Daily Archives: 15/05/2013

Dona de cabaré processa igreja evangélica – essa é de lascar, dá até pra rir com a atitude do Juiz rsrsrs

“Eu não sei como vou decidir este caso, mas uma coisa está patente nos autos: Temos aqui uma proprietária de cabaré que firmemente acredita no poder das orações e uma igreja inteira declarando que as orações não valem nada!”, comentou o juiz a quem o processo foi submetido

images

Lí nominuto A história da dona de cabaré que processou a igreja evangélica agitou a belíssima Aquiraz, no litoral cearense.

Em Aquiraz, no Ceará, Dona Tarcília Bezerra construiu uma expansão de seu cabaré, cujas atividades estavam em constante crescimento após a criação de seguro desemprego para pescadores e vários outros tipos de bolsas.

Em resposta, uma igreja evangélica local iniciou uma forte campanha para bloquear a expansão, com sessões de oração de manhã, à tarde e à noite.

O trabalho de ampliação e reforma progredia célere até uma semana antes da reinauguração, quando um raio atingiu o cabaré queimando as instalações elétricas e provocando um incêndio que destruiu o telhado e grande parte da construção.

Após a destruição do cabaré, o pastor e os crentes da igreja passaram a se gabar “do grande poder da oração”.

Então, Dona Tarcília processou a igreja, o pastor e toda congregação sob o argumento que eles “foram os responsáveis pelo fim de seu prédio e de seu negócio, utilizando-se da intervenção divina, direta ou indireta e das ações ou meios.”

Na contestação à ação judicial, a igreja, veementemente, negou toda e qualquer responsabilidade ou qualquer ligação com o fim do edifício.

O juiz, a quem o processo foi submetido, leu a reclamação da autora e a resposta dos réus e, na audiência de conciliação, comentou:

– Eu não sei como vou decidir este caso, mas uma coisa está patente nos autos: Temos aqui uma proprietária de cabaré que firmemente acredita no poder das orações e uma igreja inteira declarando que as orações não valem nada!

Só sei que foi assim.

Empresário divulga foto de Gisele Bündchen nua quando mais nova

Helen Ganzarolli fica só de calcinha no Programa Silvio Santos

 Helen Ganzarolli tirou o vestido e ficou mesmo só de calcinha durante todo o programa do Sílvio Santos. Assista ao vídeo.

Policiais civis do RN votam indicativo de greve na próxima quinta-feira

Possível paralisação acontece por causa do retorno de presos às delegacias e pela suspensão do Enquadramento de Níveis.

Foto: Divulgação / Sinpol-RN

Está confirmada para a próxima quinta-feira (16), a partir das 18h, a votação de um indicativo de greve dos policiais civis do Rio Grande do Norte. A categoria vai apreciar a paralisação em mais uma assembleia geral extraordinária, que será realizada na sede do Sinpol-RN. O motivo, de acordo com o Sindicato, é o retorno dos presos às delegacias e a luta pela continuidade do Enquadramento de Níveis.

Segundo reclamam os policiais, os presos aos poucos estão retornando para as delegacias, principalmente do interior do estado. Eles observam que mesmo contrariando uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), a Delegacia de Polícia da Grande Natal (DPGRAN) está obrigando-os a fazer custódias de presos nos hospitais, além de serem ameaçados de corregedoria e prisão por descumprimento da ordem ilegal.

Observam ainda que até hoje mais de 70% da categoria não foi devidamente nivelada. “Fazem de tudo para nos tirar direitos conquistados com muita luta e suor. No caso dos níveis, causa prejuízo irreparável às carreiras. O Governo e a DEGEPOL não querem diálogo. Por diversas vezes tentamos contato via ofício e telefone, mas sequer nos responderam. Nunca a Polícia Civil foi tão desrespeitada”, critica a diretoria.

*Com informações da Assessoria do Sinpol-RN

Enem recebe 1,3 milhão de inscrições em dois dias


Enem-2014-Exame-Nacional-do-Ensino-MédioAté as 18h30 de ontem, um total de 1.309.532 candidatos já estavam inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2013. A página on-line do exame começou a receber inscrições na segunda-feira. O prazo termina no dia 27 próximo, às 23h59. Não haverá prorrogação. Para os candidatos não isentos, a taxa de inscrição, de R$ 35, deve ser paga até o dia 29. Estão isentos os concluintes do ensino médio em 2013, matriculados em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar da Educação Básica. Também não precisa pagar a taxa o participante com renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

As provas serão aplicadas em outubro próximo, nos dias 26 (sábado) e 27 (domingo), com início às 13 horas (de Brasília). Os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 12 horas e fechados às 13 horas, também de acordo com o horário de Brasília. Será proibida a entrada do participante que se apresentar após o fechamento dos portões.

Justiça Eleitoral cancela mais de 1,3 milhão de títulos

TRE-BA-titulo-atendimentos-itinerantesA Justiça Eleitoral cancelou 1.354.067 títulos dos eleitores que não votaram e não justificaram a ausência nas últimas três eleições. O prazo para regularização expirou no dia 25 de abril. Do total de 1.514.621 títulos passíveis de regularização, 155.663 ou 10,27% foram regularizados.

