Daily Archives: 10/08/2011

HUMOR TAMBÉM NA POLÍTICA

Ex-bancária que deu empréstimo em nome de Lula é denunciada

O Ministério Público do Rio Grande do Sul denunciou à Justiça uma ex-funcionária do Banco Panamericano que concedeu empréstimos a terceiros em prejuízo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Maria Luciana Pereira, 38, é acusada de estelionato por ter liberado os valores de R$ 4.419,45 e R$ 674,96 a dois aposentados de Uruguaiana (635 km de Porto Alegre). Os valores foram registrados como empréstimos consignados à pensão que Lula recebe do INSS por ter sido perseguido pelo regime militar.

Os valores foram liberados em janeiro e fevereiro de 2007, na agência do banco Panamericano de Uruguaiana, e seriam descontados do ex-presidente em 36 parcelas.

Poucos dias após a contratação dos empréstimos, a Presidência da República percebeu a suposta fraude e acionou o INSS para que fossem cancelados, segundo o promotor Rodrigo de Oliveira Vieira.

Nem o Ministério Público nem o Ministério da Previdência Social souberam informar se alguma parcela chegou a ser descontada.

Conforme o promotor, não foi encontrada nenhuma relação fraudulenta entre os dois aposentados que receberam os empréstimos e a ex-funcionária do banco que liberou os valores.

“O inquérito não apontou que ela recebeu parte do dinheiro, mas de qualquer forma houve estelionato que beneficiou terceiros”, diz o promotor.

OUTRO LADO

Segundo o advogado da ex-funcionária do banco, Marco Aurélio Rodrigues da Costa, sua cliente não cometeu estelionato. Um equívoco causado por uma falha no sistema operacional do Panamericano fez com que os empréstimos fossem concedidos em prejuízo de Lula, segundo ele.

A ex-funcionária do banco e demais colegas haviam recebido pela internet o número de registro do ex-presidente no INSS e, por curiosidade, usaram o dado para consultar o valor da pensão, segundo o advogado.

As informações ficaram gravadas no computador, que registrou os empréstimos por engano na conta de Lula, conforme a versão da ex-funcionária.

“Nessa época, qualquer cachorro sabia o número de registro do [ex-]presidente no INSS. Os valores [dos empréstimos] são irrisórios. Ela é ré primária, uma moça humilde, que foi demitida por causa disso e nunca mais conseguiu emprego”, diz Costa.

Segundo o Ministério da Previdência Social, caso tenha ocorrido algum desconto em razão do suposto empréstimo fraudulento, o ressarcimento deveria ser feito pelo banco.

Procurada pela reportagem, a assessoria do ex-presidente disse que ele não poderia falar sobre o assunto porque participava de um evento.

O Banco Panamericano não respondeu às ligações.

Fonte: Folha.com

Irmão de Wilma de Faria é condenado pelo TCE

O irmão da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), Carlos Alberto de Faria, foi condenado ontem, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), a ressarcir R$ 25.058, 74 aos cofres públicos. O valor é relativo ao superfaturamento identificado e comprovado no processo de contratação da empresa Tática Promoções e Serviços Ltda.

Foi realizado um contrato de R$ 176.191,15 com a empresa para a prestação de serviços de promoção de eventos, locação, montagem e desmontagem de equipamentos necessários à realização de evento na cidade de Currais Novos, dentro do programa “Governo nas Cidades”.

Além disso, o TCE decidiu multá-lo, em decorrência das irregularidades na contratação do serviço. Cópias do processo serão encaminhadas para análise e tomadas das providências cabíveis junto ao Ministério Público Estadual (MPE). 

Fonte: Visão Política DN
Foto: Internet

Ladrões roubam equipe de reportagem da TV Record

Uma equipe de reportagem da TV Record foi roubada na madrugada desta quarta-feira a aproximadamente 200 metros de uma base da polícia militar na avenida Senador Teotônio Vilela, na região de Cidade Dutra, zona sul de São Paulo.

Por volta da 0h30, dois homens com capacetes em uma moto pararam ao lado do carro da emissora. O garupa, armado, bateu no vidro do carro e exigiu que o jornalista entregasse um notebook que estava no colo. Os criminosos fugiram. Ninguém ficou ferido.

A equipe da Record foi até a base da Polícia Militar, onde foi informada pelos policiais que meia hora antes a moto de um manobrista havia sido roubada por criminosos com as mesmas características.

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR com Folha Online
Imagem: Internet

Liderança repetida: RN terá o maior número de parques eólicos nos leilões de energia

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) acaba de divulgar o total de projetos habilitados no país para os leilões de energia que serão realizados nos dias 17 e 18 deste mês. O Rio Grande do Norte, que tinha o maior número de parques eólicos inscritos, em relação aos demais estados, continua na liderança, com 75, dos 116 parques que havia cadastrado, com sinal verde para participar da disputa.  A oferta de energia dos projetos potiguares chega a 1.989 MW, cerca de 32,86% do total que deverá participar dos leilõesa. Os demais estados que irão concorrer são Rio Grande do Sul (com 57 parques); Ceará (54); Bahia (33) Piauí (12) e Pernambuco (9).

A fase de habilitação é a etapa em que é feita a conferência de documentos jurídicos, institucionais e técnicos, como licenças, dos projetos inscritos. Só as empresas que atendem a todos os requisitos exigidos pelo governo federal recebem aval para seguir em frente na disputa.

Os leilões são importantes porque garantem às empresas mercado para comprar a energia e, consequentemente, ajudam a viabilizar os projetos. No Rio Grande do Norte, por meio desse sistema, centenas de parques estão saindo do papel, gerando uma série de empregos e investimentos bilionários, principalmente na fase de construção.

A fonte eólica apresenta a maior quantidade de projetos e de oferta habilitados para os leilões deste mês: ao todo, 240 parques geradores e uma capacidade total de 6.052 MW deverão participar da disputa, em que vence quem vender pela menor tarifa. Além das eólicas, os leilões terão a participação de projetos de termelétricas movidas à biomassa (principalmente de cana-de-açúcar), térmicas a gás natural e pequenas centrais hidrelétricas, além da ampliação da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira.

Do Tribuna do Norte