Daily Archives: 25/04/2013

As 50 melhores e piores profissões em 2013

Lista de melhores profissões tem atuário no topo e repórter em último. Atuário, engenheiro biomédico e de software são as melhores, diz site. Piores profissões incluem ator, soldado, lenhador e repórter de jornal

Uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (23) pelo CareerCast.com, um site norte-americano especializado em empregos, listou as melhores e piores profissões nos Estados Unidos este ano. No topo do ranking aparece como melhores as profissões de atuário, engenheiro biomédico, engenheiro de software, otorrinolaringologista e consultor financeiro. Já entre as piores profissões estão trabalhador de poço de petróleo, ator, soldado, lenhador e repórter de jornal, este na última posição. A lista tem no total 200 profissões. Confira a lista abaixo.

melhores profissões 2013 atuário

Levantamento com as melhore profissões para 2013 traz Atuário no topo da lista

O levantamento teve base em cinco critérios: demandas físicas, ambiente de trabalho, renda, estresse e perspectivas de contratação. Para compilar sua lista, a empresa usou principalmente dados do Centro de Estatísticas do Trabalho e de outras agências do governo norte-americano.

Líder do ranking a profissão de atuário é avaliada no estudo como uma função com 27% de possibilidades de crescimento e média salarial anual de US$ 87 mil. “Quem tem habilidade em matemática e estatística pode encontrar oportunidades gratificantes como atuário. A carreira é um desafio, e está em constante evolução. É um processo de aprendizagem ao longo da vida”, diz Cecil Bykerk da Academia Americana de Atuários.

Atuário é o profissional preparado para mensurar e administrar riscos, uma vez que a profissão exige conhecimentos em teorias e aplicações matemáticas, estatística, economia, probabilidade e finanças, transformando-o em um verdadeiro arquiteto financeiro e matemático social capaz de analisar concomitantemente as mudanças financeiras e sociais no mundo, segundo definição do Instituto Brasileiro de Atuária.

Sobre a profissão de repórter de jornal impresso, com ganho anual de US$ 36 mil e projeção de queda de 6% ao ano, o consultor Paul Gillin avalia que “é um trabalho que perdeu o seu brilho dramaticamente ao longo dos últimos cinco anos deverá cair ainda mais até 2020. O modelo de impressão não é sustentável. Ele provavelmente será extinto dentro dos próximos dez anos. ”

VEJA A LISTA DAS 50 MELHORES E PIORES PROFISSÕES EM 2013

As 50 melhores

1 Atuário
2 Engenheiro biomédico
3 Engenheiro de software
4 Otorrinolaringologista
5 Consultor financeiro
6 Higienista dental
7 Terapeuta ocupacional
8 Optometrista
9 Fisioterapeuta
10 Analistas de sistemas da computação
11 Quiroprático
12 Fonoaudiólogo
13 Fisiologista
14 Professor universitário
15 Médico veterinário
16 Nutricionista
17 Farmacêutico
18 Matemático
19 Sociólogo
20 Estatístico
21 Físico
22 Oculista
23 Podólogo
24 Desenvolvedor de web
25 Historiador
26 Engenheiro ambiental
27 Oficial de liberdade condicional
28 Engenheiro de petróleo
29 Meteorologista
30 Geólogo
31 Gerente de recursos humanos
32 Engenheiro civil
33 Ortodontista
34 Terapeuta respiratório
35 Técnico de registros médicos
36 Astrônomo
37 Psiquiatra
38 Programador de computador
39 Gerente de mídias sociais
40 Analista de pesquisa de mercado
41 Assistente Paralegal
42 Dentista
43 Dermatologista
44 Reparador de máquina industrial
45 Médico (Clínico geral)
46 Logístico
47 Contador
48 Consultor de gestão
49 Assistente social
50 Médico assistente

As 50 piores

151 Reparador de equipamentos elétricos
152 Agente imobiliário
153 Faxineiro
154 Técnico de Engenharia
155 Executivo sênior
156 Escritor
157 Motorista de ônibus
158 Serralheiro
159 Gerente de hotel
160 Lixeiro
161 Engenheiro de operações
162 Caixa de banco
163 Marinheiro
164 Instalador de carpetes
165 Recebedor de mercadorias
166 Policial
167 Bombeiro
168 Editor de jornais e revistas
169 Caixa
170 Controlador de tráfego aéreo
171 Operário da construção civil
172 Fotógrafo
173 Costureira / Alfaiate
174 Pintor
175 Trabalhador da indústria automotiva
176 Trabalhador de precisão
177 Comprador
178 Estoquista
179 DJ
180 Militar
181 Doméstica
182 Designer de Moda
183 Açougueiro
184 Radialista
185 Garçom / Garçonete
186 Preparador de imposto
187 Lavador de pratos
188 Fotojornalista
189 Agente penitenciário
190 Agricultor
191 Comissário de vôo
192 Carpinteiro
193 Carteiro
194 Leitor de água e luz
195 Leiteiro
196 Trabalhador de refinaria de petróleo
197 Ator
198 Soldado
199 Lenhador
200 Repórter (Jornal)

