Daily Archives: 13/05/2013

Homem é preso por atacar cadáver em velório no Piauí


Agente da Polícia Civil Abelardo Oliveira (Foto: Romário Mendes)

Um caso bastante inusitado foi registrado na Central de Flagrantes da cidade de Picos na madrugada desta segunda-feira (13). Um homem foi preso por atacar um cadáver durante um velório. O episódio aconteceu no município de Santo Antônio de Lisboa.

“Em quase 30 anos de polícia pensei que já tinha visto tudo em minha vida. Mas realmente esse caso foi muito inusitado. Uma pessoa está em um velório e passar a morder o cadáver eu nunca tinha visto”, relatou espantado o escrivão da polícia civil, Abelardo Oliveira.

De acordo com o policial, o autor do ataque foi identificado como Jair Rodrigues de Araújo. Já a vítima das mordidas era uma senhora vizinha do acusado. “Aparentemente ele estava embriagado e disse está arrependido. Ele disse também que era como se tivesse possesso”, completou o escrivão.

Durante o ataque, familiares da mulher tentaram imobilizar Jair Rodrigues. Na confusão ele ainda chegou a lesionar um filho da vítima. A polícia militar foi chamada e conseguiu dominar e prender o agressor.

Levado a delegacia o acusado foi enquadrado no Artigo 212 do Código Penal Brasileiro que tipifica o crime de vilipêndio a cadáver. “Como é crime com pena de até três anos é afiançável. Se vier alguém com o dinheiro para depositar a fiança ele será posto em liberdade. Caso contrário ficará a disposição da Justiça. A fiança arbitrada foi no valor de um salário mínimo”, concluiu Abelardo Oliveira.

Fonte: Rodeador News

“Não dê dinheiro aos ricos, isso os torna vagabundos” Vale apena fazer essa leitura

“E se eu dissesse que ‘dar dinheiro aos ricos os torna vagabundos?’ Por que usar a frase para os pobres é ser um ‘analista sensato da realidade’ e usar a frase aos ricos é ser um ‘canalha de um comunista safado’”?

Leonardo Sakamoto, em seu blog

esmola pobre rico dinheiro

Vou voltar a um tema que eu adoro. Considerando que a renda do capital segue estratosfericamente maior que a do trabalho e os recursos usados para o pagamento de juros são bem maiores que os aplicados em programas sociais (em todos os governos, de FHC a Dilma), fico extremamente incomodado quando ouço ou leio pessoas reclamando que “dar dinheiro aos pobres os torna vagabundos”.

É engraçado que ninguém reclama do dinheiro que vai às classes mais abastadas, que investem em fundos baseados na dívida pública federal. Grosso modo, muito vai para poucos e pouco vai para muitos. E, mesmo assim, sou obrigado a ouvir pérolas quase que diariamente, reclamando dos programas de transferência de renda, não no sentido de melhorá-los, mas de extingui-los. É claro que é importante avançar na construção de “portas de saídas” para programas como o Bolsa-Família, gerando autonomia econômica. Mas a raiva com a qual essas iniciativas ainda vêm sendo tratadas por algumas pessoas me surpreende. Pessoal, supera! Não há partido político que vá se eleger com uma plataforma que cancele esses processos de transferência de renda. Isso já é política de Estado e não de governo.

“Ah, mas minha tia tem uma amiga em que a empregada recebe o bolsa-família e, por isso, desistiu de trabalhar. Quer ficar no bem bom com o dinheiro público.” Quantos já ouviram coisas assim? Primeiro reduzindo todo um programa a uma única história. Segundo, uma história mal contada, pois é difícil imaginar que uma família consiga sobreviver com dignidade com um montante de renda não raro menor que uma garrafa de vinho paga pelo sujeito fino que decretou tal preconceito. Terceiro, para alguém preferir a segurança da mensalidade do programa do que um salário é que a remuneração deve ser baixa demais ou a garantia de permanência no emprego inexistente.

Este post não está criticando ou elogiando ninguém, mas tentando entender o que, além do preconceito, faz com que um cidadão que tenha um pouco mais na conta bancária acredite que pisar no andar de baixo é a solução para galgar ao andar de cima? E crer que o futuro de um país é feito uma Arca de Noé, com espaço para salvar pouca gente de um dilúvio iminente?

