Pombo-correio percorre 1.600 km da Espanha até o Brasil

Os marinheiros presentes no Arquipélago de São Pedro e São Paulo encontraram um pombo-correio perdido entre as centenas de atobás e viuvinhas que vivem entre os rochedos.

O animal, literalmente um estranho no ninho, tinha em suas patas uma anilha que identificava sua origem e sua numeração. A ave treinada vinha das Ilhas Canárias, território espanhol que fica na costa da África, conforme sua identificação. Assim que foi fotografado, o pássaro foi solto novamente.

A região das Canárias é conhecida por suas atividades de columbofilia – criação de pombo-correio –, que contam inclusive com corridas oceânicas entre as aves.

Os pombos treinados podem desenvolver velocidades máximas entre 87 km/h e 102 km/h, em distâncias que podem ultrapassar 1.200 km. No caso, a ave pode ter percorrido mais 1.600 km entre as ilhas espanholas e a região de São Pedro e São Paulo.

“Esse pombo não deve voltar mais para lá (Canárias), porque ele não segue contra a corrente, a não ser que ele utilize outro caminho. Ele voa em função das correntes de vento, vem planando, porque senão não tem resistência”, disse o biólogo Jorge Lins, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Fonte: G1

Posted on 06/03/2012, in Brasil, Cultura, Curiosidade, Entretenimento, RN. Bookmark the permalink. 4 comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: