessoa há poucas semanas e já colocou o homem para dormir no mesmo quarto que a menina. Era só ter levado minha filha para passar a noite na minha casa. A gente ouve falar em tantos casos de pedofilia. Eu perdi a cabeça”, justifica.

Sobre as agressões verbais e ameaças relatadas por Flavia, Murilo diz que mandou mensagens após a separação porque ela não o deixava ver a filha.

O cantor diz que não pretende mais se aproximar da ex-mulher: “Sei que errei. Não vou mais procurá-la, nem entrar em contato. Só quero ver a minha filha. A partir de agora, vou pedir para uma terceira pessoa buscá-la (a menina), quando ela autorizar”.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Cássia Sertão, Murilo deve ser chamado para depor nos próximos dias. Ele pode ser autuado por lesão corporal, injúria e ameaça.