Para esse pessoal, é cada um por si e o Sobrenatural – proporcionalmente ao tamanho do dízimo deixado mensalmente – para todos. Fraternidade e solidariedade são palavras que significam “doação de calças velhas para vítimas de enchente”, “brinquedos usados repassados a orfanatos no Natal” ou “um DOC limpa-consciência feito a alguma ONG”.

Nada sobre um esforço coletivo de buscar a dignidade para todos, com distribuição imediata (e não depois que o bolo crescer) da riqueza gerada no país. Crescimento produzido pelos mesmos trabalhadores que não desfrutam da maior parte de seus resultados. Porque, apenas teoricamente, todos nascem livres e iguais.

E se eu dissesse que “dar dinheiro aos ricos os torna vagabundos?” Por que usar a frase para os pobres é ser um “analista sensato da realidade” e usar a frase aos ricos é ser um “canalha de um comunista safado”?

Montanhas RN agora vai ter Lei da Transparência: prazo para Municípios cumprirem a lei vai até o dia 27 de maio

 

SXC.huMunicípios com menos de 50 mil habitantes têm que, obrigatoriamente, cumprir com a Lei da Transparência até o dia 27 de maio. A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) destaca que aqueles que não obedecerem ao prazo vão sofrer penalidades como a suspensão de recursos oriundos de transferências voluntárias e verbas de programas federais.

De acordo com a Lei Complementar (LC) 131/2009, todas as informações sobre a execução orçamentária e financeira dos entes federados – União, Distrito Federal, Estados e Municípios – devem estar acessíveis a qualquer cidadão por meio eletrônico, em uma página na internet. Tudo isso em tempo real.

Prefeituras que não possuam sites devem se adequar rapidamente para cumprir o prazo previsto na LC. A Lei da Transparência tem como objetivo promover e expandir a fiscalização das administrações públicas e assim evitar casos de corrupção. Qualquer cidadão pode denunciar quem não cumprir a legislação para o Ministério Público.

A legislaçãoA LC 131/2009 ampliou os mecanismos de transparência previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) – 101/2000. Nela está presumido o incentivo à participação popular nas discussões sobre o dinheiro público. Esta legislação também define prazos para a prestação de contas.

Agência CNMAgência CNMA Lei passou a exigir o relatório resumido de execução orçamentária e financeira, bem como informações a respeito de toda e qualquer despesa, lançamento e recebimento de receita de maneira imediata.

Carro voador chega ao mercado no Brasil em 2020

945705_528510570524196_573916686_n

A empresa americana Terrafugia pretende colocar um carro voador inteligente no mercado em 2020.

Com sede em Massachussets, a companhia já é responsável pelo Transition, um carro com asas dobráveis, aprovado pelo governo americano e cuja comercialização deverá começar em 2015, por cerca de US$ 280 mil.

Porém, a empresa agora decidiu investir em um carro voador feito de carbono e fibra que parece uma mistura de helicóptero e avião de pequeno porte.

Com a ajuda de dois rotores fixados um a cada lado da máquina, a decolagem ocorre verticalmente, ou seja, você pode sair da rua, contanto que haja uma clareira de 30,4 metros disponível.

Depois da decolagem, as hélices serão recolhidas e o TF-X passa a voar como um avião com alcance de 804,6 km.

A pilotagem será feita de forma automática, mas a companhia garante que dá para aprender a manejar o aparelho em menos de 5 horas de curso.

A previsão de preço que a Terrafugia afirmou é que ele será o valor de um carro de luxo.

A Rede dos excluídos: Marina atrai insatisfeitos e isolados, do PSOL ao PSDB.

A ex-senadora Marina Silva reuniu em torno do projeto da Rede Sustentabilidade, partido que tenta viabilizar para se candidatar à Presidência em 2014, uma teia que vai de Heloísa Helena, a fundadora do PSOL a um aliado histórico do ex-governador José Serra (PSDB-SP).

Rede dos excluídos

Além do discurso de que estão juntos para construir coletivamente a “nova política”, os principais apoiadores de Marina são movidos por causas individuais realistas.

Muitos deles já não gozam em seus partidos do prestígio de outrora ou travam batalhas perdidas contra líderes de suas siglas. O deputado Domingos Dutra, por exemplo, protesta em vão contra a aliança do PT com a família Sarney no Maranhão e, por isso, quer deixar a legenda.

Hoje vereadora em Maceió (AL), a ex-senadora Heloísa Helena, que em 2005 saiu do PT para criar o PSOL, entregou a presidência do partido há três anos, após se desentender com a direção nacional. Ela queria que sua legenda apoiasse Marina, então no PV, à Presidência em 2010, mas foi derrotada.

Integrante, como Dutra e Heloísa, da Executiva provisória da Rede, o deputado federal Walter Feldman chegou a anunciar sua saída do PSDB em 2011. Na ocasião, acusou o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, por uma crise interna que levou seis vereadores da capital paulista a deixarem o partido.

Feldman, no entanto, voltou atrás e ficou no PSDB. No ano passado, foi um dos coordenadores da campanha de Serra à Prefeitura de São Paulo. Intermediou o apoio do pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus, ao tucano. As críticas do religioso a políticas contra a homofobia trouxeram danos à candidatura, e Feldman acabou responsabilizado internamente.

Ele admite que a Rede não atrai “apenas os ideológicos, os doutrinários”, mas também quem está perdendo espaço em seus partidos. Mas diz que não se encaixa em nenhum dos grupos. “Sou um sonhático radical. Estou em busca de uma nova utopia.”

PRAGMATISMO

Quando deixou o PV, em 2011, após disputa de seu grupo com a direção do partido, Marina disse que não era hora de agir com pragmatismo: “É hora de ser sonhático e de agir pelos nossos sonhos”.

Alguns dos “sonháticos”, no entanto, continuaram no PV para evitar perder o mandato, como o deputado Alfredo Sirkis (RJ). “Fui contra a saída dela. Teríamos continuado a luta interna dentro do partido e hoje estaríamos em situação melhor”, afirma.

Ele defende inclusive que, na eventual candidatura de Marina em 2014, a Rede se alie à sua antiga legenda.

Vitória do pragmatismo? “Sonhaticamente não se faz uma campanha presidencial bem-sucedida”, responde Sirkis.

TAM demite piloto que deixou Latino entrar na cabine durante voo

Cantor Latino em algumas fotos tiradas na cabine do comandante de uma aeronave em pleno voo (Foto: Reprodução/Instagram)

A TAM demitiu o piloto que deixou o cantor Latino entrar na cabine do avião durante um voo da empresa entre Recife e Rio, em 28 de abril. O copiloto também foi demitido.

Questionada a respeito, a TAM não quis comentar a demissão –limitou-se a dizer, em nota, ter tomado “ações disciplinares” e de prevenção para evitar novos casos.

Latino postou as fotos no Instagram (rede social de imagens), nas quais ele aparece sentado na poltrona do comandante e aparentemente segura uma das manetes de potência, o acelerador do avião, um Airbus A320.

A agência apura a conduta da TAM e do piloto, que podem ser multados. Norma da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) proíbe passageiros de entrar na cabine durante o voo; a entrada só é liberada com o avião no chão.

Inicialmente, a assessoria do cantor disse que o avião estava no chão. Mas o painel indica que ele estava em voo, com o trem de pouso recolhido e piloto automático ativo.

A TAM só confirmou ontem que o avião estava em voo.

Ontem, ao “Domingo Espetacular”, da TV Record, Latino pediu desculpas aos pilotos e disse que não quis prejudicá-los. Afirmou ainda que errou e que postou as fotos por “brincadeira”. E que, se pudesse, compraria um avião para empregar o piloto.

A reportagem não conseguiu contato com Latino.

Fonte: Folha.com

Concurso da UFRN: inscrições começam nesta segunda-feira

concursoA Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promoverá Concurso Público, sob organização e aplicação da Comissão Permanente do Vestibular da UFRN – COMPERVE.

Serão disponibilizadas 48 oportunidades para o cargo de Técnico-Administrativo em Educação, de níveis Fundamental, Médio e Superior.

As remunerações variam de R$1.547,23 a R$3.138,70.

As inscrições serão realizadas pela internet, através do site da organizadora, de 13 de maio a 03 de junho de 2013 de 2013. As taxas ficam entre R$50 e R$80.

O Certame constitui-se das seguintes etapas: provas objetivas, discursivas e práticas, conforme a função pleiteada. As provas serão aplicadas na data provável de 07 de julho de 2013, na cidade de Natal – RN.

Acesse o edital

Zé Dirceu e João Paulo Cunha pode ser inocentado do crime de lavagem no mensalão

exp4jva1tnyfqb2imr69ylali

Um entendimento contraditório do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o crime de lavagem de dinheiro pode inocentar o deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP), ex-presidente da Câmara dos Deputados, deste item e, consequentemente, livrá-lo de cumprir pena em regime fechado. Ele foi condenado no julgamento do mensalão a 9 anos e 4 meses de prisão pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e corrupção passiva. A adoção de critérios distintos para definir a pena de um réu também pode ajudar Cunha a ter uma pena ainda menor nas suas condenações por peculato e corrupção passiva.

Essas falhas foram apontadas nos embargos de declaração do ex-presidente da Câmara, impetrados no início do mês no Supremo. A situação é semelhante à do ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu , condenado a 10 anos e 10 meses de prisão, que também pode ser beneficiado por contradições do STF. Os advogados do ex-ministro-chefe da Casa Civil afirmam que a pena contra Dirceu pelo crime de corrupção ativa toma como base uma lei que não vigorava na época dos fatos que geraram a sua condenação.

Nos embargos do ex-presidente da Câmara, a maior contradição apontada por seus advogados diz respeito a entendimentos diferentes, no mesmo julgamento, para a condenação pelo crime de lavagem de dinheiro. A defesa de Cunha afirma que o ex-deputado federal José Borba (PP) foi absolvido desse crime, mas recebeu dinheiro das agências de Marcos Valério de forma análoga à do petista.

Pela denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR), Cunha recebeu R$ 50 mil das agências de Marcos Valério por meio de um cheque endossado a uma terceira pessoa. A configuração do crime de lavagem de dinheiro, pela decisão do Supremo, deu-se no momento em que “sobrevém outra conduta, a utilização do sistema financeiro nacional (com manipulação de informação) e de interpostas pessoas para ocultar o real beneficiário do valor”.

No entanto, por meio do mesmo procedimento (cheques endossados a terceiros), Borba também recebeu R$ 2,1 milhões do valerioduto. Mas, os ministros acabaram inocentando-o pelo crime de lavagem de dinheiro. “Ora, situações idênticas não podem ter consequências jurídicas diferentes e, por isso, ao constatar que a situação de fato era a mesma, é contraditória a condenação de um com a absolvição do outro, o que deve ser sanado”, alega a defesa de Cunha.

“Assim, no caso de José Borba, entendeu-se que enviar outra pessoa para sacar o dinheiro no banco em seu lugar seria consequência lógica da prática do próprio crime de corrupção passiva, ao passo que, no caso de João Paulo, compreendeu que enviar outra pessoa configuraria o crime de lavagem de dinheiro, o que é contraditório”, emendam os advogados do petista.

Fonte: Ultimo Segundo

Confira tudo que vai acontecer no último capítulo de Salve Jorge 17/05/2013

Lívia foge e vira stripper, mas acaba na cadeia – Lívia consegue fugir da invasão da boate, mas Irina dedura a comparsa e dá seu paradeiro à polícia. Ela foi para o Leste Europeu, onde vive Arnold (ator ainda não escalado), um de seus sócios na bandidagem. Lá, passa a trabalhar como stripper num show burlesco num bordel, da mesma maneira que fazia antes de liderar a quadrilha. Durante uma dessas apresentações, será capturada pela Interpol e acabará atrás das grades.

Theo resgata a filha com a ajuda de Zyah – Enquanto Morena segue desesperada com o sumiço da filha, já que Wanda se recusa a revelar seu paradeiro, Theo recebe uma pista de que a criança está na Capadócia. Lá, com a ajuda de Zyah, o capitão decobrirá que, graças a uma planta, a bebê só pode estar numa região específica. A cavalo, Theo descobre o traficante que está em poder da bebê e luta com ele. Vitorioso, leva a pequena Jéssica de volta para Morena, que, enquanto tudo ocorria, fazia uma oração para São Jorge.

Mustafá perdoa Berna – Depois de deixar a mulher por causa de sua ligação com a compra de Aisha (Dani Moreno) quando criança, Mustafá (Antônio Calloni) perdoará Berna (Zezé Polessa). Ela pedirá uma segunda chance ao marido e, resignado, ele voltará para casa. Feliz com a notícia, Aisha também voltará a viver com os pais adotivos.