Magno Malta propõe lei que permite menor de 16 anos dirigir

Imagem: Reprodução (Waldemir Barreto/Ag.Senado)Senador Magno Malta (PR/ES) quer alterar a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 – Código de Transito Brasileiro (CTB), facultado aos jovens entre 16 e 18 anos, a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) provisória.

O primeiro passo para jovens de 16 anos terem direito a CNH já foi dado hoje no Senado Federal. Agora o autor do projeto senador Malta lutará para provar a constitucionalidade da matéria, considerada polêmica.

“Como todos nós sabemos, com o grande avanço tecnológico e a consequente globalização, os jovens do nosso País estão cada vez mais aptos a afazeres que, décadas atrás, certamente, não seriam possíveis. Aos 16 anos, os reflexos já estão condicionados deixando aptos s jovens para obterem o direito de ter carteira provisória por dois anos”, esclareceu Magno.

Na justificativa do projeto de lei, Magno afirma que, “hoje, felizmente, com a mudança da nossa legislação, já é facultado aos cidadãos entre 16 e 18 anos, o direito de exercer sua cidadania, dando-lhes a prerrogativa de escolher seus representantes políticos através do voto. Ademais, tornou-se cada vez mais comum o ingresso dos jovens de 16 anos nas universidades brasileiras, o que, inquestionavelmente, os tornam pessoas mais responsáveis e cientes das suas obrigações”.

Para o senador do Espírito Santo, “em face da sua relevância social, tenho certeza que a presente iniciativa, contará com o respaldo dos meus pares, pois, trará grandes benefícios para os nossos adolescentes que, com este encargo a mais, terão autonomia trabalhada e o senso de responsabilidade apurado”, concluiu Magno, que espera aprovação do projeto nas diversas comissões do Senado.

Geisy Arruda grava só de lingerie em rua de São Paulo; confira

Confira as fotos! - 1 (© Thiago Duran AgNews)
Geisy Arruda ousou e gravou um programa de TV com lingerie de oncinha e camisola transparente, na rua 25 de Março, em São Paulo.

A ex-Fazenda causou alvoroço e levou os homens à loucura ao desfilar com pouca roupa. Confira tudo nas próximas páginas!

Confira as fotos! - 1 (© Thiago Duran AgNews)
Confira as fotos! - 1 (© Thiago Duran AgNews)
Confira as fotos! - 1 (© Thiago Duran AgNews)

MSN

Micarla encerra de vez sua carreira política: “Eu só quero viver em paz”

A prefeita Micarla de Souza enviou ao Partido Verde (PV), na última terça feira, uma carta com pedido de desfiliação. O ato marcou definitivamente o fim da carreira política da jornalista, que agora só quer se dedicar a família. “Não me arrependo. Foi um tempo de muito crescimento, mas a vida é feita de ciclos e dou por concluído este. Não quero mais nada que possa me tirar de perto dos meus filhos”, declarou em entrevista ao NOVO JORNAL.

Micarla afirmou ainda que não foi fácil deixar o PV, partido com o qual ela se identificou muito. Por isso, decidiu não concorrer a um novo pleito para o executivo, mas levou quase seis meses para tentar se defiliar.

De forma alguma, a ex-prefeita pensa em voltar a ter uma vida pública. “Hoje foi o término de uma etapa da minha vida. Quero poder estar com toda a paz e a tranquilidade para cuidar dos meus filhos e da minha saúde”, declarou.  Micarla ainda disse que já tinha dado sua contribuição como gestora. “Sinto que essa disciplina, eu já paguei. É só olhar o que foi feito no período que fui prefeita, como a questão do plano de cargos dos servidores, as 53 escolas, e tudo mais”.

Alvo de muitas críticas durante o seu mandato, dona de um alto índice de reprovação  e execrada por adversários políticos, Micarla encerrou a entrevista ao NOVO JORNAL deixando bem claro qual o seu maior desejo. “Eu só quero viver em paz”.

A matéria foi assinadas pelos jornalistas Everton Dantas e Paulo Nascimento.