Detentor do maior número de eleitores com o título passível de regularização, (372.691), o Estado de São Paulo registrou 41.375 pessoas que procuraram os cartórios eleitorais para solucionar a situação. Em segundo lugar ficou o Rio de Janeiro, com 13.735 títulos regularizados.

Juiz acata nova denúncia de improbidade contra ex-governador potiguar

fernandofreireO juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública, Airton Pinheiro, recebeu denúncia de improbidade administrativa contra o ex-governador Fernando Antônio da Câmara Freire e a então secretária do governante, Maria do Socorro Dias Oliveira. A acusação, de autoria do Ministério Público, diz respeito à concessão de gratificações de gabinete, concedidas pelo então vice-governador, a quem nunca foi ou não era servidor do Estado.

De acordo com os promotores, Fernando Freire, enquanto vice-governador e governador do Estado no período de 1997/2002, engendrou esquema de desvio de verba pública em proveito próprio a partir da concessão dessas gratificações. O montante possivelmente desviado chegou ao patamar de R$ 346.024,02, cujo pagamento se fazia através de cheques-salários, que eram sacados, em espécie, sem endosso regular ou procuração.

Os saques eram feitos por pessoas diversas dos titulares nominais do respectivo crédito, sempre com a autorização do então gerente de agência do Banco do Brasil S/A, Narciso Nunes de Queiroz o qual colocava no verso dos cheques as iniciais FF e autorizava o pagamento dos cheques.

Provocação de Barbosa sobre ‘horário que advogados acordam’ gera polêmica

Entidades de advogacia reagem à declaração de Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, sobre o horário de acordar dos advogados

A brincadeira do ministro Joaquim Barbosa sobre o horário que os advogados acordam não foi bem recebida pelas entidades de advocacia. Durante discussão no Conselho Nacional de Justiça sobre o horário de funcionamento do Tribunal de Justiça de São Paulo, que limitou o horário de atendimento aos advogados à partir das 11h, o ministro Joaquim Barbosa afirmou: “Mas a maioria dos advogados não acorda lá pelas 11 horas mesmo?”. Diante da provocação, representantes da advocacia reagiram com críticas à Barbosa, afirmando que a postura não condiz com a importância do cargo ocupado pelo ministro.

joaquim-barbosa-advogados

Joaquim Barbosa debocha do horário que advogados acordam: “11h da manhã”. A brincadeira do ministro teria um fundo de verdade? (Foto: Divulgação)

“É motivo de profunda preocupação a conduta incompatível com o exercício do cargo. Todas as profissões são honradas quando exercidas com ética e responsabilidade, sendo essa a expectativa de toda a sociedade diante da tão nobre e fundamental missão do Conselho Nacional de Justiça”, afirmou o presidente do Instituto dos Advogados de São Paulo (Iasp), José Horário Halfeld Rezende Ribeiro.

Em nota, o Movimento de Defesa da Advocacia (MDA) classificou como inadequada e deselagante a afirmação do ministro. “Ainda que tal manifestação tenha se dado em tom ‘de brincadeira’, como teria justificado posteriormente S.Exa., o fato é que posturas desse jaez não se coadunam, em absoluto, com a importância e a liturgia do cargo de Presidente da Suprema Corte da Nação e simultaneamente do Conselho Nacional de Justiça”.

A Associação dos Advogados de São Paulo (Aasp) classificou a atitude de Joaquim Barbosa como “absolutamente lamentável, que atenta contra a dignidade da classe dos advogados e que não se coaduna com o comportamento que se espera do presidente do CNJ, assim como da mais alta corte do país”.

Segundo a Aasp, esta e as demais declarações do ministro tem “claro propósito de minimizar o alcance e a relevância de prerrogativas profissionais exercidas em benefício de toda a sociedade”.

Leia abaixo a íntegra das notas

IASP

O Instituto dos Advogados de São Paulo — IASP manifesta seu repúdio pelo comentário desrespeitoso do ministro Joaquim Barbosa, manifestado na sessão de ontem do Conselho Nacional de Justiça, de que: “Mas a maioria dos advogados não acorda lá pelas 11 horas mesmo?”. É motivo de profunda preocupação a conduta incompatível com o exercício do cargo. Todas as profissões são hornadas quando exercidas com ética e responsabilidade, sendo essa a expectativa de toda a sociedade diante da tão nobre e fundamental missão do Conselho Nacional de Justiça.

MDA

O Movimento de Defesa da Advocacia — MDA, na qualidade de entidade cujos objetivos estatutários se fundam na valorização da Advocacia e na defesa intransigente das prerrogativas profissionais, tendo em vista as notícias veiculadas pela imprensa, vem a público manifestar sua perplexidade e frontal desaprovação com a forma inadequada e deselegante a que se referiu o Presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça Ministro Joaquim Barbosa à classe dos Advogados, ao verbalizar, também segundo o noticiário e durante sessão do CNJ ocorrida no último dia 14/05, como um dos fundamentos para negar a pretensão de restrição de entrada junto aos Fóruns do Estado de São Paulo os seguintes dizeres “Mas a maioria dos advogados não acorda lá pelas 11 horas mesmo?”