Zyah escolhe Ayla ao invés de Bianca – O turco mais indeciso da Capadócia, Zyah (Domingos Montagner), finalmente vai resolver quem ele quer para companheira. E o personagem escolherá Ayla (Tânia Khallil) para ter seu final feliz. Depois de fazer uma cena de ciúme ao ver a mulher dançando no restaurante e jogando um véu para um estranho, ele lhe tasca um beijo na frente de Bianca (Cleo Pires). A amante, então, deixa a Turquia e volta para o Brasil, sem se despedir. O relacionamento entre os turcos se consolidará com uma boa notícia: Ayla ficará grávida.

Waleska abandona a prostituição por policial – Livre da quadrilha de traficantes, Waleska (Laryssa Dias) volta a trabalhar por conta própria e resolve ficar na Turquia, como prostituta. Não demora e Almir (Murilo Grossi) a telefona, pedindo que volte ao Brasil para que fiquem juntos. Prontamente, a bela aceita a proposta e inicia um romance com o policial.

Érica engata romance com Haroldo – Casal na vida real, Flávia Alessandra e Otaviano Costa repetirão a parceria amorosa também na ficção. Depois de ser atropelada pelo advogado e perder o bebê que esperava de Theo, Érica se aproximará do rapaz e terá finalmente um final feliz.

Casais felizes – Outros personagens garantirão finais felizes no quesito amoroso: Antônia (Letícia Spiller) e Carlos (Dalton Vigh), Maitê (Cissa Guimarães) e Ricardo (Alexandre Barros), Aída (Natália do Valle) e Nunes (Oscar Magrini), Salete (Flávia Guedes) e Murat (Anderson Muller), Amanda (Lizandra Souto) e Celso (Caco Ciocler), Lucimar (Dira Paes) e Thompson (Odilon Wagner).

Delzuíte perdoa Pescoço – Depois de ver o relacionamento balançar mais uma vez por causa da suspeita de que Pescoço (Nando Cunha) possa ter alguma ligação com a quadrilha de Lívia, Delzuíte (Solange Badim) perdoará o amado. Tudo porque a confusão será explicada: da última vez que foi parar na delegacia, Pescoço emprestou o celular para Wanda. Por isso apareceram registros telefônicos que o ligavam a Lívia.

Helô e Stênio reatam o casamento – Livre da investigação do tráfico humano, Helô descobre que vai ser avó. Emocionada, dará mais uma chance a Stênio (Alexandre Nero) e resolve reatar o casamento. A delegada chamará sua fiel escudeira, Creuza (Luci Pereira) para ser madrinha da cerimônia.

Morena e Theo voltam para o Brasil e são felizes para sempre – Depois de toda a aventura na Turquia, Theo e Morena voltam para o Brasil e serão recebidos por Lucimar e Júnior (Luiz Felipe Mello). Já Dona Áurea (Suzana Faini) amolecerá o coração depois de saber que é avó da pequena Jéssica Vitória e passará a tratar Morena melhor. Os mocinhos, assim, finalmente terão um final feliz.

Últimos capítulos: Hora de pagar o preço do descuido! Antonia recebe ordem de prisão

Antonia recebe ordem de prisão (Foto: Salve Jorge/TV Globo)

Surpresa! A polícia toca a campainha de Antonia (Letícia Spiller) e dá um baita susto na loira. Na frente de Raissa (Kiria Malheiros), o oficial de justiça traz uma ordem de prisão e Antonia se desespera! Ela decide, então, ligar para Stenio (Alexandre Nero). Assim que o advogado chega, Antonia explica a situação, garantindo que não tem culpa de nada.

“Estão dizendo que eu dei uma porção de golpes. Minha sócia é quem cuidava de tudo, eu só assinei a procuração”, tenta se defender.

Será que Antonia consegue escapar dessa? Náo perca esta cena, que vai ao ar na segunda-feira, dia 13 de maio. Fique ligado nas emoções de Salve Jorge!

Papa Francisco canoniza primeiros santos de seu pontificado

Papa Francisco acena para peregrinos na praça São Pedro, no Vaticano, após a cerimônia em que fez as primeiras canonizações de seu papado Vincenzo Pinto/AFPPapa Francisco acena para peregrinos na praça São Pedro, no Vaticano, após a cerimônia em que fez as primeiras canonizações de seu papado Vincenzo Pinto/AFP

Milhares de pessoas participaram na manhã deste domingo (12), na praça de São Pedro, no Vaticano, da missa presidida pelo papa Francisco para a proclamação de novos santos, os primeiros canonizados no seu pontificado.