Obra completa de Paulo Freire grátis para download aqui no Blog Montanhas em Ação

Acervo digital disponibiliza toda a obra de Paulo Freire. Estão disponíveis para download gratuito vídeos de aulas, conferências, palestras, entrevistas, artigos e livros do educador

paulo freire obra download

Obra de Paulo Freire está disponível na internet. (Foto: Reprodução)

O Centro de Referência Paulo Freire, dedicado a preservar e divulgar a memória e o legado do educador, disponibiliza vídeos das aulas, conferências, palestras e entrevistas que ele deu em vida. A proposta tem como objetivo aumentar o acesso de pessoas interessadas na vida, obra e legado de Paulo Freire.

Para os interessados em aprofundar os ensinamentos freirianos, o Centro de Referência também disponibiliza artigos e livros que podem ser baixados gratuitamente.

Educação como liberdade

Internacionalmente respeitado, os livros do educador foram traduzidos em mais de 20 línguas. No Brasil, tornou-se um clássico, obrigatório para qualquer estudante de pedagogia ou pesquisador em educação. Detentor de pelo menos 40 títulos honoris causa (concedidos por universidades a pessoas consideradas notáveis), Freire recebeu prêmios como Educação para a Paz (Nações Unidas, 1986) e Educador dos Continentes (Organização dos Estados Americanos, 1992).

“Defendo a educação desocultadora de verdades. Educando e educadores funcionando como sujeitos para desvendar o mundo”, dizia Freire. A educação como prática da liberdade, defendida por ele, enxerga o educando como sujeito da história, tendo o diálogo e a troca como traço essencial no desenvolvimento da consciência crítica.

Clique aqui para acessar o acervo Paulo Freire

Acervo Paulo Freire

Funcionários do Banco do Brasil começam greve no dia 30

Entre as causas que motivaram a decisão, estão o plano de funções unilateral

Definido durante assembleia realizada na noite desta quarta-feira, 24, a paralisação das atividades dos funcionários do Banco do Brasil a partir das 00h00 do dia 30 de abril. Entre as causas que motivaram a decisão, estão o plano de funções unilateral, que retira direitos; os descomissionamentos e demissões por ato de gestão; as cobranças de metas abusivas; e a constante prática de assédio moral.

De acordo com o Sindicato dos Bancários da Paraíba, a direção do Banco do Brasil implementou de forma unilateral, no final de janeiro, um novo plano de funções comissionadas, alterando drasticamente a folha de pagamento e os direitos dos funcionários da instituição financeira pública. O que seria o cumprimento de uma promessa da empresa de várias anos – implantar as funções comissionadas com a jornada legal de seis horas – surpreendeu tanto o funcionalismo quanto suas entidades sindicais pela ousadia da gestão de pessoas em alterar as verbas das gratificações de funções, reduzindo os direitos tanto de funcionários das novas funções “gratificadas” quanto de todos aqueles que o banco considera funções de “confiança”.

Essas alterações unilaterais proporcionaram a redução de salários nas funções de seis horas, cerca de 16,25% no Valor de Referência (VR) e até 80% na gratificação da mesma função. Dessa forma o BB descumpriu o Acordo Coletivo 2012/2013, ao reduzir as gratificações de função antes de incorporar a Gratificação Semestral de 25% sobre todas as verbas, conforme contratado.

Para o diretor do sindicato e funcionário do BB, Francisco de Assis (Chicão), os funcionários do BB têm que fazer alguma coisa agora para que a história não se repita: “de modo semelhante, em 1995 o governo Fernando Henrique Cardoso promoveu nas estatais, em especial no Banco o Brasil, um processo de enxugamento, demissões e preparação para as privatizações. Após um Plano de Demissões Voluntárias (PDV), seguido de um Plano de Adequação de Quadros (PAQ) e aposentadorias forçadas o BB reduziu o quadro funcional de 120 mil para 70 mil trabalhadores. Foram dias de terrorismo, perseguição, dezenas de suicídio e centenas de demissões imotivadas por “ato de gestão”, sem justa causa e sem processos administrativos.

PSO

Ano passado, dentro das mudanças estruturais, o Banco do Brasil criou as Plataformas de Suporte Operacional (PSO), tirando os serviços de caixas das alçadas das agências. Então, os caixas executivos passaram a ser itinerantes. Assim, ao saírem de casa não sabem sequer onde vão trabalhar cada dia. Vulneráveis por serem sempre estranhos onde cumprem a jornada, trabalham à parte e entregues à própria sorte. Sofrem todo o tipo de problemas, que são constantemente denunciados ao Sindicato.

WSCOM Online