Ainda que tal manifestação tenha se dado em tom “de brincadeira”, como teria justificado posteriormente S.Exa., o fato é que posturas desse jaez não se coadunam, em absoluto, com a importância e a liturgia do cargo de Presidente da Suprema Corte da Nação e simultaneamente do Conselho Nacional de Justiça.

A Advocacia não se cala diante dos episódios mais sombrios vividos na História, de modo que também não poderá se calar em todas e quaisquer situações em que não apenas as prerrogativas profissionais sejam violadas, mas também quando as manifestações do Chefe do Poder Judiciário brasileiro ou de qualquer Autoridade não se mostrem compatíveis com o Estado Democrático de Direito.

AASP

Na data de ontem, o Egrégio Conselho Nacional de Justiça retomou o julgamento do procedimento de controle administrativo proposto pela Associação dos Advogados de São Paulo, em conjunto com a Ordem dos Advogados do Brasil, Secção São Paulo, e o Instituto dos Advogados de São Paulo, em que se objetiva a revogação do Provimento CSM nº 2.028, de 17 de janeiro de 2013, por meio do qual o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, contrariando dispositivo expresso na Lei nº 8.906/94 (Estatuto da Advocacia), reserva o período das 9h às 11h apenas para serviços internos e impede o atendimento e até mesmo o mero ingresso de advogados, em todos os Fóruns do Estado, antes das 11 horas da manhã.

Durante a referida sessão, o presidente daquele colegiado, ministro Joaquim Barbosa, visivelmente incomodado com a dificuldade que enfrentava para convencer seus pares de que sua opinião pessoal sobre o assunto deveria prevalecer, mesmo diante do texto expresso de uma lei federal e da jurisprudência do próprio órgão, indagou de forma jocosa: “Mas a maioria dos advogados não acorda lá pelas 11 horas mesmo?”

Trata-se de atitude absolutamente lamentável, que atenta contra a dignidade da classe dos advogados e que não se coaduna com o comportamento que se espera do presidente do CNJ, assim como da mais alta corte do país.

Por essa razão, a AASP vem a público manifestar seu veemente repúdio, não apenas a esta, como também às reiteradas manifestações do ministro Joaquim Barbosa de desapreço pela advocacia, emitidas com o claro propósito de minimizar o alcance e a relevância de prerrogativas profissionais exercidas em benefício de toda a sociedade.

Consultor Jurídico

Melhores cursos do mundo: 19 universidades brasileiras aparecem em ranking

19 universidades brasileiras estão em ranking de melhores cursos. Unicamp tem 19º curso de agronomia do mundo, segundo o ranking por disciplinas

unicamp agronomia

Unicamp aparece com cursos entre os melhores. Usp também integra lista. Veja relação completa no site do QS

A disciplina de agricultura e silvicultura da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) foi escolhida a 19º melhor do mundo segundo o ranking mundial por disciplinas QS 2013. Além deste, filosofia aparece em 44º lugar. A Universidade de São Paulo (USP) também aparece na lista, com cinco cursos entre os 50 melhores. No total, são 19 brasileiras com cursos entre os 200 melhores do planeta.

A USP aparece com os cursos de agricultura e silvicultura (24º lugar), filosofia (41º), estatística e pesquisa operacional (41º), educação (45º) e comunicação e mídia (48º). A Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), também com agricultura e silvicultura, aparece em 47º lugar.

Dezenove universidades brasileiras ficaram nos top 200 em pelo menos 30 disciplinas incluídas na pesquisa. No restante da América Latina, o Chile contou com oito instituições nos top 200, a Argentina teve cinco, o México quatro e a Colômbia duas.

Do Brasil, além das três estaduais de São Paulo, aparecem: PUC-SP, Federal de São Carlos (UFScar), Federal de São Paulo (Unifesp), Fundação Getúlio Vargas (FGV), Federal Fluminense (UFF), do Rio de Janeiro (UFRJ), PUC-Rio, Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Federal de Minas Gerais (UFMG), de Viçosa (UFV), de Lavras (UFLA), de Santa Catarina (UFSC), do Paraná (UFPR), de Londrina (UEL), do Rio Grande do Sul (UFRGS) e de Brasília (UnB).

No topo do ranking aparecem as universidades de Harvard (com 10 disciplinas em primeiro lugar), MIT (7), Universidade da Califórnia em Berkeley (4), Oxford (4), Cambridge (3), Imperial College London (1) e Universidade da Califórnia em Davis (1).

“O sucesso do Brasil reflete uma evolução em seu perfil internacional e o impacto da pesquisa, impulsionados principalmente por um maior investimento em pesquisa e desenvolvimento”, afirmou Bem Sowter, diretor de pesquisa da QS.

O ranking baseia-se em pesquisas com mais de 70 mil acadêmicos e empregadores, em citações de pesquisas e no novo medidor de impacto de pesquisas “H-Index”. O ranking completo (em inglês) está disponível no site do QS.

com Portal Terra