Um grupo de mártires italianos e duas religiosas latino-americanas são os primeiros santos deste pontificado e o reconhecimento oficial da sua santidade foi anunciado por Bento 16 em fevereiro de 2012, de acordo com informações do serviço de notícias do Vaticano.

Entre os novos santos está a colombiana Laura de Santa Catarina de Sena (1874-1949), a primeira católica do país a ser canonizada. Madre Laura Montoya fundou a Congregação das Irmãs Missionárias da Beata Virgem Maria Imaculada e de Santa Catarina de Sena, uma congregação atualmente presente em 21 países da África, Europa (Espanha e Itália) e, sobretudo, América Latina.

A outra nova santa é a mexicana Maria Guadalupe García Zavala (1878-1963), que participou na criação da Congregação das Servas de Santa Margarida Maria e dos Pobres.

Além das latino-americanas, foram também canonizados hoje o italiano Antonio Primaldo, juntamente com cerca de 800 companheiros, assassinados “por ódio à fé” a 13 de agosto de 1480, na cidade de Otranto, durante uma invasão levada a cabo por tropas otomanas (turcas). Todos foram decapitados nos arredores da cidade do sul da Itália por se terem recusado a renegar à própria fé.

“Conservemos a fé que recebemos e que é o nosso verdadeiro tesouro, renovemos a nossa fidelidade ao Senhor, mesmo no meio dos obstáculos e das incompreensões; Deus nunca nos fará faltar força e serenidade”, disse o papa.

“Santa Laura Montoya foi instrumento de evangelização primeiro como mestra e depois como madre espiritual dos indígenas. Esta primeira santa nascida na formosa terra colombiana ensina-nos a ser generosos com Deus, a não viver a fé solitariamente –como se fosse possível viver a fé isoladamente…”, comentou a respeito da santa.

“Santa Guadalupe Garcia Zavala renunciou a uma vida cômoda para seguir a chamada de Jesus, ensinava a amar a pobreza, para poder amar mais aos pobres e aos enfermos. Madre Lupita ajoelhava-se no chão do hospital, diante dos doentes e dos abandonados, para os servir com ternura e compaixão. Esta nova santa mexicana convida-nos a amar como Jesus nos amou”, finalizou o papa.

Após as palavras do papa, soou música sacra e os olhares dos milhares de fiéis reunidos para a cerimônia se dirigiram para os dois grandes retratos das freiras latino-americanas e uma tapeçaria que representa os “mártires de Otranto”.

O canonização foi pedida a Francisco pelo cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação das Causas dos Santos. Depois, o papa procedeu ao rito de canonização, uma longa fórmula em latim.

“Os incluímos no livro dos santos e estabelecemos que em toda a Igreja sejam devotamente honrados entre os santos”, acrescentou o papa. A cerimônia foi celebrada em uma manhã ensolarada, embora com algumas nuvens, na praça de São Pedro do Vaticano e da mesma participam delegações oficiais de Colômbia, México e Itália.

Embrião

O papa Francisco também pediu neste domingo que “seja garantida a proteção jurídica do embrião”, de forma que “o ser humano seja protegido desde o primeiro instante de sua existência”.

Trata-se da primeira vez que o papa se pronuncia publicamente sobre este controverso tema que provoca debate em muitos países europeus ao defender o “caráter sagrado da vida” desde sua concepção, uma condenação indireta ao aborto.

O papa saudou os participantes em Roma de uma grande marcha popular que contou com a participação de pessoas de diferentes paróquias e de membros de organizações pró-vida provenientes de vários pontos da Europa.

Francisco, que já havia mostrado suas posturas conservadoras sobre estes temas quando era arcebispo de Buenos Aires, convidou a manter “viva a atenção de todos sobre o tema tão importante do respeito à vida desde a concepção”.

IBGE abre 440 vagas para efetivos e 950 para temporários; salários chegam a R$ 10 mil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai abrir em breve concursos para contratação de servidores efetivos (além desta seleção, haverá em breve processo seletivo para 950 agentes de pesquisa de saúde, cargo de nível médio, inédito na instituição. Leia a matéria AQUI). Serão 440 vagas em cargos dos níveis médio e superior. As oportunidades irão contemplar todos os estados, devendo o Rio de Janeiro receber o maior quantitativo de vagas por abrigar a sede e a Escola Nacional de Ciências Estatísticas (Ence), vinculada ao instituto. Quem tem o nível médio poderá concorrer a 300 vagas de técnico em informações geográficas e estatísticas, cuja remuneração inicial é de R$3.186,10. Graduados em diversas carreiras terão 140 vagas, sendo 20 para pesquisador em informações geográficas e estatísticas, 60 para tecnologistas em informações geográficas e estatísticas e 60 para analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas.
Nesses casos, os ganhos são de R$6.728,60 para analista e tecnologista (podendo chegar a R$7.085,33 com aperfeiçoamento, R$7.442,06 com mestrado e R$8.303,24 com doutorado) e de R$7.420,38 para pesquisador (alcançando R$7.832,40 com aperfeiçoamento, R$8.606,26 com mestrado e R$9.280,45 com doutorado). Todos os valores já incluem o auxílio-refeição de R$373. O IBGE ainda está analisando as necessidades de profissionais em seus setores para definir os perfis de graduados que serão selecionados. O número de vagas para cada estado também não foi decidido, o que não deve demorar a acontecer, já que essa indefinição emperra a publicação do edital para a escolha da organizadora, que será feita por pregão eletrônico ou tomada de preços.De acordo com a Assessoria de Imprensa, apesar de o IBGE ter até 24 de outubro para publicar o edital, conforme autorização do Ministério do Planejamento, o documento deverá sair o quanto antes.
A estrutura do concurso deverá ser similar à das seleções anteriores, ocorridas em 2006 para técnico e 2009 para analista e tecnologista, ambas organizadas pela Fundação Cesgranrio.  O candidatos a técnicos fizeram provas objetivas com 15 questões de Língua Portuguesa, 15 de Raciocínio Lógico, dez de Conhecimentos Gerais, dez de Geografia e dez de Noções de Informática. Já para analistas e tecnologistas foram cobradas provas objetivas e de títulos, com exames discursivos para a área de Análise de Sistema/Desenvolvimento de Aplicações e de Jornalismo; e prova prática para as áreas de Produção Gráfica/Editorial e de Programação Visual. Leia também ‘Sindicato defende mais vagas. 35% dos 6 mil servidores vão se aposentar até 2015’, clicando AQUI.
Técnico do IBGE: veja programa anterior

Para orientação dos futuros candidatos a técnico do IBGE, cargo que exige o nível médio e tem remuneração inicial de R$3.186, FOLHA DIRIGIDA publica abaixo o programa do último concurso, realizado em 2006, que serve como orientação para o estudo:

Língua Portuguesa: Compreensão e interpretação de texto; A organização textual dos vários modos de organização discursiva; Coerência e coesão; Ortografia; Classe, estrutura, formação e significação de vocábulos; Derivação e composição; A oração e seus termos; A estruturação do período; As classes de palavras: aspectos morfológicos, sintáticos e estilísticos; Linguagem figurada; Pontuação.

Raciocínio Lógico: Avaliação da habilidade do candidato em entender a estrutura lógica de relações entre pessoas, lugares, coisas ou eventos, deduzir novas informações e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. As questões das provas poderão tratar das seguintes áreas: estruturas lógicas; lógica de argumentação; diagramas lógicos; aritmética, álgebra e geometria básica.

Conhecimentos Gerais: Elementos de política brasileira. Cultura e sociedade brasileira: música, literatura, artes, arquitetura, rádio, cinema, teatro, jornais, revistas e televisão. História do Brasil. Descobertas e inovações científicas na atualidade e seus impactos na sociedade contemporânea. Meio ambiente e sociedade: problemas, políticas públicas, organizações não governamentais, aspectos locais e aspectos globais. Panorama da economia nacional. O cotidiano brasileiro.

Geografia: Noções básicas de cartografia: Orientação: pontos cardeais; Localização: coordenadas geográficas (latitude e longitude); Representação: leitura, escala, legendas e convenções. Natureza e meio ambiente no Brasil: Grandes domínios climáticos; Ecossistemas. As atividades econômicas e a organização do espaço: Espaço agrário: modernização e conflitos; Espaço urbano: atividades econômicas, emprego e pobreza; A rede urbana e as Regiões Metropolitanas. Formação Territorial e Divisão Político-Administrativa: Divisão Político-Administrativa; Organização federativa.

