Inscrições para concurso do Banco do Brasil abrem nesta segunda-feira

Interessados em trabalhar com o sistema financeiro nacional devem ficar atentos: hoje começa o período de inscrições do novo concurso do Banco do Brasil, que visa formar cadastro de reserva, é destinado a pessoas com nível médio completo e oferece salário de R$ 1.408 mensais, acrescido de gratificação semestral (no percentual de 25% sobre o vencimento). Os estados que vão receber novos funcionários são Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, São Paulo e Tocantins, além do Distrito Federal.

Nessa fase de preparação, com o edital publicado, os especialistas recomendam intensificar a resolução de exercícios e conhecer bem a parte específica, dicas seguidas pela goiana Viviane Penha, 27 anos. Ela se inscreveu em um curso preparatório e focará sua preparação em conhecimentos bancários, pois diz já ter lido e resolvido vários exercícios de português, raciocínio lógico, matemática, informática e atualidades antes do lançamento das regras do certame.

“Tem de decorar o conteúdo de conhecimentos bancários, pois é a matéria com o programa mais extenso”, afirma Viviane. A concurseira se preocupa com a nota de corte. “Estou me preparando bem em tudo, porque o edital cobra um mínimo de acerto tanto no básico quanto no específico.”

Além da nota mínima para evitar a eliminação, os candidatos devem se atentar para os diferentes pesos das questões. “O aluno precisa saber que alguns temas serão mais importantes que outros. Questões de peso 1 são mais literais. As outras requerem maior interpretação”, diz o professor de conhecimentos bancários Roberto Fernandes.

Embora o edital não tenha discriminado, o docente arrisca uma previsão: “Estrutura do sistema financeiro nacional terá peso 1; sistema de seguros privados e previdência complementar, produtos e serviços financeiros, garantias do sistema financeiro nacional e crime de lavagem de dinheiro terão peso 1,5; e mercado de capitais, mercado de câmbio e operações com derivativos, peso 2”.

Roberto diz que é hora de fazer muitos exercícios e lembra a importância de se conhecer a banca examinadora do certame. “Façam provas da Cesgranrio e de outras instituições parecidas, como Fundação Carlos Chagas (FCC) e Fundação Getulio Vargas (FGV)”, recomenda.

Preparação geral
O candidato que acertar menos de 50% da prova está automaticamente eliminado. Além disso, o edital cobra um mínimo de 40% de aproveitamento na parte básica da avaliação e de pelo menos metade no conteúdo de conhecimentos específicos.

A prova terá 70 questões objetivas, 30 de conhecimentos básicos — 10 de português, 10 de matemática, cinco de atualidades e cinco de raciocínio lógico — e 40 de específicos — 10 de informática, 12 de atendimento e 18 de conhecimentos bancários. Cada matéria terá metade de suas questões com peso 1 e metade com peso 2, exceto conhecimentos bancários, que é subdividida em três blocos: seis questões com peso 1, seis com peso 1,5 e seis com peso 2.

Posted on 23/01/2012, in Brasil, Concursos. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: