Daily Archives: 29/03/2012

STF autoriza quebra de sigilo bancário de Demóstenes

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski determinou na tarde desta quinta-feira (29/03), a pedido da Procuradoria Geral da República, a quebra de sigilo bancário do senador Demóstenes Torres (DEM-GO).

O pedido é referente a um período de aproximadamente dois anos, época em que ele foi flagrado em diversas ligações telefônicas com o empresário Carlos Augusto Soares, o Carlinhos Cachoeira, investigado por suspeita de contravenção.

O empresário está preso preventivamente desde o dia 29 de fevereiro, em meio à Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que desmontou uma quadrilha que explorava máquinas caça-níqueis.

O senador aparece em conversas telefônicas, interceptadas com autorização judicial, com Cachoeira. Demóstenes admite que recebeu do empresário um telefone especial para conversas entre os dois. A investigação policial gravou cerca de 300 diálogos entre o senador e o empresário de jogos por pelo menos oito meses.

O democrata também ganhou de Cachoeira um fogão e uma geladeira, presentes que segundo Demóstenes foram oferecidos por um “amigo” quando se casou no ano passado.

O ministro do Supremo, que é relator do inquérito sobre o senador, também enviou pedido ao presidente do Senado, José Sarney, para que ele informe a relação de emendas ao Orçamento da União apresentadas por Demóstenes.

As informações sobre o inquérito foram passadas pelo próprio Lewandowski, após uma série de pedidos da imprensa para ter acesso aos autos do inquérito do STF. Ele disse que não poderia prestar informações detalhadas sobre o caso, pois trata-se de uma investigação sob segredo de Justiça baseada em conversas telefônicas protegidas pelo sigilo.

Ao requisitar a lista das emendas apresentadas por Demóstenes, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, indica que uma de suas linhas de investigação será analisar se o senador utilizou prerrogativas de seu cargo para favorecer Cachoeira.

Em relação à quebra de sigilo bancário, a mesma decisão foi proferida em relação a outros investigados, mas seus nomes não foram informados por Lewandowski.

O ministro ainda disse ter determinado o envio de ofícios a órgãos públicos, federais e estaduais, que deverão enviar cópia de contratos celebrados com empresas que aparecem nos diálogos interceptados pela Polícia Federal, com autorização judicial. Ele não informou, no entanto, quais são os órgãos e as empresas citadas.

Uma piada de muita classe rsrsrsrsrsrssrsrsr

– TEM QUE TER CLASSE –

Uma mulher ouve a campainha tocar, ao abrir a porta dá de cara com um homem que lhe pergunta:

– A senhora tem vagina?

Assustada e indignada ela bate-lhe a porta na cara.

Na manhã seguinte, tocam a campainha, é o mesmo homem que lhe faz a mesma pergunta.

Ela furiosa bate-lhe a porta na cara novamente.

No terceiro dia repete-se a mesma cena.

Quando o marido volta do trabalho à noite, ela, enfim, conta-lhe o sucedido.

Sentindo-se ultrajado, combina com ela:

– Amor, amanhã não vou trabalhar, se esse palerma aparecer, escondo-me, tu atendes e eu então apareço e dou-lhe um soco nas trombas.

Na manhã seguinte tocam à campainha, porém o marido, antes de se esconder, diz à mulher:

– Se for o mesmo homem, quando te perguntar se tens vagina, diz-lhe que sim para sabermos o que ele vai dizer.

Ela atende, e o homem está lá de novo com a mesma pergunta:

– A senhora tem vagina?

Ela responde:

– Tenho.

– Ah…, ótimo ! Então faça-me a gentileza de pedir ao seu marido que pare de usar a da minha mulher e passe a usar a sua. Muito obrigado pela sua atenção… Até logo!

Enviada por Tarcisio Pereira

Professores do Governo cedidos ficam sem salário e vão a Secretaria cobrar explicações

Informações que chegam direto do Centro Administrativo. Centenas de professores que estão cedidos a outros órgãos públicos não tiveram creditados os salários do mês de março. Muitos deles foram a própria sede da Secretaria de Educação na manhã de hoje cobrarem explicações da titular da pasta, Betânia Ramalho.

A reclamação é sobre o por quê da medida adotada pelo Governo.

Marinha abre 50 vagas de concurso para nível superior

FIM DE 14º E 15º SALÁRIOS PARA DEPUTADO E SENADOR.

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou ontem projeto que extingue o 14º e o 15º salários pagos aos parlamentares. Apesar do protesto de alguns senadores, todos votaram a favor do projeto.

Agora, senadores e deputados só vão receber a chamada ajuda de custo no início e no final da legislatura, e não a cada ano. Atualmente, cada parlamentar recebe dois salários, de R$ 26,7 mil cada, em fevereiro e dezembro.

O projeto seguirá para votação pelo plenário do Senado e, se aprovado, vai para a Câmara dos Deputados. O senador Lindbergh Farias (PT-RJ), relator da matéria, disse que os extras, que ele chamou de “ajuda de custo”, não se justificam mais.

Segundo ele, a verba começou a ser paga para custear as despesas com a mudança dos parlamentares e seus familiares para o Rio de Janeiro, antiga sede do poder Legislativo, e para Brasília, com a transferência da sede.

Apesar de votar favoravelmente, ao senador Cyro Miranda (PSDB-GO) disse ter “pena” de quem sobrevive apenas com o salário de parlamentar. ”Eu tenho pena daquele que é obrigado a viver com R$ 19 mil líquidos com esta estrutura que temos aqui”, criticou o senador, que é empresário com patrimônio declarado em 2006, de    R$ 3 milhões.

FONTE: gazetaonline.globo.com

Taquaritinga do Norte lugar ideal para passar a semana santa

Ex-volante da Seleção compra calcinha para filho transexual

Mulher suspeita de matar o pai por causa de seguro é presa, diz delegado