Noções de Informática: Correio Eletrônico (mensagens, anexação de arquivos, cópias). Periféricos. Componentes. Estruturação de diretórios, subdiretórios e arquivos. Windows 98 e Windows Explorer.

Folha Dirigida

Globo tem péssima audiência no Rio Grande do Norte e faz grandes demissões; SBT é líder no estado

ibere-tv-cabugi

Em baixa

A afiliada da Globo no estado do Rio Grande do Norte, a InterTV Cabugi, vem enfrentando dificuldades para registrar o primeiro lugar no Ibope. A emissora ficou em segundo lugar na região, atrás do SBT,  TV Ponte Negra.

Enquanto isso, a afiliada da Record, a TV Tropical, segue crescendo, mesmo sendo terceira colocada no estado. Os dados da última medição apontou que a Globo e o SBT perderam ibope enquanto a Record chegou a registrar crescimento em alguns horários de até 504%. Programas como o “Balanço Geral” e o “Cidade Alerta” foram uns dos responsáveis pelos altos índices.

O SBT, apesar da queda de alguns programas, continua sendo o líder de audiência na região. O “Patrulha da Cidade”, por exemplo, perdeu em comparação com as pesquisas 3 pontos passando de 34 para 31. O “Jornal do Dia” caiu ainda mais, de 29 para 24 pontos de audiência.

Já a Globo, que não tem nada para comemorar, apresentou dados alarmantes. O “Bom dia RN” registra apenas 10 pontos de audiência e o telejornal local “RNTV” perdeu um ponto passando de 20 para 19 pontos na hora do almoço. Por conta disso, a afiliada do canal carioca demitiu no mesmo dia toda a sua direção de jornalismo e substituiu diretores de Marketing e engenharia por profissionais do Rio de Janeiro e Curitiba.

Um desses profissionais, que agora tem como missão reformular a programação local afim de colocar a Globo de volta na liderança de audiência assim como acontece na maioria das praças do país, é o jornalista Luiz Veiga que estava na Globo Rio.

FONTE: TV FOCO

Servidores do Detran/RN entram em greve nesta segunda-feira (13)

 images

O Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran/RN) terá parte de seus serviços paralisados nesta segunda-feira (13), quando servidores do órgão entram em greve por melhores condições de trabalho (veja o vídeo ao lado). O diretor de administração do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta (Sinai/RN), Eliel Elias Bezerra, confirma ainda que os grevistas farão uma manifestação às 8h em frente à sede do órgão, no bairro Cidade da Esperança, zona Oeste de Natal.

Serviços como emplacamento e registro de habilitação, dois dos mais demandados no Detran/RN, não funcionarão, segundo o diretor de administração do Sinai/RN. Entre as reivindicações divulgadas pelo comando de greve estão a igualdade de direitos entre todos os servidores do órgão, como inclusão no plano de saúde e recebimento de vale-transporte. Isso porque de acordo com o Sinai/RN, mesmo os nomeados em junho de 2012 ainda não têm acesso ao benefício do plano de saúde, enquanto que até os cargos comissionados, que não possuem vínculo efetivo com o órgão, possuem este direito.

Além disso, os servidores pedem o cumprimento do Plano de Cargos aprovado no governo anterior pela Assembléia Legislativa. “Os servidores aprovados no concurso público realizado em 2010 recebem menos do que o que previa o edital”, acrescenta Eliel Bezerra.

A nota divulgada pelo comando de greve também cita a situação da infraestrutura do órgão. De acordo com o sindicato, as instalações ultrapassadas não atendem às necessidades dos usuários e servidores. O Sinai/RN reforça que a situação se agravou com a retirada da autonomia administrativa e financeira do órgão, que o caracterizariam legalmente como uma autarquia.

O documento também faz um comparativo entre os valores arrecadados pelo órgão e a remuneração dos servidores. Os grevistas explicam que arrecadação de 2012 foi calculada em cerca de R$ 85 milhões. Já o salário do assistente técnico com nível médio é de R$ 799,00 sobre o qual ainda incide dedução previdenciária e sindical, levando o servidor a receber, líquido, menos que um salário mínimo.