Collor consegue aprovar requerimento para o TCU investigar o procurador-geral da República

Em votação relâmpago, o Senado aprovou requerimento de Fernando Collor (PTB-AL) para que o TCU investigue uma licitação autorizada pelo procurador-geral da República Roberto Gurgel. Envolve a compra de 1.200 tabuletas eletrônicas do tipo iPad 3, da Apple. Negócio de R$ 3 milhões.

A licitação foi “direcionada”, acusa Collor. E Gurgel: “É risível.” O certame foi regular, sustenta a Procuradoria em nota. “Teve ampla competitividade, contando com mais de 20 participantes.” Considerando-se a ficha do signatário do pedido está-se diante de um desses casos que fazem de Brasília uma cidade surrealista.

Por Josias de Souza

Posted on 22/02/2013, in Brasil, Informativo, Política. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: